WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
ponte pontal ilheus hospital ilheus secom bahia embasa secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


novembro 2020
D S T Q Q S S
« out    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  


:: ‘ilheus’

ILHÉUS: VEREADOR ELEITO COMEMORA LIMPANDO SANTINHOS

Limpeza.

Recém-eleito vereador por Ilhéus, o policial rodoviário federal Vinicíus Alcântara (PV) resolveu comemorar a vitória limpando a sujeira deixada por outros candidatos.

Ainda na noite de domingo (15), Alcântara reuniu apoiadores e recolheu os santinhos jogados durante o dia nas imediações da Avenida Canavieiras, no centro.

Ligado às pautas ambientais, o vereador eleito é coordenador de grupos que realizam ações voltadas ao meio ambiente, conscientização ambiental e limpeza de praias, por exemplo.

ELEIÇÃO: PARTIDO DE MARCOLINO VINICIUS RETIRA CANDIDATURA A PREFEITO E AVANÇA DECLARANDO APOIO À MULHER NEGRA BERNADETE DO PSOL

Em coletiva de imprensa, a lendária filósofa norte-americana ângela Davis, referência mundial do movimento negro disse em entrevista sobre eleições nos Estados Unidos, o combate ao racismo e feminismo negro brasileiro uma frase que marca o momento atual ilheense. “Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela, porque tudo é desestabilizado a partir da base da pirâmide social onde se encontram as mulheres negras, muda-se isso, muda-se a base da sociedade”, disse no evento na reitoria da UFBA.

Em ilhéus apenas uma candidatura negra e feminina está posta e apenas uma candidatura de jovem negro também. A feminina pelo PSOL e a de Juventude pelo partido UP. Ambos decidiram unir forças definitivamente.

Marcolino Vinicius Vieira, Diana, Raiai, Super Choque e Márcio Ramos era a candidatura coletiva a prefeitura, anunciada em 28 de junho (aniversário de ilhéus) onde Marcolino seria o cabeça de chapa e os demais candidaturas à câmara de Vereadores. Em decisão colegiada todas essas candidaturas estarão durante as eleições de 2020 caminhando lado a lado com Bernadete, Cijay, Jorge Luiz, Cacique Ramon Tupinambá e Jorge Anderson. Com Bernadete única candidata feminina para prefeita em ilhéus e os demais candidaturas à câmara de vereadores. Em texto com título: “UM PASSO ATRÁS, MULHERES PRETAS Á FRENTE PELA UNIDADE POPULAR, REÚNE ILHÉUS!” enviado á nossa redação, o partido Unidade Popular forma uma verdadeira unidade partidária. Confira abaixo o texto na íntegra.

UM PASSO ATRÁS, MULHERES PRETAS Á FRENTE PELA UNIDADE POPULAR, REÚNE ILHÉUS!

UM PASSO ATRÁS, MULHERES PRETAS Á FRENTE PELA UNIDADE POPULAR, REÚNE ILHÉUS!

Estamos diante do desafio de não termos um posicionamento oportunista no processo eleitoral de 2020. Dizemos o por que. As novas regras do processo eleitoral que impuseram o fim das coligações proporcionais, também nesse sentido empurraram os partidos políticos que não tem o perfil programático, que não tem a firmeza ideológica para dizer que cada um tenha seu candidato a prefeito ou sua candidata a prefeita e a partir disso a lógica principal é fazer bancada de vereadores. Nós do Partido Unidade Popular (UP) temos uma visão escurecida e certa. A política está no posto de comando. O partido UP entende como o PSOL que nós precisamos de programa, de objetivo e acima de tudo nós temos um perfil ideológico que coloca a disputa eleitoral não como uma mera perspectiva de ocupação de cargos e interesses individuais, mas de afirmação de uma outra perspectiva de conteúdo político e de referências ideológicas. Então é uma atitude extremamente rica a começar pela unidade que ocorrerá nessas eleições municipais de ilhéus.

Queremos agradecer o convite do PSOL. Para nós em falar da importância da unidade dessa esquerda, de uma esquerda que tem coerência em um processo eleitoral em que estamos vendo a ascensão do fascismo e normalização do racismo, em um ano aonde já vínhamos enfrentando diversos problemas e questões impostas para nós. Temos que ter Pocs, mulheres e Homens das favelas e das periferias ocupando todos esses espaços por que quem está hoje no poder só está querendo garantir a manutenção, dos lucros e das suas heranças. São famílias que fizeram carreira debaixo de nossos sofrimentos, dores, sangue, saúde, energia. Enquanto estamos escrevendo e vocês lendo esse texto, quantos e quantas jovens negros estão sendo assassinatos por uma política pública de segurança falida que genocida nossos corpos pretos. Quantas casas ilheenses estão passando fome seja pela negligência do auxilio emergencial federal ou seja pela inexistência de uma política de assistência social efetiva da prefeitura. É disso que estamos falando, das nossas vidas, dos nossos, dos nossos companheiros, pais, irmãos, amigos e familiares que a maioria sai com vida e não sabe se irá voltar para o aconchego do seu lar. Estamos falando de sobrevivência. Não estamos vivendo, estamos sobrevivendo. É de vida que queremos falar. De nossas vidas, de nós por nós. Estamos cansados de migalhas, estamos aqui hoje para dizer da importância da unidade daqueles que não se rendem, daqueles que querem construir uma ilhéus que queremos. Esse não é o momento para nos dividir, mas sim de se unir e dar as mãos. Quando falamos da esquerda coerente e combatente é dessa esquerda que estamos falando. É do lado certo da história que escolhemos estar. Lutando por justiça e igualdade de fato. Estamos cansados de uma cidade que é feita pros ricos enquanto nós a favela estamos chorando todos os dias, por falta de água na torneira, por falta de comida. Essa é a vez, é a oportunidade de levarmos um programa revolucionário para nosso povo.

Diante a conjuntura, decidimos um recuo e um avanço. Recuamos com as candidaturas coletivas á prefeitura e câmara o nosso partido unidade popular pelo avanço de uma unidade com o partido socialismo e liberdade amalgamando nossos movimentos, inclusive o Movimento Reúne Ilhéus nas candidaturas do PSOL. Acreditamos na potência da unidade popular, inclusive sendo esse o nome de nossa organização partidária. Acreditamos que a candidata a prefeita Bernadete é a escolha correta que ilhéus precisa diante a conjuntura para ocupar a prefeitura municipal e que as candidaturas de Cijay, Jorge Luis, Cacique Ramon Tupinambá e Jorge Anderson refletem o que há de mais coerente para ocupar a câmara de vereadores de ilhéus em defesa do poder popular visando retirar ilhéus do século dezenove pelo fim do coronelismo impregnado nas relações públicas, políticas, econômicas e sociais de nossa cidade. Acreditamos, afirmamos e continuaremos a entoar a fala de nosso companheiro, camarada e irmão preto Marcolino Vinicius Vieira de que só a luta muda a vida até que nossas vidas sejam mudadas, permanecemos em luta. É uma rebelião preta sul baiana. Não estamos para fazer politicagem, estamos aqui para fazer política. É isso que precisamos mostrar que o povo unido é capaz de tudo, inclusive de construir o poder e construir o poder popular em nossa cidade. Queremos nos ver no espelho político. O que queremos é o povo preto no poder.

Ilhéus, 14 de Setembro de 2020

Assinam,

Pré-Candidaturas,, Movimentos, Filiadas e Filiados do Partido Unidade Popular de Ilhéus

MARCOLINO VINICIUS VIEIRA, REPRESENTANTE DE ILHÉUS, É ELEITO MEMBRO DO CONSELHO ESTADUAL DE CULTURA

Ilhéus tem representante no Conselho Estadual de Cultura. A novidade veio com a divulgação do resultado da eleição de novos membros para o período de 2020 a 2023. Neste contexto, o município celebra não apenas a conquista de um ilheense no conselho, mas o fato do representante eleito, Marcolino Vinicius Vieira, ter sido alçado à função como o primeiro jovem negro de periferia da história de ilhéus, um indicativo da credibilidade que a cultura jovem de Ilhéus tem alcançado a nível estadual.

Marcolino ficou na lista de candidatos aprovados para Membro do Conselho Estadual de Cultura, oriundos da sociedade civil para as vagas de Territórios de Identidade para o período de 2020 a 2023, obedecendo, o disposto no § 2º do Art. 13 da portaria nº 030, de 13 de março de 2020 da Secretária de Cultura do Estado da Bahia – SECULT/BA.

Esse resultado representa a força da cultura Juvenil e Negra do território do Sul da Bahia. Mais recursos e oportunidades de políticas culturais poderão chegar com alguém da região de ilhéus com voz dentro das reuniões do conselho estadual de cultura. Marcolino mostra a força e o respeito que tem na comunidade cultural baiana. A cultura do sul da bahia ganha muito.

Com a eleição de Marcolino Poeta, como Conselheiro de Cultura Estadual, ilhéus e região está bem representada. Marcolino Vinicius Vieira é poeta de busu e metrô em Salvador, bacharelando em humanidades pela Universidade Federal Internacionalista Afro-Brasileira (UNILAB), graduando em gestão pública pela universidade salvador, líder do movimento reúne ilhéus em 2013, fundou junto a outros jovens o Coletivo de Juventude Negra em 2014, pessoas antirracistas que organizaram diversas atividades como o primeiro Seminário Municipal da Juventude Negra (SEMUJUNE) na câmara de Vereadores, a Conferência Municipal de Juventude elegendo delegados e delegadas Jovens para a etapa estadual e nacional no colégio CEEP e o primeiro Festival das Juventudes de Ilhéus no Teatro Municipal na rua Jorge Amado com apoio da Secretaria Municipal de Cultura na gestão de Pawlo Cidade. O Coletivo de Juventude Negra coordena junto com Marcolino as BibliotecAfro e EscolAfro com ações na Escola SESI do sistema FIEB, em escola no distrito e na periferia do Nelson Costa, desenvolvendo trabalhos na preservação, manutenção e divulgação da cultura afro-brasileira, com grande engajamento na promoção de ações culturais. A Bibliotecafro e Escolafro também é referência na aplicação da lei federal 10.639, que determina a introdução de temas ligados à cultura afro nas unidades de ensino, bem como no compromisso com a igualdade racial em ilhéus.

O Conselho Estadual de Cultura da Bahia (CEC) é um órgão colegiado do Sistema Estadual de Cultura. Criado em 1967, sua finalidade é contribuir na formulação da política estadual de cultura. Seguindo os parâmetros da Lei Orgânica da Cultura (12.365/11), o órgão é composto hoje por 30 conselheiros e conselheiras, todos com seus respectivos suplentes. Dois terços dos integrantes foram eleitos como representantes dos territórios de identidade cultural e dos segmentos e fazeres culturais. O outro um terço é composto por membros indicados pelo poder público. É o primeiro conselho, no Brasil, a inserir em seu quadro agentes culturais da sociedade civil escolhidos após amplo processo eleitoral.

MESTRA LAINHA DAS CULTURAS COBRA AUXÍLIO PARA ARTISTAS ILHEENSES EM MAIS DE UM MILHÃO DE REAIS

O Congresso Nacional aprovou um auxilio emergencial específico para artistas e o setor da cultura. Para que esse recurso seja usado pelas prefeituras para pagamento é necessária a criação de uma Comissão de Acompanhamento. Após demora por parte do governo Mário Alexandre, a artista e presidenta reeleita do Conselho de Cultura de Ilhéus, Mestra Lainha, protocolou no executivo e legislativo o pedido de criação desta comissão para que os artistas tenha acesso aos mais de R$ 1 milhão de reais que está prevista para chegar na cidade e ser distribuído entre os artistas e o setor cultural ilheense.

Nossa equipe extraiu de um grupo do whatsapp os documentos protocolados pela artista Mestra Lainha cobrando e reivindicando esse direito para toda a classe artística de Ilhéus que estava a passos curtos.

Veja as imagens e o print de quanto será recebido pela prefeitura de ilhéus.

 

 Clique aqui para abrir o decreto

SÓ A CHUVA PRA MANTER O ILHEENSE LONGE DO CENTRO

Foto do Ilhéus da Deprê.

A natureza deu um jeito de deixar o ilheense em casa. Ou, pelo menos, longe do centro da cidade. Com a chuva da madrugada, a região comercial do centro amanheceu debaixo d’água. Dificilmente os lojistas do calçadão Marquês de Paranaguá vão conseguir abrir suas lojas hoje.

Os problemas de drenagem são antigos no centro da cidade, mas é tão antigo quanto negligenciado.

MARÃO QUER SE LIVRAR DA GESTÃO DO POSTO DA COVID-19

Posto.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, se prepara para se livrar do posto avançado de atendimento de casos da covid-19. A unidade foi custeada com recursos municipais e construída dentro do centro de convenções.

De acordo com funcionários ouvidos pelo ILHÉUS EM RESUMO, a gestão do equipamento deve ser entregue a um instituto, nos moldes do que vem sendo feito pelo governo do Estado com os hospitais de campanha.

Esses mesmos funcionários denunciam que a transferência da gestão do posto é bem vista por Marão, sobretudo, por livrar seu governo das críticas à falta de insumos para atividades básicas na unidade.

ILHÉUS: HOMEM É ASSASSINADO A TIROS EM PLENA LUZ DO DIA

Do Ilhéus Comércio

Crime.

Um homem foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira, 4, em Ilhéus. O crime aconteceu por volta das 13h50, na Zona Sul da cidade. Uma câmera de segurança registrou a ação violenta.

A gravação mostra o momento em que duas pessoas chegam de moto num beco perto do condomínio Costa Azul. Depois, um homem  sai correndo da viela perseguido por outro homem, que está armado e derruba a vítima com um tiro nas costas.

Clique aqui para ler toda a matéria.

RODRIGO CARDOSO RETIRA PRÉ-CANDIDATURA A PREFEITO; PC DO B PODE APOIAR MARÃO

Do Pimenta

Rodrigo Cardoso.

Um dos principais nomes do PCdoB de Ilhéus e do sindicalismo regional, Rodrigo Cardoso retirou a sua pré-candidatura a prefeito de Ilhéus. A decisão foi informada por meio de nota pública, nesta manhã de quinta (4). A pré-candidatura à sucessão do prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), havia sido aprovada em conferência do partido no final de outubro do ano passado.

Rodrigo diz que dialogava com os seus pares há algumas semanas quanto à necessidade de reavaliar a tática eleitoral. “Penso que é necessário concentrar esforços na organização de ações de solidariedade, no debate sobre as políticas públicas e na luta por unidade da resistência democrática, tarefas que, particularmente, posso exercer melhor enquanto cidadão, militante social e político do que como pré-candidato a prefeito”, justificou.

PCdoB E O APOIO A MARÃO

O caminho mais natural do partido depois da desistência de Rodrigo será o apoio à reeleição do prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), que é da base do governador Rui Costa, disse ao PIMENTA o presidente do diretório ilheense do PCdoB, Josenaldo Cerqueira, Jô. “Estamos conversando com quem apoia a base do governador Rui Costa e é contra a política de Bolsonaro”.

Jô afirmou que não está descartado o apoio do PCdoB ao prefeito Mário Alexandre. “Não descartamos. Estamos saindo da oposição ao governo do município. Agora é importante ajudar a salvar vidas com esta pandemia no município. Temos de ter responsabilidade [diante da crise de saúde provocada pela pandemia]. Se os partidos não ajudarem na crise de saúde, o governo sozinho não sai”, disse Jô. Abaixo, confira a íntegra da nota de desistência de Rodrigo Cardoso.

Nota Pública

RETIRADA DE PRÉ-CANDIDATURA a prefeito de Ilhéus

Em novembro do ano passado, meu partido, o PCdoB, aprovou em Conferência Municipal, nossa pré-candidatura a prefeito, com o objetivo de debater nossas ideias com a sociedade, contribuir com a construção da frente ampla em Defesa da democracia e discutir sobre a necessidade de pensar nossa cidade a longo prazo através de um programa norteado pela transparência na gestão dos recursos públicos e no planejamento democrático com participação Popular, além de medidas emergenciais para trazer melhorias efetivas para a vida do povo, em especial os mais pobres.

Nosso objetivo é construir uma cidade mais humana e preparada para o desenvolvimento, capaz de incluir a todos e ser sustentável em relação ao nosso patrimônio natural.

O advento da PANDEMIA do Covid-19 fez nossas preocupações se voltarem para a necessidade de unir esforços no combate à proliferação do vírus e na discussão de políticas públicas complementares para preservar a vida e a saúde das pessoas, além do máximo possível de renda dos mais pobres, empregos e empresas.

Também se impôs a necessidade de contribuir com os esforços de solidariedade promovidos por cidadãos e instituições, com o objetivo de amenizar o sofrimento das pessoas que mais precisam.

A vida de todos, a organização do trabalho e as próprias relações comunitárias passaram por drásticas transformações, com consequências que ainda precisam ser mensuradas em sua plenitude. Por outro lado, também avança a ameaça autoritária de Bolsonaro, que desdenha das milhares de vidas perdidas nessa crise sanitária, e tenta promover o caos para implantar uma ditadura.

Diante desse cenário, tenho dialogado com o meu Partido, há algumas semanas, sobre a necessidade de realinharmos nossa tática eleitoral para adequá-la melhor à nova realidade que se estabelece, pois, penso que é necessário concentrar esforços na organização de ações de solidariedade, no debate sobre as políticas públicas e na luta por unidade da resistência democrática, tarefas que, particularmente, posso exercer melhor enquanto cidadão, militante social e político do que como pré-candidato a prefeito.

Consideramos que chegou o momento.

Sob as novas circunstâncias, o debate pré-eleitoral exigirá de todos os atores que nele permanece, mais serenidade e seriedade para colocar os interesses do povo em primeiro lugar, responsabilidade com a preservação das vidas das pessoas, valorização da ciência na construção das soluções e humildade para ouvir a todos que querem e podem contribuir com a difícil travessia que faremos, enquanto sociedade, para superar esse momento tão difícil.

Na medida do que possibilita as tarefas que me propus a priorizar, seguirei no debate público com as mesmas convicções e contribuirei com os camaradas, amigos e amigas que seguem na disputa eleitoral por uma vaga para representar o povo na Câmara de Vereadores.

Por fim, em relação às eleições de prefeito, o PCdoB seguirá no esforço para a construção da vitória eleitoral do campo político do governador Rui Costa, que tanto tem feito por nossa cidade, e reforçar a resistência democrática contra o bolsonarismo e as tendências políticas fascistizantes.

Defenderei que essa construção se faça em torno de compromissos programáticos claros e sintonizados com as várias lutas que travamos ao longo de nossa caminhada, na defesa dos trabalhadores, jovens, mulheres, negros, indígenas, idosos, LGBTs, da agricultura familiar, dos servidores efetivos demitidos injustamente, nas pautas da educação, saúde, cultura, esporte, mobilidade urbana eficiente e inclusiva, do turismo enquanto importante fator para o desenvolvimento econômico, dentre outras questões fundamentais à construção de uma sociedade mais justa e desenvolvida, promotora da igualdade em todos os níveis.

Rodrigo Cardoso – PCdoB

CENTRO DE ILHÉUS LOTA NO 1º DIA DE REABERTURA DO COMÉRCIO

Rua lotada. Foto Tarcísio Silva.

No facebook, Tarcísio Silva publicou foto que mostra o centro da cidade lotado. A calçada da antiga Rua da Linha repleta de ilheenses, alguns até mesmo sem máscara.

Hoje é o primeiro dia de reabertura do comércio. Mesmo sem possuir testagem em massa, Ilhéus já tem, de acordo com a última atualização da Prefeitura, 569 casos confirmados e 34 mortos.

Cabe ressaltar que, apesar de haver muita gente no centro, não há transporte coletivo circulando, o que indica uma forte presença de lotações, que podem ser um novo vetor de propagação do vírus.

 

COM CASOS DA COVID-19 EM ALTA, ILHÉUS PREPARA RETORNO DOS ÔNIBUS

Do Tabuleiro

As medidas.

Como parte do planejamento de retorno do transporte público em Ilhéus, o  diretor da Sutram, Gilson Nascimento, vistoriou na última segunda-feira (01) as empresas de ônibus . Estão sendo instaladas cortinas, objetivando a proteção dos motoristas e cobradores.

Além da cortinas de proteção, os trabalhadores receberão Álcool Gel 70%, máscaras de uso pessoal. Os ônibus passarão por higienização sempre que passarem pelo terminal urbano.

Ainda não há previsão de quando a frota retornará as atividades para atender a população do município.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia