WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia


junho 2019
D S T Q Q S S
« maio    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  


:: ‘marão’

OBRA DO PROJETO ORLA SUL JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO

Da Secom/Ilhéus

Retomada da obra

Jornalistas, radialistas, empresários, representantes do trade turístico e da associação Ilheense de Ciclismo, além de moradores da região, foram surpreendidos pelo prefeito Mário Alexandre, hoje (03), pela manhã. Enquanto assinava no KM 0 da rodovia Ilhéus-Olivença a ordem de serviço para a retomada do Projeto Orla Sul, que por mais de cinco anos ficou paralisado, homens da construtora NA2 já trabalhavam no canteiro de obras. O Projeto terá andamento no sentido Ceplus/Rotatória e, nesta primeira fase, terá o custo de 2 milhões de reais. “Antes se assinava uma ordem de serviço e a obra só começava 90, 120 dias depois. Agora não. Pedi a minha equipe para ser ágil. Quem quiser pode vir olhar o serviço já sendo feito”, disse aos presentes.

A primeira etapa do Projeto Orla Sul inclui toda a parte de urbanização, com serviços de pavimentação, drenagem, ciclovia, calçada. Desde que foi iniciada em 2006, a obra teve seu abandono em 2012 com apenas 40 por cento executada, no período de seis anos. Considerando o projeto como de fundamental importância para o município, o prefeito Mário Alexandre autorizou a realização de estudos e, após conclusão, a equipe técnica prestou conta ao Ministério do Turismo, apresentou a reformulação da proposta elaborada pelo município com aprovação da Caixa que possibilitou o lançamento do edital de licitação do remanescente das obras de reurbanização da localidade.

“Ilhéus é hoje sinônimo de trabalho e desenvolvimento”, elogiou o deputado federal Paulo Magalhães, presente ao ato. O parlamentar foi uma das pessoas que acompanharam o prefeito a Brasília, nas inúmeras tentativas de destravar o projeto. A deputada estadual Ângela Sousa destacou esta nova forma de fazer política, com parceria, solidariedade e união. “Precisamos de todos”, ressaltou.

O ato foi bastante prestigiado. Dentre as autoridades presentes, o Major PM Pinheiro; presidente da Atil, Rafael Espírito Santo; diretor do Ilhéus Convention Bureau, Marco Lessa; diretora do Colégio Vitória, Gilka Melo; empresários Luiggi Massa, Ednei Espírito Santo, Guilherme Stocco; Agnaldo Batista Canabrava, presidente da Associação de Ciclismo; alunos da Unidade Sul do Colégio Vitória, vereadores Lukas Paiva, Juarez Barbosa, Paulo Meio Quilo, Nerival Reis, Paulo Carqueija, Ivo Evangelista, secretários e assessores municipais, dentre outros.

SAMU DE ILHÉUS SEM MÉDICO E SÓ COM UMA AMBULÂNCIA

Ambulância parada.

Desde as primeiras horas desta segunda, dia 2, o ILHÉUS EM RESUMO recebe denúncias sobre a falta de médicos e de ambulâncias no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Ilhéus. Segundo pessoas que preferem não se identificar, desde a noite de domingo, dia 1, o médico plantonista não aparece para trabalhar.

Nesta segunda, o problema se repete e, ao ligar no 192, o ilheense se depara com a informação da falta desse tipo de profissional. As denúncias indicam também que só há uma ambulância operando, numa cidade com mais de 170 mil habitantes.

Na semana passada, já havíamos denunciado a precariedade do Samu de Ilhéus (confira aqui). Na oportunidade, conseguimos contato com a secretária de Saúde, Elizangela Oliveira, que se comprometeu a prestar esclarecimentos, mas não deu retorno.

O espaço está aberto caso a Prefeitura queira se posicionar.

ILHÉUS: FUNCIONÁRIOS DO SAMU USAM FOGO À LENHA NA FALTA DE GÁS

Fogo à lenha

Há pouco mais de três meses, a imprensa estadual noticiou, depois de várias denúncias locais, o fechamento do Samu de Ilhéus. O serviço ficou dias sem sequer uma ambulância para atendimento aos quase 200 mil ilheenses (lembre aqui).

Passados esses meses, o caos que toma conta do Samu  não diminuiu. Recebemos, pelo whatsapp, imagens que mostram o que seria um funcionário fazendo seu almoço num fogo a lenha, no chão do prédio onde funciona o serviço, na Avenida Litorânea Norte.

Além do gás de cozinha na copa, a unidade também não estaria com fornecimento regular de água mineral para os funcionários, que trabalham em regime de plantão, por vezes mais de 12 horas por dia.

A falta de insumos estaria afetando também o abastecimento de medicamentos nas ambulâncias e, mesmo após sucessivas denúncias (veja aqui), um dos veículos de socorro segue rodando com a porta traseira fechada com um pedaço de pano.

O ILHÉUS EM RESUMO procurou a secretária de Saúde do Município, Elizângela Oliveira, que afirmou estar em reunião e que a pessoa responsável pelo setor de Média e Alta Complexidade da pasta daria um posicionamento sobre o caso. No entanto, até o fechamento desta nota, não houve retorno.

 

FILHO DE BEBETO COTADO PRA SECRETÁRIO DO GOVERNO MARÃO

Do Tabuleiro

Maurício

O ex-vereador Jailson Nascimento, indicado pelo PSB para ocupar  a Secretaria de Agricultura no acordo político com o governo municipal, desistiu do cargo devido à exigência jurídica para renunciar a presidência do sindicato dos taxistas de Ilhéus.   A notícia foi dada com exclusividade pelo Blog Agravo e confirmada pela redação de O Tabuleiro na manhã de hoje (26). Com a desistência de Jailson o PSB deve indicar ainda essa semana o engenheiro florestal, Maurício Galvão para assumir a pasta.

Em contato com O Tabuleiro, Maurício disse que está à disposição, mas que esse assunto ainda será discutido no partido. “O PSB tem uma gama de nomes com condições de assumir qualquer secretaria”, disse o engenheiro. O certo é que a agricultura no governo de Mário Alexandre fica com o grupo do Deputado Federal, Bebeto Galvão.

BANCO DA VITÓRIA NA LAMA

Do FRN

Lama no Banco da Vitória.

Os moradores da Rua A, no loteamento Água Santa Clara, no Banco da Vitória, entraram em contato com a redação do FR Notícias para solicitar da setor competente da prefeitura melhorias na infraestrutura, principalmente na colocação de pavimentação asfáltica e melhorias na rede de esgoto e iluminação pública.

Eles disseram que em dias de sol as residências ficam tomadas de poeira elevando o risco à saúde das pessoas, e em dias de chuva a situação é ainda pior, muita lama, buracos e esgoto a céu aberto, sem falar da dificuldade de passagem de veículos e o ir e vir dos moradores.

Estamos na esperança e confiamos que o prefeito Mário Alexandre mandará a sua equipe o mais breve possível, para atender as demandas da comunidade. Infelizmente, nos últimos 15 anos fomos abandonados pelos ex-gestores, que bateram em nossas portas, pediram nosso voto, e depois deram as costas. Tenho certeza que dias melhores virão para o Banco da Vitória“, relatou um moradora.

A FRUSTRAÇÃO APARENTE DE NAZAL

Do Tabuleiro

Nazal tira o brilho de Marão.

Figura assídua nos debates promovidos pelo Teatro Popular de Ilhéus e o Instituto Nossa Ilhéus, através do evento “Improviso, Oxente!”, o vice-prefeito e secretário de desenvolvimento sustentável de Ilhéus, José Nazal Pacheco, demonstrou na noite de ontem (terça, 20) certo descontentamento com o poder público, inclusive, expandindo suas críticas ao atual executivo ilheense.

Durante o evento, realizado na Tenda (Avenida Soares Lopes), e que nesta edição trata de mobilidade, Nazal comentou sobre os projetos apresentados para a área na cidade, mas enfatizou, em tom beirando a frustração, que muitos dos atuais problemas apresentados, como ocupação irregular de espaços públicos, são oriundos da fiscalização ineficiente da Prefeitura, desde gestões passadas, e do comportamento da própria população.

A fala de Nazal foi feita após comentário similar do ex-secretário de relações institucionais, Joaquim Bastos, que também marcou presença no evento.

Em sua fala, Nazal ainda afirmou que “se eu fosse prefeito, a Prefeitura teria 150 fiscais”. De acordo com ele, o quadro atual é de apenas 17 funcionários para o setor.

Provocado por um participante do evento sobre o fato dele ser o vice-prefeito e poder interferir na situação, Nazal salientou: “é diferente! Vice é outra coisa”, acrescentando: “Completei 60 anos recentemente e não fiz festa por não ter dinheiro, já aqui na cidade, neste ano, fizeram o carnaval; apesar de gostar, eu não faria, mas fizeram… fui derrotado, sofro derrotas (…) quando coloquei meu nome para ser prefeito tive apenas 2% das intenções de voto!”.

O Improviso, Oxente! volta a debater o tema mobilidade nesta quarta e quinta-feira, a partir das 19h, com entrada gratuita. Hoje (20), Nazal e o secretário de Infraestrutura e Transporte do município, Hermano Fahning, serão os painelistas. 

SALOBRINHO NA LAMA

Rua do Salobrinho.

Nesse período de chuva, os moradores das ruas São Paulo e São Miguel, no bairro Salobrinho, em Ilhéus, têm de conviver com essa situação diária.

Lama, água invadindo as casas e rua intransitável. Durante a campanha eleitoral do ano passado, assim como em inúmeras outras, não foram poucos os candidatos que por lá passaram à caça de votos. No entanto, passado esse período, nada muda.

CACÁ ROUBA A CENA EM INEMA

Cacá na procissão em Inema.

Mesmo sem ocupar cargo público, o empresário e ex-vice-prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões, segue mostrando a cara. Nesse fim de semana, se abalou até o distrito de Inema, mais de 100 quilômetros do centro da cidade, para participar dos festejos da padroeira, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Mesmo com a presença do prefeito Mário Alexandre e de secretários, Cacá, que mantém amigos na localidade, segurou o andor e saiu na frente na procissão.

As andanças de Cacá têm como motivo, apostam alguns, uma possível candidatura a deputado estadual em 2018. Ele não confirma, nem descarta a possibilidade.

ILHÉUS: MOTOS USADAS NA FISCALIZAÇÃO DE TRÂNSITO ESTÃO IRREGULARES 

E o exemplo?

Se tem um ditado que volta e meia pode ser bem aplicado é o que diz que em casa de ferreiro, o espeto é de pau. E a prefeitura de Ilhéus segue esse ditado, pelo menos no que diz respeito a quitar os documentos de duas motocicletas usadas para fiscalizar o trânsito da cidade.

Uma fonte informou ao ILHÉUS EM RESUMO que as motos de placas PJP 0442 e PJP 0022 estão com licenciamento e seguro obrigatório atrasados no exercício de 2017. 

As taxas deveriam ser pagas no primeiro semestre desse ano, mas o sistema do Detran revela as dívidas. Somadas, as taxas e seguros custariam 820 reais aos cofres municipais. 

O esforço pra regularizar os veículos parece, no entanto, ser hercúleo. Enquanto não quita os débitos, as motocicletas seguem irregulares e, pior, sendo usadas para fiscalizar e multar quem não cumpre a lei.

TIROTEIO NO GOVERNO MARÃO 

Do Ilhéus.Net

Nazal e Bento não se bicam

Após o Radialista Vila Nova apontar supostos culpados pela “buracaria” na cidade, Nazal o procurou para esclarecer a situação.

Segundo Nazal, Bento que segurou a suspensão do embargo da Usina Asfáltica, pois desde o inicio do mês que já havia enviado para publicação a suspensão, todavia, não foi publicado. 

Após a polêmica, Bento publicou a suspensão do embargo no Diário Oficial.

Por outro lado, Bento informou ao radialista que existe uma orquestração no governo que visa o seu desgaste.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia