WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude></a>
<a href=embasa secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘médico’

MÉDICO TERIA SE MATADO APÓS ATROPELAMENTO EM ILHÉUS

Luis Daniel cometeu suicídio no local que atropelou ciclista

Um fato inusitado e sinistro aconteceu na noite desta sexta-feira (06) na rodovia Ilhéus- Itacaré, KM 21, nas proximidades do Mamoan, deixando uma pessoa morta e outra ferida.

Um veículo Renault Kwid, cor prata, placa policial QNG 2665, com registro da cidade de Belo Horizonte-MG, dirigido por Luis Daniel Nalin Silva, supostamente atropelou um ciclista por volta das 19 horas.

Segundo informações policiais e de testemunhas, o motorista saiu do carro observou a vítima do atropelamento, voltou para o veículo e teria cometido suicídio ao atirar contra a própria cabeça.

O ciclista foi socorrido pelo Samu e levado para o Hospital Costa do Cacau. Não há informações sobre estado de saúde dele.

Segundo informações colhidas pelo Blog Agravo junto à polícia, Luis Nalin era médico e atuava nos municípios de Ilhéus e Maraú.

O DPT- Departamento de Polícia Técnica esteve no local e realizou perícias e levantamento cadavérico. A Polícia Civil investiga o caso.

Atualização

Advogada da família do médico diz que morte está sendo apurada

A advogada da família do médico, Luciana Menuchi, afirmou que a polícia investiga se houve um homicídio ou suicídio que vitimou o médico Luis Daniel Nalin Silva, e espera o laudo pericial para implementar as investigações. “A pericia está apurando se houve o suicídio ou se ele foi assassinado”, afirmou.

Segundo informações policiais e da própria advogada, o ciclista estava alcoolizado e teria invadido e se chocado com o veículo do médico. Para a advogada afirmar que o médico teria se suicidado, é precipitação.

MARÃO E NAZAL LAMENTAM MORTE DE JOÃO QUINTELA

A Prefeitura Municipal de Ilhéus lamenta o falecimento do médico João Quintela, esta madrugada, em Salvador. Efetivo do quadro do Samu neste município e ex-coordenador do programa, João Quintela marcou a sua passagem entre nós como uma figura alegre, humana e solidária. Salvou vidas, cumpriu a sua missão. Por isso Ilhéus sentirá muito a sua ausência. Neste momento de profunda dor e saudade, queremos nos solidarizar com os seus familiares. Seu corpo está sendo velado em Salvador, cidade onde será sepultado.

Ilhéus, 24 de janeiro de 2018.

Prefeitura Municipal de Ilhéus

BARBEIRAGEM NO SAMU DE ILHÉUS

Samu de Ilhéus.

Funcionários do Samu estão pê da vida em Ilhéus. Além de serem obrigados a trabalhar em condições precárias, com frota reduzida e sem adicionais no salário, ainda observam a teimosia de colegas.

Profissionais relataram que há médico na unidade que opta por enviar ambulância básica, que, claro, tem poucos recursos, para atender todas as ocorrências. “Caso a situação exija atendimento mais complexo, certamente o paciente estará num beco sem saída”, nos contou um funcionário da unidade.

E não é que não há ambulância avançada no serviço. Pelo menos uma das destinadas a atendimentos mais complicados está funcionando, mas sempre vem sendo preservada, sabe se la pra quê.

SECRETÁRIA DE SAÚDE DE ILHÉUS COBRA MÉDICO FALTOSO PELO WHATSAPP 

Do Agravo 

Médico pretende processar secretária

A secretária de saúde de Ilhéus, Elizangela Oliveira, inovou no modo de cobrar os servidores da Saúde. Nesta segunda-feira (14) a secretária usou o grupo do Conselho de Saúde, através do aplicativo WhatsApp, para cobrar o médico Marcos Pinto, lotado no Samu de Ilhéus, por faltar ao trabalho.

“A por que o senhor não falar da falta sua sem justificativa na semana passada?”.

O clima pesou no grupo e logo o médico respondeu que já acionou seu advogado para tomar as medidas judiciais por assédio moral.

Durante o debate árduo que também envolveu conselheiros de saúde, o médico explicitou a situação precária do Samu. Vale lembrar que o Blog Agravo fez com exclusividade a matéria mostrando a situação do Samu, com ambulâncias quebradas e portas amarradas por ataduras.

Ironicamente, o mesmo médico foi coordenador do Samu na gestão passada, que entregou o Samu em estado precário.
Por trás dessa quebra de braço, a guerra política entre o Conselho de Saúde e o Governo municipal, vem gerando embates movimentados. De um lado, o conselho tenta mostrar serviço e do outro o governo tenta responder.

Que os embates continuem e as soluções apareçam. A população agradece!



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia