WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘Coronavírus – Covid’

TOQUE DE RECOLHER SERÁ DAS 22H ÀS 5H EM ILHÉUS

Toque de recolher em Ios

Um novo decreto que será publicado no Diário Oficial do Município reduz o toque de recolher em Ilhéus. De acordo com o documento, a restrição da circulação noturna passa a vigorar das 22h às 5h, da quinta (22) até a terça-feira (27), em todo território municipal. Os estabelecimentos comerciais e de serviços, incluindo os bares, restaurantes e similares, deverão encerrar as suas atividades com até 30 minutos de antecedência do período estipulado.

Conforme o texto, a comercialização de bebida alcóolica fica permitida em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no final de semana (sábado e domingo), das 5h até as 22h, durante a vigência do decreto.

Seguem proibidos, contudo, até 27 de abril de 2021, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas e amadoras e eventos, independentemente do número de participantes, tais como: cerimônias de casamento, eventos desportivos, recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, parques, solenidades de formatura, passeatas e afins.

As academias, centros de treinamento, estúdios e similares voltados para a realização de atividades físicas, poderão funcionar, respeitando a restrição de horário, bem como, todos os protocolos sanitários estabelecidos e a capacidade máxima de lotação de 50%. Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, respeitando as medidas de prevenção ao coronavírus, especialmente o distanciamento social adequado e o uso de máscara, com a limitação da ocupação ao máximo de 30% da capacidade do local.

NORDESTE TEM MENOR TAXA DE MORTALIDADE PELA COVID-19 NO BRASIL EM 2021; ENTENDA

A região Nordeste do Brasil tem, atualmente, a menor taxa de mortalidade pela Covid-19, devido à adoção de medidas de restrições mais rígidas e uma comunicação mais forte do que em outras partes do país, segundo matéria publicada pelo Uol.

De acordo com a publicação, em 2021, por exemplo, essa taxa está em 49 por 100 mil habitantes, 37% menor do que a média nacional no mesmo período, que chega a 78 por 100 mil habitantes. No Sul, líder no índice, o número chega a 109 por 100 mil.

“O Nordeste hoje é quem puxa hoje a mortalidade do Brasil para baixo”, diz André Longo, secretário de Saúde de Pernambuco e vice-presidente do Nordeste do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

A taxa de mortalidade do Nordeste na pandemia era de 134 por 100 mil na última quinta-feira (15/4). Os três estados com menores taxas de mortalidade na data eram do Nordeste: Maranhão (95 para cada 100 mil), Bahia (114) e Alagoas (117). A média nacional na data ficava em 174 para cada 100 mil pessoas. Desde o início da pandemia, segundo os números oficiais do Ministério da Saúde, a região registrou até a quinta-feira 76 mil dos 365 mil óbitos —o equivalente a 21%.

Longo afirma que o resultado se deve, em partes, porque a região se articulou desde o início e ouviu mais a ciência. Contudo, ele reconhece que, mesmo com uma situação melhor que outras regiões, o cenário é crítico no Nordeste.

SITUAÇÃO NA BAHIA

No sábado (17/4), a Secretaria Estadual de Saúde da Bahia, divulgou que nas últimas 24 horas, foram registrados 3.889 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,5%) e 3.051 recuperados (+0,4%). O boletim epidemiológico, também, registrou 94 mortes, que ocorreram em datas diferentes, porém, confirmadas no sábado. Dos 859.760 casos ocorridos desde o início da pandemia, 826.161 já são considerados recuperados, 16.371 encontram-se ativos e 17.228 tiveram óbito confirmado.

GOVERNO AMPLIA TOQUE DE RECOLHER NA BAHIA; ILHÉUS E ITABUNA NÃO FAZEM PARTE DA LISTA

Rui Costa anuncia toque de recolher.

Em 208 municípios baianos, o toque de recolher passa a vigorar das 20h às 5h de 18 a 26 de abril. Nos demais municípios, fica restrita a locomoção noturna, vedados a qualquer indivíduo a permanência e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas, das 21h às 05h, de 18 de abril até 26 de abril. A medida foi publicada neste domingo (18), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE).

Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres, localizados nos municípios do Anexo I deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Fica vedada em todo o estado a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, no período das 18h do dia 23 até as 5h de 26 de abril. Excepcionalmente, essa medida não se aplicará aos municípios listados no Anexo 2 abaixo em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 75%.

Transporte

A circulação dos meios de transporte metropolitanos deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 18 de abril até 26 de abril de 2021. A circulação dos ferry boats deverá ser suspensa das 21h30 da segunda-feira (19) às 05h do dia 23 de abril de 2021, ficando vedado o seu funcionamento nos dias 24 e 25 de abril.

A circulação das lanchinhas deverá ser suspensa das 21h30 às 05h de 19 de abril a 26 de abril de 2021, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação, nos dias 24 e 25 de abril.

Aulas e eventos

As atividades letivas, nas unidades de ensino públicas e particulares, poderão ocorrer de maneira semipresencial, conforme disposições editadas pela Secretaria da Educação, nos municípios listados no Anexo 2 abaixo, em que a taxa de ocupação de leitos de UTI se mantenha, por cinco dias consecutivos, igual ou inferior a 75%. A realização das atividades letivas semipresenciais fica condicionada à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos. No restante do estado, continuam suspensas, até 26 de abril, as aulas presenciais nas unidades de ensino, públicas e particulares.

Permanecem proibidos até o dia 26 de abril os eventos e atividades, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, como eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, eventos recreativos em logradouros públicos ou privados, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. Apenas eventos científicos, corporativos e reuniões continuam liberados, com público máximo de 50 pessoas, exceto para os municípios do Anexo 1.

Segue proibida ainda, em todo o território baiano, a prática de quaisquer atividades esportivas coletivas amadoras até 26 de abril, sendo permitidas as práticas individuais, desde que não gerem aglomerações. Continua autorizado o funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, desde que limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade do local, observados os protocolos sanitários estabelecidos. Continuam permitidos os atos religiosos litúrgicos, com limitação da ocupação ao máximo de 25% da capacidade do local.

Municípios integrantes do Anexo 1

Abaíra, Acajutiba, Adustina, Alagoinhas, Alcobaça, América Dourada, Anagé,Andaraí, Angical, Antas, Aporá, Araçás, Aracatu, Aramari, Baianópolis, Banzaê, Barra, Barra do Mendes, Barreiras, Barro Alto, Belmonte, Belo Campo, Boa Vista do Tupim, Bom Jesus da Lapa, Bom Jesus da Serra, Boninal, Bonito, Boquira, Botuporã, Brejolândia, Brotas de Macaúbas, Brumado, Buritirama, Caatiba, Caculé, Caetanos, Caetité, Cafarnaum, Canápolis, Canarana, Candiba, Cândido Sales, Caraíbas, Caravelas, Cardeal da Silva, Carinhanha, Catolândia, Catu, Caturama, Central, Cícero Dantas, Cipó, Cocos, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Coribe, Coronel João Sá, Correntina, Cotegipe, Crisópolis, Cristópolis, Dom Basílio, Encruzilhada, Entre Rios, Érico Cardoso, Esplanada, Eunápolis, Fátima, Feira da Mata, Firmino Alves, Formosa do Rio Preto, Gentio do Ouro, Guajeru, Guanambi, Guaratinga , Heliópolis, Iaçu, Ibiassucê, Ibicoara, Ibicuí, Ibipeba, Ibipitanga, Ibiquera, Ibirapuã, Ibitiara, Ibititá, Ibotirama, Igaporã, Iguaí, Inhambupe, Ipupiara, Iraquara, Irecê, Itabela, Itaberaba, Itaetê, Itagimirim, Itaguaçu da Bahia, Itamaraju, Itambé, Itanagra, Itanhém, Itapebi, Itapetinga, Itapicuru, Itarantim, Itororó, Ituaçu, Iuiu, Jaborandi, Jacaraci, Jandaíra, João Dourado, Jucuruçu, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lajedão, Lajedinho, Lapão, Lençóis, Licínio de Almeida, Livramento de Nossa Senhora, Luís Eduardo Magalhães, Macajuba, Macarani, Macaúbas, Maetinga, Maiquinique, Malhada, Malhada de Pedras, Mansidão, Marcionílio Souza, Matina, Medeiros Neto, Mirante, Morpará, Mortugaba, Mucugê, Mucuri, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Redenção, Nova Soure, Nova Viçosa, Novo Horizonte Novo Triunfo, Olindina, Oliveira dos Brejinhos, Ouriçangas, Palmas de Monte Alto, Palmeiras, Paramirim, Paratinga, Paripiranga, Pedrão, Piatã, Pindaí, Piripá, Planalto, Poções, Porto Seguro, Potiraguá, Prado, Presidente Dutra, Presidente Jânio Quadros, Riachão das Neves, Riacho de Santana, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Ribeirão do Largo, Rio de Contas, Rio do Antônio, Rio do Pires, Rio Real, Ruy Barbosa, Santa Cruz Cabrália, Santa Maria da Vitória, Santa Rita de Cássia, Santana, São Desidério, São Félix do Coribe, São Gabriel, Sátiro Dias, Seabra, Sebastião Laranjeiras, Serra do Ramalho, Serra Dourada, Sítio do Mato, Sítio do Quinto, Souto Soares, Tabocas do Brejo Velho, Tanhaçu, Tanque Novo, Teixeira de Freitas, Tremedal, Uibaí, Urandi, Utinga, Vereda, Vitória da Conquista, Wagner, Wanderley e Xique-Xique.

Municípios integrantes do Anexo 2

Caém, Caldeirão Grande, Capim Grosso, Jacobina, Mairi, Miguel Calmon, Mirangaba, Morro do Chapéu, Ourolândia, Piritiba, Quixabeira, São José do Jacuípe, Saúde, Serrolândia, Tapiramutá, Umburanas, Várzea da Roça, Várzea do Poço e Várzea Nova.

ILHÉUS JÁ APLICOU 40 MIL DOSES DA VACINA CONTRA A COVID-19

Vacinação covid-19.

Ilhéus aplicou 40.362 doses da vacina contra a Covid-19 até o momento, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). Desse total, 29.110 doses correspondem ao primeiro ciclo (D1) e 11.252 referem-se ao segundo ciclo (D2) do esquema vacinal das pessoas que integram os grupos prioritários. Os dados são divulgados diariamente no painel de acompanhamento da cobertura vacinal Covid-19 da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab).

Balanço – Conforme a Sesau, dos dias 12 a 16 de abril, foram aplicadas 1.360 unidades da vacina referentes à primeira dose e 2.640 doses de reforço, relativas ao segundo ciclo do esquema vacinal dos grupos prioritários da primeira fase da campanha. No total, foram imunizadas 4 mil pessoas, entre trabalhadores da saúde, idosos, indígenas e profissionais das forças de segurança e salvamento.

A Sesau reitera que mesmo com o início da vacinação de parcela da população, é necessário manter as medidas de prevenção à Covid-19, com uso de máscara de proteção, higienização das mãos e distanciamento físico (social).

ILHÉUS NÃO REGISTROU MORTES POR COVID-19 NO FINAL DE SEMANA

Boletim dia 18 de abril

Ilhéus não registrou óbitos por Covid-19 no último final de semana, segundo informações dos boletins divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde.

Vale explicar que o registro do óbito ocorre dias depois do falecimento, ou seja, mortes podem ter ocorrido no final de semana, mas o registro acontecerá depois.

Infelizmente Ilhéus registra 408 pessoas falecidas por Covid-19.

Segundo o boletim de ontem (18), Ilhéus possui 313 casos ativos da doença. O número evidentemente é inverossímil já que Ilhéus desde o início da pandemia faz poucos testes.

Há 81 leitos de UTI disponíveis e 79 estão ocupados.

ILHÉUS: UTIs TÊM 81% DE OCUPAÇÃO

Leitos de UTI.

Dados disponibilizados pela Secretaria de Saúde da Bahia mostram que nesta sexta-feira (16), a taxa de ocupação dos leitos de UTI para tratamento da Covid-19 em Ilhéus está em 81%. Na quinta-feira (15) a taxa registrada era de 79%.

Dos 20 leitos do Centro de Convenções, 12 estão com pacientes (taxa de ocupação de 60%). O Hospital de Ilhéus tem 11 leitos disponíveis e está com 9 ocupados (82%). Já o Hospital Vida Memorial possui 10 leitos e todos estão ocupados (100%). O Hospital Regional Costa do Cacau tem 40 leitos e 35 estão com pacientes (88%).

BAHIA REGISTRA 134 ÓBITOS POR COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Vírus Covid-19

Nas últimas 24 horas, a Bahia registrou 134 mortes por Covid-19 e 3.413 casos novos.

Desde o início da pandemia,  46.457 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O estado soma 17.134 mortes e a taxa de letalidade é de 2,00%.

Das pessoas que faleceram, 55,46% eram do sexo masculino e 44,54% do sexo feminino. O percentual de casos com comorbidade foi de 65,69%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,75%).

Até as 15 horas desta sexta-feira (16), a Bahia vacinou 2.010.339 pessoas, sendo que 573.773 receberam também a segunda dose.

ILHÉUS: GOVERNO MARÃO LIBERA BEBIDAS ALCOÓLICAS ATÉ TERÇA-FEIRA E FERIADO SERÁ ALTERADO

Marão

Uma reviravolta aconteceu um novo decreto municipal está para ser publicado hoje ainda no Diário Oficial do Município de Ilhéus, com flexibilizações de medidas restritivas na cidade. A comercialização de bebidas alcoólicas será permitida até as 21h nos bares e restaurantes, do dia 16 de abril a 20 de abril de 2021, terça-feira, devendo os estabelecimentos comerciais encerrarem suas atividades com pelo menos 30 minutos de antecedência. As cabanas de praia são contempladas com o novo decreto a ser publicado, com a comercialização autorizada de bebidas alcóolicas.

O comércio, ainda que não essencial também está autorizado a funcionar.

BAHIA RECEBE NOVO LOTE DE VACINAS, COM ATRASO E QUANTIDADE MENOR DO QUE A ANUNCIADA

Bahia recebe mil doses da vacina coronavac

A Bahia recebeu um novo lote com 396 mil doses das vacinas contra a Covid-19 na manhã desta sexta-feira (16). A informação foi compartilhada pelo Secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, nas redes sociais.

O titular da Sesab ressaltou que a remessa chegou atrasada e em menor quantidade do que era prevista e comentou que “não tem sido fácil”. A expectativa era de que o estado recebesse 500 mil doses na quinta-feira (15).

“Bola pra frente. Cabeça erguida. Vamos distribuir para toda a Bahia ainda hoje”, completou.

BAHIA ULTRAPASSA MAIS DE 2 MILHÕES DE VACINADOS

Vacinação contra Covid-19 segue em Ilhéus sem intercorrências.

Um total de 2.005.623 pessoas receberam a primeira dose do imunizante contra o coronavírus na Bahia, segundo o balanço da vacinação divulgado na noite de ontem (15) pelo consórcio de veículos de imprensa. Com isso, 13,43% da população do estado foi vacinada contra a covid-19.

A segunda dose foi aplicada em 3,64% da população da Bahia: 543.460 pessoas. No total, 2.549.083 doses foram aplicadas no estado (90,61% das 2.813.282 doses recebidas). Em 24 horas, 52.723 imunizantes foram injetados.

No Brasil, 25.460.098 pessoas receberam a primeira dose (12,02% da população do país). Destas, 8.558.567 tomaram a segunda (4,04%). Foram utilizadas 34.018.665 vacinas para a ação (56,66% das doses recebidas pelos estados).



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia