WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘Ilhéus’

ALAN MARINHO DEIXA A PRESIDÊNCIA DO PSDB ILHÉUS

Do Agravo.

Alan Marinho deixa o PSDB/Ilhéus.

Nesta terça- feira (27) chegou a informação de que o presidente do PSDB/ Ilhéus, Alan Marinho, teria desfiliado e se afastado do comando do partido.

Após contato com Alan,  ele confirmou a informação, e salientou que sai do partido por motivos particulares.

Foi apurado que a executiva estadual tentou mudar a decisão de Alan Marinho, mas não obteve êxito.

“O objetivo de organizar o partido, conseguir eleger um parlamentar e contribuir na política, foi concluído”, salientou Alan.

Sob o comando de Alan Marinho, o PSDB voltou a ter um representante no Legislativo de Ilhéus depois de 25 anos, e retornou com força à política ilheense.

AÇÃO SOLIDÁRIA DO ROTARY CLUB DE ILHÉUS

Ação Solidária.

O Rotary Club de Ilhéus, estará promovendo uma Ação Solidária – DRIVE THRU, na próxima sexta-feira (30), das 08 às 17.

O ponto de coleta estará localizado na Praça Cairu, na altura da Loja Arilu Calçados e Óticas Degraus, para arrecadar Alimentos, para doação a Mães Carentes da nossa cidade.

” Dar de si antes de pensar em si” – lema do Rotary.

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS ESTREIA “INTIMIDADES” DIA 1° DE MAIO

A performance busca refletir sobre os conflitos que o tempo nos impõe, abrindo uma janela num diálogo entre passado, presente e futuro.

Para abrir a programação do mês de maio o Teatro Popular de Ilhéus estreará sua mais nova produção, a performance audiovisual “IntimIDADES”. A montagem apresenta o relato de três atrizes sobre o tempo, o corpo e o sonho. A partir de cenas gravadas e também de cenas ao vivo, o público fará uma viagem na memória das três atrizes/personagens, sua relação com o corpo que se transforma no tempo, as lutas diárias contra o patriarcado e os seus sonhos.

“O espelho deve ser o lugar para me contemplar, não para me punir”.

A performance busca refletir sobre os conflitos que o tempo nos impõe, abrindo uma janela num diálogo entre passado, presente e futuro. Com Tânia Barbosa, Iara Colina e Mãe Ilza Mukalê, o espetáculo tem dramaturgia coletiva, encenação de Romualdo Lisboa, músicas de Eloah Monteiro e letras de Romualdo Lisboa com arranjos de Pablo Lisboa.

O projeto, que vem sendo maturado pelo grupo desde 2020, teve inicialmente a direção de Luís Alonso-Aude e a participação de Bárbara Lima, recém integrados ao Teatro Popular de Ilhéus. A pesquisa começada no segundo semestre do ano passado foi o pontapé inicial da encenação de Romualdo Lisboa.

Juntam-se ainda às três atrizes/personagens os depoimentos em vídeo de mais 9 mulheres, trabalhadoras, ativistas, sonhadoras, sendo elas Janira França, Jennifer Gomes, Hortência Brito, Glória Cunha, Patrícia Casaes, Clara Espada, Soraya Monteiro, Cláudia Mar e Ivana Nistico. A apresentação acontecerá no dia 1º de maio, dia em que se comemora o Dia Internacional de Lutas da Classe Trabalhadora, temática a qual se relaciona em diversos modos com a proposta da performance.

Além da estreia, a apresentação ainda será exibida por mais três sábados (8, 22 e 29 de maio), sempre às 20 horas, e após cada apresentação acontece um bate-papo com o público capitaneado pelas atrizes. A transmissão do evento, que tem classificação indicativa de 12 anos, contará com acessibilidade em LIBRAS nas apresentações e nos bate-papos, cuja interpretação será feita por Sara Oliveira. O evento é inteiramente gratuito e acontecerá através da plataforma zoom. Os ingressos podem ser acessados pelo site www.sympla.com.br/teatropopulardeilheus. Além da opção de gratuidade, quem quiser colaborar com o grupo tem opções de apoio de R$ 20, R$ 50 e R$ 100 reais.

O projeto tem apoio financeiro da Prefeitura de Ilhéus através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, Edital Arte Livre, via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

MINISTÉRIO DA SAÚDE INCLUI GRÁVIDAS NO GRUPO PRIORITÁRIO DE VACINAÇÃO

Grávida.

O Ministério da Saúde decidiu incluir as grávidas e puérperas (mulheres no período pós-parto) no grupo prioritário para receber a vacina contra a covid-19, informou ontem (27) a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) do ministério, Franciele Francinato. 

Em audiência na Câmara dos Deputados para debater a situação das vacinas no país, a coordenadora disse que a medida foi tomada em razão da situação preocupante da pandemia no Brasil e visto que grávidas e puérperas têm risco maior de hospitalização por covid-19.  “A vacinação deve começar a partir do dia 13 de maio”, informou.

Em 15 de março, o governo já tinha incluído as gestantes com comorbidades. De acordo com Franciele, uma nota técnica foi encaminhada na segunda-feira, 26, aos secretários estaduais de Saúde, com as novas orientações.

“Nossa indicação é que, nesse momento, vamos alterar um pouco a recomendação da OMS [Organização Mundial de Saúde] que hoje indica a vacinação, de acordo com o custo x benefício. Mas, hoje, o risco de não vacinar gestantes no país já justifica a inclusão desse grupo para se tornar um grupo de vacinação nesse momento”, afirmou.

Apesar da mudança, de acordo com a pasta, em um primeiro momento, devem ser vacinadas as grávidas com doenças pré-existentes. De acordo com a coordenadora, serão usados as vacinas Coronavac, AstraZeneca e da Pfizer. Neste caso, o primeiro lote de entregas do imunizante deve chegar na próxima quinta-feira (29) e 1,3 milhão de doses serão distribuídos para utilização nas capitais.

Franciele disse que a medida foi tomada devido a necessidade de armazenagem das vacinas. Para manter a estabilidade do material, a vacina precisa ficar armazenada em temperaturas de -90° a -60°, por até seis meses.

No caso das capitais, as doses serão encaminhados aos centros que podem manter o imunizante em temperaturas de -20° pelo período de sete dias.

“Para a aplicação, a vacina pode ficar em temperatura de geladeira, de até 8°, por até cinco dias”, afirmou.

ILHÉUS: MANUTENÇÃO NO IGUAPE SUSPENDE ABASTECIMENTO DE ÁGUA EM ALGUNS BAIRROS NA QUARTA-FEIRA, 28

água.

Para manutenção das instalações elétricas na Barragem do Iguape, o abastecimento de água em vários bairros de Ilhéus será interrompido, temporariamente, nesta quarta-feira (28) a partir das 10 horas. A previsão é que os serviços sejam concluídos às 17 horas, a partir de quando a operação do sistema será retomada com previsão de regularização total do abastecimento nas 48 horas seguintes.

Localidades afetadas

Subsistema Norte – Sambaituba, Urucutuca, Aritaguá, Iguape, Novo Ilhéus, São Miguel, Jardim Savóia, São José, Barra de Itaípe, São Domingos, Barra Norte e Cachorro Pelado.

Subsistema Centro: Teresópolis, Boa Vista, Princesa Isabel, Esperança, Cidade Nova, Av. Itabuna, Conquista, Tapera, Banco da Vitória, Teotônio Vilela, Banco da Vitória, Vila Cachoeira, Agrovila Frei Vantuy, Pacheco, Basílio, Malhado e Salobrinho.

Nesse período, a Embasa recomenda o uso racional da água armazenada nos reservatórios domiciliares e lembra que os moradores de imóveis com reservatório capaz de atender às necessidades de seus moradores não serão afetados por esta interrupção.

Mais informações, entre em contato com o Escritório Local (73 3234-7250), WhatsApp (71 99717-0999) ou pelo 0800 0555 195.

STF SUSPENDE REINTEGRAÇÃO DE POSSE EM ÁREA DENTRO DA COMUNIDADE INDÍGENA TUPINAMBÁ DE OLIVENÇA

Do G1.

STF suspende reintegração de posse em área dentro da Comunidade Indígena Tupinambá de Olivença.

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a reintegração de posse de áreas em disputa dentro da Comunidade Indígena Tupinambá de Olivença, especificamente a Comunidade Indígena Tupinambá da Serra do Padeiro.

A liminar concedida pela ministra Rosa Weber, na segunda-feira (26), suspende os efeitos da decisão da Justiça Federal em Itabuna, até o julgamento do mérito da reclamação.

A decisão da Justiça Federal de Itabuna solicitava a desocupação da área do imóvel rural Conjunto Agrícola São Marcos. Segundo a Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), a área está dentro da comunidade indígena, que ainda não foi demarcada, o que aumenta a instabilidade e o conflito na região.

A SJDHDS afirmou em nota, que a decisão da Justiça de Itabuna causou surpresa, porque a reintegração contrariava a determinação do STF, que suspendeu quaisquer ações ou andamentos processuais nesse sentido enquanto durar a pandemia da Covid-19. A decisão do ministro Edson Fachin foi proferida no dia 6 de maio do ano passado.

Na última semana, a Defensoria Pública da União (DPU) tinha entrado com um pedido de liminar no Supremo Tribunal Federal para pedir a suspensão da reintegração de posse no local.

O secretário da SJDHDS, Carlos Martins, ressaltou que apesar de não demarcada, a área indígena tem um lado antropológico publicado pela Fundação Nacional do Índio (Funai)

“É importante registrar que a Terra Indígena Tupinambá de Olivença tem laudo antropológico publicado pela Funai, comprovando a posse tradicional e originária dos índios no local”, disse o secretário Carlos Martins.

A aldeia pertence à Terra Indígena Tupinambá de Olivença, delimitada por laudo antropológico da Funai publicado no Diário Oficial da União em 2009.

O próximo passo do processo demarcatório seria a emissão da Portaria Declaratória/Demarcatória pelo Ministério da Justiça, contudo, no início de 2020, o órgão devolveu o processo demarcatório para a Funai reavaliá-lo, retardando ainda mais o feito, e gerando insegurança jurídica.

CENTRO DE TRATAMENTO COVID-19 MONTADO EM ILHÉUS COMPLETA UM ANO

A equipe do Centro de Atendimento à Covid é formada por 110 profissionais.

O Centro de Atendimento à Covid-19 foi montado no Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães, em Ilhéus, no dia 27 de abril de 2020, desde então seu funcionamento foi ininterrupto em regime de 24 horas, para atendimento à pessoas com suspeita e ou infectadas pela Covid-19.

Em um ano, a unidade realizou presencialmente 33.148 mil atendimentos, desses, 16.390 casos foram confirmados, com 2.258 internamentos, sendo 1.316 internações clínicas e 942 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O centro foi o primeiro hospital de campanha do interior, e atende 42 municípios da região. Ele foi criado por meio da parceria entre a Prefeitura de Ilhéus e o Governo do Estado da Bahia. De acordo com informações da Coordenação de Enfermagem do Centro Covid-19, em doze meses, a unidade realizou presencialmente 33.148 mil atendimentos, desses, 16.390 casos foram confirmados, com 2.258 internamentos, sendo 1.316 internações clínicas e 942 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Entre testes rápidos e do tipo swab, 49.437 exames foram realizados para detecção da Covid-19. Pelo menos, 46 mil casos ao todo do município de Ilhéus foram monitorados pela equipe do Centro Covid-19. Dos 417 óbitos de Ilhéus registrados até o momento, 72 óbitos aconteceram na unidade.

Nesta data, a coordenadora do Centro Covid-19 e enfermeira, Daniela Navarro, destaca que este um ano representa um período de luta, expectativas e esperança em meio a sorrisos e lágrimas, com muitas histórias para contar. “Momentos inesquecíveis para toda a equipe. Agradecemos a Deus por ter nos guiado até aqui e pedimos força para continuar sendo essenciais na restauração da vida daqueles que cuidamos. Somos um exército de homens e mulheres com a grande missão: salvar”.

Nós do Ilhéus 24h saudamos com toda admiração e respeito os 110 profissionais como enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos, fisioterapeutas, recepcionistas, auxiliares administrativos, maqueiros, condutores e biomédico que trabalham sem descanso na luta contra a Covid 19  em nossa cidade.

SESAU INFORMA SOBRE APLICAÇÃO DA 2ª DOSE DA CORONAVAC EM ILHÉUS

CORONAVAC

Pessoas que tomaram a 1ª dose da vacina CoronaVac e estão dentro do prazo para aplicação da 2ª dose devem aguardar a chegada de nova remessa do imunizante, produzido pelo Instituto Butantan. De acordo com a Secretaria de Saúde (Sesau), à medida que novos lotes forem repassados ao município, a estratégia será retomada. Os dias, horários e pontos de vacinação serão informados previamente à população, por meio dos canais oficiais da Prefeitura de Ilhéus.

Segundo comunicado do Ministério da Saúde (MS), o Brasil enfrenta dificuldades no recebimento de insumos destinados à fabricação do imunizante e consequente demora no fornecimento de vacinas para reforço da CoronaVac. Sendo assim, a continuidade da aplicação da 2ª dose é preocupante em todo o país, não apenas em Ilhéus.  Até o mês de março, a orientação do MS era para que as doses não ficassem retidas, logo, o governo autorizou a vacinação da 1ª dose com a utilização dos imunizantes armazenados para completar o esquema de vacinal dos grupos prioritários.

A Sesau reitera que dará continuidade à vacinação do público que integra a lista de prioridades da primeira etapa da campanha contra a Covid-19, conforme o envio de novas doses.

O Centro Municipal de Atendimento Especializado (CMAE), no antigo Colégio Fênix, por sua vez, continua sendo ponto fixo para aplicação 2ª dose da vacina Oxford/AstraZeneca. As pessoas que estão dentro do prazo de agendamento para aplicação da dose de reforço devem comparecer ao CMAE, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 15h. É indispensável a apresentação do CPF e do cartão de vacinação constando a primeira dose.

Serviço

Vacinação da 2ª dose Oxford/AstraZeneca

Data e horário: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 15h

Local: CMAE – Avenida Canavieiras, 275 – Cidade Nova

NOTA PÚBLICA – PCDOB ORIENTA VOTO CONTRÁRIO À PROPOSTA DE REFORMA ADMINISTRATIVA DA PREFEITURA DE ILHÉUS

PCdoB

A proposta se notabiliza pelo aumento de despesas e quantidade de cargos comissionados, em um cenário de pandemia, de dificuldades econômicas, queda de receitas públicas e sacrifícios da população, no qual se exigiria dos poderes constituídos o exemplo de redução de gastos com pessoal de livre nomeação, conforme ocorreu com o poder legislativo, que inclusive reduziu a remuneração dos vereadores.

Na proposta, não se percebe nenhuma preocupação em preparar o município para a necessidade de retomada do desenvolvimento econômico pós-pandemia, que, se hoje parece uma realidade distante, principalmente devido ao insuficiente ritmo de vacinação causada pela omissão do Governo Federal na negociação prévia com os laboratórios e a falta de apoio econômico à população e a micro, pequenos e médios empreendedores, será mais difícil ainda sem o planejamento de políticas públicas de geração de emprego e renda.

Destacamos que o município continua sem secretaria de planejamento, extinta na reforma administrativa de 2019, reforçando a característica de uma gestão de improvisos e sem participação popular na formulação das legislações do ciclo orçamentário (Plano Plurianual, Leis de Diretrizes Orçamentárias e Orçamentos Anuais).

Também já chama a atenção de toda a cidade, em especial dos setores organizados nas áreas de Turismo, Cultura e Meio Ambiente (todos estratégicos para a promoção de desenvolvimento sustentável no município, que já tiveram secretarias extintas na reforma de 2019) a institucionalização de órgãos de segunda categoria, com pouquíssima estrutura, que dificilmente terão condições de cumprir suas finalidades, tão importantes para o momento que a cidade vive e para a possibilidade de preparação para uma retomada econômica e a melhoria das condições de vida do povo. Enquanto isso, contraditoriamente, proliferam de forma bastante questionável as assessorias jurídicas e especiais em vários setores.

Registramos o acerto da proposição de uma estrutura, mesmo pequena, para a área de Juventude, Esporte e Lazer, que pode ser fundamental para a construção e execução de políticas públicas nesses setores. Por outro lado, é digno de nota o equívoco de manter em pequenas seções desestruturadas as áreas de Promoção da Igualdade Racial e de Políticas Públicas para a Mulher na Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza, limitando sua condição de promover políticas públicas em uma atuação transversal, atingindo todos os setores da administração, como seria necessário a esses importantes segmentos da população.

Por fim, ressaltamos que a proposta de Reforma com aumento de despesas de cargos comissionados, também viola a Lei de Responsabilidade Fiscal, tendo em vista que o município já superou o limite máximo de despesas com pessoal, e a Lei que define o Programa de Enfrentamento ao COVID-19 que proíbe os municípios afetados pela pandemia de criar cargos ou alterar estruturas com aumento de despesas.

Diante de todo o exposto, o Partido Comunista do Brasil, PCdoB, por sua Comissão Política, Executiva Municipal, em decisão conjunta com o vereador Cláudio Magalhães, membro dessa comissão, resolve se posicionar contra a proposta de reforma administrativa e apoiar as movimentações da Sociedade Civil para a correção das distorções apontadas.

Ilhéus, 27 de abril de 2021

Diretório Municipal – PCdoB Ilhéus

VEREADORA ENILDA TIRA REFORMA DE MARÃO DA PAUTA NA CÂMARA

Vereadora Enilda.

O projeto de reforma administrativa enviado pelo prefeito Mário Alexandre para ser votado na sessão dessa terça-feira (27) na Câmara de Vereadores de Ilhéus foi retirado de pauta após pedido de vista da vereadora Enilda Mendonça.

A decisão da vereadora petista visivelmente não agradou  os vereadores da situação, que estavam “afoitos” para a votação.

A vereadora utilizou o recurso de “parecer em separado” para tirar o projeto de pauta. Segundo o regimento interno da Câmara, ela tem até 5 dias para apresentar a sua análise à parte sobre o projeto.

Enilda é membro da Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia