WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
academia vip


dezembro 2017
D S T Q Q S S
« nov    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘saude’

MARÃO FALA EM “NOVO TEMPO” COM INAUGURAÇÃO DE HOSPITAL

Da Secom/Ilhéus

Prefeito durante a inauguração.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre Sousa, definiu o dia de hoje (15) como “histórico e decisivo” para o avanço da saúde pública em Ilhéus, ao acompanhar o governador Rui Costa na visita guiada que fez, pela manhã, com a imprensa de todo o estado no Hospital Regional Costa do Cacau.

Instalado às margens da BR-415, o Hospital Regional da Costa do Cacau começa a funcionar já no domingo (17), com a realização de cirurgias eletivas do mutirão promovido pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). Até ontem (14) a tarde já haviam sido confirmadas 414 cirurgias.

O Governo investiu R$ 120 milhões nas obras físicas e na aquisição de equipamentos da unidade, que vai atender a cerca de 70 municípios da região sul da Bahia.  “Estamos colocando em prática a regionalização da saúde, com serviços de alta complexidade. Este é o primeiro hospital público do interior com serviços de cardiologia intervencionista, cirurgia cardíaca e hemodinâmica. Esta nova unidade vai melhorar muito o atendimento de toda a região da Costa do Cacau, elevando o padrão de qualidade da nossa saúde pública”, afirmou o governador.

Melhorias – Com a inauguração do Hospital Costa do Cacau, a Prefeitura de Ilhéus vai investir na reestruturação da rede básica, com a recuperação de postos de saúde, construção de novas unidades e a contratação de profissionais e vai assumir a gestão do antigo Hospital Regional Luiz Viana Filho, construído na década de 1970, que passará por reformas e adequações para abrigar um Hospital Materno-Infantil, com UTI Neonatal, para atender a toda a região. Partos de alto risco passarão a ser feitos no Luiz Viana.

“Encontramos uma saúde em estado crítico. Tivemos pouco tempo para implantar todas as mudanças previstas. Isso não se faz da noite para o dia. É preciso tempo e coragem para fazê-las e vamos avançar”, destacou o prefeito de Ilhéus.

Hoje, durante a visita guiada que fizeram juntos, o prefeito Mário Alexandre entregou ao governador o projeto de engenharia do Hospital Materno-Infantil. A expectativa do governador Rui Costa é de licitar a obra em janeiro para que os serviços sejam iniciados no primeiro semestre do ano que vem. Até o início das obras, o antigo hospital continuará funcionando com atendimento de pediatria. O governador estima um prazo de oito meses para a conclusão das reformas, pois o volume de intervenções previstas é muito grande.

Avanços – Integrante da comitiva do governador, a deputada estadual Ângela Sousa destacou a importância do novo hospital na consolidação dos avanços da saúde pública de Ilhéus. “O que está sendo dado é mais dignidade para quem mais precisa da saúde pública da região”, destacou. Para o senador Oto Alencar, o Hospital Costa do Cacau traz para a região a resolutividade em atendimentos de Média e Alta Complexidade, “na medida em que o doente vai chegar e encontrar a solução para o seu problema”.

O diretor técnico do novo hospital, Cláudio Moura Costa, definiu a sua nova missão como sendo “um desafio prazeroso”, pelo fato de estar diante de um empreendimento público “raro, por sua qualidade”. Deputado federal, Paulo Magalhães disse que o que a população regional recebe do governador Rui Costa nada mais é do que o seu exemplo de seriedade e de espírito público. “Esta harmonia entre o prefeito Mário Alexandre e o governador dará uma alavancada na saúde pública de Ilhéus”, afirmou.

Equipamentos de ponta – Dentre os equipamentos de alta tecnologia, o hospital conta com o mais moderno equipamento de hemodinâmica do país – uma máquina de cateterismo cardíaco, cerebral e vascular periférico, totalmente digital, capaz de realizar exames dinâmicos em 3D. O aparelho realiza, além dos tradicionais exames cardiológicos, tratamentos de aneurismas e más formações cerebrovasculares, tornando a região sul um centro de referência estadual para a neurointervenção e cardiologia intervencionista.

RUI COSTA INAUGURA NOVO HOSPITAL DE ILHÉUS NESTA SEXTA

Da Secom/Bahia

Novo Hospital

Com investimentos de R$ 120 milhões do Governo do Estado, o Hospital Regional da Costa do Cacau será inaugurado nesta sexta-feira (15), às 16h, em Ilhéus, pelo governador Rui Costa. Pela manhã, a partir das 8h, Rui fará uma visita à unidade, acompanhado de representantes da imprensa e de profissionais da área de saúde. Resultado de um pleito da população da região sul, o hospital começa a funcionar já no domingo (dia 17), com a realização de cirurgias eletivas do mutirão promovido pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

Os recursos foram aplicados nas obras físicas e na aquisição de equipamentos do hospital, que vai atender a cerca de 70 municípios do sul da Bahia. A nova unidade faz parte do esforço do Governo do Estado para ampliar sua rede de saúde no interior. De novembro até agora, já foram inauguradas três novas policlínicas regionais, localizadas em Teixeira de Freitas, Guanambi e Irecê, além do Hospital Regional da Chapada, situado em Seabra. No dia 22, será a vez da entrega da Policlínica Regional de Jequié.

O Hospital Regional da Costa do Cacau está instalado às margens da BR-415 e prestará atendimento por demanda espontânea e referenciada aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), pela Central de Regulação de Urgências do SAMU Regional Ilhéus-Valença e da Central de Regulação de Leitos Macrorregional. Serão prestados serviços de média e alta complexidade ambulatorial, de Serviço de Diagnose e Terapêutica e internação hospitalar, com um total de 225 leitos distribuídos entre as especialidades Clínica Médica, Clínica Cirúrgica e Terapia Intensiva (UTI), esta última com 30 leitos exclusivos.

ILHEENSE DORME NA FILA POR ATENDIMENTO MÉDICO

A fila começa na madrugada e às 6h da manhã já está desse jeito.

A cena acima virou corriqueira na unidade de saúda de família do bairro Nossa Senhora da Vitória, na zona sul de Ilhéus. Quem precisa e quer ser atendido por lá tem de chegar cedo, às vezes ainda na madrugada.

A falta de médicos durante a semana obriga a população a fazer filas quando está previsto o atendimento. O cenário põe por terra o discurso de prioridade que o governo do prefeito Mário Alexandre pregava na campanha eleitoral do ano passado.

Para desviar da culpa, o prefeito alega a herança maldita recebida. Mas já fazem 11 meses, mais de 330 dias de gestão. Em todo esse tempo, algum sinal de melhora já deveria ter sido mostrado à população.

ILHÉUS: PREFEITO ANUNCIA SELEÇÃO PRA ÁREA DA SAÚDE

Do Agravo

Sede da prefeitura de Ilhéus

Na manhã desta terça-feira (28), o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre em entrevista ao Blog Agravo confirmou que a prefeitura deve lançar ainda este ano uma seleção pública na Secretaria de Saúde para preenchimento de vagas da saúde básica na área médica.

A declaração foi dada por Mário, durante visita juntamente com os vereadores ao Hospital Costa do Cacau. Ele reconheceu que a saúde precisa melhorar, mas lembrou que pegou a área da saúde completamente destruída com postos de saúde fechados.

Ao Blog Agravo, Mário afirmou que a seleção pública será para médicos clínicos gerais, e é parte do projeto de reestruturação e fortalecimento da saúde básica do município para que as pessoas sejam atendidas nas proximidades de suas residências. “Estamos discutindo com Ministério Público e promotoria para que eles entendam que no concurso público não houve vaga para médico de atenção básica, clínicos gerais. A gente precisa suprir as necessidades dos postos de saúde. Faltam médicos nos postos, por isso precisamos fazer a seleção até podermos fazer novo concurso”, explicou Mário.

Durante a entrevista Blog Agravo abordou junto ao prefeito a insatisfação dos ilheenses na área da saúde, situação do Posto Sarah Kubitschek, a nova coordenação do Samu, Novas Ambulâncias, a situação da Lagoa Encantada, e a instalação do ZPE.

ESTADO NÃO DIALOGA COM A SOCIEDADE SOBRE O FECHAMENTO DO REGIONAL

Do Tabuleiro

Yolando

Após repercussões ao redor de qual será o destino do Hospital Regional Luiz Viana Filho e diante da iminente Inauguração do Hospital Costa do Cacau marcada para acontecer em 15 de dezembro, vários questionamentos foram feitos na manhã desta terça (14) por Yolando de Souza, vice Presidente do Conselho Municipal de Saúde de Ilhéus ao comunicador Vila Nova durante edição de O Tabuleiro, na Ilhéus FM.

De acordo com Yolando falta um diálogo do estado com a sociedade, sobre qual será o destino do Hospital responsável atualmente por todo atendimento de urgência, emergência e pediatria no município, bem como o destino dos funcionários que compõe o quadro do Regional.

Yolando convocou todos os funcionários para uma assembleia a ser realizada nesta sexta-feira, tendo como objetivo a formação de uma comissão que será responsável por dialogar, lembrando que o Hospital não é apenas municipal, ele presta serviço à diversos municípios da região.

“A comunidade regional precisa participar das discussões, além disso o governo precisa superar essa cultura de governar dentro de gabinete. Porque o governo decide lá no gabinete com seus técnicos e a sociedade a quem se destina as decisões não participa”, disse.

BASÍLIO RECEBE MUTIRÃO DE SAÚDE

Da Secom/Ilhéus

Mutirão de saúde

A comunidade do Basílio, em Ilhéus, está sendo beneficiada durante todo o dia de hoje (14) com um mutirão de saúde. Profissionais da Fundação José Silveira (FJS), com a apoio da Prefeitura de Ilhéus, estão realizando consultas gratuitas em diferentes especialidades médicas, como atendimentos clínicos, pediatria, exames preventivos, ginecológicos, ultrassonografia e promoção em saúde bucal.

Também está disponível à população a realização de exames de ultrassonografia, preventivo ginecológico, teste de glicemia, aferição de pressão arterial e orientações para prevenção do câncer de mama e próstata. A coordenação informa que, para a realização da ultrassonografia, será necessária a requisição médica.

Desde cedo os caminhões da fundação atraíram um grande número de pacientes, em frente à Escola Estadual das comunidade. Dona Rejane foi uma das primeiras a chegar. Queria aferir a pressão. Seu Alfredo tem sentido dores abdominais e passou por um especialista.

Os atendimentos estão sendo feitos por ordem de chegada e as vagas são limitadas. Os serviços serão prestados até as 16 horas e para ser atendido é preciso apresentar RG, comprovante de residência e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). Este mesmo mutirão foi realizado ontem (13) na Conquista. Além das Unidades Móveis de Saúde da FJS, equipe multidisciplinar auxilia no atendimento.

ILHÉUS: EMPRESÁRIA PROTESTA CONTRA CALOTE DA SECRETARIA DE SAÚDE

Faixa expõe o desrespeito da administração com o empresário local.

Há sete meses a empresária Luiza Margarida aguarda o pagamento de R$ 3.900 da Secretaria de Saúde de Ilhéus. Em contato com o ILHÉUS EM RESUMO, ela explica que possui uma empresa de transporte que foi contratada pela pasta para transportar uma mudança e, até hoje, nada da grana cair na conta.

Em abril, a secretaria de saúde procurou a MSouza Mudanças para retirar equipamentos do Centro Odontológico que funcionava na Avenida Soares Lopes, na região central. De lá, o material foi levado para 4 unidades de saúde, sendo duas na zona sul, uma bairro Basílio e outra no Iguape.

A empresária conta que foram utilizados três caminhões, oito funcionários, 400 caixas e outros materiais, que geraram despesas à empresa, mas que nunca foram pagos pela secretaria.

Até mesmo a secretária de saúde, Elizângela Oliveira, já teria sido cobrada, pessoalmente, da dívida, mas não se mobilizou para quitar a pendência, mesmo a empresa tendo apresentado toda a documentação necessária.

Diante dos sete meses de atraso, a empresária recomenda cautela a quem for prestar serviços à prefeitura, sobretudo à área da saúde.

 

“VAMOS AVANÇAR”, PROMETE SECRETÁRIA DE SAÚDE DE ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Secretária

Ao conceder hoje (7) pela manhã de uma entrevista na Ilhéus FM, com o apresentador Vila Nova, a secretária municipal da Saúde, Elizângela Oliveira anunciou que na próxima sexta-feira (10) serão retomados os processos licitatórios para a recuperação de seis postos de saúde que estão com obras paralisadas desde o governo passado.  Outras unidades da Sesau serão incluídas no programa de recuperação de prédios públicos, através de uma iniciativa, com recursos próprios do tesouro municipal.

“Infelizmente para se falar da saúde pública em Ilhéus é preciso olhar para o retrovisor. Encontramos uma saúde devastada onde todos os programas estavam em bloqueio por falta de prestação de contas do governo anterior”, revelou a entrevistada. Elizângela afirmou que até programas como o “Mais Médicos” foram prejudicados, com a redução de seis dos dez médicos que atendiam a população carente, por descumprimento da exigência de alimentar com as informações o sistema de controle do Ministério da Saúde, causando um bloqueio desde 2015. Lembrou que o Samu recebeu duas ambulâncias para ampliação de frota, mas a gestão passada apenas substituiu os veículos antigos, ao invés de ampliar o serviço. O fato gerou mais uma penalidade ao município que, somente agora, está conseguindo reorganizar a situação para a renovação da frota.

As providências para pôr ordem na gestão da saúde não param por aí. A secretária informou que recentemente conseguiu renegociar uma dívida de quase 500 mil reais – maior parte herdada da gestão anterior –  com a operadora de telefonia que fornece internet. O serviço, só agora restabelecido, vinha prejudicando a marcação de consultas e exames online nas unidades de saúde. Elizângela disse ainda que é fundamental o entendimento do servidor sobre a relevância do seu papel na prestação de serviço para a população. “Numa fiscalização de rotina a um posto de saúde vimos um aviso afixado na parede: Estamos sem internet, informava. No entanto, para nossa surpresa, verificamos que na sala de marcação de consultas o computador e o serviço de internet estavam normais, porém a responsável estava ausente do local de trabalho. Esse tipo de negligência só contribui para piorar o quadro da saúde em Ilhéus”, afirmou.

A secretária considera pertinentes as críticas que a Sesau vem recebendo, mas assegura que os trabalhos vão apresentar resultados e, aos poucos, estas críticas irão diminuir. “Um paciente que estava na UTI quando apresenta sinais de melhora vai direto pra casa? Claro que não. Primeiro vai para semi-intensiva, depois enfermaria e a partir daí pra casa. Esta é a mesma evolução para conquistarmos uma saúde de qualidade. Não adianta abrir unidades e dois meses depois fechar por falta de profissional ou de manutenção. É preciso estrutura para permanecer em pleno funcionamento. É esse o planejamento que está sendo feito”, garantiu Elizângela.

A secretária também apresentou o que considera avanços importantes que muito em breve serão sentidos pela população, a exemplo da ampliação na cobertura da Atenção Básica que subiu de 26 para 39 por cento. “Temos quase 30 licitações com contratos assinados, com restabelecimento de fornecimento de materiais indispensáveis  para o atendimento à população”, finalizou a secretária.

ILHÉUS: POSTOS DE SAÚDE SEM TELEFONE E INTERNET

Posto do Pontal

Enquanto inaugurava o posto de saúde do Nossa Senhora da Vitória na última segunda, dia 3, o prefeito Mário Alexandre devia estar com a orelha coçando. Isso porque, ao passo que devolvia uma unidade de saúde àquela comunidade, outras tantas estão com problemas e as reclamações se multiplicam.

Só nesta semana, leitores procuraram o ILHÉUS EM RESUMO para reclamar de problemas nas unidades do Ilhéus 2 (ali do lado do Nossa Senhora da Vitória) e do Pontal.

As duas unidades estão há dias sem telefone e internet, o que impossibilita a marcação de exames e consultas. O problema, possivelmente, afeta outros postos da rede, já que o serviço de internet e telefone é compartilhado.

Com a palavra, a secretaria de Saúde.

ILHÉUS: FUNCIONÁRIOS DO SAMU USAM FOGO À LENHA NA FALTA DE GÁS

Fogo à lenha

Há pouco mais de três meses, a imprensa estadual noticiou, depois de várias denúncias locais, o fechamento do Samu de Ilhéus. O serviço ficou dias sem sequer uma ambulância para atendimento aos quase 200 mil ilheenses (lembre aqui).

Passados esses meses, o caos que toma conta do Samu  não diminuiu. Recebemos, pelo whatsapp, imagens que mostram o que seria um funcionário fazendo seu almoço num fogo a lenha, no chão do prédio onde funciona o serviço, na Avenida Litorânea Norte.

Além do gás de cozinha na copa, a unidade também não estaria com fornecimento regular de água mineral para os funcionários, que trabalham em regime de plantão, por vezes mais de 12 horas por dia.

A falta de insumos estaria afetando também o abastecimento de medicamentos nas ambulâncias e, mesmo após sucessivas denúncias (veja aqui), um dos veículos de socorro segue rodando com a porta traseira fechada com um pedaço de pano.

O ILHÉUS EM RESUMO procurou a secretária de Saúde do Município, Elizângela Oliveira, que afirmou estar em reunião e que a pessoa responsável pelo setor de Média e Alta Complexidade da pasta daria um posicionamento sobre o caso. No entanto, até o fechamento desta nota, não houve retorno.

 

IDOSO RECLAMA QUE O PRONTO ATENDIMENTO DA ZONA SUL NÃO FUNCIONA

Do Sarrafo

PA da zona sul não funciona.

Sou aposentado e escolhi Ilhéus para morar. Estou residindo aqui na Barreira há19  anos.

Não consegui entender ainda o que este Prefeito e este secretário querem fazer da saúde do município. A saúde aqui na zona sul está um caos.

Senão vejamos:Eu e minha esposa somos  hipertensos e por várias vezes procuramos o pronto atendimento da zona sul, aquele que fica na pista e no  bairro são Francisco por ser o mais próximo da minha casa.  Ali a falta de médico principalmente às sextas feiras e enfermeirosé uma constante.  O posto além de não funcionar mais aos sábados, ainda abre depois das 07 e fecha antes das 19 horas. O posto do samu que o prefeito inaugurou só funcionou 15 dias e nunca mais. Foi propaganda no blog e nas rádios e ele só rindo nos enganou. As vezes a recepção me pedem para ir ao posto da Urbis mas lá ainda é pior. Os funcionários da recepção e principalmente as enfermeiras não nos dá atenção e a maior dificuldade éconseguir ficha para ser atendido. Ali também falta tudo.  Sentado eu ouço a funcionária informar aos pacientes que o posto está em falta de material para curativo, luva, medicamentos.  Um vizinho que sempre vai lá me disse que a maior dificuldade é medico e enfermeiro

Minha funcionária precisa de um dentista. Já foi para o posto de Napoleão na proa e há mais de dois mesesnão consegue ficha de atendimento. Ali também abre depoise fecha antes do horário. Não são todas as noites que atende.  Mandaram minha funcionária para o posto de odontologia do Laions que fica ao lado do aeroporto.  Voce não acredita mas, tem dois meses que não funciona porque o ar condicionado está quebrado. É verdade. O pessoal não aguenta o calor, fecha e vai embora.  Varias vezes que ela foi encontrou fechado ou a recepção disse que não tem previsão para voltar a atender.

Soube que outros postos de saúde desta região estão com os mesmos problemas e num completo descaso mas, não vou me pronunciar porque não frequento e não conheço a situação.

Acho que os vereadores poderiam ajudar na fiscalização.

Sr.redator. Nos ajude.   Já liguei varias vezes para a secretaria de saúde e quando consigo linha e digo que é reclamação a atendente diz que o responsável está em reunião e não pode atender ou está viajando.

Vamos aguardar na fé em Deus

 

CAOS NA SAÚDE: HOSPITAL GERAL DE ILHÉUS FECHA PRONTO SOCORRO

Do Agravo

Quem procurou atendimento médico da rede pública de saúde durante o final de semana, principalmente no Hospital Regional Luiz Viana Filho, entrou em desespero ao ver inúmeros cartazes informando que não havia médicos. Mães com crianças de colo e idosos foram os mais afetados.

Acionado por pacientes, dois conselheiros de Saúde, Adriana Nacif e Diala Magalhães, estiveram no Hospital Regional e constataram o caos. Por meio das redes sociais, os dois conselheiros provocaram a secretária de saúde do município, Elizângela Oliveira, que redirecionou as ocorrências por especialidades médicas para as demais unidades de saúde da cidade, garantindo e normalizando o atendimento à população, naquele momento.

A falta de médicos no hospital Regional é recorrente, e há pacientes esperando há mais de um mês cirurgias na área de ortopedia. Um dos exemplos é o caso de Adenilson Farias da Silva, que deu entrada em 17/06 e espera uma cirurgia de planalto Tibial. Familiares tentam sem sucesso a transferência para outra unidade hospitalar que faça a cirurgia.
Além do problema da falta de médicos no Regional, os ilheenses também relatam a negativa de atendimento no Hospital São José, que alega superlotação.
Segundo relatos de conselheiros em grupos de Whatsapp, neste domingo o problema da falta médico voltou acontecer no Hospital Regional, e quem recorreu para o Hospital Coci encontrou as portas da unidade fechadas.
Outro Lado
A secretaria municipal de Saúde (Sesau) do Município de Ilhéus informa que está apurando o motivo pelo qual o pronto atendimento da Emergência do Hospital Luis Viana Filho, localizado no bairro da Conquista, não funcionou na noite do último sábado, 29. Por volta das 20 horas, a secretária da Sesau, Elizângela Oliveira, foi informada sobre a falta de atendimento, situação que levou a unidade à uma situação crítica.
Imediatamente, a secretaria redirecionou as ocorrências por especialidades médicas para as demais unidades de saúde do município, garantindo e normalizando o atendimento à população. Assim, os casos de ortopedia foram encaminhados para a clínica Coci. Os casos clínicos tiveram a cobertura do Hospital São José. Além disso, foi determinada a abertura imediata do pronto atendimento da zona sul, antigo Hospital Vida Medi, para atender os casos de pediatria.
A ação articulada pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e a secretária, Elizângela Oliveira, mobilizou toda equipe da Sesau. Atendentes, enfermeiros, médicos e motoristas montaram uma frente de trabalho fora do horário de expediente, para que a situação fosse normalizada, suprindo as necessidades de atendimento do Hospital Regional Luis Viana Filho.
Segundo a secretária, foi uma operação “pela vida e que ainda contou com a articulação com o Hospital de Base de Itabuna para atender os casos mais graves”. Por sua vez, a Sesau colocou à disposição dos pacientes, ambulâncias e veículos para condução, de acordo com a necessidade e evolução do quadro clínico dos assistidos.

PREFEITURA DE ILHÉUS PREPARA SELEÇÃO PRA ÁREA DA SAÚDE

Sede da prefeitura de Ilhéus

Declarações recentes do prefeito Mário Alexandre (PSD) e da secretaria de saúde, Elisângela Oliveira, ao radialista Vila Nova, que comanda o programa O Tabuleiro, na Conquista FM, confirmam que a prefeitura vai abrir, ainda neste ano, nova seleção simplificada, desta vez para preencher vagas na área da saúde.

A falta de profissionais, como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, é um dos grandes problemas enfrentados pela população ilheense. Mesmo havendo pessoal aprovado pra essas vagas no concurso realizado ano passado, o governo Marão vai abrir seleção temporária.

Um dos argumentos é de que os programas de saúde não são permanentes e dependem da boa vontade do governo federal. Dessa forma, correria o risco de efetivar concursados e o programa acabar, gerando despesa fixa desnecessária.

O cronograma da seleção ainda está sendo definido pela secretaria de Administração, como apurou o ILHÉUS EM RESUMO.

DEFINIDO CALENDÁRIO ELEITORAL DO CONSELHO DE SAÚDE DE ILHÉUS 

Do FRN 

Nesta segunda-feira, 12, ocorreu a última reunião da Comissão Eleitoral do Conselho de Saúde de Ilhéus. Os membros da Comissão Yolando Souza (Presidente), Adriana Nacif (Relatora), Oliveira e Rafael Santos, deliberaram os ajustes finais do Regimento Eleitoral, quando na oportunidade, foi aprovado em plenária na reunião do Conselho Municipal de Saúde realizado na mesma data. 

O período de inscrição das entidades começa nesta terça-feira, 13, e no dia 19 de junho, a Comissão Eleitoral analisará a relação de habilitados, a partir das 09hs, na sede da entidade, Praça Otávio Mangabeira, 57, bairro Bela Vista, centro. Esta é a grande oportunidade a todas as entidades e associações que buscam ingressar no Conselho de Saúde no biênio de 2015/2017.

Informações chegadas a redação do site Fábio Roberto Notícias é que até o momento, o único nome confirmado para concorrer à presidência da entidade e defendido pela ampla maioria dos conselheiro é o de Rafael Santos, que inclusive, conta com apoio de entidades e associações do município. A Comissão Eleitoral destaca que, a segurança e a fiscalização será reforçada no dia da eleição a fim de que evite possíveis ingerências de quem quer que seja. 

MUTIRÕES DE SAÚDE BENEFICIAM COMUNIDADES ILHEENSES

Da Secom/Ilhéus

Mulheres residentes no Condomínio Sol e Mar, zona sul de Ilhéus, receberam ontem (30), serviços de Mutirão nas áreas de Saúde e Assistência Social. No local, residem mais de três mil famílias recentemente beneficiadas pelo Programa Minha Casa, Minha Vida.

Serviços idênticos estão previstos para acontecer em diversas localidades durante o mês de junho dentro do programa Mais Saúde, mais alegria.

Nesta quinta (01), o mutirão acontecerá na Lagoa Encantada. Já no dia 8 de junho, a partir das 8 horas, os serviços acontecerão no posto de saúde da Vila Juerana, situada na zona norte do município. Na oportunidade, serão disponibilizados atendimentos médico e odontológico, preventivos, aplicação de vacinas e aferição da pressão arterial.

Os moradores do vilarejo também poderão contar com atendimento de enfermagem e acompanhamento de nutricionistas. No local também será possível solicitar exames de mamografia e realizar testes de glicemia, de HIV e hepatite, além de pesagem de crianças cadastradas no programa Bolsa Família, do governo federal.

“Cada localidade tem uma data específica para os atendimentos na unidade ou posto de saúde do local. É importante que a população de cada área verifique a data em que a equipe estará oferecendo os serviços na sua comunidade de acordo com o cronograma”, destaca a secretária de Saúde, Elizângela Oliveira. Ela também deu ênfase às palestras em educação e saúde que são realizadas para a conscientização dos usuários.

Atualização e cadastramento no Programa Bolsa Família também são realizados em locais onde há internet. Novas famílias também poderão se cadastrar deste que seja comprovado que a renda de um membro da família seja inferior a cento e vinte e cinco reais.

 

Clique no leia mais e veja quais são as próximas localidades que receberão o mutirão.

:: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia