WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


:: ‘sutran’

MAIORIA DO TRANSPORTE ESCOLAR EM ILHÉUS É CLANDESTINA

Da Secom/Ilhéus

Fiscalização.

A Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran), com o objetivo de garantir a segurança dos alunos que fazem o uso diário do transporte escolar, está intensificando a fiscalização de motoristas permissionários que atuam nesta atividade em Ilhéus. A medida visa identificar os veículos que ainda estão atuando cladestinamente e exigir, além da formalização, um serviço de qualidade à população formada basicamente de crianças e adolescentes. Se não ocorrer a vistoria o veículo pode ser multado.

 De acordo com Rodrigo Cerqueira da Silva, chefe do setor de Transporte Público da Sutran, dos 120 veículos cadastrados na prefeitura somente 50 estão em situação regular no município, enquanto outros 70 veículos continuam transportando estudantes de forma irregular em Ilhéus. “Esta ação é um procedimento essencial para exercer a atividade com segurança. Em janeiro deste ano os permissionários que prestam serviços de transporte escolar foram convocados para regularizar o serviço junto ao órgão de trânsito”, afirmou.

O chefe do setor de Transporte Público da Sutran alerta que em caso da não renovação do alvará ou retirada do veículo prestador de serviço de transporte escolar no prazo de 60 dias do vencimento será automaticamente cancelada sua permissão. “Se não regularizar o cadastro junto à prefeitura fica considerado transporte irregular de passageiros. Somente poderão ser licenciadas as vans com no máximo oito anos de fabricação, em perfeito estado de conservação, com documentos comprovados através de vistoria”, ressaltou.

ILHÉUS: MOTOS USADAS NA FISCALIZAÇÃO DE TRÂNSITO ESTÃO IRREGULARES 

E o exemplo?

Se tem um ditado que volta e meia pode ser bem aplicado é o que diz que em casa de ferreiro, o espeto é de pau. E a prefeitura de Ilhéus segue esse ditado, pelo menos no que diz respeito a quitar os documentos de duas motocicletas usadas para fiscalizar o trânsito da cidade.

Uma fonte informou ao ILHÉUS EM RESUMO que as motos de placas PJP 0442 e PJP 0022 estão com licenciamento e seguro obrigatório atrasados no exercício de 2017. 

As taxas deveriam ser pagas no primeiro semestre desse ano, mas o sistema do Detran revela as dívidas. Somadas, as taxas e seguros custariam 820 reais aos cofres municipais. 

O esforço pra regularizar os veículos parece, no entanto, ser hercúleo. Enquanto não quita os débitos, as motocicletas seguem irregulares e, pior, sendo usadas para fiscalizar e multar quem não cumpre a lei.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia