WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom embasa secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus


setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: ‘fantastico’

EX-PREFEITO JABES PEDE DESCULPAS POR SITUAÇÃO DE ESCOLA MOSTRADA NO FANTÁSTICO

A vergonha.

O ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, se posicionou sobre a situação da escola municipal de Piaçaveira, no distrito rural de Japu. A história foi mostrada no programa Fantástico e causou revolta nos ilheenses. Há cerca de dez dias, quando a matéria foi ao ar, defendemos em editorial que os ilheenses deviam desculpas àqueles estudantes (lembre aqui).

Nota Pública

Amigas e Amigos de Ilhéus.

Como é do conhecimento de todos, estou dedicado inteiramente ao tratamento para recuperação de minha saúde.

Tenho acompanhado, pelo noticiário, os últimos acontecimentos ligados à nossa cidade.

Vi, com tristeza, o do programa Fantástico e também fiquei indignado com a situação física da escola de Piaçaveira, na área rural. As explicações que me deram é que se tratava de imóvel particular e, portanto, a Prefeitura não poderia fazer investimentos.

A verdade é que eu não tinha conhecimento pleno dessa realidade. Mas isso não é suficiente. E aqui peço sinceras desculpas em nome do governo pela falha.

Essa triste realidade se arrasta há anos, perpassando várias administrações. Quero crer que o governo anterior ao nosso, que tinha como vice-prefeito Mário Alexandre e José Nazal como secretário, também não tinha conhecimento dessa indignidade. Mesmo agora, é razoável que o atual governo não soubesse da gravidade, pois, se assim fosse, não autorizaria o início do ano letivo no local.

Nossa administração, nos últimos quatro anos, reformou ou ampliou quase cem unidades escolares, na sede e no interior. A Escola do Salobrinho, por exemplo, que construímos com recursos próprios, possui 12 salas de aula, salas de diretoria, coordenação, secretaria, professores, almoxarifado, biblioteca, auditório, laboratório de informática, grêmio estudantil, cozinha, refeitório e pátio coberto.

Instalamos aparelhos de ar condicionado no IME central e, no plano pedagógico, recuperamos e atingimos o índice do IDEB – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – para o Ensino Fundamental. Sempre atuamos com atenção prioritária à área da Educação.

Sei que há muito para ser feito. Como cidadão ilheense, espero que o atual governo – que recebeu a Prefeitura em melhores condições das que recebi em 2013 – possa avançar em benefício da nossa gente e, em especial, da juventude.

Jabes Ribeiro.

EMPRESÁRIO DOA TERRENO E CRIANÇAS TERÃO ESCOLA DE VERDADE

Do Blog do Gusmão

A vergonha.

No domingo (16), o Fantástico (TV Globo) mostrou para boa parte do país as condições da Escola Nucleada do Japu, na zona rural de Ilhéus. O apresentador do programa, Tadeu Schmit, disse que se tratava de uma escola “entre aspas”. “Uma escola sem escola”. Ontem, conforme a prefeitura, o prefeito Mário Alexandre (PSD) determinou a desativação da unidade.

O prefeito também estabeleceu que o caso deve ser tratado como prioridade. Segundo a secretária de Educação de Ilhéus, Eliane Oliveira, na segunda-feira (22), uma reunião com a comunidade vai definir as medidas mais urgentes para dar condições adequadas de ensino aos estudantes.

Doação

A Secretaria de Infraestrutura, Transportes e Trânsito vai adotar as medidas necessárias para a construção da nova escola no terreno que acaba de ser doado pelo agricultor Miguel Domingos Dias.

VEJA REPORTAGEM COMPLETA DO FANTÁSTICO SOBRE ESQUEMA DE CORRUPÇÃO EM ILHÉUS


Confira a reportagem completa exibida pelo jornalístico Fantástico, da Globo, neste domingo, dia 14, sobre o esquema de corrupção que mandou pra cadeia o vereador Jamil Ocké e o ex-secretário Kácio Brandão.

ILHÉUS DEVE DESCULPAS AOS ESTUDANTES DE PIAÇAVEIRA

Uma quase escola é o espelho de uma sociedade quase civilizada. Imagem: Reprodução Fantástico/Globo.

Editorial do Ilhéus em Resumo

A realidade dos estudantes do anexo de Piaçaveira, no distrito de Japu, a trinta quilômetros do centro de Ilhéus, chocou a todos. Milhares de ilheenses não conheciam aquela realidade, que nos parece coisa comum de se ver em algum brejão Brasil a dentro, desde que bem distante de nós.

Aquela realidade, exibida no Fantástico, da rede Globo, neste domingo (14), nos assusta e põe em xeque a sensibilidade dos gestores que por aqui passaram. Se a comunidade ilheense, em sua maioria, desconhece aquele cenário, é obrigação do poder público conhecê-lo. Conhecê-lo e, sobretudo, mudá-lo.

Não cabe aqui procurar culpados. Principalmente, porque já os conhecemos. Quantos governaram Ilhéus e negligenciaram a realidade de uma escola quase sem teto e sem paredes? Onde o banheiro é um buraco no chão, a água é levada de casa e a merenda é uma promessa antiga? Jabes Ribeiro, Newton Lima, Valderico Reis, Antonio Olímpio? Todos!

Se já conhecemos os culpados, conhecemos também quem pode, a partir de agora, mudar aquela realidade.

O ilheense concedeu ao atual prefeito, Mário Alexandre, uma vitória esmagadora nas urnas. E espera dele um trabalho à altura. Até agora, com quase cinco meses de governo, nada fez. Mas ainda pode. E pode começar por dar dignidade aos estudantes do anexo de Piaçaveira.

Seria uma forma de recomeçar sua gestão. Ir à escola, pedir desculpas em nome da comunidade ilheense às crianças. Providenciar um local seguro para realizar as aulas enquanto se constrói uma nova escola. Seria um gesto de grandeza e sensibilidade necessário nesse momento.

 

FANTÁSTICO FALA SOBRE A OPERAÇÃO CÍTRUS NESTE DOMINGO 

Do Agravo 

O Fantástico fez a chamada para este domingo (14) do quadro”Aonde está o dinheiro ?” com foco na operação policial Citrus, no município de Ilhéus.

Segundo a reportagem, o Repórter Secreto mostra o desenrolar da operação Citrus que desvendou fraude de R$ 25 milhões na prefeitura de Ilhéus. O grupo criminoso forneceu carne com prazo de validade vencido para crianças nas escolas municipais.

Denominada “Operação Citrus”, foi realizada no dia 21 de março pela 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco). Foram presas seis pessoas, apenas três continuam no presídio Ariston Cardoso, o ex- secretário Kácio Brandão, o vereador Jamil Ocké, e o empresário Enoch Andrade Silva.

Segundo apurado em investigação realizada pelo MP, o grupo opera desde 2009 celebrando contratos com o Município de Ilhéus para o fornecimento de bens diversos utilizando as rubricas genéricas de “gêneros alimentícios” e “materiais de expedientes/escritório”.

FANTÁSTICO GRAVA MATÉRIA SOBRE A OPERAÇÃO CÍTRUS EM ILHÉUS 

Do Pimenta 

Jamil é Kacio seriam os operadores Políticos do esquema

O maior esquema de corrupção já revelado em Ilhéus será tema de reportagem do Fantástico, da Rede Globo). Equipe comandada pelo jornalista Eduardo Faustinni está no município, onde já entrevistou investigadores e outros personagens da Operação Citrus, deflagrada pelo Ministério Público da Bahia (MP-BA) e pela Polícia Civil.

A operação colocou na cadeia o vereador Jamil Ocké e Kácio Brandão, ambos ex-secretários de Desenvolvimento Social de Ilhéus no período 2013-2016, além do empresário Enoch Andrade. Outras três pessoas presas em março já estão em liberdade.

De acordo com o MP, o esquema de corrupção movimentou em torno de R$ 20 milhões desde 2009 por meio de fraudes em procedimentos licitatórios. As investigações recaem sobre a prefeitura e a Câmara de Vereadores. Jamil, Kácio e Enoch continuam presos, preventivamente, no Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus. São apontados como os líderes do esquema, de acordo com investigação do MP.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia