WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


junho 2021
D S T Q Q S S
« maio    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


:: 1/jun/2021 . 11:13

SECRETÁRIO DE SAÚDE DA BAHIA PREVÊ CANCELAMENTO DO FERIADO DE SÃO JOÃO, CASO A SITUAÇÃO SE AGRAVE

São João.

A Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) prevê agravamento da pandemia da Covid-19 e pressão sobre o sistema de saúde cerca que 15 dias após as datas do São João (24 de junho) e São Pedro (29 de junho), sinalizou o titular da pasta, Fábio Vilas-Boas, nesta terça-feira (1º). Segundo ele, o governo do estado praticamente esgotou as medidas possíveis de adotar para evitar esse novo aumento de casos e demanda por serviços de saúde. O que resta agora é medidas de repressão e o diálogo com prefeitos para analisar a possibilidade de cancelamento do feriado do dia 24 em um caso extremo.

As tradicionais festas de São João e São Pedro já estão suspensas na Bahia. O governo do estado também proibiu a circulação de ônibus intermunicipais no período para evitar que as pessoas viajem e promovam festas clandestinas e aglomerações do interior do estado.

“Eu acho que mês de junho e julho serão muitos piores do que foram abril e maio. Sabemos que haverá migração de pessoas para zona rural, elas farão seus forrós nos sítios e fazendas, mesmo sem a movimentação de ônibus, isso vai acontecer, e nós vamos ter um pico entre 15 a 20 dias depois do São João e São Pedro”, previu o secretário em entrevista ao programa Isso é Bahia, uma parceria da A Tarde FM 103,9 e o Bahia Notícias.

Na avaliação de Vilas-Boas, apesar dessas medidas, as festas nas casas das pessoas e nas propriedades privadas “acontecerão aos milhares”.

“O que poderíamos fazer já fizemos que foi cancelar as festas e proibir os ônibus, daqui pra frente é só repressão com forças de segurança do estado, dos municípios, para impedir festas e aglomerações. Mas as festas que acontecem no interior das casas são difíceis de inibir, e elas acontecerão aos milhares”, disse o secretário da Saúde ao apelar para o bom senso da população.

CARRO A SERVIÇO DA PREFEITURA DE ILHÉUS ATROPELA MULHER; MOTORISTA NÃO É HABILITADO

Acidente aconteceu na rua Bento Berilo.

Na manhã desta segunda-feira, 31, um homem que conduzia um  veículo modelo Sandero (placa QWT-4511), que estava a serviço da Prefeitura Municipal de Ilhéus, atropelou uma mulher na rua Bento Berilo, no Centro da cidade.

A vítima, Samille Nascimento dos Santos, teve lesões pelo corpo e foi socorrida por uma equipe do SAMU 192, sendo levada ao Hospital Costa do Cacau.

O carro faz parte da frota alugada da Prefeitura e o motorista, identificado como João Paulo Valverde, não possui Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O veículo foi apreendido e passará por perícia.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS: GUARDA MUNICIPAL É PRESO EM FLAGRANTE APÓS APLICAR MURROS NO ROSTO DA NAMORADA

Do Blog do Gusmão.

José Edilson foi preso em flagrante após agredir a namorada com murros.

Nesta segunda-feira, 31, por volta das 21h, o guarda civil municipal de Ilhéus, José Edilson Silva Santos, foi preso em flagrante por agredir com murros no rosto a sua namorada, de iniciais “J.M.D.S”.

Após escapar do agressor, a mulher buscou ajuda no posto policial localizado na rodoviária. Soldados da 70ª CIPM prestaram apoio à mulher e conseguiram deter José Edilson. O crime foi testemunhado por outras pessoas.

José Edilson foi encaminhado para delegacia de polícia, onde a vítima prestou queixa e foi atendida por uma equipe do SAMU 192.

BAHIA PROÍBE VENDA DE BEBIDA ALCOÓLICA EM FIM DE SEMANA E PRORROGA TOQUE DE RECOLHER

Toque de recolher na Bahia.

O Governo do Estado decidiu prorrogar o toque de recolher em toda a Bahia, das 21h às 5h, até 8 de junho. Nos municípios localizados nas regiões da Chapada Diamantina, oeste, Irecê, Jacobina, sudoeste e extremo-sul, o toque de recolher vale das 20h às 5h. A prorrogação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje (1º).

Os estabelecimentos comerciais que funcionem como restaurantes, bares e congêneres, localizados nessas seis regiões, deverão encerrar o atendimento presencial às 19h, permitidos os serviços de entrega em domicílio (delivery) de alimentação até as 24h.

Nos municípios integrantes das regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção noturna será válida das 22h às 5h.

Fica vedada, em todo o território baiano, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), no período das 18h de 4 de junho até as 5h de 7 de junho.

A comercialização de bebida alcoólica no fim de semana será liberada somente em municípios integrantes de regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos.

SALVADOR E REGIÃO

Em Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Itaparica, Lauro de Freitas, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, Salvador, São Francisco do Conde, São Sebastião do Passé, Simões Filho e Vera Cruz, a restrição de locomoção noturna ocorrerá das 20h às 5h, entre os dias 3 e 7 de junho. No dias 1º e 2, o toque de recolher será das 22h às 5h.

Ainda nesses municípios da Região Metropolitana de Salvador (RMS), a venda de bebida alcoólica fica proibida em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, das 20h de 4 de junho até as 5h de 7 de junho.

A circulação dos ferries boats será suspensa das 22h30min às 5h, no período de 1º de junho a 8 de junho, ficando vedado o funcionamento nos dias 5 e 6 de junho. As lanchinhas não devem circular das 22h30 às 5h, até 8 de junho, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação nos dias 5 e 6 de junho.

De 4 de junho a 6 de junho, a circulação dos meios de transporte metropolitanos será suspensa das 20h30 às 5h. Também de 4 de junho a 6 de junho, os ferry boats e as lanchinhas não devem circular das 20h30 às 5h.

AULAS

As unidades de ensino públicas e particulares podem manter as atividades de forma semipresencial. Para que isso ocorra, é necessário que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid esteja abaixo de 75%, por cinco dias consecutivos, nas regiões de saúde.

Além disso, as atividades letivas devem ficar condicionadas à ocupação máxima de 50% da capacidade de cada sala de aula e ao atendimento dos protocolos sanitários estabelecidos.

EVENTOS E SHOWS

Os eventos e atividades que envolvam aglomeração de pessoas continuam proibidos até 8 de junho, em todo o território baiano, independentemente do número de participantes, ainda que previamente autorizados. Segue suspensa ainda, até 8 de junho, a realização de shows, festas, públicas ou privadas, e afins, independentemente do número de participantes, além de atividades esportivas amadoras em todos os municípios baianos.

Os eventos exclusivamente científicos e profissionais podem ocorrer com público limitado a 50 pessoas. Já os atos religiosos litúrgicos ficam permitidos mediante a ocupação máxima de 25% da capacidade do local. O funcionamento das academias também permanece autorizado mediante a ocupação máxima de 50%.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia