WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘ilheuss’

MARÃO DEIXA CARRO DA SAÚDE SER LEILOADO

Carro foi arrematado.

Informa o blog Agravo que a prefeitura de Ilhéus permitiu que um veículo da secretaria de saúde fosse a leilão. O carro, modelo Linea, ano 2012/2013, com apenas cinco anos de uso, foi arrematado por R$ 9.200,00 nesta quinta-feira, dia 6.

O carro custa, de acordo com a Tabela Fipe, pouco mais de 33 mil reais e foi a leilão após passar meses apreendido no pátio do Detran, em Itabuna.

Foi parar lá depois de ser parado numa fiscalização, após o motorista realizar uma ultrapassagem perigosa. Posteriormente, foi constatado que a documentação estava irregular. Isso ocorreu há cerca de um ano e nenhuma providência foi tomada.

O carro, de acordo com o blog, era usado para transporte de pacientes para atendimentos em outras cidades e também de servidores em viagens oficiais.

MORADORES DO NOSSA SENHORA DA VITÓRIA RECLAMAM DO ATENDIMENTO MÉDICO

A fila.

Pelo menos quatro moradores do bairro Nossa Senhora da Vitória, na zona sul de Ilhéus, fora à imprensa reclamar da demora na marcação de exames na unidade básica de saúde da comunidade.

Os relatos foram feitos ao Blog do Gusmão. “Chego no posto cinco e meia da manhã e já encontro gente na fila”, conta um dos moradores que já deram viagem perdida à unidade.

Na semana passada, publicamos aqui sobre a procissão que dezenas de moradores fazem diariamente em busca de atendimento e marcação de exames e consultas na comunidade.

Em resposta ao blog, o secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, afirma que, desde que assumiu o posto, a disponibilidade de exames já foi majorada em 30%.

Para acabar com as filas e noites dormidas na porta do posto de saúde, o secretário conta que pretende criar a espera virtual.

Não custa esperar. De preferência sentado.

PASTOR ILHEENSE TERIA FORJADO O PRÓPRIO SEQUESTRO

Do FRN

Pastor teria forjado o sequestro.

Após o registro da ocorrência 1ª Delegacia Territorial sob nº 18-03550, informando sobre o desaparecimento de Carlson Benjamin dos Santos, conhecido como Pastor Carlson, ocorrido no último dia 13, diversas diligências foram realizadas objetivando localizar o mesmo. Foi instaurado Inquérito Policial para apurar os fatos. Na madrugada de hoje, 15, Carlson entrou em contato com a família informando que havia sido “liberado” nas proximidades de Feira de Santana.

Carlson compareceu na sede da 7ª Coorpin nesta sexta-feira e registrou boletim de ocorrência na 1ª DT sob nº 18-03582, informando que foi sequestrado por 3 homens armados na praia do norte em Ilhéus, teria sido encapuzado e levado em seu veículo para local ignorado, sendo liberado apenas na madrugada de hoje.

Diante das informações coletadas pelos investigadores, bem como das declarações colhidas com familiares, diversas incoerências foram identificadas no depoimento do Pastor Carlson.

Ouvido, novamente, em Termo de Interrogatório, questionado pela Autoridade Policial, Carlson confessou que forjou o próprio sequestro e teria fugido por vontade própria.

Em face da confissão, foi lavrado contra Carlson Benjamin dos Santos o Termo Circunstanciado TCO pela prática do Crime previsto no Artigo 340 do CP (falsa comunicação de crime).

Fonte: Delegado da Polícia Civil, Thiago Almeida.

PREFEITURA ESTUDA NOVO FORMATO PRO PROJETO SEIS E MEIA

Da Secom/Ilhéus

Projeto.

Compositores, intérpretes, músicos e toda a produção ligada à cadeia da música de Ilhéus estão sendo convidados pela secretaria municipal da Cultura (Secult) para emitir opinião ou contribuir com sugestões para a realização do Projeto Seis e Meia. Um dos motivos do convite é que a Prefeitura de Ilhéus está preparando o edital e a iniciativa deverá acontecer no mês de agosto ou em setembro deste ano, no Teatro Municipal.

O secretário da Cultura, Pawlo Cidade, destaca que a ideia central é reestruturar o Projeto Seis e Meia, que valoriza os músicos da cidade e da região, a partir da opinião dos principais interessados na proposta. “No entanto, há toda uma cadeia ligada ao setor que também pode contribuir e muito. Não dá para pensar em ações culturais, em cidadania cultural para os artistas. Mas, sim, com os artistas. Daí, a primeira ‘Roda de Conversa’ aconteceu no mês passado, e agora uma consulta nas redes sociais”.

Pawlo Cidade lembra que atualmente a grande maioria dos músicos possui banda ou toca sempre em duo ou trio. “Teríamos a necessidade de uma banda-base? Os participantes ‘do janela’ teriam direito a cachê? quantas músicas autorais cada grupo deve cantar? e qual a duração de todo o projeto por dia? Seria uma hora e meia ou duas horas? Por isso que todos estes questionamentos devem ser amplamente discutidos”, analisa o secretário de Cultura.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia