WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


maio 2021
D S T Q Q S S
« abr    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘Cultura’

PUXADA DO MASTRO DE SÃO SEBASTIÃO SERÁ SIMBÓLICA ESTE ANO, DEVIDO A PANDEMIA

Puxada do mastro.

A celebração de homenagem à São Sebastião, por conta da pandemia do coronavírus, será simbólica neste ano de 2021, em Ilhéus. Em virtude da relevância, da importância sociocultural e tradição, a Associação dos Machadeiros de Olivença (AMAO), em parceria com a Prefeitura, vão homenagear o padroeiro de Ilhéus simbolicamente, com limitação do número de pessoas, exigência e rigor em respeito às medidas preventivas contra a Covid-19.

A programação inclui as missas do tríduo ao padroeiro de Ilhéus, às 19hs, na Paróquia Nossa Senhora da Escada, em Olivença, com distanciamento social, limite de ocupação, uso de máscaras de proteção e álcool em gel. O tríduo começa nesta quarta-feira (06) e vai até sexta-feira (08), dia da caminhada dos mascarados em lamentação e respeito às vítimas da Covid-19.

No sábado, uma exposição fotográfica da Puxada do Mastro será realizada na Praça Cláudio Magalhães, às 17h, com hasteamento das bandeiras às 17h30 e missa na Paróquia Nossa Senhora da Escada, às 19h. O acendimento do fogo simbólico, esse ano, homenageará os profissionais de saúde e de outras áreas, que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus, e aos pacientes que lutam contra a Covid-19.

A programação do domingo (10) começa cedo, às 5 hs, com a alvorada e fogos; às 9h, benção aos Machadeiros e, às 10h, acontece a escolha do Mastro de São Sebastião de forma simbólica para 2022.

A Prefeitura de Ilhéus apoia a celebração simbólica por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), com disponibilização de toldos e estrutura para a exposição fotográfica. Toda e qualquer atividade, de cunho privado, fora da programação apresentada, não está autorizada pelo município.

PRORROGADO PRAZO PARA PAGAMENTO DE AUXILIO AO SETOR CULTURAL

Auxilio Emergencial da Cultura

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) editou hoje medida provisória (MP) que prorroga o prazo da utilização do auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc para 2021. A MP autoriza o pagamento do benefício com os recursos já aprovados em 2020 e destinados ao cumprimento da lei, mas que ainda não tenham sido utilizados.

“[…] a MP, além de não representar aumento dos gastos públicos, busca conferir maior segurança ao trabalhador e à trabalhadora da cultura e maior efetividade à Lei Aldir Blanc, assegurando a continuidade das ações emergenciais, a manutenção do apoio aos beneficiários e a efetividade do socorro ao setor cultural”, afirmou a Presidência da República, em nota.

A Lei Aldir Blanc, originada da MP 986/2020 e promulgada pelo Congresso em agosto, prevê o repasse de R$ 3 bilhões de recursos federais para ações emergenciais do setor cultural em estados e municípios.

A aplicação dos recursos está limitada aos valores liberados pelo governo federal. Caso prefeitos e governadores queiram aumentar o valor dos benefícios repassados, deverão fazer a complementação com recursos próprios.

A Lei nº 14.017/2020, que instituiu o auxílio financeiro, foi chamada de Lei Aldir Blanc em homenagem ao escritor e compositor de 73 anos que morreu após contrair covid-19, em maio, no Rio de Janeiro. O texto da lei prevê o pagamento de três parcelas de um auxílio e emergencial de R$ 600 mensais para os trabalhadores da área cultural.

Está previsto ainda o pagamento de subsídio para manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas e organizações comunitárias. Esse subsídio mensal terá valor entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, de acordo com critérios estabelecidos pelos gestores locais.

DISTRIBUIÇÃO DE RECURSOS DA LEI ALDIR BLANC GERA DESCONTENTAMENTO EM ILHÉUS “ESCULHAMBAÇÃO TOTAL” ACUSA PROFESSOR

Do Blog do Gusmão.

Lei Aldir Blanc

O BG recebeu e-mail do professor Edson Ramos, que é integrante dos coletivos “Prumo” e “Guela”, grupos ligados ao fomento de manifestações culturais.

Ramos externou insatisfação com o resultado preliminar do edital Arte Livre, que divulgou os grupos e espaços culturais abrangidos pela Lei Aldir Blanc. Na opinião dele, membros do comitê gestor ou da comissão de implementação julgaram em causa própria ou a favor de parentes.

Edson Ramos também questiona a contemplação de grupos artísticos conhecidos que já recebem financiamento de outros projetos culturais. No e-mail ele cita a Associação Comunitária Tia Marita (na figura de Pawlo Cidade), o Teatro Popular de Ilhéus (representado por Romualdo Lisboa e o Grupo Cultural Dilazenze (representado Mestre Nei). Os grupos citados, segundo o professor, foram selecionados para receber R$ 30 mil.

:: LEIA MAIS »

SALVADOR GANHA NOVAS CORES COM GRAFITE NA BARRA

TourGrafite

O grafite, a arte que pode ser vista em ambientes externos, é bem popular em muitos países em diversos continentes do mundo. No Brasil, esta arte começou a dar seus primeiros passos a partir da década de 1970, especialmente, na região Sudeste. Na Bahia, atualmente, quem passa pela região da Barra pode identificar os rostos de alguns dos principais artistas de sucesso no estado em muros e paredes no bairro.

Detalhe, que a obra ainda encontra-se em construção, então mais belezas vêm por aí e muitos outros artistas serão homenageados.

O realismo aos detalhes de cada grafite é um dos principais destaques das obras de arte ao ar livre. Os entusiastas deste segmento artístico consideram um grande marco para a arte na capital baiana, mesmo em plena pandemia. Os desafios ainda são muitos, pois o grafite ainda não caiu na “graça” de instituições públicas para alavancar a arte, ou seja, em geral não existem incentivos governamentais para os artistas que desenvolvem a arte.

TourGrafite

Mesmo com todos os obstáculos, a arte se faz presente em cada trecho e espaço que é permitido dar uma nova cor e cara de arte de rua com status de grande obra de arte ao ar livre. Para os interessados em saber um pouco mais sobre os grafites exemplificados nesta matéria é possível acessar o perfil desses grandes artistas, e conhecer todos os trabalhos que a turma vem desenvolvendo.

Redes sociais: @mirandagrafitte, @andersongrafiteoficial, @fogestreetart, @maestro_grafite e @eduardobaiaartes.

Vale ressaltar que parte dos grafites já foram concluídos, o que deixa a cidade com aquela linda cara de carnaval de Salvador e outra parte segue em desenvolvimento próximo a um dos grandes cartões postais da Bahia, o Cristo da Barra. Então quem tiver curiosidade pode se presentear com belíssimos desenhos destes artistas citados anteriormente. Não esqueça de tirar uma selfie e compartilhar em suas mídias sociais, com certeza isso ajuda a fortalecer o trabalho dos grafiteiros.

História – O grafite é uma manifestação artística em espaços públicos. O conceito mais preciso destaca a arte como um tipo de inscrição feita em paredes. Seu aparecimento na contemporaneidade se deu na década de 1970, nos Estados Unidos. Alguns jovens começaram a deixar suas marcas nas paredes da cidade e, algum tempo depois, essas marcas evoluíram com técnicas e desenhos.

O grafite está ligado, diretamente, ao Hip-Hop. Para esse movimento, o grafite é a forma de expressar toda a opressão que a humanidade vive, principalmente os menos favorecidos, ou seja, o grafite reflete a realidade das ruas. Os brasileiros não se contentaram com o grafite norte-americano, então começaram a incrementar a arte com um toque brasileiro.

Fonte: Política Bahia/ Tat Macedo

SECULT LANÇA EDITAL LIVRE; INSCRIÇÕES SEGUEM ATÉ SEXTA-FEIRA, 4

Casa de Cultura Jorge Amado.

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), abriu nesta segunda-feira (30) as inscrições para o Edital Arte Livre, cujas propostas devem estimular o desenvolvimento das artes nos diversos bairros e distritos do município. O chamamento público é referente à aplicação dos recursos provenientes da Lei Aldir Blanc, responsável por regulamentar as ações emergenciais destinadas ao setor cultural durante a pandemia do novo coronavírus.

Os interessados devem realizar a inscrição por meio de formulário disponibilizado pela Secult, enviado através do e-mail: secultcadastro@gmail.com ou entregue presencialmente na sede da secretaria, situada à Rua Jorge Amado – Centro, das 8h às 12h e das 14h às 18h, até a sexta-feira (4).

Para ter acesso ao recurso, os proponentes precisam comprovar domicílio em Ilhéus e atuar na área cultural, podendo concorrer à premiação pessoas físicas, pessoas jurídicas, grupos, coletivos e espaços culturais estabelecidos na cidade que desenvolvam ações artístico-culturais, conforme seu estatuto e/ou contrato social.

A Secult informa que serão aceitas apenas as propostas cujo cronograma tenha execução concluída até 30 de junho de 2021. Não serão aceitas propostas cujo cronograma inicie antes do dia 1º de fevereiro de 2021 ou após 30 de junho de 2021. Serão contemplados, pelo menos, 33 projetos. Os prêmios variam de R$ 10 mil a R$ 30 mil, de acordo com a categoria indicada.

Os candidatos poderão inscrever propostas nos segmentos de artes visuais; artesanato; audiovisual; capoeira; circo; cultura afro; cultura indígena; culturas populares; dança; hip-hop; literatura; música; patrimônio cultural; povos e comunidades tradicionais e teatro. Para mais informações, acesse o edital a partir da página 28.

Edital Arte Livre

Formulário de apresentação de projetos

ILHÉUS: PREFEITURA DIVULGA LISTA DE APROVADOS NA LEI ALDIR BLANC

Prefeitura divulga lista de aprovados na Lei Aldir Blanc.

A Prefeitura de Ilhéus divulgou a lista de inscritos aprovados para receber o auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc, voltado aos grupos e coletivos de fazedores de cultura, bem como aos espaços culturais estabelecidos no município afetados pela pandemia do novo coronavírus. De acordo com a portaria nº 387, de 26 de novembro de 2020, todos os profissionais que tiveram cadastro homologado precisam preencher e entregar o formulário até a quinta-feira (3) para concessão do benefício.

A documentação deverá ser entregue na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), situada à Rua Jorge Amado – Centro, das 8h às 12h e das 14h às 18h. Os documentos necessários e a lista com os cadastros deferidos e indeferidos estão disponíveis nos links abaixo.

Documentação – Lei Aldir Blanc

Relação dos cadastros aprovados

A secretaria esclarece que estão classificados aqueles que alcançaram nota a partir de 50 pontos, sendo que os 202 primeiros colocados receberão o benefício, conforme estabelece o decreto de regulamentação. O candidato que opte por entrar com recurso deverá redigi-lo informando os motivos e fundamentos para o pedido e entregá-lo na sede da Secult, das 8h às 12h e das 14h às 18h, dentro do prazo de dois dias, contados a partir da quinta-feira (3). Não há formulário específico de recurso contra a homologação.

 

ESTUDANTES DA UESC CONQUISTAM PRÊMIO EXIBIÇÃO AUDIOVISUAL

Capa do documentário premiado.

Estudantes do Curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) conquistaram, no último dia 17 de novembro, o Estudantes do Curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) conquistaram, no último dia 17 de novembro, o Prêmio de Exibição Audiovisual 2020, promovido pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia. A premiação é resultado do edital Nº 04/2020, lançado por meio do Programa Aldir Blanc Bahia, com recursos oriundos da Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo.

Com montante no valor de R$ 1 milhão, o edital selecionou 60 obras audiovisuais que serão exibidas, nos próximos dois anos, pela TV Educativa da Bahia (TVE), em horários estabelecidos pela emissora, e no Circuito Luiz Orlando de Exibição Audiovisual, administrado pela Diretoria de Audiovisual (DIMAS) da Fundação Cultural do Estado (FUNCEB). O Circuito Luiz Orlando de Exibição Audiovisual promove suporte e formação de pontos de exibição de filmes no território baiano. A iniciativa tem como intenção difundir e ampliar o acesso às produções audiovisuais baianas, bem como estimular debates e reflexões acerca de temas com relevância social. As sessões serão programadas pela Dimas.

A idéia surgiu da necessidade de fomento de iniciativas voltadas à execução de ações de salvaguarda para o patrimônio cultural imaterial registrado e/ou em processo de patrimonialização pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC). Além disso, busca estimular a preservação, proteção e valorização do acervo patrimonial, assim como da pesquisa, inventário, publicação, difusão, dinamização e desenvolvimento de dossiês de investigações e estudos de normatização de patrimônio cultural imaterial da Bahia.

:: LEIA MAIS »

ESTUDANTE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA UESC É FINALISTA EM MOSTRA NACIONAL DE CINEMA DE BRASÍLIA

Finalistas do Festival Recanto de Cinema.

Com o documentário “O Abebé Ancestral”, o estudante Paulo Roberto Ferreira Filho, do curso de Comunicação Social da UESC, classificou-se como um dos finalistas do Festival Recanto de Cinema, promovido pelo Instituto Federal de Brasília (IFB), Campus Recanto das Emas, com apoio da Academia Internacional de Cinema (AICTV), do Rio de Janeiro. Na competição nacional, realizada online no último dia 07 de novembro, foram inscritos 256 curtas-metragens de nove estados brasileiros e do Distrito Federal. Os vinte melhores trabalhos foram selecionados para a premiação final. “O Abebé Ancestral” será o representante da Bahia na disputa.

Em sua segunda edição, o festival tem como tema “Memória, Identidades e Territórios” e também é uma iniciativa do projeto “Cinemas em Rede”, da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) que estimula a exibição audiovisual nas Universidades e Institutos Federais do Brasil, a partir de um circuito nacional entre as instituições. A ideia do festival é dar visibilidade e valorizar as produções audiovisuais voltadas para as narrativas protagonizadas pelas periferias brasileiras.

:: LEIA MAIS »

DOCUMENTÁRIO VAI RETRATAR HISTÓRIAS DE JORGE AMADO, CAYMMI E OUTROS AMIGOS

Do Bahia Notícias

Jorge Amado

A frase de Jorge Amado – “A amizade é o sal da vida” – inspirou uma nova produção sobre o escritor. O documentário “O sal da vida” vai se apresentar centenas de correspondências trocadas entre o escritor, Dorival Caymmi, Hector Carybé e Pierre Verger.

O filme começa a ser rodado em 2021. Sergio Machado assume a direção e promete mostrar cartas inéditas guardadas por Paloma, filha de Amado, para recontar a amizade entre os quatro sob a ótica da intimidade e do carinho que eles dividiam.

De acordo com O Globo, o documentário vai mostrar ainda um pouco da obra do grupo.

ILHÉUS: COMISSÃO DA LEI ALDIR BLANC CONVOCA SETOR CULTURAL PARA ESCLARECIMENTOS SOBRE AUXÍLIO EMERGENCIAL

Implementação da Lei Aldir Blanc

A Comissão Municipal de Análise e Implementação da Lei Aldir Blanc convida os trabalhadores da Cultura para um encontro na próxima quinta-feira (22), às 17h, no auditório do Palácio Paranaguá, no Centro, a fim de prestar informações e esclarecimentos acerca do processo de implementação da referida lei na cidade. Ressalta-se que todas as medidas para a prevenção ao contágio do novo coronavírus serão adotadas, com medição de temperatura, distanciamento social, uso de máscara de proteção e de álcool em gel. A Comissão destaca que presença dos profissionais é primordial para estabelecer um canal aberto de diálogo dentro de um processo democrático e transparente.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia