WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna secom bahia


março 2020
D S T Q Q S S
« fev    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  


:: ‘paralisacao’

ESTUDANTES DA UESC ANUNCIAM PARALISAÇÃO

Da Ascom/DCE

Uesc

Na última quarta-feira, 12 de junho de 2019, se encerrou a greve docente na Universidade Estadual de Santa Cruz, condicionada à assinatura do Termo de Acordo proposto pelo Governo do Estado. Portanto, as aulas retornam nesta segunda-feira, 17 de junho.

Importante lembrar que a greve teve um grande apoio e solidariedade do conjunto de estudantes nas quatro universidades estaduais, sempre buscando compreender a pauta do movimento docente, seja busca de melhores condições de trabalho e na defesa da universidade pública. No entanto, com o retorno das aulas, se acirra a contradição entre a relação professores/as e estudantes a partir do momento que mesmo em véspera de calendário junino, no qual a grande parte dos/as estudantes prevê seu deslocamento para cumprimento do calendário cultural e familiar, estão sendo cobrados/as a fazer avaliações já nos primeiros dias de aula, após a greve.

O retorno às aulas em uma semana atípica como essa prejudica estudantes que não estão no eixo Ilhéus-Itabuna, pois parte retornaram para as suas cidades, além de que os transportes municipais que garantem o translado dos/as estudantes está condicionado ao calendário das faculdades particulares que já estão de férias, prejudicando assim financeiramente aqueles e aquelas que terão que custear sua vinda à Universidade.

Outro fator que vale ressaltar é que há diversos relatos de professoras/es que têm marcado avaliação para o primeiro dia de aula com a turma, sem diálogo, dificultando a busca por uma alternativa que não prejudique nenhuma parte envolvida/o no processo. Prezamos pelo diálogo, acreditamos que será por meio dele que encontraremos soluções para o que está posto. Temos imensa preocupação com o ambiente universitário ser um ambiente que muitas vezes adoece as/os estudantes (como crises de ansiedade, depressão, dentre outros vários problemas), como temos relatos cotidianamente, por isso, mais uma vez, prezamos pelo debate e compreensão.

Diante de tudo que foi exposto, as/os estudantes, mobilizados/as em Assembleia Extraordinária, deliberaram por Paralisação Estudantil, que se inicia hoje (17) e se encerra no dia 3 de julho de 2019, se colocando à disposição para propor um calendário justo ao Conselho Superior de Ensino Pesquisa e Extensão (CONSEPE). Colocamo-nos à disposição para construir um ambiente acadêmico cada vez mais agradável e que busque a construção do conhecimento, da ciência, pesquisa e extensão, sabendo que para isso é preciso contar com a colaboração de todas/os.

PROFESSORES DA UESC APROVAM PARALISAÇÃO

Do Blog do Gusmão

Uesc

Reunidos em assembleia na manhã desta terça-feira (17), professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) decidiram que vão paralisar suas atividades na próxima quarta (25). Na oportunidade, a Associação dos Docentes da UESC (ADUSC) vai realizar um protesto em Salvador, com o objetivo de sensibilizar o governo Rui Costa a retomar o diálogo com a categoria.

Segundo a ADUSC, “após três anos sem correção das perdas provocadas pela inflação, os professores das Universidades Estaduais da Bahia (UEBA) acumulam o maior arrocho salarial dos últimos 20 anos. O dado faz parte de uma pesquisa encomendada pelo Fórum das Associações de Docentes (ADs) da UESC, UEFS, UESB e UNEB, ao Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE)”.

Além da reposição salarial, os professores afirmam que o governo Rui Costa não respeita outros direitos trabalhistas. Os docentes também denunciam a defasagem do orçamento para a manutenção das universidades estaduais.

Professores das outras três universidades estaduais também podem aderir ao movimento de paralisação. Eles vão realizar assembleias ao longo desta semana.

PROFESSORES DA UESC APROVAM PARALISAÇÃO 

Do Blog do Gusmão 

Assembleia

Professores da UESC decidiram que vão paralisar suas atividades no dia 30 de maio, próxima terça-feira. A decisão foi aprovada durante assembleia de docentes realizada na última sexta-feira (19).

Segundo a Associação de Docentes da UESC (ADUSC), a data será marcada por atos de denúncia contra a intransigência do governo baiano após inúmeras tentativas de diálogo por parte da comunidade acadêmica. A paralisação vai ser em defesa das Universidades Estaduais da Bahia (UEBA) e dos direitos dos professores.

A assembleia aprovou também apoio às mobilizações contra as reformas previdenciária e trabalhista e contra o governo de Michel Temer (PMDB).

GREVISTAS E ESTUDANTES FECHAM GARAGEM DE ÔNIBUS EM ILHÉUS 

Do Ilhéus Comércio 

Ônibus não saíram

De acordo com estudantes e sindicalistas, que estão neste momento na garagem da Viação São Miguel, os ônibus não irão circular nesta sexta feira, em Ilhéus.

Eles afirmam que não vão sair da porta garagem, e que mesmo no horário do ato, que está marcado para 8:00 da manhã, na Praça Cairu, uma parte dos manifestantes ficará de prontidão no local, impedindo a circulação dos coletivos.

A Polícia Militar está no local para garantir a segurança e afirmou à nossa equipe que a manifestação é pacífica.

ILHÉUS SEM BUSU NA SEXTA

Trabalhadores devem parar nas primeiras horas do dia

De acordo com o site Ilhéus Comércio, o sindicato dos rodoviários confirmou participação na greve geral dos trabalhadores, na próxima sexta, dia 28.

O site, no entanto, não especificou o horário da paralisação. 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia