WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
alba embasa nota premiada


março 2019
D S T Q Q S S
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘marão’

SERVIDORES DE ILHÉUS TERÃO 5% DE REAJUSTE

Do Blog do Gusmão 

Marão na assinatura do acordo.

Os servidores municipais de Ilhéus aceitaram a proposta de cinco por cento de reposição salarial feita pela prefeitura. O presidente do Sindicato dos Servidores da Prefeitura de Ilhéus (SINSEPI), Joaques Santos, e o prefeito Mário Alexandre (PSD) assinaram o acordo nessa terça-feira (23), durante reunião no centro administrativo do município.

Essa é o primeiro reajuste para o salário da categoria desde 2012. O governo anterior, do ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP), não deu nem um por cento de reajuste aos servidores entre os anos de 2013 e 2016. Considerando a inflação desse período, os trabalhadores acumularam perda de 29,3% no seu poder aquisitivo.

Com a reposição de 5%, a defasagem caiu para 24,3%, mas ainda é muito significativa. Vale lembrar que a maior parte dos servidores de Ilhéus ganha menos de três salários mínimos por mês.

MARÃO SANCIONA AUMENTO E VAI RECEBER $ 20 MIL DE SALÁRIO 

A prefeitura de Ilhéus publicou no diário oficial desta terça-feira, dia 23, a lei 3858/2017, que reajusta os salários do prefeito, vice e secretários municipais.

Com o aumento, Mário Alexandre vai passar a receber mensalmente dos cofres públicos R$ 20.487,50. José Nazal, vice, receberá R$ 15.300,00 e os 18 secretários municipais R$ 12.825,00.

Comentário do Blog

A promessa descumprida

Logo após a vitória na corrida eleitoral de 2016, Marão e Nazal foram à imprensa criticar o reajuste votado na câmara àquela época. Criticaram, mas vão se beneficiar dele. Assim, mais uma vez o discurso é traído pela prática.

EMPRESÁRIO DESABAFA SOBRE DESCASO DO PODER PÚBLICO COM O COMÉRCIO DE ILHÉUS 

Do Ilhéus Eventos

O empresário Gedilson Figueiredo, da rede “Berimbau Gourmet” em Ilhéus, usou seu facebook para desabafar, cobrando mais atenção dos políticos para o comércio local, que não tem atendido nem sequer o básico.

Boa tarde, queridos amigos.Muito constrangedor para mim, ter que usar uma rede social para expor o que vem acontecendo com nossa linda cidade, ILHÉUS. 

Vou me concentrar no setor do comércio, até porque sou comerciante antigo e assim como a grande maioria dos meus amigos empresários, estamos tristes, cansados e preocupados com o atual cenário que vivemos.

Há meses estamos registrando quedas no faturamento, lutando para arcar com nossas obrigações, contando com esperança de dias melhores. A principal causa disso tudo está ligada a grave crise política que nosso país vem vivenciando. Todos os setores da economia estão sendo afetados, e no comércio não é diferente.

Tenho muitos amigos na política, não estou atacando A ou B, mas sim, cobrando melhorias em nosso setor, portanto peço que não me interpretem de maneira equivocada, até porque não tenho partido político e nao pretendo assumir cargo político.

É inadmissível uma cidade como a nossa, em plena época de São João, não possuir uma ornamentação junina. Não precisamos ir muito longe para vermos bons exemplos. Itabuna, nossa vizinha e principal “concorrente”, está devidamente ornamentada. A iluminação pública é invejável. 

Como dito antes, nao vou falar de outros setores, apesar de que, limpeza pública e segurança, estão inteiramente ligados ao bom funcionamento do comércio. Porém percebam a que ponto chegamos. Estou aqui pedindo o básico e necessário para se ter um comércio digno. 

Os órgãos ligados ao comércio ficam de “mãos atadas”, sem saber o que fazer. Cobranças já existem. Porém nada é feito.

É revoltante pagar tantos impostos e não vermos esse dinheiro ser aplicado no que deveria ser. Mais um vez digo. Não estou cobrando obras, estou cobrando o BÁSICO! 

Peço aos amigos, vereadores, secretários, comerciantes e a quem interessar, que tentem intermediar um acordo para que possamos sanar esses problemas. Do jeito que está, não da pra continuar. Lembre-se que somos geradores de empregos e responsáveis pelo sustento de milhares de familias, diretas e indiretamente.

Aqui fica o meu desabafo.

Obrigado.

DIÁRIA DE MARÃO CUSTA 3 VEZES A DO GOVERNADOR DA BAHIA

Prefeito Mário Alexandre.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), viaja representando o município com os custos pagos pelo ilheense. Parece justo, já que ele é o chefe do executivo local. Para cada deslocamento, dentro ou fora da Bahia, Marão recebe R$ 600 por dia de viagem, a chamada diária.

O valor é estipulado pelo próprio município e vale também para secretários e ocupantes de cargos de chefia. O governador do Estado, Rui Costa, também viaja em compromissos oficiais e recebe diárias. No entanto, recebe um terço do montante pago ao prefeito de Ilhéus.

O decreto 13.169/2011, publicado na gestão Jaques Wagner, regulamenta as diárias. Governador e vice recebem diárias de R$ 202 para viagens a municípios baianos. Em viagens a outros estados, a diária passa a ser R$ 404. Secretários recebem R$ 151 em viagens no estado e R$ 302 fora.

O valor da diária vale desde 2014, portanto, não foi definido pelo atual prefeito. No entanto, em tempos de crise e do aperto financeiro alegado por Mário Alexandre, reduzi-lo poderia representar um alívio às contas públicas e ser uma demonstração de compromisso com as finanças.

MARCOS FLÁVIO DEFENDE PERMANÊNCIA NA PRESIDÊNCIA DA OAB

Marcos.

Nesta quinta-feira, dia 18, conseguimos contato com o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Ilhéus, Marcos Flávio, para ouvi-lo sobre a sua continuidade no cargo, já que ele foi nomeado assessor jurídico da Procuradoria do Município e haveria vedação ao acúmulo de funções. A saída vinha sendo cobrada por advogados nos bastidores (lembre aqui).

Revelamos aqui há 10 dias a nomeação de Marcos Flávio para o cargo, a convite do prefeito Mário Alexandre. Segundo o advogado, não há proibição ao acúmulo porque só há veto caso o cargo público ocupado seja de ordenação de despesas como, por exemplo, de secretário municipal ou procurador-geral. “Como assessor, não há problema”, defendeu ele.

Já advogados ouvidos pelo ILHÉUS EM RESUMO, além da questão moral de atuar nessas duas esferas, afirmam que há veto expresso no regimento da OAB sobre possuidor de cargo diretivo da entidade ser ocupante de cargo público de livre nomeação e exoneração.

SONILDA MELO INSATISFEITA COM EXONERAÇÃO

Sonilda insatisfeita.

Indicada pra assumir um cargo que ainda não existe, a enfermeira Sonilda Melo está insatisfeita com sua exoneração da Secretaria de Saúde de Ilhéus, onde era superintendente técnica. A saída do posto se deu oficialmente no início da semana, em decreto assinado pelo prefeito Mário Alexandre, de quem ela é escudeira há muito tempo.

Sonilda foi indicada, como afirmou o Blog Agravo, pra ocupar a chefia do hospital materno-infantil de Ilhéus. O problema é que a unidade hospitalar não existe ainda, apesar de ser certa a instalação onde hoje funciona o Hospital Regional Luiz Viana Filho, que terá as demandas direcionadas ao novo Hospital da Costa do Cacau, em fase final de construção.

A enfermeira, que topou o desafio, tem contado nos bastidores que não está satisfeita com a exoneração prematura do cargo no município. A saída imediata, inclusive, teria o dedo da nova secretária de Saúde, Elizângela Oliveira.

ÂNGELA SOUSA É INVESTIGADA POR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

Ângela Sousa.

A deputada estadual Ângela Sousa (PSD), de Ilhéus, continua sendo investigada por suposta participação em organização criminosa no Inquérito Policial 628/2013, que gerou processo na justiça federal número 0040451-77.2015.4.01.0000. O caso veio à tona na última semana e levanta suspeita da participação da parlamentar num esquema de corrupção chefiado pelo empresário Kells Belarmino Mendes, que envolvia fraudes à licitação e desvio de recursos públicos (lembre aqui).

A parlamentar foi delatada no bojo do inquérito policial instaurado para apurar a suposta prática de crime de fraude em licitação no município de Una, no sul baiano, na contratação da Ktech Key Technology LTDA, pertencente a Belarmino Mendes.

De acordo com a delação premiada, o acerto para a realização da licitação e contratação da Ktech foi de que o empresário “teria que entregar 30% do valor de cada fatura quitada pela prefeitura para o prefeito” e “que a deputada estadual Ângela Sousa iria receber o equivalente a 5% do valor das faturas”.

Como relatado pela própria deputada em nota enviada à imprensa, a justiça federal arquivou o processo que se referia à participação de Ângela no caso isolado da cidade de Una, porque a licitação fraudulenta não chegou a ser realizada. No entanto, pela suposta orquestração com o objetivo de fraudar, a investigação continua.

” A atuação da parlamentar no município de Una, embora não tenha ensejado o desvio dos recursos públicos em razão do cancelamento do contrato, será objeto de investigação no âmbito do Inquérito Policial 628/2013, processo 0040451-77.2015.4.01.0000, que apura o crime de Organização Criminosa, Lei 2.850/2013”, explicou o desembargador Cândido Ribeiro.

Em abril deste ano, os advogados da parlamentar pessedista entraram com um habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ) pedindo que o inquérito em que é investigada fosse suspenso, mas a ministra Maria Thereza de Assis Moura rejeitou o pleito. O processo envolve ainda dois ex-assessores da deputada.

Em sua defesa, a deputada Ângela Sousa nega envolvimento nas fraudes. “Não tenho nada de envolvimento com isso. Eu não tinha nem prefeitos. A deputada aqui trabalha muito com associações, eu não tinha prefeito na época”, disse, rebatendo a afirmação de que seria responsável por aliciar prefeitos para a quadrilha administrada por Belarmino Mendes.

Comentário do Blog

Apesar de ser delicada a situação da deputada, é claro o entendimento de que uma delação carece de provas pra ser considerada. 

GOVERNO MARÃO FECHA O SAMU

Do Agravo 

Parece que o slogan de campanha do prefeito Mário Alexandre não pode ser usado pelo seu governo.

O Samu foi acionado neste domingo (14) para atender um custodiado, que estava passando mal na delegacia de Polícia, e informou que não poderia atender à solicitação porque todas as ambulâncias estão quebradas.

Segundo informações policiais chegada ao Blog Agravo, os médicos de plantão no Samu foram orientados a prestarem queixa na 7ª Coorpin para não serem responsabilizados e acusados por negligência de atendimento, solicitados neste domingo.

Apesar do esforço dos profissionais do Samu para um atendimento de qualidade, o governo vem precarizando o serviço.

Até sexta-feira (12) já circulava a informação de que apenas duas ambulâncias estavam operando. O Blog Agravo confirmou a informação, tentou contato com prepostos do governo municipal, sem êxito.

Neste domingo, um óbito foi registrado. Um homem, identificado como José Cláudio da Silva, estava realizando poda de árvore em Olivença, quando caiu. O mesmo foi socorrido por populares e veio a óbito no hospital Regional Luiz Viana Filho

Nova secretária de Saúde assume

Também nesta sexta-feira , o governo municipal anunciou a enfermeira Elizângela Santos de Oliveira como secretária de Saúde (Sesau). A nomeação, feita pelo prefeito Mário Alexandre, foi publicada no Diário Oficial eletrônico nesta quinta-feira, 11 de maio.

A Sesau estava sob a gestão provisória do secretário Oswaldo Arthur Dunkel, desde que o prefeito municipal decretou Estado de Emergência na Saúde local.

CONCHA ACÚSTICA DE ILHÉUS VIRA LIXÃO

Alô prefeitura de Ilhéus. A concha acústica, na Avenida Soares Lopes, abandonada desde o governo passado, está sendo usada como depósito de entulho e dejetos humanos. Não é porque o governo passado largou de mão, que esse deve seguir pelo mesmo caminho. O portão nem existe mais. Tá no chão. Lá dentro, muita sujeira. O equipamento deveria ser gerido pela Secretaria Municipal de Cultura, mas, no Governo Marão, sequer existe mais essa pasta. 

MARÃO NOMEIA NOVA SECRETÁRIA DE SAÚDE 

Do Políticos do Sul da Bahia 

Foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (11) a nomeação de Elizangela Santos de Oliveira para o cargo de Secretária da Saúde do município de Ilhéus. O nome de Elizangela foi indicado pelo Senador Otto Alencar (PSD), que é do mesmo partido que prefeito Marão (PSD).

Elizangela já atuou na área de saúde da cidade de Simões Filho durante o governo do ex prefeito Eduardo Alencar(PSD), irmão do senador.

Há cerca de um mês o Blog Políticos do Sul da Bahia publicou uma matéria informando que dentre os três nomes indicados pelo senador, o escolhido pelo prefeito para ser o novo titular da pasta de saúde, teria sido o de Elizangela.

MARÃO SE COMPROMETE A MELHORAR O MIRANTE DA PIQUEIRA

Do Blog do Gusmão 
A Câmara de Vereadores de Ilhéus informou ontem (10) que a prefeitura vai revitalizar o mirante localizado no alto da avenida Belmonte, perto de uma torre de televisão, no bairro da Conquista.

O prefeito Mário Alexandre (PSD) e o vereador Paulo Carqueija, seu correligionário, visitaram o mirante. O secretário de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fahning, também visitou o local.

Segundo o vereador Carqueija, o mirante precisa ser revitalizado, porque ultimamente serviu apenas “como depósito de lixo e entulho”. A vista do local é deslumbrante, com a beleza da baía do Pontal e de boa parte da zona urbana de Ilhéus.

MARCOS FLÁVIO É NOMEADO ASSESSOR JURÍDICO DO GOVERNO MARÃO

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Ilhéus, Marcos Flavio, foi nomeado pelo prefeito Mário Alexandre como assessor na Procuradoria Geral do Município. A nomeação foi publicada na edição desta terça, 9, do diário oficial.

Ex-vereador, Marcos Flavio sempre comparece aos eventos promovidos pela prefeitura. De acordo com informações obtidas pelo blog, ele será uma espécie de conselheiro pessoal para assuntos jurídicos do prefeito.

EMPRESA GESTORA DO COLO COLO É UMA PIADA

Na verdade, são várias piadas. 

O repórter Coutinho Neto – um dos melhores da cidade, nos brindou com essa observação. A CVL Alpha Sport, que se diz vinda de Londres, usou uma foto de Salvador, cobriu o farol da Barra com o escudo do Tigre e mencionou como se fosse Ilhéus. Como lá e cá tem mar e uma baía enorme, quase passou despercebido.

Já na última semana, a empresa gestora do Colo Colo, que costuma usar carro de som (a última moda em Londres ) pra convidar a torcida aos jogos do pobre Tigre, se referiu ao estádio Mário Pessoa como Marão no facebook.

A menção dividiu os torcedores: entre aqueles que afirmaram conhecer o estádio por esse nome e aqueles que viram uma espécie de “puxasaquismo” da empresa inglesa ao associar o nome do equipamento com o apelido de nosso querido prefeito.

O Marão virou piada na rede social.

Vale lembrar que, amadores à parte, este blog torce pra nosso time se reerguer.

GOVERNO MARÃO APONTA IRREGULARIDADES  NA SELEÇÃO PRO MINHA CASA MINHA VIDA

Do Agravo

NOTA PÚBLICA

Prefeitura de Ilhéus 

Denúncias chegadas, nos últimos meses, à direção da Caixa e à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) apontam para inúmeras irregularidades na lista de beneficiados pelo Programa Minha Casa, Minha Vida, anunciada ano passado, durante a gestão municipal que se encerrou em dezembro de 2016, envolvendo os ex titulares da SDS. Pessoas que estavam fora do perfil estabelecido para integrar o programa – destinado às famílias de baixa renda – foram beneficiadas por um esquema fraudulento colocado em prática às vésperas da eleição municipal.

Na lista, agora questionada, apareceram cidadãos e cidadãs que já possuem residência, outros que são proprietários de comércio, servidores públicos e parentes de cargos de confiança da gestão anterior. Entre os beneficiados estava a esposa de Kácio Brandão, que sucedeu o ex secretário Jamil Ocké, no comando da secretaria, ambos investigados. Outros inúmeros servidores comissionados com salários acima do permitido para se ter direito ao benefício, foram contemplados com um imóvel.

Há um caso estarrecedor: uma moradora contemplada cedeu o imóvel para a ocupação de um parente por esta residir na Suíça. Há outros como, por exemplo, cadeirante ocupando apartamento no quarto andar, quando se tem unidades disponíveis no térreo. Já outro comprova que, durante a doação de um terreno público à Paróquia São Francisco, assinada pelo então prefeito em exercício, Carlos Machado, o Cacá Colchões, fez parte do acordo a inclusão do nome de uma pessoa na lista de beneficiados. 

Esta semana, um blog, cuja principal característica é agredir àqueles que não fazem parte do projeto político do seu interesse financeiro, tentou desvirtuar o debate. A acusação de uma possível inserção de documentos de novos pré-selecionados no referido programa habitacional não passa de uma tentativa torpe de tirar do centro do debate os verdadeiros responsáveis pelas absurdas irregularidades e crimes cometidos neste processo por membros da administração que nos antecedeu, acobertando-os. Infelizmente, em detrimento da verdade, essas pessoas menores sempre trocaram favores pessoais pela permissão de serem usadas como porta vozes, aceitando a execução de “trabalhos” os quais, por óbvias razões éticas e morais, muitos recusam. Desse modo, utilizam-se do artifício de inverter a ordem dos fatos com o intuito de confundir a opinião pública sem que, até o momento, tenhamos sido responsáveis pela entrega de uma única unidade habitacional, sequer. Ostg acusadores de agora integravam o mesmo grupo cujas práticas, segundo investigações policiais, aí sim, foram consideradas criminosas devido a fraudes diversas cometidas para concessão de benefícios do programa “Minha Casa, Minha Vida”, trocando-os por votos e locupletando-se, em que pese a desgraça alheia, conforme fartamente comprovado e de domínio público. 

Lamentamos que a sanha acusatória ilegítima, tenha trazido o debate – que deveria se dar em torno das ideias e do desempenho da administração pública – para o “campo da lama”, onde suas atuações se consagram, irrefutavelmente. Assim, vimo-nos obrigados a abandonar a discrição que tivemos até o momento diante dos últimos acontecimentos policiais, em confiança nas instituições e deixando que cada uma cumpra o seu papel. Desprezaram o resvalo da réplica nos ex-companheiros de governo que ora, em virtude da operação policial denominada Citrus, amargam o rigor das leis e tiveram tolhidas, inclusive, suas liberdades. 

Tal irresponsabilidade, no entanto, não poderia e nem deve ficar sem o devido esclarecimento sob pena de se permitir mácula à honra de colaboradores do atual governo, profissionais capazes, ao tempo que embaça a prática de delitos escandalosos na atuação pública, por outros. Sobretudo quando a destinação dos recursos desviados deveria ser as vítimas sociais, a população mais carente, tais delitos tornam-se ainda mais repugnantes e os artifícios para acobertá-los, mais reprováveis .

A reavaliação das documentações dos imóveis que se encontram fora do perfil legal é uma ação conjunta da Caixa e da Prefeitura. A intenção é verificar pré-selecionados, devido à enorme quantidade de pessoas beneficiadas pelos ex-secretários, com a clara finalidade de benefício eleitoral. 

Asseguramos que todo o procedimento adotado foi transparente, com o objetivo de garantir o direito da população que realmente sofre vulnerabilidade habitacional. Por isso se exigiu a comprovação da situação de moradia de todos eles através de documentos, como contrato de aluguel e declarações, juntamente com a Escritura do imóvel em nome do proprietário. Condições de segurança e de transparência nunca exigidas pelo governo anterior. Os nomes que foram retirados da lista pela atual gestão não atendem ao perfil técnico exigido. 

Garantimos à população de Ilhéus, em nome da verdade e da transparência que norteia a nossa gestão, que as pessoas que serão verdadeiramente beneficiadas e contempladas com o imóvel serão aqueles que atenderem aos critérios estabelecidos pelo Ministério das Cidades.

Ilhéus, 06 de maio de 2017

LIMPEZA URBANA DEIXA A DESEJAR EM ILHÉUS 

Do Agravo

Muito mato no centro da cidade

Lá se vão cinco meses e até agora algumas secretarias do governo de Mário Alexandre estão deixando a desejar, a exemplo da secretaria de desenvolvimento urbano, comandada por Jorge Cunha.

A população vem se queixando da falta de iluminação pública e principalmente, no quesito estético da cidade, na limpeza pública. Um dos pontos mais visitados por turistas e nativos, a Avenida Soares Lopes, está completamente abandonada. Um exemplo claro é o tamanho do mato que toma conta dos meios fios e dos canteiros ao redor da Catedral de São Sebastião. A única coisa que funciona é a coleta regular de lixo.

Nos bairros, a grande maioria das ruas está parecendo pastos, devido ao tamanho do mato.

Qual é o problema da pasta de serviços públicos: Falta de condições de trabalho ou Incompetência administrativa ?

Com a palavra o secretário Jorge Cunha.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia