WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom embasa secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus


julho 2021
D S T Q Q S S
« jun    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘professor’

ILHÉUS: COMEÇA AMANHÃ INSCRIÇÃO PRA SELEÇÃO DE PROFESSORES

Da Secom/Ilhéus

Sala de aula.

A Prefeitura de Ilhéus abriu processo seletivo simplificado para preenchimento de 148 vagas de professores da educação infantil, fundamental 1 e 2, Educação de Jovens e Adultos (EJA) 1 e 2, e formação de cadastro reserva para os mesmos cargos. O edital que autoriza a seleção simplificada foi publicado no Diário Oficial do Município, do dia 25 de janeiro, com base na autorização contida na Lei Municipal nº3.634/12.

O processo seletivo será realizado através de avaliação curricular, de cunho classificatório e eliminatório, a cargo da Seduc, por meio da comissão responsável pela seleção simplificada. Os contratados, que atuarão nas 53 escolas da rede municipal, substituirão os professores cedidos ao Conselho Municipal de Educação (CME) e Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI), os que se encontram em licença médica concedida pelo INSS e em readaptação funcional, e os professores demitidos no cumprimento da sentença judicial que obrigou o Município a afastar servidores que ingressaram no serviço público sem concurso. Os contratos temporários decorrentes deste processo seletivo serão válidos pelo prazo de um ano.

As inscrições são gratuitas e deverão ser realizadas nos dias 30 e 31 de janeiro próximos, mediante a entrega de currículos, acompanhados pela documentação exigida, o que deverá ser feito na Biblioteca Municipal, localizada na Rua Dom Valfredo Tepe, 317, centro, Ilhéus, CEP: 45653-220, no horário das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas.  Para se inscrever, é necessário ter diploma de licenciatura, idade mínima de 18 anos e preencher os requisitos específicos de cada cargo. A Seduc informa que não serão fornecidas, por telefone, informações referentes ao edital do processo seletivo simplificado. O candidato deverá acompanhar cuidadosamente as publicações oficiais da Prefeitura de Ilhéus.

Será feita uma pré-inscrição online através de formulário específico, visando dar celeridade ao processo, até terça-feira, dia 29 de janeiro de 2019, pelos seguintes links: candidatos à educação infantil e/ou ensino fundamental I (Anos Iniciais) – EJA 1, (Anos Finais) ou EJA 2.

No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar os seguintes documentos: xerox e original do CPF e RG; em caso de pessoas do sexo masculino, comprovação de quitação com as obrigações militares; xerox da comprovação de quitação com as obrigações eleitorais; xerox do comprovante de residência; currículo vitae, devidamente comprovado, inclusive experiência na docência da educação infantil e/ou ensino fundamental I (Anos Iniciais), EJA 1 ou Ensino Fundamental II (Anos Finais) – EJA 2;  xerox e original diploma ou certificado de licenciatura correspondente; diploma ou certificado de licenciatura em curso de Pedagogia ou Normal Superior para a educação infantil, o ensino fundamental I – EJA1;  licenciatura em área específica da disciplina, para o ensino fundamental II – EJA 2; xerox e original documento comprobatório do tempo de experiência profissional; xerox e original do laudo (CID 10), emitido nos últimos seis meses, em caso de deficiência.

UESC: CONCURSO TERÁ 37 VAGAS PARA PROFESSOR SUBSTITUTO

Da Secom/Bahia

Uesc

Nesta sexta-feira (19), em Itabuna, durante a edição especial do Papo Correria, programa ao vivo transmitido pelas redes sociais, o governador Rui Costa assinou autorização para a abertura de concurso público para seleção de professor substituto na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), localizada entre Ilhéus e Itabuna, no KM 16 da Rodovia BR-415. O concurso prevê 37 vagas para o cargo de professor substituto em regime de 40 horas semanais, segundo informação do governador.

Durante o programa, Rui conclamou os professores a participarem do concurso público. “Estamos ampliando as vagas de professores para esta importante universidade estadual, e, com isso, promovendo a qualidade do ensino público em todo o estado”, afirmou o governador.

Outras vagas

O governador já havia anunciado, durante a edição do dia 9 de janeiro do Papo Correria, a oferta de 32 vagas na Uesc, sendo 8 para analista universitário e 24 para técnico universitário.

Na oportunidade, Rui também fez o anúncio de 72 vagas para a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), sendo 22 para analista universitário e 50 para técnico universitário. Outras 63 vagas são para docentes: 33 para professor auxiliar e 30 para professor assistente, em regime de 40 horas.

CONCURSO PARA PROFESSOR DO ESTADO INSCREVE ATÉ SEXTA

Da Ascom/Educação

Sala de aula

As inscrições para o concurso público para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino, promovido pelo Governo do Estado, por meio das Secretarias da Educação e da Administração, terminam às 14h (horário de Brasília), desta sexta-feira (15). São ofertadas 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. As inscrições, no valor de R$ 100 para ambos os cargos, estão sendo feitas exclusivamente, via internet, pelo site da Fundação Carlos Chagas, empresa responsável pela aplicação das provas.

O concurso será para 40 horas semanais e representa uma das ações estratégias que vêm sendo adotadas pelo Estado para fortalecer o eixo pedagógico nas escolas estaduais. “Este concurso vem sendo esperado há muito tempo pelos educadores e o governador Rui Costa, mesmo diante da situação econômica do país, tomou esta decisão que fortalece o eixo pedagógico das escolas e, consequentemente, a nossa qualidade do ensino”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

Oferta – Uma das novidades deste concurso são as vagas para professores com licenciaturas interdisciplinares em Linguagens e Códigos e suas Tecnologias, Matemática ou licenciatura interdisciplinar em Matemática e Computação e suas Tecnologias. As vagas para professores também contemplam diversas áreas do conhecimento, como por exemplo, os com licenciaturas em Ciência Biológicas, Ciências Naturais, Ciências Humanas, Ciências da Sociedade, Filosofia, Artes, Educação Física, História, Artes e habilitação em Química oriundo de curso superior.

Para coordenador pedagógico, é preciso ter curso de Pedagogia. Tanto para professor quanto para coordenador pedagógico é exigido diploma registrado de conclusão de curso superior de graduação, conforme estabelecido no edital, devidamente registrado, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Aplicação das Provas –  O concurso terá três etapas. As provas objetivas (1ª etapa) e discursivas (2º etapa) serão aplicadas no dia 25/02/2018, para todos os cargos, no período da manhã, nas cidades de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Somente será corrigida a prova discursiva dos candidatos habilitados e melhores classificados nas provas objetivas. A terceira etapa é a prova de títulos, para fins de pontuação dos candidatos habilitados na prova discursiva.

PROFESSOR DA UESC EXPULSA ALUNA DA SALA E DCE SE POSICIONA

“Nesta segunda-feira (27/11) o professor Marcos Bandeira, que ministra a disciplina Estatuto da Criança e do Adolescente ofertada pelo Departamento de Ciências Jurídicas da UESC aos/às estudantes do 10º semestre do curso de Direito no turno matutino, coagiu uma estudante a sair da sala de aula por estar acompanhada de seu filho de apenas 1 e 8 meses.

Não é segredo para ninguém que a Universidade Estadual de Santa Cruz, assim como a maioria das universidades baianas e brasileiras não oferece o mínimo suporte de acolhimento necessário às estudantes e as trabalhadoras mães, reivindicações sempre revividas pelo movimento estudantil.

O que é inadmissível é que um professor universitário que trabalhe com direito da criança e do adolescente, já vindo ser Juíz da Vara da Criança e do Adolescente, seja tão insensível e apresente um posicionamento político tão conservador, individualista e machista, expresso nessa atitude.
O que atrapalha o bom desenvolvimento da aula não é a presença de uma criança, mas a desigualdade estrutural que existe entre ricos e pobres, homens e mulheres e brancos e negros/as, que fez com que durante séculos às mulheres, sobretudo as mulheres negras trabalhadoras fosse negado o direito à educação formal.

Nesse momento de ofensiva do conservadorismo alinhado a uma política cada vez mais neoliberal, que avança sobre os corpos e as vidas das mulheres explorando e precarizando cada vez mais o trabalho e restringindo cada vez mais o seu direito reprodutivo, onde o acesso e permanência das mulheres nas Universidades e demais espaços escolares está cada vez mais comprometida não podemos permitir nenhum tipo de ataque direito ou indireto aos nossos direitos e um deles é frequentar a Universidade.

Depois de muita luta foi possível conquistar em 2014 66% das vagas para estudantes pobres e 47,57% para estudantes negros/as nas universidades federais (sendo esses últimos apenas 4% em 1997), e não vamos aceitar retroceder!

Ao invés de o professor ficar preocupado com a tranquilidade da sua aula ser garantida por um padrão de alunado que ele não encontrará mais, deveria se preocupar com a aliança entre as/os estudantes na luta por um projeto verdadeiramente popular de universidade, onde caibam as mulheres, mães ou não, negras, indígenas, lésbicas, trans e todas as demais e onde seja garantida as condições para isso, também através de creches, restaurantes e transportes públicos universitários, compreendo assim a necessidade da sua estudante e respeitando a sua presença nas próximas aulas, concedendo à ela suas devidas desculpas.
Porque se é verdade que frequentar a universidade foi conquista de um histórico de lutas, também é verdade que essas não cessam até a garantia de um acesso e permanência universais. Não permitiremos nenhuma discriminação no acesso aos nossos direitos!”

Ilhéus, 28 de novembro de 2017

Diretório Central das e dos Estudantes Livres Carlos Marighella

COMEÇA HOJE INSCRIÇÃO EM CONCURSO PARA PROFESSOR DO ESTADO

Do Tabuleiro

Sala de aula

Começam, nesta terça-feira (14), as inscrições para o concurso público para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino, promovido pelo Governo do Estado da Bahia, por meio das Secretarias da Educação e Administração. São 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. As inscrições prosseguem até o dia 12 de dezembro, custam R$ 100 para ambos os cargos, e serão feitas exclusivamente, via internet, pelo site da Fundação Carlos Chagas, empresa responsável pela aplicação das provas (www.concursosfcc.com.br).

O secretário Walter Pinheiro disse que o concurso será para 40 horas semanais e representa uma das ações estratégias que vêm sendo adotadas pelo Estado para fortalecer o eixo pedagógico nas escolas estaduais. “Este concurso vem sendo esperado há muito tempo pelos educadores e o governador Rui Costa, mesmo diante da situação econômica do país, tomou esta decisão que fortalece o eixo pedagógico das escolas e, consequentemente, a nossa qualidade do ensino”, afirmou Pinheiro, ao destacar que a iniciativa vai potencializando a oferta da Educação em Tempo Integral na rede. “A nossa meta é caminhar para uma escola que funcione o dia todo, com atividades culturais e cursos profissionalizantes. Daí a importância de termos professores com uma carga horária de 40 horas de dedicação à escola, bem como a presença do coordenador pedagógico em todas as unidades da rede estadual”, afirmou.

Oferta– As vagas para professores são para diversas áreas do conhecimento, como por exemplo, os com licenciaturas em Ciência Biológicas, Ciências Naturais, Ciências Humanas, Ciências da Sociedade, Filosofia, Artes, Educação Física, História, Artes, licenciatura interdisciplinar em Linguagens e Códigos e suas Tecnologias, Matemática ou licenciatura interdisciplinar em Matemática e Computação e suas Tecnologias, habilitação em Química oriundo de curso superior. Para coordenador pedagógico, é preciso ter curso de Pedagogia. Tanto para professor quanto para coordenador pedagógico é exigido diploma registrado de conclusão de curso superior de graduação, conforme estabelecido no edital, devidamente registrado, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Remuneração – Para o cargo de professor padrão P, grau IA, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação de Estímulo às Atividades de Classe, no percentual de 31,18% incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 668,92, perfazendo um total de  2.814,28. Para o cargo de Coordenador Pedagógico, Padrão P,  grau IA, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação por Condições Especiais de Trabalho, no percentual de 34,75%, incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 745,51, totalizando R$ 2.890,87. Aplicação das Provas – O concurso terá três etapas.

As provas objetivas (1ª etapa) e discursivas (2º etapa) serão aplicadas no dia 25/02/2018, para todos os cargos, no período da manhã, nas cidades de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Somente será corrigida a prova discursiva dos candidatos habilitados e melhores classificados nas provas objetivas. A terceira etapa é a prova de títulos, para fins de pontuação dos candidatos habilitados na prova discursiva.

Acesse o edital completo no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)

ESCOLAS DE ILHÉUS SOFREM COM A FALTA DE PROFESSORES

Barão de Macaúbas é uma das escolas sem professor.

Mesmo com concurso público homologado e uma seleção temporária já concluída, escolas da rede municipal de ensino de Ilhéus estão sem professores. A situação tem sido crítica principalmente na zona rural, como na Ponta da Tulha e Castelo Novo, onde há maior dificuldade de acesso e de disponibilidade de pessoal.

Faltam docentes também em unidades escolares da zona urbana, como naqueles localizados na zona sul da cidade. A falta de profissionais atrapalha o início do ano letivo e demonstra certa falta de jogo de cintura do governo Marão.

Afinal, se há professores aprovados tanto em concurso, quanto em seleção temporária, qual o motivo de penalizar os estudantes com a demora pra contratação?

BAHIA LANÇA NOVA SELEÇÃO COM 2.483 VAGAS PARA PROFESSOR

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia lançou, nesta quinta-feira (23), editais para o Processo Seletivo Simplificado visando a contratação por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), para 2.483 professores da Educação Básica, Educação Básica no Campo e mais 215 vagas para professor Indígena. O processo seletivo também envolve 961 vagas para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). As inscrições serão realizadas de 1º a 13 de março, exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico (www.ibrae.com.br), ícone concursos. Informações também estão disponíveis no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

Confira aqui o edital para técnico e aqui para professor.

A seleção acontecerá em uma única etapa, com a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, aplicada para as funções de professor da Educação Básica, Básica no Campo e Professor Indígena para a Educação Indígena. A abrangência da seleção englobará 415 municípios componentes dos Núcleos Territorias de Educação (NTE). A aplicação da prova objetiva acontecerá em Salvador, Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista.

No caso do técnico de nível médio/mediador para o EMITEC, a seleção englobará 109 municípios e as provas serão aplicadas em Salvador e Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ibotirama, Ilhéus, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Porto Seguro, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista.

Inscrições abertas – Também acontecem, até o dia 03 de março, as inscrições para 519 vagas destinadas a professores da Educação Profissional e Tecnológica e 211 vagas iniciais para professor substituto da Educação Básica, conforme editais publicados no dia 11 de fevereiro. A seleção engloba, ainda, 157 vagas para preceptor de estágio de Enfermagem das unidades da Educação Profissional e Tecnológica da rede estadual e mais 655 vagas da Educação Especial, destinadas a Técnicos de Atendimento Educacional Especializado, Tradutor/Intérprete de Libras, Cuidador Educacional, Braillista e Instrutor de Libras.

Acesse os editais no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)

ESTADO ABRE SELEÇÃO COM 2243 VAGAS PRA PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia abriu Processo Seletivo Simplificado visando a contratação por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), para as funções de professores e profissionais da Educação de nível médio e superior. Os editais foram publicados, neste sábado (11), no Diário Oficial do Estado.

São 519 vagas para professores da Educação Profissional e Tecnológica e  211 vagas iniciais para professor substituto da Educação Básica, sendo que durante o ano letivo o número de convocados poderá chegar até 2.243. A seleção engloba, ainda, 157 vagas para preceptor de estágio de Enfermagem das unidades da Educação Profissional e Tecnológica da rede estadual e mais 655 vagas da Educação Especial, destinadas a Técnicos de Atendimento Educacional Especializado, Tradutor/Intérprete de Libras, Cuidador Educacional, Braillista e Instrutor de Libras.

Os editais estão disponíveis no www.educacao.ba.gov.br.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia