Do FRN

Tarcísio

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) julga, nesta quinta-feira (16), as contas da Câmara Municipal de Ilhéus referentes ao exercício financeiro de 2016, sob a responsabilidade do ex-presidente Tarcísio Santos da Paixão (PP). O relator do processo de nº 07687e17 é o conselheiro Paolo Marconi.

Paixão exerceu a presidência da Câmara de Ilhéus entre os anos de 2015-2016. Em 2015 as contas foram aprovadas com ressalvas, ainda assim, foi multado em R$ 3.000,00 e condenado a devolver aos cofres públicos com recursos pessoais R$ 2.800,00.

O ex-presidente espera agora ter as contas aprovadas para não figurar entre os políticos ficha suja e, assim, ficar impedido de disputar novas eleições pelos próximos 08 anos.