WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom ponte ilheus secom bahia solidaria policlinica itabuna secom bahia


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘minha casa minha vida’

ILHÉUS: APÓS BRIGA JUDICIAL, IMÓVEIS DO MINHA CASA MINHA VIDA SERÃO ENTREGUES

Do Agravo

Residencial

Após audiência realizada ontem (6), com a Justiça Federal e o Ministério Público, a Prefeitura de Ilhéus conseguiu liberação para dar continuidade nas etapas para a entrega dos apartamentos do Minha Casa Minha Vida, do conjunto habitacional Residencial Vila Cachoeira, no Banco da Vitória.

No último trimestre de 2017, o município de Ilhéus estava com o processo em fase final para a Caixa Econômica Federal realizar o sorteio, porém o Ministério Público e a Justiça Federal embargaram a entrega do residencial exigindo que o município incluísse todos os moradores da conhecida “Rua do Mosquito”, na lista dos contemplados.

Com a revisão da decisão, os tramites para a entrega do conjunto seguem seu fluxo normal. “Já comunicamos a gerência de habitação da Caixa Econômica, vamos agora dar continuidade ao processo para a entrega. Após o carnaval, a Caixa vai marcar a data do sorteio eletrônico dos blocos e números dos apartamentos e assim que tivermos a data divulgaremos”, informa o coordenador do setor da habitação da secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus, Welder Santos.

Após o sorteio será realizada uma reunião pré – contratual com os contemplados, onde serão informados sobre as regras contratuais, condominiais, projeto técnico social e terão a oportunidade de tirar dúvidas a respeito do processo. Em seguida, a SDS junto com a Caixa Econômica marcará a data das assinaturas dos contratos e após a assinatura, o Ministério das Cidades deverá marcar a data de entrega das chaves. Ao todo, serão entregues 650 apartamentos.

ILHÉUS: INAUGURAÇÃO DO RESIDENCIAL CACHOEIRA DEPENDE DA JUSTIÇA

Da Secom/Bahia

Depende da justiça

O coordenador da Habitação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Welder Santos, informa que todo o procedimento de responsabilidade da Prefeitura de Ilhéus, para dar sequência à entrega do Conjunto Residencial Cachoeira, do Programa Minha Casa, Minha Vida, já foi realizado e informado à gerência de habitação da Caixa Econômica Federal, situada em Salvador.

No último trimestre de 2017, o município de Ilhéus estava com o processo em fase final para a Caixa realizar o sorteio, porém o Ministério Público e a Justiça Federal embargaram a entrega do residencial exigindo que o município incluísse todos os moradores da conhecida “Rua do Mosquito”, na lista dos contemplados.

No entanto, informa Welder, para os moradores desta comunidade já existe um projeto de 272 unidades do programa de Intervenção em Favelas (PPI Favelas) também gerenciado pelo Ministério das Cidades. “O município não tem interesse algum em manter as unidades fechadas. Os apartamentos são para beneficiar pessoas que se encontram em vulnerabilidade social, por isso realizamos uma auditoria para os que realmente precisam e se encontram no perfil exigido pelo programa”, ressalta.

Na próxima quinta-feira (25), representantes da SDS agendaram uma reunião com o gerente geral do Setor de Habitação da Caixa Econômica Federal de Itabuna para informar sobre o andamento da liminar. A procuradoria do município está recorrendo para derrubar a decisão ainda neste mês e, após a liberação judicial, dar prosseguimento ao processo de entrega dos apartamentos.

CHAVES DO RESIDENCIAL VILELA SERÃO ENTREGUES NESTA QUARTA, 11

Da Secom/Ilhéus

Residencial

O Ministério das Cidades autorizou a Caixa Econômica Federal a entregar as chaves do Residencial Vilela. A entrega será feita nesta quarta-feira, 11, às 16 horas, no próprio residencial, no bairro Teotônio Vilela.

O coordenador do setor de Habitação, da secretaria municipal de Desenvolvimento Social, Welder Santos, relata que  após diversas solicitações do setor para a Caixa Econômica Federal e um ofício encaminhado pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, para o Ministério das Cidades encontrou-se  uma definição da situação.

“O setor de habitação não podia fazer nada, tudo o que era de responsabilidade da secretaria já tinha sido realizado,  toda a parte burocrática de documentação e contratos nós realizamos no tempo determinado, só dependíamos do Ministério das Cidades informar a data”, explicou.

Os 656 beneficiários devem comparecer no residencial Vilela com o documento de identidade ou documento original com foto e o termo do contrato  recebido no dia da assinatura contratual.

Transparência – Nos meses de março e abril, a SDS realizou a pedido do prefeito Mário Alexandre, uma auditoria nos dossiês dos pré-selecionados do Programa Minha Casa Minha Vida, dos conjuntos habitacionais do bairro Teotônio Vilela, e Rio Cachoeira, no Banco da Vitória. O objetivo foi garantir que os beneficiários fossem, de fato, os que precisavam de moradia e se enquadravam no perfil socioeconômico de vulnerabilidade social, realizando visita técnica e pesquisa imobiliária, a partir da inscrição do IPTU e entrega de documentos que comprovam as informações declaradas no ato da inscrição, já que, a lista dos pré-selecionados tinha sido publicada no dia 28 de dezembro, na época de transição do governo.

PREFEITURA DIVULGA CONTEMPLADOS DO RESIDENCIAL VILELA E CONVOCA PARA VISTORIAS

Da Secom/Ilhéus 

A lista completa com os nomes dos 656 contemplados no programa “Minha Casa Minha Vida”, do conjunto Residencial Vilela, localizado no bairro Teotônio Vilela, foi publicada no Diário Oficial do município de Ilhéus, no site (www.ilheus.ba.gov.br/), nesta segunda – feira, 14.

O sorteio dos contemplados foi realizado na última quinta-feira, 10, na Superintendência da Caixa Econômica Federal em Itabuna, com a presença do prefeito de Ilhéus Mário Alexandre, vice-prefeito, José Nazal Pacheco Soub, coordenador do setor de Habitação, Welder Santos, gerente regional da Caixa, Alberto Catarino Neto e demais representantes da instituição financeira.

A convocação para a realização das vistorias também foi divulgada nesta segunda e elas serão iniciadas na quarta-feira, 16, e durante os dias 17 e 18 e 21 das 08h às 12h e das 13h às 17h, no local do empreendimento, situado na Rua do Acupipe S/N. Todos os beneficiários deverão comparecer com documento com foto e o contemplado (casado) com seu cônjuge. 

Na quarta- feira, 16, devem comparecer os sorteados nos blocos: 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21,22, 23 e 24. Na quinta-feira, 17, será a vez dos sorteados nos blocos 25, 26, 27, 28, 29, 30, 31, 32, 33 e 34. Na sexta-feira, 18, os contemplados nos blocos 01, 02, 03, 04, 35, 36, 37, 38, 39, 40 e 41. E, na segunda-feira, 21, último dia das vistorias, os sorteados nos blocos 05, 06, 07, 08, 09, 10, 11, 12, 13 e 14. A lista completa com nomes e datas pode ser conferida no endereço eletrônico (www.ilheus.ba.gov.br/).

O coordenador de habitação da secretaria de Desenvolvimento Social de Ilhéus, Welder Santos, destaca que os contemplados devem ficar atentos às datas publicadas. “É importante que todos estejam atentos para acompanhar as vistorias e ver se o seu apartamento está dentro dos padrões. Os beneficiários também têm que atentar para as datas de assinatura de contrato e, por fim, o recebimento da chave da sua moradia”, informa. 

Auditoria – Em março e abril, a SDS realizou, a pedido do prefeito Mário Alexandre, uma auditoria nos dossiês dos pré-selecionados do Programa Minha Casa Minha Vida, dos conjuntos habitacionais do bairro Teotônio Vilela, e Rio Cachoeira, no Banco da Vitória. O objetivo foi garantir que os beneficiários fossem, de fato, os que não têm moradia própria e se enquadravam no perfil socioeconômico de vulnerabilidade social, realizando visita técnica e pesquisa imobiliária, a partir da inscrição do IPTU e entrega de documentos que comprova-se as informações declaradas no ato da inscrição, já que, a lista dos pré-selecionados tinha sido publicada no dia 28 de dezembro, na época de transição do governo. 

O coordenador ressalta que houve ainda uma liminar do Ministério Público Federal e da Bahia solicitando que as famílias amparadas pela Defesa Civil, que residissem em áreas de risco, em situações insalubres e vulnerabilidade habitacional no município, fossem priorizadas. De acordo com a portaria do Ministério das Cidades, nº 412/2015, outros critérios devem ser analisados, como aquelas que moram em áreas de barrancos, encostas, desmoronamento e outras definidas pela Defesa Civil, para priorizar as famílias que se encontram nas situações acima citadas para o “Minha Casa Minha Vida”, já que se enquadram no perfil exigido pelo programa.

ILHÉUS: ESTUDANTES DENUNCIAM “CARROS DE LUXO” EM CONDOMÍNIO POPULAR

Estudantes denunciaram no plenário da Câmara.

Da Ascom/Câmara

Na sessão ordinária da última terça-feira, 16, alunos do 6º semestre do Curso de Direito matutino da Faculdade de Ilhéus denunciam a falta de fiscalização na distribuição dos imóveis do Condomínio Sol e Mar, localizado na Zona Sul da Cidade, parte do Programa do Governo Federal Minha Casa Minha Vida (MCMV).

Em vídeo produzido pelos estudantes e exibido no plenário da Câmara, eles apontam carros de luxo parados no estacionamento do condomínio e questionam se o real objetivo do programa está sendo respeitado. O filme retrata também a realidade de diversos moradores das comunidades do Bambuzal e da Rua do Mosquito, em frente à rodoviária, e os utiliza como exemplos de pessoas realmente carentes de moradias, fazendo assim a comparação entre o poder aquisitivo de quem se adequa ao perfil dos contemplados com o programa ou não.

PREFEITURA DE ILHÉUS CONVOCA PRÉ-SELECIONADOS DO MINHA CASA MINHA VIDA PRA ENTREVISTAS

Com objetivo de garantir os direitos sociais das famílias que se enquadram no perfil exigido pelo Ministério das Cidades e comprovar as informações declaradas no ato da inscrição, a Prefeitura de Ilhéus, através da secretaria de Desenvolvimento Social do município, convoca a partir da próxima terça- feira, 02, os pré–selecionados no Programa “Minha Casa Minha Vida”, do Conjunto Habitacional Rio Cachoeira, situado no bairro Banco da Vitória.
As entrevistas serão realizadas no setor de habitação, na sede da secretaria, na Rua Vereador Mário Alfredo, S/N, bairro Conquista, das 07h30 às 13 horas, encerrando na sexta–feira, 05. Os pré–selecionados devem levar obrigatoriamente os seguintes documentos originais e xerox: RG, CPF, Carteira de Trabalho, Certidão de Nascimento e Casamento, Contrato de Aluguel, os três últimos recibos de pagamento, comprovante de residência e renda, atualizados.
Na terça-feira, dia 02, deverão comparecer os pré–selecionados cujos nomes comecem com as letras A, B, C, D, E. Na quarta – feira, 03, será a vez das letras iniciais F, G, H, I, J, K. Quinta– feira, 04, L, M, e na sexta– feira, 05, último dia das entrevistas, serão as letras N, O, P, Q, R, S, T, U, V, W, X, Y E Z.

O coordenador do setor de Habitação, Welder Santos, ressalta que devem comparecer apenas aqueles que foram pré– selecionados para o Conjunto Habitacional Rio Cachoeira, do bairro Banco da Vitória e que todos devem levar os documentos exigidos para confirmação dos dados durante a entrevista técnica.

“Nossa equipe trabalhará exclusivamente durante esses quatros dias para atender a estas exigências. As demandas de consultas e outras informações serão retomadas no dia 08 de maio”, destacou.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia