WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia teatro itabuna secom bahia


setembro 2019
D S T Q Q S S
« ago    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


:: ‘TARTARUGA’

CINCO TARTARUGAS FORAM ENCONTRADAS MORTAS EM PRAIAS ENTRE ILHÉUS E UNA

Do Ilhéus 24h

Animal morto.

Cinco tartarugas foram encontradas mortas em praias das cidades de Ilhéus e Una, no sul da Bahia, nesta quarta-feira (6). De acordo com informações do Projeto A-mar, que monitora os animais na região, a suspeita é de que os animais tenham se afogado, após ficarem presos em redes de pesca.

Conforme o projeto, as tartarugas precisam subir até a superfície para respirar a cada 40 minutos, e, quando elas não conseguem fazer isso, acabam se afogando.

Em Ilhéus, foram encontrados quatro dos cinco animais. O outro foi achado em Una. As tartarugas são da espécie pente, cabeçuda, oliva e verde.

Segundo o Projeto Amar, quatro animais eram adultas e o outro era uma juvenil, e estavam no período de reprodução.

Representantes do Projeto Amar estiveram nos locais e colheram amostras das tartarugas para estudo.

A remoção fica a cargo da prefeitura, segundo o projeto. Ainda de acordo com o projeto A-mar, só neste ano 25 tartarugas foram encontradas mortas no estado. A maioria delas afogadas por conta das redes de pesca, ou por ingestão de lixo.

ILHÉUS: TARTARUGA É ENCONTRADA MORTA COM ANZOL PRESO NO PESCOÇO

Do Ilhéus 24h

Animal morto.

Uma tartaruga foi encontrada morta, com um anzol preso no pescoço, na manhã de segunda-feira (28), na praia do Jardim Atlântico, em Ilhéus.

Conforme informações do Projeto A-mar, ONG que trabalha na conservação dos ecossistemas costeiros e marinhos na região, o animal foi achado por populares que estavam na praia. Ainda de acordo com os pesquisadores, ela era da espécie verde.

O Projeto A-Mar informou que um voluntário esteve no local para enterrar a tartaruga. Nos últimos sete dias, foram encontradas 5 tartarugas mortas na região.

Na manhã desta terça-feira (29), os moradores da praia dos Milionários, que também fica em Ilhéus, encontraram várias águas-vivas na areia.

De acordo com o Projeto A-mar, a aparição destes animais na areia das praias é normal durante o verão, pois elas se encontram em época de reprodução, o que gera a aglomeração de machos e fêmeas.

A organização informou que não se deve tocar nelas, pois é difícil descobrir se elas estão vivas. Se o banhista for queimado por esse animal, a ONG indica que ele deve utilizar vinagre, ou apenas molhar com a água do mar. A água doce intensifica a dor.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia