Do Tabuleiro

Jamil.

Desembargadores da Primeira Câmara Criminal da Segunda Turma do Tribunal de Justiça da Bahia autorizaram o ex-vereador e secretário de desenvolvimento social de Ilhéus, Jamil Ocké, a voltar às salas de aula do Instituto de Ensino Eusínio Lavigne (IME) como professor. Em agosto do ano passadoO Tabuleiro antecipou o desejo do ex-vereador.

Jamil estava afastado das atividades educacionais desde março de 2017, quando foi alvo das investigações do Ministério Público Estadual, que deflagrou a Operação Citrus, a qual o manteve em cárcere privado por mais de cinco meses, impedindo-o de lecionar.

Leia mais sobre a operação Citrus clicando aqui.