WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


:: ‘ilheus’

ILHÉUS INVESTIGA RELAÇÃO DO ÓLEO COM QUEIMADURAS NA PELE DE TURISTA

Da Secom/Ilhéus

Caso está sendo investigado.

Depois de dar entrada no Pronto Atendimento da zona sul de Ilhéus, na tarde de sábado (2), o empresário mineiro, Anderson Gabriel Palmela, de 38 anos, sente-se melhor. Ele chegou à unidade com queimaduras no corpo após tomar banho de mar na Praia dos Milionários e relatou que sentiu o incômodo ainda na água. A Vigilância de Saúde Ambiental do município investiga a relação.

Depois de ir para casa e tomar banho, percebeu que os sintomas pioraram.  “Meu corpo começou a coçar e queimar muito no mar. Quando cheguei em casa, no banho, a água ficou escura no chão e oleosa, mas na praia eu não vi óleo”, contou o rapaz ao site Correio. Ele disse ainda que horas mais tarde, foi com o secretário de Saúde, Geraldo Magela até a praia e viu fragmento de óleo no local.

Gleidson Santana, coordenador da Vigilância de Saúde Ambiental, disse que não há como relacionar o caso com a presença de óleo nas praias do Nordeste. “A partir da notificação desse caso, que foi isolado, a Vigilância investiga e alimenta o sistema. Acionamos o Centro de Toxicologia para informar a situação. O rapaz será encaminhado ao dermatologista que fará novos exames”.

Orientação – Enquanto as investigações buscam identificar a origem do problema, a orientação da Vigilância à população é evitar o contato com o óleo, porque existem sintomas pelo contato dermatológico, por inalação e ingestão. Diante disso, recomenda-se a utilização dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) orienta para o caso de entrar em contato com o óleo, a população deve tomar cuidado ao retirar o produto. Se houver reação alérgica, ou ingestão incidental, procurar um posto de saúde mais próximo. Recomenda-se usar água e sabão, fricção mecânica e evitar retirar o produto com soluções tóxicas.

Cerca de 20 dias antes da chegada das primeiras manchas de óleo, a Prefeitura Municipal, junto à Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e órgãos ambientais, articulou uma megaoperação para controle e combate ao óleo, reunindo militares e técnicos com a participação de centena de voluntários para limpeza das praias.

ILHÉUS: MANCHA DE ÓLEO CHEGA À PRAIA DA SOARES LOPES

Do Tabuleiro

Mancha de óleo na praia central.

Manchas de óleo foram flagradas na praia da Avenida Soares Lopes, nesta terça-feira, dia 29. O fato foi confirmado pelo Grupo de Amigos da Praia, o GAP, através do Instagram. “A notícia que a gente não queria dar. Chegou e feio na Soares Lopes. Praia de desova de tartaruga que já estava ameaçada pelo lixo agora sofre com o vazamento de óleo”, escreveu o perfil.

ILHÉUS: PRAIA ATINGIDA POR ÓLEO ESTÁ 100% LIMPA

Do Tabuleiro

Foto de José Nazal.

As equipes dos Bombeiros, Defesa Civil, Marinha do Brasil, GAP ( Grupo de Amigos da Praia)  e prefeitura de Ilhéus  já efetuaram a limpeza na praia do Norte em Ilhéus, próximo à Vila Juerana (clique aqui e saiba mais).O  delegado da Capitania dos Portos, comandante Giovani Andrade, informou à redação do O Tabuleiro que todas as manchas de óleo na areia já foram retiradas.

Os voluntários se uniram em um grande mutirão e foram até a praia assim que as primeiras informações davam conta do óleo na praia ilheense. O vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, esteve junto às equipes desde as primeiras horas da manhã e participou da retirada das manchas. Nazal comemorou ao ver a praia limpa.  Já é o maior registo das manchas no município.

Mais de 400 voluntários foram treinados esta semana para ações de retirada do óleo no município. Na tarde desta sexta –feira, o secretário do meio ambiente do Estado, João Carlos, estará em Ilhéus para dialogar junto à comunidade sobre o alinhamento da situação das manchas de óleo que atingem o Estado e todo o Nordeste.

ILHÉUS: SEM ÔNIBUS NOVOS, PASSAGEM PODE VOLTAR A R$ 3,50

Latas velhas deveriam estar sendo substituídas…

Vence nessa terça, dia 30, o prazo concedido pelo prefeito Mário Alexandre às empresas de transporte coletivo de Ilhéus para que coloquem em circulação 14 novos ônibus equipados com internet sem fio e ar condicionado. Lembre aqui.

O Decreto número 133, assinado em dezembro de 2018, condicionou o aumento da passagem de R$ 3,50 para R$ 3,80 a melhorias no sistema de transporte. Entre elas, a aquisição dos novos ônibus e reforma de abrigos, como o da Praça Coronel Pessoa, no centro, que também não avançou até agora.

A primeira etapa de aquisição dos ônibus deveria ter sido cumprida até hoje, com a chegada de 14 veículos, sendo 7 de cada empresa. 

De acordo com o decreto de Marão, outros 20 ônibus equipados com wifi e ar refrigerado devem começar a rodar até 30 de julho de 2020.

Como o documento assinado pelo prefeito condiciona o aumento da tarifa à chegada dos veículos novos, é grande a expectativa da população quanto a uma possível redução do preço da passagem, diante do descumprimento da exigência.

Por outro lado, preocupa a conivência dos órgãos de fiscalização do município quanto aos problemas das empresas. O número de veículos que quebram em meio a viagens e deixam passageiros a pé ou em risco, é grande.

Em contrapartida, os esforços da prefeitura para fiscalizar e punir as concessionárias têm sido pífios.

ILHEENSE É AGREDIDO EM RODOVIÁRIA DE SALVADOR E GRAVA SITUAÇÃO

Do G1

Marcolino

Um jovem denunciou e postou vídeo nas redes sociais em que aparece sendo agredido por três fiscais da rodoviária de Salvador. Conforme Vinicius Vieira (“Marcolino”, como é conhecido em Ilhéus, sua cidade de origem), ele estava aguardando o ônibus para a cidade de São Francisco do Conde, quando as agressões começaram, na madrugada de quarta-feira (17).

Na postagem feita no Facebook, o jovem mostrou uma foto do boletim de ocorrência que ele registrou junto a Polícia Civil e deu detalhes de como o crime ocorreu.

“Fui gratuitamente agredido fisicamente por vários fiscais da Estação Rodoviária de Salvador, enquanto aguardava para embarcar no ônibus logo cedo, porque tinha prova em minha Universidade Federal Internacionalista. Os fiscais da rodoviária de Salvador alegaram para os policiais militares que me agrediram física e verbalmente porque desconfiaram que eu poderia ser um infrator”, disse o jovem.

O jovem contou ainda que pediu ajuda à PM, mas que não teria sido atendido.

“Liguei para a Polícia Militar, que se negou a condução dos envolvidos para a delegacia, sob a alegação que não havia plantão na delegacia e que o fato não seria flagrante delito. Com os braços machucados, seguirei para fazer o exame de corpo e delito ainda aqui em Salvador. Só peço a Deus que abençoe a vida desses fiscais que me bateram. Mas porque digo isso? Porque o que falta na vida deles é só isso, bênção, paz e afeto pra fazer isso tudo que fizeram comigo que só estava aguardando meu ônibus em paz”, afirmou Vinicius.

No vídeo, que tem duração de quase três minutos, o jovem questiona os fiscais sobre o comportamento, enquanto é agredido e, posteriormente, retirado de uma área do terminal.

A todo momento o estudante diz que não entende o que está acontecendo, alegando que está apenas esperando pelo ônibus. “Estou na rodoviária de Salvador. Tem esse fiscal aqui. Estou aguardando o horário para pegar meu ônibus para São Francisco do Conde, como sempre eu faço. Ele está aqui me agredindo. Ele está me agredindo. Tentou tomar meu celular”, diz Vinícius no vídeo.

Enquanto sofre as agressões, o jovem tenta argumentar com os fiscais.

“O senhor está me ferindo. O senhor não pode me agredir. Estou sendo agredido pelos fiscais da rodoviária. Sou estudante universitário, você não pode me agredir dessa forma. Esses fiscais, do nada, estava entre várias pessoas aguardando o ônibus, como toda pessoa faz, e eles começaram a me agredir do nada”, diz.

Por meio de nota, a Sinart, empresa que administra a rodoviária de Salvador, informou que preza pela humanização do atendimento e respeito a todos usuários e que não compactua e repudia quaisquer atitudes de violência e/ou preconceito, seja verbal ou físico.

A empresa disse ainda que lamenta pelo ocorrido e que os colaboradores encontram-se afastados, enquanto são apurados os detalhes da ocorrência.

A autarquia ainda destaca que está está apurando a situação e que já determinou o afastamento e punição cabível ao funcionário envolvido.

EVENTO EM ILHÉUS DEBATE INOVAÇÕES PARA A CACAUICULTURA

Do Tabuleiro

Cacau

O Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), realiza, na próxima quinta-feira (18), no auditório da Ceplac, em Ilhéus, o Seminário Parceria Mais Forte – Governo do Estado e Sociedade Civil juntos pela Agricultura Familiar.

O evento é voltado para agricultores familiares e assentados de reforma agrária, produtores de cacau, do município de Ilhéus. O objetivo principal é discutir o pacote de modernização da cacauicultura e o acesso à inovações tecnológicas.

A programação contará ainda com uma visita de campo a uma propriedade rural do Assentamento Nova Vitória, localizado na Rodovia Ilhéus–Uruçuca. Na visita, que contará com a participação de representantes da SDR, Banco do Nordeste e da Cooperativa da Agricultura Familiar do Sul da Bahia (Coofasulba), será possível conferir alguns dos resultados, na melhoria da produtividade, com a execução de políticas públicas do Governo da Bahia e da Ceplac, a exemplo da entrega de mudas da Biofábrica e do serviço de assistência técnica e extensão rural (Ater).

O quê: Seminário Parceria Mais Forte – Governo do Estado e Sociedade Civil juntos pela Agricultura Familiar.

Quando: 18 de julho de 2019, às 9h30.

Onde: Auditório da Ceplac, Rua Maria Quitéria, 40 – Praça Cairu, Ilhéus – BA.

OPERAÇÃO LANCÔME: JUSTIÇA CONDENA 21 POR ATUAREM EM ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA EM ILHÉUS

Do Tabuleiro

Operação.

Vinte e uma pessoas foram condenadas pela Justiça por formarem organização criminosa (Orcrim) que atuava no município de Ilhéus, principalmente no bairro de Teotônio Vilela.

Segundo a denúncia, oferecida pelo Ministério Público estadual, foi apurado que entre janeiro e setembro de 2018 os denunciados, atuando em conjunto, praticaram crimes de tráfico de drogas, posse e porte ilegal de armas e homicídios, com cooptação de menores de idade.
A sentença foi proferida no último dia 10. A atuação da Orcrim foi investigada e revelada por meio da Operação Lancôme, deflagrada pelo MP e a Polícia Civil em setembro do ano passado.
Conforme a sentença, a organização criminosa atuava sob o comando de José Alan Conceição Costa Lima, conhecido como “Alan Batom”. De dentro da Penitenciária Lemos de Brito, ele dava “ordens aos demais denunciados, quer determinando que alguns promovessem diretamente o tráfico de drogas, quer solicitando a seus subalternos que guardassem armas ou as transportassem de um local para o outro, ordenando e organizando, ainda, ataques aos integrantes da facção rival”.
Ele foi condenado a 13 anos e nove meses de prisão em regime fechado. A Orcrim também atuava nos bairros do Alto da Soledade, Alto dos Carilos, Alto Formoso, Nelson Costa, Nossa Senhora da Vitória, Barreira e Couto.
Foram condenados também Michele da Silva Gomes, Matheus de Oliveira Feliz, Leandro Santos Lima, Edson Alves dos Santos, Fábio Ferreira Silva, Oziel Santos Menezes e Carlos Alberto Céo dos Santos a dez anos e três meses de prisão; a nove anos e seis meses de reclusão Daniele Gonçalves dos Santos, Aldair de Jesus dos Santos, André Luan Carvalho e Silva, Gabrielle Souza dos Reis, Simone Brito da Conceição Gomes, Jorlândio Amaral Feliz, Fagner Santana dos Santos, Michael Gleiton Bispo dos Santos, Rafael Santos Brasil, Alisson Correia dos Santos e Joalisson Lima Santos; a sete anos e seis meses Jéssica Monteiro Oliveira e Magno dos Santos a quatro anos e seis meses de prisão.

ESTADO DIZ QUE NÃO HÁ INTERRUPÇÃO NA IMPLANTAÇÃO DO PORTO SUL

Do Tabuleiro

Projeção do porto

As obras para implantação do Porto Sul, em Ilhéus, ainda não foram iniciadas. Atualmente, estão sendo realizados os atos preparatórios para a construção do equipamento, a exemplo de desapropriações, capacitações de mão de obra local, além da implantação dos programas ambientais a serem executados, com resgate de fauna e flora, explicou a Casa Civil do Governo do Estado.

Em 26 de junho de 2019, o Governo iniciou o processo de desapropriações para a implantação do equipamento. Os trabalhos também alcançaram o Lote 45, localizado na Vila Juerana, no distrito de Aritaguá.

A área possui 61 terrenos, dos quais 48 são terras vazias e devolutas ao Estado, os outros 13 abrigam sete famílias, que irão receber as devidas indenizações pelas benfeitorias realizadas. As famílias seguem residindo na região e estão com o direito de ir e vir garantido

ILHÉUS: 4 PESCADORES DESAPARECEM EM ALTO MAR

Baía do Pontal, de onde saíram os pescadores ilheenses.

Quatro pescadores de Ilhéus estão desaparecidos desde o último domingo, dia 7, data em que deveriam ter retornado do alto mar.

De acordo com informações da TV Santa Cruz, os pescadores foram identificados como sendo Janildo Cerqueira Soares, de 42 anos, Givaldo, Carlos Miranda e Edson. Ainda não há novos detalhes sobre a identidade dos desaparecidos ou fotos.

Eles saíram para pescar na quinta-feira da semana passada, dia 4, e deveriam retornar no domingo.

Ainda de acordo com a emissora, o dono da embarcação teria avistado o barco em alto mar no sábado (6) e comunicado à Marinha do desaparecimento nesta terça, dia 9. O órgão já realiza buscas.

No último fim de semana, a Marinha emitiu alertas de mar agitado no litoral sul da Bahia e indicou que poderia haver ventos de até 74 quilômetros por hora.

ILHÉUS: ASSAÍ ATACADISTA TEM DATA PRA SER INAUGURADO

Do Tabuleiro

Assaí Atacadista.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, confirmou que a inauguração do Assaí Atacadista será no dia 25 deste mês. A informação foi dada no programa O tabuleiro, da Ilhéus FM durante entrevista. Marão justificou a demora devido a conclusão da pavimentação asfáltica, que devido as chuvas teve sua conclusão adiada.

O empreendimento irá gerrar mais de 400 empregos diretos. O Assaí Atacadista se prepara para abrir sua 12ª loja na Bahia.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia