WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia


junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: ‘marão’

AMBULÂNCIAS DO SAMU CLONADAS TERIAM ILHÉUS COMO DESTINO

Do FRN

Samu

Mais uma bomba acaba de atingir o combalido governo Mário Alexandre (PSD). A Polícia Militar de São Paulo apreendeu, na tarde desta sexta-feira, 18, duas ambulâncias clonadas do SAMU, que tinham como destino a cidade de Ilhéus.

Os veículos tinham os adesivos idênticos e estavam sendo preparados na zona norte da capital paulista. Nesta quinta-feira, 17, Marão havia anunciado durante entrevista a uma rádio comunitária da cidade, a chegada de nova frota do SAMU para Ilhéus.

A empresa fazia clonagem das ambulâncias do SAMU equipadas com UTI móvel, mas o dublê não tinha os equipamentos, só poderia remover os pacientes.

Existe a suspeita de que as ambulâncias já seriam usadas em Ilhéus nos próximos dias, conforme divulgado pela assessoria de imprensa da prefeitura, por meio da secretária de saúde, Elizângela Santos de Oliveira.

Comentário do Blog

A contratação foi feita através de empresa em nome do médico e ex-vereador de Ilhéus, Roland Lavigne. O aluguel tem custo de que beira os 300 mil reais e vale de maio a dezembro deste ano, como publicado no diário oficial do município.

Confira abaixo o vídeo.

COM NOME LIMPO, MARÃO BUSCA ASFALTO PARA ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Asfalto pela cidade.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, comemorou mais uma vitória na sua administração, com a regularização da situação do município junto ao Cauc (Cadastro Único da União) e a obtenção do nada consta junto ao Governo do Estado. A medida permite que a Prefeitura volte a assinar contratos e convênios com as demais esferas de governo e receber recursos transferidos por meio de emendas parlamentares.

Assim que obteve a certidão negativa do município, o prefeito Mário Alexandre foi a Salvador tratar do contrato com o governo estadual para garantir a requalificação asfáltica de ruas e avenidas da cidade. “Buscamos limpar o nome da Prefeitura de Ilhéus junto ao Cauc, com sucesso. Não é uma tarefa simples, exige planejamento e acompanhamento permanente, além do cumprimento de pagamentos de dívidas, dos recolhimentos obrigatórios como INSS, FGTS, atualizados, sempre.  Por isso temos motivos para comemorar, pois não ter restrições é uma necessidade para que novos recursos possam ingressar no município para investimentos em obras importantes”, explicou.

O prefeito ainda afirmou: “Temos mais de R$ 30 milhões  em emendas para executar e não podemos descuidar para não perdermos nenhuma oportunidade. Reconheço a notícia como o resultado do esforço e empenho da nossa equipe, fundamental para atingirmos esse objetivo e regularizar a situação de Ilhéus, dando espaço para que possamos receber verbas federais e estaduais”, acrescentou Mário.

O Cauc é uma espécie de “Serasa” das Prefeituras. Com ele negativado, os municípios ficam impedidos de firmar novos convênios e se beneficiar de emendas parlamentares. “Agora estamos novamente aptos a firmar convênios com o Governo Federal, com a Caixa Econômica, Correios, Receita Federal e FNDE, entre outros, e com o Governo da Bahia”, destacou.

O prefeito salientou que o resultado desse trabalho viabiliza obras importantes para toda a comunidade. “Então, isso é uma vitória e vamos trabalhar duro para manter esse ritmo, manter o equilíbrio, com a diminuição dos custos, para que a gente possa com menos dinheiro fazer muito mais. A gente precisa de ideias novas, importantes, que proporcionem economia e mais trabalho para o povo”, disse o prefeito.

PREFEITO AUTORIZA CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES NA ZONA RURAL DE ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Marão

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, e o secretário municipal de Agricultura e Pesca, Walmir Freitas,  e representantes da Caixa Econômica Federal, participam, nesta quarta-feira (10), às 9 horas, do ato de assinatura dos para construção de moradias populares na zona rural do município. O ato será celebrado na sede da secretaria de Agricultura e Pesca (Seap), localizada na Avenida Almirante Aurélio Linhares, no térreo do Terminal Pesqueiro, no Centro da cidade.

Nessa primeira fase, cerca de 79 famílias serão contempladas com unidades habitacionais. O empreendimento será construído por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), com recursos da Caixa, resultado de parceria entre governos Federal, Estadual e Municipal. Segundo o titular da Seap, Valmir Freitas, serão beneficiadas família das localidades rurais de Sambaituba, Vila Campinhos, Urucutuca, Ribeira das Pedras, Retiro, Vila de São José, Assentamento Frei Vantuy, Assentamento Bom Gosto e Itariri.

MARÃO FICA NA VONTADE

Do Pimenta

Marão

O pedido de exoneração de José Nazal, da Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Ilhéus, deixou o prefeito Mário Alexandre de calças curtas. Marão planejava fazer uma reforma administrativa. Ao ex-secretário de Planejamento e vice-prefeito, dizia, seria permitido escolher a posição no time.

De acordo com pessoa próxima ao prefeito, ele desejava mudar, ao menos, quatro secretários. E tudo obedecendo à lógica eleitoral da reeleição da mãe dele, a deputada estadual Ângela Sousa (PSD).

Marão desejava fazer mudanças na Saúde. Desejava, pois não pode desagradar o senador Otto Alencar, chefe do PSD da Bahia e dono da indicação da secretária. Deseja o PT no governo entregando a secretaria da Cultura. Os petistas não topam. Preferem ficar fora, pelo menos, neste momento.

Marão desejava deslocar Alcides Kruschewsky para o Turismo, substituindo-o na Comunicação pelo comunicador Hélio Ricardo, que comandou a campanha do prefeito e também possui bom trânsito no meio. Enfrenta resistências. Marão tenta, depois de 16 meses, um renascimento do governo. Por enquanto, fica na vontade.

MARÃO REDUZ TAXA PAGA POR FEIRANTES EM ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Reunião.

A Prefeitura de Ilhéus anunciou na tarde de quinta-feira (3), durante reunião realizada no Centro Administrativo, a redução do valor das taxas do metro quadrado dos boxes nas centrais de abastecimento da Urbis e do Malhado. O valor foi reduzido de R$ 10 reais para R$ 7, atendendo ao pleito dos feirantes locais.

A medida visou garantir o cumprimento do regulamento que ordena o funcionamento dos Mercados Públicos de Ilhéus. A alteração do valor atende a uma solicitação da Associação dos Feirantes do Malhado (AFM), também do Sindicato do Comércio Varejista dos Feirantes e Vendedores Ambulantes de Ilhéus (Sicovfamil) que representam cerca de mil permissionários ocupantes das centrais.

Compromisso com os trabalhadores – O chefe do Executivo Municipal explicou que a redução do valor irá contribuir para melhorar a condição de trabalho dos permissionários, e destacou que a atual gestão municipal continuará trabalhando para atender as reivindicações dos trabalhadores do município. “Assumi o compromisso de melhorar a vida de quem trabalha no município. E é isso que a nova gestão está fazendo, atendendo as reivindicações dos permissionários e melhorando as condições de trabalho”, disse o prefeito.

Na visão do titular da secretaria municipal de Indústria e Comércio (Sedic), Paulo Sérgio Santos, este acordo marca a reabertura do diálogo com a categoria e disse que desde quando assumiu a pasta, foi necessário realizar ações fiscalizadoras para entender as necessidades dos comerciantes. “No início de tudo, realizamos o mapeamento dos pavilhões com medição dos espaços e emissão do termo de permissão de uso. Sendo assim, a maior parte desta arrecadação será reinvestida em benefício dos feirantes e dos consumidores, resultando numa melhora significativa em nossas centrais”, argumentou.

A Sedic informou que os boletos bancários da taxa de ocupação, com o valor reduzido, já podem ser retirados no Setor de Tributos, localizado no Palácio Paranaguá, no horário das 12 às 18 horas e que os permissionários que possuem débitos anteriores, podem procurar o mesmo setor para retirarem seus boletos em atraso. Estes débitos serão computados de acordo com o valor em vigor, ou seja R$ 7 reais.

A reunião contou com a presença da deputada estadual Ângela Sousa; do secretário de Relações Institucionais, Sérgio Souza; do presidente do Sindicato dos Feirantes e Ambulantes de Ilhéus, Afonso Ramos da Rocha; do presidente da Associação da Central de Abastecimento do Malhado (Ascam), além de representantes dos feirantes de Ilhéus.

MARÃO CLASSIFICA COMO “POLÍTICO” PROTESTO DE AGENTES DE SAÚDE EM ILHÉUS

Agentes protestaram em frente ao gabinete do prefeito Mário Alexandre, como noticiamos aqui ontem.

Nota de Esclarecimento

Protesto em frente ao gabinete de Marão.

A Secretaria Municipal de Saúde de Ilhéus lamenta profundamente a atitude de paralisação, sem justa causa, adotada pelas lideranças dos Agentes Comunitários de Saúde (ACE). Pelas circunstâncias que levaram a tal medida, consideramos que o manifesto tem um forte teor político, considerando que às vésperas da deflagração de uma campanha eleitoral, sua principal liderança na região já se apresenta como pré-candidato a deputado estadual, inclusive com lançamento de candidatura previsto para o próximo dia 5, em Itabuna.

O sindicato exige a ampliação do quadro de ACE, considerando que os 58 servidores que formam a nossa equipe de combate a endemias seriam insuficientes para atender a demanda da cidade.

É preciso explicar à população que o município tem um teto pactuado com o Estado e com a União, com o quantitativo legal que não permite ampliar o chamamento de novos profissionais enquanto não houver aposentadoria por invalidez ou a saída dos atuais que estão afastados por readaptação funcional.

A Sesau está convocando os profissionais da ACE que se encontram em readaptação funcional por conta de tratamento de saúde para voltar ao setor de saúde do trabalhador e à adaptação de suas respectivas funções. Caso estes não voltem, terão, obviamente, que continuar inseridos no processo de reabilitação funcional.

Sobre a falta de fardamento dos agentes, queremos, também, esclarecer à sociedade. A Sesau realizou uma licitação com esta finalidade, ano passado, mas a empresa ganhadora não entregou o produto. Tivemos que reabrir o processo licitatório, passando novamente por todos os procedimentos burocráticos, exigidos para a clareza e a transparência do processo, e estamos chegando à fase final do mesmo para a aquisição dos novos fardamentos.

A Secretaria de Saúde reitera que não há motivos administrativos para tal protesto ou alguma condição que justifique greve.

Continuamos com o compromisso de promover uma saúde de qualidade à população de Ilhéus, respeitando os direitos da classe trabalhadora mas defendendo os interesses da coletividade.

Ilhéus, 3 de maio de 2018

Secretaria Municipal de Saúde

Prefeitura Municipal de Ilhéus

AGENTES DE ENDEMIAS PROTESTAM EM FRENTE AO GABINETE DE MARÃO

Protesto em frente ao gabinete de Marão. Foto do Ilhéus em Resumo.

Parece ter chegado ao fim a lua de mel do prefeito Mário Alexandre com os servidores do município de Ilhéus. Ano passado, Marão conseguiu fazer sorrir o trabalhador, garantindo reajuste a todas as categorias após anos sem revisão.

Em 2018, no entanto, professores já demonstram insatisfação com o rumo da campanha salarial. E, nessa quinta, dia 3, agentes de saúde e combate a endemias protestaram no estacionamento do centro administrativo, na Conquista, onde fica o gabinete de Marão.

Na pauta, o piso da categoria, ainda desrespeitado pelo município. Apesar da mobilização, os servidores não foram recebidos pelo prefeito.

BLOG ACUSA ÂNGELA E MARÃO DE PERSEGUIR VEREADOR

Do Blog Chico Andrade

Thadeu perseguido?

Nos bastidores da política ilheense, um dos temas mais comentados tem sido a perseguição da qual tem sido vítima o vereador Thadeu Muniz, do PDT.

Uma fonte que integra o governo Marão e prefere não se identificar afirma ter presenciado, há alguns dias, uma reunião que envolveu membros da atual gestão e algumas personalidades do meio político. Nela, foi revelada a ordem de atrapalhar a atuação política do jovem parlamentar e advogado.

A ordem, segundo a fonte, partiu da deputada estadual Ângela Sousa, que avalia ser ameaçadora a atuação de Muniz no legislativo. No início da atual gestão, o grupo da deputada estadual do PSD, mãe do prefeito Mário Alexandre, impediu, através de uma articulação, que Thadeu Muniz se tornasse presidente do legislativo ilheense.

Na época, Muniz havia realizado inúmeras reuniões em seu escritório e contava com o apoio de treze parlamentares. Thadeu foi, como se sabe, traído. O edil voltou a ser alvo de perseguição ao tentar se eleger presidente da comissão de constituição e justiça. Na ocasião, a deputada estadual Ângela Sousa ordenou que Mário Alexandre convencesse um parlamentar a não votar em Thadeu Muniz.

A atuação de Thadeu, que vem realizando denúncias e promete ingressar na justiça objetivando anular a votação na qual a Câmara de Vereadores de Ilhéus permitiu o parcelamento de uma dívida estratosférica da Embasa com o município, vem irritando o governo Marão.

Há algumas semanas, Muniz estava viajando quando soube que seu irmão, Thiago Muniz, que também é uma liderança no município, havia sido nomeado diretor de divisão artística, lotado na secretaria municipal de cultura. A intenção, mais que prestigiar o irmão gêmeo do vereador, foi transmitir à sociedade a ideia equivocada de que Thadeu estaria pedindo cargos ao governo. O vereador vem afirmando, contudo, que sua prioridade é legislar para beneficiar o povo que o elegeu. Destemido, Thadeu Muniz pode ser a peça do xadrez político local que carboniza a trama armada contra seu mandato por prepostos do governo e derrete, por tabela, a reeleição de Ângela Sousa.

ILHÉUS: VICE DE MARÃO DEIXA SECRETARIA DE PLANEJAMENTO

Do Pimenta

Nazal de saída

O vice-prefeito José Nazal acaba de protocolar pedido de exoneração do cargo de secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Ilhéus. Ele alegou razões político-administração e de foro íntimo para deixar a Pasta que comandava desde o primeiro dia de governo.

Não apenas Nazal deixa a gestão de Mário Alexandre. O superintendente de Meio Ambiente, Emílio Gusmão, também apresentou pedido de exoneração. Ambos pertencem à Rede Sustentabilidade, mas ainda não está claro se a saída do governo é uma decisão apenas de ambos ou também do partido.

Desde o ano passado, Nazal já sinalizava que poderia deixar o governo, apesar da amizade e do papel desempenhado tanto na campanha eleitoral como na gestão. Há cerca de 30 dias, o vice-prefeito ficou em licença médica por causa de problemas de saúde decorrentes do acúmulo de funções no governo, que perde um quadro considerado reserva moral.

Leia mais clicando aqui.

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL VAI ATENDER EM ÁREA NOBRE DE ILHÉUS

A nova sede.

Como perguntar não ofende, fica o questionamento à Prefeitura de Ilhéus quanto à mudança da sede da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS).

O atendimento ao público acontecia, há mais de 10 anos, na Conquista, numa estrutura própria do município. Do dia pra noite, a sede da pasta passa a funcionar numa área nobre da cidade, em imóvel residencial (Rua Almiro Vinhais, número 45, bairro Boa Vista – próximo ao estádio Mário Pessoa).

Aí cabe perguntar: o que motivou a mudança? O que será feito com o prédio da antiga sede? Quanto vai custar ao pobre ilheense a mudança? Quais os benefícios da troca? A quem pertence o imóvel?



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia