WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


:: ‘LIXO’

GOVERNO MARÃO SUFOCA EMPRESA QUE COLETA O LIXO EM ILHÉUS

Coleta de Lixo

A informação é do radialista Luke Rei. Em seu programa A Hora da Verdade, na Rádio Bahiana, o apresentador afirmou que a prefeitura deve cerca de 8 milhões de reais a Solar Ambiental, empresa responsável por coletar o lixo em toda a cidade.

O calor dado por Marão à empresa tem gerado problemas na coleta. O sufoco por que passa a firma seria proposital, afirma o Blog do Gusmão.

Ainda segundo o Blog, Marão teria dado ordens para pagar à empresa somente valores suficientes pra quitar a folha salarial e a compra de combustíveis. A “operação sufoco” já teria somado seis meses de pagamentos fracionados a Solar Ambiental.

LIXO TOMA CONTA DO CENTRO DE ILHÉUS

Alô secretaria de serviços urbanos de Ilhéus. A região central da cidade amanheceu abarrotada de lixo. Na praça JJ Seabra, o monte de lixo já alcança a altura de um orelhão. Se no centro está assim, imagine nos bairros mais distantes.

Atualização de O Tabuleiro

A coleta de lixo no município de Ilhéus foi suspensa, por tempo indeterminado, desde às 18h dessa última segunda-feira, dia 9. A informação foi dada com exclusividade pelo comunicador Vila Nova, na manhã dessa terça-feira, dia 10, durante a edição do programa O Tabuleiro, na Ilhéus FM – 105,9. De acordo com o comunicador, o motivo da interrupção do serviço acontece por conta de um débito de 7 meses da Prefeitura Municipal com a empresa ilheense Solar Ambiental, que manteve as atividades com capital de giro até ontem.

O valor total da dívida corresponde ao período de janeiro a julho deste ano. Com a situação, o sindicato dos trabalhadores ‘fechou’ os portões da empresa. O objetivo é que as atividades só retornem após a garantia do pagamento dos 120 funcionários contratados pela empresa , e isso só deve acontecer com a quitação do débito por parte da Prefeitura.

MARÃO PROMETE REGULARIZAR COLETA DE LIXO

Da Secom/Ilhéus

Coleta de Lixo

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, acompanhado do secretário municipal de Serviços Urbanos, Hermano Fahning, se reuniu esta manhã (20) em Salvador, com o secretário estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Demir Barbosa. Na sede do órgão, trataram de um dos assuntos considerados como “grave” pela atual gestão municipal, que é a situação do Aterro do Itariri, situado na rodovia BA-262, que liga a cidade a Uruçuca, gerenciado pelo Governo da Bahia.

O prefeito se mostra extremamente preocupado com o desfecho da transferência do aterro do estado para o município, que deve acontecer em breve. “Há uma necessidade ambiental que exige o fechamento das atuais células do aterro, a recuperação de sua estrutura e toda a requalificação da área. Nossa proposta é que somente a partir destas ações é que o estado nos entregue para iniciarmos o processo de terceirização da gestão”, afirmou Mário Alexandre.

Serviços normalizados – Enquanto isso, ações corretivas feitas pela equipe de Ilhéus garantem o retorno a normalidade dos serviços a partir da tarde desta quarta-feira (20) a tarde. Os serviços estavam parados nas últimas horas em virtude da inadequada operação no local. Segundo a Secsurb, o município de Ilhéus quase sempre intervém com iniciativas financeiras, de recursos humanos e maquinários para dar paliativos à grave situação.

Para Hermano Fahning, esta operação deve ser da Conder que é a administradora do aterro.  “O diálogo que vem sendo estabelecido entre o prefeito de Ilhéus e o titular da Sedur é no sentido de que, antes da concretização da transferência, o estado faça novos investimentos no equipamento”, comentou. Ainda em Salvador, os gestores debatem um plano de otimização do Aterro do Itariri até o fim do ciclo de vida útil.

Inaugurado em 2000, até hoje o aterro permanece sendo administrado pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), mas esta função não está entre as suas atribuições e, em breve, o estado deverá entregar esta gestão a Ilhéus. Itariri atende à demanda de Ilhéus e Uruçuca, recebe diariamente cerca de 250 toneladas de lixo e entulho, mas já ligou o seu sinal de alerta necessitando de novos investimentos.

LIXO SE ACUMULA NA SUBIDA DO ALTO DO BASÍLIO

O lixo no Basílio.

As mudanças promovidas pelo prefeito Mário Alexandre na área de serviços urbanos de Ilhéus não parece surtir efeito. Por vários cantos da cidade ainda é comum o ilheense encontrar pilhas e mais pilhas de lixo.

À primeira vista pode parecer pouco caso da própria população, mas o acúmulo de lixo se dá, principalmente, em acessos a altos da cidade. Nesse caso da foto acima, essa é a subida do Alto do Basílio, um dos maiores de Ilhéus.

Por lá, tem lixo todo dia e a pilha só aumenta, o que é forte indício de que a coleta não vem sendo feita a contento. Acorda Marão.

PREFEITURA TENTA CONTORNAR ACÚMULO DO LIXO NO CENTRO DE ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Antes e depois.

Com a paralisação parcial dos servidores da Prefeitura, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsurb) elaborou uma estratégia especial para garantir, neste sábado (9), a limpeza de vias públicas do Centro, rua Carneiro da Rocha, avenida Soares Lopes e Feira do Malhado, em Ilhéus.

Estes locais sofreram atos de vandalismo no início da manhã, com a maior parte do lixo deixado na noite anterior pelos comerciantes sendo espalhada propositadamente pelas vias públicas. A intenção, de acordo com a análise do secretário Hermano Fahning, era de que o comércio abrisse as portas neste sábado, numa condição de limpeza de ruas bem aquém da normalidade, causando uma impressão ruim do centro econômico de Ilhéus.

“Há denúncias de pessoas vistas pagando moradores de rua para espalhar o lixo nestas localidades. A Guarda Municipal já está procurando em câmeras de segurança alguma pista do ocorrido”, informa o secretário Hermano Fahning. Além de uma equipe montada emergencialmente, carros de apoio circularam para o recolhimento do lixo. A Secretaria trabalha, neste momento, na montagem de uma estratégia de emergência, caso a situação não seja normalizada até segunda-feira.

Pede, também, a compreensão da população para que evite disponibilizar sacos de lixo nas ruas e em passeios, até que o calendário especial seja amplamente divulgado, informando os horários que a equipe de apoio passará em cada região de Ilhéus.

LIXO SE ESPALHA POR RUAS DE ILHÉUS

Num dos acessos ao bairro da Conquista, pela Avenida Itabuna, o lixo é figura constante há alguns dias. E nem adianta a comunidade reclamar, que não tem jeito. Além disso, tem morador esperto que aproveita que já ta sujo mesmo e despeja o entulho por lá também. Tudo isso com as bênçãos da Secretaria de Serviços Urbanos. Foto de Ruy Penalva.

ILHEENSES RECLAMAM DO LIXO NAS RUAS

Lixo na Avenida Princesa Isabel.

Cidadão atento, o militante político Jerberson Josué questiona: o que houve com a coleta de lixo em Ilhéus? Desde o fim do carnaval há relatos de ilheenses sobre a irregularidade da coleta. A princípio, equipamentos da empresa Solar Ambiental estariam passando por manutenção, mas lá já se vão 15 dias e nada da normalidade.

Tem fotos de lixo na sua rua? Envia pra cá, quem sabe conseguimos ajudar a prefeitura e a Solar a identificar os pontos sujos e limpar.

CAMINHÃO DO LIXO CAPOTA E DERRUBA POSTE EM ILHÉUS

Do Tabuleiro

Acidente

Um caminhão da empresa Solar Ambiental, que realiza a coleta de lixo em Ilhéus, capotou, na tarde de ontem (26) nas proximidades da Cargil, no bairro do Iguape. O veículo seguia para o Itariri, onde iria descarregar o material recolhido. Com o impacto, um poste foi derrubado.

Não há informações sobre o que causou o acidente. Também não há relatos de pessoas gravemente feridas, no entanto, uma equipe do SAMU 192 precisou ser acionada.

CENTRAL DO MALHADO VIRA LIXÃO A CÉU ABERTO

Lixo se acumula.

Não está sendo fácil a vida dos comerciantes da já sucateada Central de Abastecimento do Malhado, em Ilhéus. Além da situação precária da estrutura física do local, agora outro problema afeta a vida de quem compra e vende por lá: o acúmulo de lixo.

Há mais de três dias não há coleta no local, de acordo com comerciantes. A quantidade de lixo atrai animais como urubus e ratos, que chegam e afastam a freguesia. A solução, que parece simples – mandar o carro da coleta, custa a acontecer e a revolta é geral.

LIXO NO FUNDO DA CONCHA ACÚSTICA DE ILHÉUS GERA RECLAMAÇÕES

Do Blog do Gusmão

Concha e lixo ao fundo

Um morador da avenida Soares Lopes procurou este blog para manifestar o seu descontentamento com a situação dos arredores da Concha Acústica. Conforme a sua definição, o terreno atrás do antigo espaço de shows virou um “grande lixão repleto de urubus”.

Ele mora num prédio com vista para a Concha. No fim de julho, diz a sua mensagem, “a prefeitura absurdamente retirou a vegetação secundária que crescia no local”, e isso “favoreceu a entrada de pessoas que começaram a depositar lixo na área”. “É constante o movimento de carros que chegam ali para colocar entulho e lixo, sem a menor cerimônia”.

Na tarde dessa quarta-feira (20), ainda de acordo com o depoimento do morador, uma “caçamba gigante”, com placa vermelha, foi usada para jogar entulho no local. Devido às características do veículo, ele suspeita que o motorista estaria a serviço da prefeitura.

No fim da mensagem enviada ontem ao blog, o cidadão fez um desabafo. “Me causa uma revolta gigante ver esse cenário. Sou consciente de que Ilhéus tem problemas muito maiores e mais graves do que isso. Mas esse é um que me atinge diretamente. Pago quase 4 mil reais entre aluguel e condomínio para morar onde moro e ter esse lixão em frente. E hoje à tarde tive uma forte percepção de que é a própria prefeitura da cidade que está jogando os entulhos nessa praia. Há 3 meses dois tratores abriram uma clareira na vegetação que crescia no terreno atrás da concha, e daí começou a cada dia carros entrando para jogar o lixo e hoje eu vi essa caçamba gigante. […] É muita tristeza e desolação”.

É importante destacar que o morador tratou a própria informação como uma suspeita, uma “forte impressão”, até porque os caminhões que prestam serviço para a prefeitura são alugados e têm placas cinzas (comuns). Além disso, veículos oficiais não podem ter placas vermelhas.

OUTRO LADO

O secretário de Serviços Urbanos Jorge Cunha informa que o caminhão citado não estava a serviço da prefeitura. Segundo ele, o descarte irregular de entulho costuma ser feito por motoristas que prestam serviços em obras particulares.

Conforme o secretário, a nova gestão da prefeitura não descarta entulho em locais impróprios. Ao contrário, a Secretaria de Serviços Urbanos já acabou com várias lixeiras viciadas da cidade. Além disso, servidores municipais fiscalizam diariamente esses pontos, para que não voltem a ser usados como depósitos de lixo. Exemplo disso é o trecho da estrada do Couto perto do Condomínio Sol e Mar, que deixou de sofrer com o descarte ilegal de resíduos sólidos após as ações da prefeitura.

Em relação ao terreno atrás da Concha, o secretário explicou que vai construir algum de tipo proteção para bloquear a passagem dos caminhões e impedir que a área continue a ser utilizada irregularmente.

LIXO TOMA CONTA DE ILHÉUS 

Desde o fim da última semana, o ilheense tem de conviver com o acúmulo de lixo pelas ruas. Recebemos fotos, nesta quarta-feira, de pontos com bastante lixo na região central. Nas redes sociais, no entanto, moradores reclamam da falta de coleta em diferentes bairros, como Salobrinho, Conquista e Pontal.

LOCADORA DE VEÍCULOS USA CALÇADA COMO ESTACIONAMENTO EM ILHÉUS 

Do FRN 

A bagunça rola sob o nariz da fiscalização da prefeitura

Moradores da Rua D. Pedro II no Bairro do Pontal procuraram a reportagem do site Fábio Roberto Notícias, para denunciar o descarte irregular de lixo na localidade. Segundo eles, o proprietário de um terreno fez a limpeza e colocou todo o lixo na calçada, provocando muita sujeira e a presença de insetos nocivos. 

E os problemas não param por aí. Os moradores denunciaram também uma locadora, que fez da calçada o local para guardar a sua frota de carros, impedindo a passagem de pedestres. Indignado, um morador fez um apelo solicitando a desobstrução de passagem, fixando o pedido em um dos carros.

MATO TOMA CONTA DE LADEIRA DE ACESSO A CONQUISTA

Mato na calçada

Em alguns dias, se nada for feito, o mato tomará conta da calçada que margeia a ladeira de acesso ao bairro Conquista, nas proximidades do viaduto Catalão.

Sem manutenção há algum tempo, já tem mato nascendo nas fissuras do concreto, o que força o pedestre a andar no meio da pista.

DISTRITO DE BANCO CENTRAL SEM COLETA DE LIXO

Do Agravo

Lixo em Banco Central.

Em contato com a nossa redação, moradores do distrito ilheense do Banco Central, reclamam do atraso na coleta de lixo, por parte da secretaria municipal competente, já que a Solar Ambiental só é responsável em coletar na sede do município.

Segundo eles, a coleta chega a demorar 30 dias, e ontem (09), o carro foi ao distrito, mas o caminhão quebrou e acabou não recolhendo os dejetos.

De acordo com os moradores, as ruas estão cheias de sacolas de lixo, e o mau cheiro já está incomodando bastante a população local.

Eles pedem providências para o problema.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia