WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


junho 2021
D S T Q Q S S
« maio    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


:: ‘Marão’

EMPRESÁRIO QUE TEVE OBRA DEMOLIDA EM ILHÉUS QUESTIONA SE FOI FALTA DE COMUNICAÇÃO OU PERSEGUIÇÃO 

O que sobrou da demolição

O empresário Hernani Sá resolveu se manifestar sobre a demolição da estrutura que ele montava na praia do Sul, em Ilhéus, na altura do condomínio Jardim Atlântico. A obra foi demolida pela Superintendência de Meio Ambiente no último dia 6, segundo a Secretaria de Comunicação, a pedido do Ministério Público. Confira o relato de Hernani:

“Eu, HERNANI LOPES DE SÁ, empreendedor, filho de Ilhéus, proprietário do Container-Lanchonete localizado na praia do renascer, na zona sul desta cidade, que teve sua estrutura de madeira demolida no dia 06/04/2017 (Anexo – I) por determinação da SEPLANDES – Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Ilhéus, fato esse que foi noticiado pelos meios de comunicação local, venho, em defesa da minha imagem, da minha credibilidade perante a opinião pública e em defesa dos meus direitos como cidadão, informar que:

Protocolei no Gabinete do Prefei de Ilhéus, dia 06/03/2017, abaixo-assinado, assinado por moradores e pessoas da comunidade do surf, solicitando permissão para uso do Container de minha propriedade que já estava no local, para que pudéssemos usá-lo como ponto de apoio na implantação de um projeto sustentável que iria beneficiar os moradores, os surfistas, os frequentadores da praia, oferecendo uma estrutura confortável diferenciada, ao passo que iriamos promover a limpeza da praia, a coleta seletiva do lixo, colocar placas educativas de preservação do meio ambiente, realizar campeonatos de surf e outros eventos esportivos, tudo isso respeitando a vegetação nativa que já se encontrava no local. 

Estrutura era toda desmontável


Após a entrega do abaixo-assinado no gabinete do prefeito, não tivemos mais nenhum problema com a prefeitura de ilhéus, pelo contrário, pessoas do governo prometeram uma caçamba e um trator para retirar o lixo de um terreno baldio próximo, realizamos a construção de um deck modular de madeira, formado por placas de 1,20 m X 1,20 m, que poderia ser desmontado a qualquer tempo, fizemos uma contenção de coqueiros que serviria para conter a maré cheia, feito com troncos já encontrados no chão, fizemos um pergolado de eucalipto tratado que só faltava a telha de policarbonato, para abrigar os atletas no dia do Circuito Carving de Surf, evento que iria inaugurar o espaço no dia 22 e 23 de abril de 2017, em parceria com o realizador do evento Bruno Galini. 

Já estava quase tudo pronto, até as cadeiras de palete fixadas na areia da praia já estavam servindo de apoio para a comunidade, o pessoal do funcional colocava seus pertences em cima, fechamos parceria com a empresa SURREAL-VR, que iria colocar gratuitamente seus equipamentos de jogos de realidade virtual, também na área do pergolado coberto, a dançarina do ventre, Nicolli Darian, já havia sido convidada para mostrar seu trabalho, fazer uma apresentação de dança do ventre com malabares de fogo ao por do sol, pois a nossa estrutura também serviria como espaço cultural. 

O realizador do evento, Bruno Galini, teve a preocupação de convidar salva-vidas profissionais para passar orientações de salvamento e primeiros socorros aos surfistas, que quando estão numa praia sem posto de salva-vidas são os únicos que podem realizar voluntariamente o trabalho desses heróis.

O Prefeito e seus secretários, obviamente, seriam convidados a assistir este espetáculo, nunca visto antes na história de ilhéus. Eventos desse tipo ocorrem na cidade de Itacaré, monta-se toda a estrutura e depois do evento tudo é removido. Em nosso Caso, estávamos pleiteando ficar por tempo indeterminado para uso do espaço, mas se o poder público não permitisse, iriamos remover tudo depois do evento e guardar para eventos futuros, não precisava destruir tudo! Foi muito trabalho e investimento jogado fora, desrespeitando um projeto da iniciativa privada, em parceria com a iniciativa popular, que estava buscando uma parceria com o poder público.

No dia 04/04/2017, chegou uma notificação da prefeitura (Anexo – II) mandando paralisar os serviços, o que foi prontamente obedecido, tanto que no dia 06/04/2017, quando demoliram a obra, não existia ninguém no local, estávamos tentando desembargar junto à prefeitura, inclusive entregamos no gabinete do prefeito, no dia anterior, explicações do que estava sendo feito no local (Anexo – III), ao passo que pedimos apoio, o que foi respondido com uma brutal demolição, que além de derrubar a estrutura, passou por cima de um coqueiro filhote e matou várias plantas em área de preservação permanente que havíamos preservado.

Com relação à madeira que foi levada pelas caçambas da prefeitura, quero saber qual destino foi dado e qual procedimento de retirada, pois tenho nota fiscal e ainda estou aguardando a notificação de apreensão, pois tenho esperança de resgatá-las.

Não sei se houve falha de comunicação entre o Gabinete do Prefeito e a SEPLANDES ou se foi perseguição sem motivo aparente. Mesmo a prefeitura tendo poderes legais para fazer o que fez, acho que não houve bom senso! Até porque quase todos os cabaneiros de praia de ilhéus estão em situação irregular e nem por isso tiveram suas estruturas derrubadas”.

“Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR”! (Bíblia Sagrada, Salmo 33:12)

GOVERNO MARÃO ESQUECE MORTE DE ZÉ TIRO SECO

Ze

O governo do prefeito Mario Alexandre ainda não emitiu qualquer nota de pesar pelo falecimento do radialista Altamiro Viana, o Ze Tiro Seco, que faleceu aos 80 anos, na manhã de ontem, terça-feira, 28.

O silêncio demonstra falta de sensibilidade da equipe do prefeito. Tiro Seco contribuiu com a formação do rádio sul baiano, e se aposentou depois de 67 anos de microfones.

O governador Rui Costa e o deputado federal Bebeto foram algumas das autoridades que se solidarizaram com a família do radialista, que havia se aposentado há um ano.

O enterro está marcado para as 9h desta quarta (29), no Cemitério São João Batista, na zona sul de Ilhéus.

ILHÉUS: GOVERNO MARÃO VAI PAGAR $369 MIL A ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA DE ALIADO

Por mês, escritório vai receber 30 mil reais

O prefeito de Ilhéus, Mario Alexandre, assinou contrato com o escritório de advocacia Harison Leite Advogados Associados para assessoria jurídica. O contrato, já publicado no Diário oficial do município, prevê um desembolso de R$369 mil por um ano de serviços.

A assessoria foi contratada mesmo o município possuindo uma procuradoria Geral, que conta em seu quadro com mais de 12 procuradores concursados, além de outros seis assessores jurídicos recentemente nomeados pelo próprio prefeito.

Como a lei permite dispensa de licitação pra esse tipo de serviço, o escritório contratado foi escolhido a dedo pelo prefeito. O que não surpreende ter optado pelo advogado Harison Leite, que foi procurador geral de Itabuna no governo do ex-prefeito Vane. Leite chegou a ser cotado pra ocupar a Procuradoria Geral de Ilhéus.

A indicação do advogado, à época, teve as bênçãos da deputada Ângela Sousa, aliada de Vane e mãe do prefeito de Ilhéus.

FERNANDO GOMES PEITOU AMBULANTES. MARÃO ENROLA

Marão não se posiciona sobre muitas coisas.

Na semana passada, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Dem), que é adepto de medidas populistas, embora pouco eficazes, decidiu comprar a briga contra ambulantes que ocupavam e tumultuavam a avenida Cinquentenário, a mais famosa do comércio da cidade. Com a medida, os comerciantes irregulares foram removidos e reposicionados em ruelas menos movimentadas. Ainda não é o jeito mais eficaz, mas algo foi feito.

Do lado de cá da rodovia Jorge Amado, o prefeito Mário Alexandre assiste à bagunça instalada principalmente na rua Marquês de Paranaguá e nada faz. Quase não dá pra andar pela via devido à grande quantidade de vendedores que a ocupam.

Ambulantes abusam da falta de fiscalização. Foto da Secom Ilhéus.

A bagunça, que praticamente está institucionalizada, já que fiscais de postura transitam pelo local o dia todo e pouco fazem, fica a menos de 500 metros do shopping popular, que deveria abrigar esses ambulantes.

Marão não gosta de dizer não. Já de olho na eleição de 2020, evita comprar desgastes e vai deixar o problema se arrastar até o próximo pleito, como pretende fazer também com o problema das lotações.

SEM INTERNET, POSTO DE SAÚDE DEIXA DE MARCAR EXAMES EM ILHÉUS

A gestão Marão à frente da prefeitura de Ilhéus segue deixando a desejar em várias áreas, como na saúde. Denúncias sobre mal funcionamento das unidades básicas, principalmente devido à falta de insumo, são recorrentes.

Agora, o caso envolve a falta de conexão de internet na Unidade Básica do Vilela II. Sem sinal, exames e outros serviços estão sendo negados à população, como relatado por um morador que entrou em contato por email.

O caso revela que a medida extrema tomada pelo prefeito, de declarar situação de emergência na saúde em janeiro, em nada surtiu efeito prático.

PREFEITURA DE ILHÉUS DEIXA IDOSOS SEM FRALDAS GERIÁTRICAS

Do Tabuleiro

O governo de Mário Alexandre parece não ter começado bem na questão “Saúde”. A ausência de uma nomeação definitiva de um secretário nesse setor tão carente de atenção tem preocupado usuários da rede SUS do município.

A reclamação da vez, é sobre a falta de fraldas geriátricas na Farmácia Popular desde o inicio do governo. Idosos que necessitam desse material tem passado sufoco, tendo que pagar, por um material que deveria ser adquirido gratuitamente, através do NAE ( Nucleo de Attenção Especializada)

“Estamos com muito problemas, principalmente no setor de saúde, da farmácia, estamos sem fraldas, sem medicações para idosos. Estamos sofrendo, porque eu tenho 2 idosos e estou tendo que comprar fralda e medicação. Precisamos de fralda com urgência”, desabafou Isabel Cristina, usuária do SUS.

 

MARÃO SE RECUSA A NEGOCIAR COM SINDICATO DOS PROFESSORES

Lua de mel entre Enilda e Marão acabou

Solicitada pela APPI/APLB, a audiência com o governo de Ilhéus para a rodada de negociações da campanha salarial dos trabalhadores em Educação da rede municipal não avançou na discussão da pauta por causa da ausência da maioria dos representantes da prefeitura. O encontro, na sexta-feira (03), teve apenas a presença do secretário de Fazenda, Elifaz Anunciação, apesar da necessidade de participação dos demais integrantes do governo chamados a debater: os secretários de Planejamento (José Nazal), Administração (Bento Lima Neto), Educação (Eliane Oliveira) e o Procurador Geral do município (Fabiano Resende).

O primeiro debate tratou de itens iniciais da pauta financeira e previdenciária, mas ainda sem aprofundamentos que necessitam da presença dos demais convidados. “Esta foi a segunda reunião agendada em que representantes do próprio governo não compareceram. Situação que nos passa a ideia de descaso para com os trabalhadores da educação”, afirma o presidente da APPI, professor Osman Nogueira. Um novo encontro foi marcado para a próxima sexta-feira (10), às 15h, na sede administrativa da prefeitura, no bairro da Conquista. “O que a cidade precisa é que, de fato, o governo leve a sério a nossa campanha salarial”, conclui a professora Enilda Mendonça, Secretária Intermunicipal da APPI.

PREFEITURA HOMOLOGA RESULTADO FINAL DA SELEÇÃO DE PROFESSORES

Do JBO

Barão de Macaúbas é uma das escolas sem professor.

A Prefeitura de Ilhéus publicou no Diário Oficial a homologação do processo seletivo simplificado para professores temporários na rede municipal.

No decreto, o governo anuncia o resultado tanto das vagas para a sede quanto para o interior, além da cota de reserva.

A situação em algumas escolas da rede municipal é preocupante. Não há professor para suprir a necessidade do setor e o não cumprimento do calendário escolar preocupa pais e mães de alunos.

A lista com o resultado oficial homologado, você encontra acessando aqui, a partir da página 52 do DO, edição do dia 01.03.

 

GOVERNO MARÃO PAGOU R$ 444 MIL POR 10 BANDAS NO CARNAVAL

Patchanka recebeu 60 mil reais pelo show em Ilhéus. Vingadora levou 70.

O carnaval antecipado de Ilhéus acabou no último domingo, dia 19, mas a conta continua a ser paga pelo contribuinte ilheense. A Prefeitura publicou, nos últimos dois dias, no diário oficial, os gastos com algumas bandas que se apresentaram na festa de momo.

Os cachês, que costumam saltar nessa época, somam, até agora, 444 mil reais, sem contar os desembolsos para bandas como Timbalada e Adão Negro, que se apresentaram no primeiro dia. Até agora, os maiores valores pagos foram às bandas Vingadora (70 mil), Babado Novo (70 mil) e Patchanka (60 mil).

Grupos locais, como Trio da Huana, Lordão e Tsunami ficaram com fatias menores do bolo. Receberam, respectivamente, 42, 25 e 12 mil reais para se apresentar na festa.

ESCURIDÃO TOMA CONTA DE RUA NO CENTRO DE ILHÉUS 

O breu total.

Alô, alô Prefeitura de Ilhéus. A Rua Eustáquio Bastos, na altura do SAC e do Bradesco, no centro, está um mangue só à noite.

Além de alagar durante o dia nesse período de chuvas, à noite fica na escuridão total. Quem precisa usar o banco ou simplesmente pegar o carro que estacionou ali perto, acaba se arriscando.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia