WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia teatro itabuna secom bahia


agosto 2019
D S T Q Q S S
« jul    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘hospital’

HOSPITAL COSTA DO CACAU REALIZA PRIMEIRA CAPTAÇÃO DE MÚLTIPLOS ÓRGÃOS PARA TRANSPLANTE

Da Ascom/HRCC

Captação.

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, em parceria com a Organização de Procura de Órgãos (OPO) Sul, realizou a primeira captação de múltiplos órgãos para transplante. O procedimento durou duas horas e captou rins, córneas e fígado que serão direcionados para pacientes que aguardam na Fila Única da Central de Transplante da Bahia.

“Mesmo diante da dor da perda, a família do doador permitiu que, através desse ato nobre de amor e solidariedade, pessoas que têm no transplante a última alternativa de tratamento sejam alcançadas”, destacou o diretor-geral do HRCC, Hernani Vaz Krüger.

A doação de órgãos só pode ocorrer após a constatação da morte encefálica, ou seja, a interrupção total das funções cerebrais, confirmada por meio da realização de duas avaliações clínicas e um exame complementar, com intervalo de uma hora. Contudo, por meio de aparelhos, o coração deve permanecer em atividade.

O HRCC é uma unidade notificadora e captadora. Krüger ressalta que o hospital dispõe de equipe capacitada para que o diagnóstico de morte encefálica e protocolo sejam feitos em tempo hábil e a captação concretizada. “O trabalho desempenhado pela CIHDOTT [Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante] reflete o compromisso assumido pelo HRCC em prestar um atendimento de qualidade”, enfatizou. A captação foi realizada por uma equipe médica da Central de Transplante da Bahia.

Silvana Batista, coordenadora da CIHDOTT, lembra que para a doação ocorrer é necessário autorização documentada da família. “Essa captação representa um ganho imenso para todas aquelas pessoas que aguardam por um transplante. Na Bahia, há mais de 1.600  pacientes na fila de espera, por esse motivo é importante a sensibilização da família e o reconhecimento da doação como um ato de esperança e que pode amenizar a dor da perda, através da certeza de que outras vidas serão salvas”, finalizou Batista.

De acordo com os dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), o Brasil possui mais de 30 mil pacientes ativos à espera de órgão sólido e tecido.

MÉDICOS DO NOVO HOSPITAL DE ILHÉUS ESTÃO SEM SALÁRIOS HÁ 4 MESES

Hospital Costa do Cacau.

O clima não está nada bom para os lados do Hospital da Costa do Cacau. Inaugurado no fim de 2017, a unidade passa por velhos problemas. Um deles é a falta de atenção dos gestores com o funcionalismo.

Volta e meia servidores da unidade ameaçam parar os trabalhos por falta de pagamento, como já fizeram os seguranças e outros terceirizados. Dessa vez, são os médicos que estão há quatro meses sem receber os vencimentos.

De acordo com uma fonte ouvida pelo Blog do Gusmão, a empresa Gerir, responsável pelo funcionamento do hospital, teve problemas judiciais que acarretaram no bloqueio de suas contas, impedindo o pagamento dos salários.

9 MORTES POR AIDS FORAM REGISTRADAS NO 1º SEMESTRE DE 2018 EM ILHÉUS

Do Pimenta

A Bahia registrou, no primeiro semestre, quase 1.900 novos casos de Aids, sendo que 95 adultos e uma criança não resistiram à doença. Salvador (42), Ilhéus (9), Jequié (6) e Feira de Santana (6) são as localidades como maior quantidade de mortes no estado, conforme levantamento feito nesta terça-feira (10) pelo PIMENTA.

De acordo com dados da Secretaria de Saúde da Bahia, proporcionalmente,  Camacan é a localidade no estado com maior número de mortos neste ano. Já são quatro óbitos no município de pouco de mais de 33 mil habitantes. Em Itabuna, por exemplo, que possui mais de 220 mil moradores, foram notificadas duas mortes.

Além de Camacan, Ilhéus e Itabuna, duas mortes foram registradas em Una. Mais de 160 novos casos de Aids foram confirmados nos municípios sul-baianos primeiro semestre, sendo que 89 em Itabuna. As demais ocorrências foram em Buerarema, Canavieiras, Camacan, Ilhéus, Itacaré, Itajuípe e Una.

No extremo sul, os municípios com maior quantidade de novos casos de Aids  foram Eunápolis (20),  Mucuri (22),  Porto Seguro (27) e Teixeira de Freitas (25). Houve mortes em Porto (2) e Teixeira 92). No sudoeste baiano, foram registrados mais de 80 casos da doença em Vitória da Conquista (58) e Jequié (23). No geral, Salvador foi a localidade com maior número de novas notificações, com 910 ocorrências.

HOSPITAL DE ILHÉUS VAI DEIXAR DE ATENDER PELO SUS

Atendimento suspenso.

É certo o fim do contrato firmado entre a Prefeitura e o Hospital de Ilhéus para atendimento pediátrico através do Sistema Único de Saúde (SUS). O acordo foi anunciado no início do ano, com intermediação do Governo do Estado, depois que o Hospital Regional foi fechado.

O atendimento na unidade particular deve seguir somente até esta quarta, dia 27. Comunicados nos corredores do Hospital de Ilhéus e nas redes sociais da instituição confirmam o encerramento da parceria, que vai deixar novamente os ilheenses sem amparo.

Em nota, a prefeitura informa que tentou renovar o contrato, mas um acréscimo de 100 mil reais mensais exigido pelo hospital travou as negociações. Segundo informações colhidas pelo ILHÉUS EM RESUMO, um acordo parecido está sendo estudado com o Hospital Vida Memorial, mas não se tem ainda uma definição.

A demanda pediátrica em Ilhéus é grande, mas a oferta de atendimento pelo SUS é praticamente zero atualmente, depois do fechamento do Hospital Regional, que dará lugar a uma unidade materno-infantil, que sequer teve as obras iniciadas.

ESTADO EXPLICA CORTE EM GRATIFICAÇÕES DE SERVIDORES DA SAÚDE EM ILHÉUS

Hospital

Noticiamos aqui (confira) a reclamação de servidores da saúde do estado, que atuam no Hospital Regional Costa do Cacau, que tiveram suas gratificações não pagas no último mês. Sobre isso, a Sesab se posicionou. Veja o esclarecimento.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que alguns servidores cedidos do Hospital Geral Luiz Viana Filho, por meio do decreto publicado no Diário Oficial do Estado de 24 de janeiro de 2018, ao Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), tiveram um erro de processamento da Gratificação de Incentivo ao Desempenho Adicional (GID-AD) face aos trâmites do sistema. As equipes da Superintendência de Recursos Humanos da Sesab e da Secretaria da Administração (Saeb) já estão tomando as devidas providências a fim de restabelecer os valores na folha de maio/2018, bem como o retroativo de abril/2018. Cabe ressaltar, que esse tipo de cessão é um procedimento novo e requereu ajustes relevantes no Sistema Integrado de Recursos Humanos.

HOMEM NÃO IDENTIFICADO ESTÁ HÁ UMA SEMANA INTERNADO NO COSTA DO CACAU

Do Tabuleiro

Novo Hospital

Um homem que atende pelo nome de Eduardo, vítima de espancamento em Ilhéus, encontra-se internado no Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), desde o domingo (11/02).

Segundo informações, o espancamento teria ocorrido na Avenida Soares Lopes, região central da cidade. Ele foi admitido na emergência do HRCC com lesões no cérebro e no olho direito. Encaminhado para o centro cirúrgico, foi realizado o procedimento de drenagem de hematoma subdural, causado pelo acúmulo de sangue entre o crânio e o cérebro, em decorrência das fortes pancadas. Ele está com dificuldades para falar.

O homem é pardo, aparenta ter idade entre 50 e 55 anos, possui estatura mediana e tatuagens na coxa, panturrilha e braço. Ele não recorda seu endereço, tampouco o nome dos familiares.

O usuário foi socorrido pelo SAMU, não possui documentos e aguarda para ser identificado. Qualquer informação, favor, entrar em contato com o Serviço Social do Hospital Regional Costa do Cacau, através do telefone (73) 3235-5349.

BEBÊ MORRE À ESPERA DE VAGA NA UTI DO HOSPITAL REGIONAL DE ILHÉUS

Do Tabuleiro

Hospital

Gabriel de Andrade, de apenas 1 ano de idade, morreu nesta terça-feira, dia 16, após esperar 14 (quatorze) dias por uma vaga numa UTI do Hospital Luis Viana Filho, no Alto da Conquista, em Ilhéus. Diagnosticada com problemas cardíacos, a criança estava internada desde o dia 2 na unidade de saúde.

Na manhã de hoje, a mãe de Gabriel chegou a participar, por telefone, do programa O Tabuleiro, apresentado pelo comunicador Vila Nova, na Ilhéus FM (105,9). Ela revelou que a UTI do Hospital estava fechada com cadeado durante todo este período, e que a criança também não foi acolhida no recém-inaugurado Hospital Costa do Cacau.

Após tomar conhecimento da situação, o comunicador teceu duras críticas ao secretário de saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas, e ainda pela manhã a criança finalmente conseguiu uma vaga numa UTI em Feira de Santana, mas não resistiu e veio à obito.

A direção do Hospital Luis Viana Filho e a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia não se manifestaram sobre o caso.

Comentário do Blog

As críticas ao governo do Estado são sempre válidas quando se trata da carência de atendimento de média e alta complexidades na saúde. No entanto, cabe lembrar que a prefeitura, na gestão de Mário Alexandre, oficializou a transferência do Hospital Luiz Viana Filho para o município, mas nunca apresentou um plano de como passaria a funcionar, nem quanto custaria, muito menos um prazo para reabertura.

O prefeito também não detalhou como pretendia compensar a falta do Regional no período de seu fechamento para reformas. 

Além disso, Marão disse que assumiria a unidade, no formato materno-infantil, mas vive à sombra do governador Rui Costa, à espera de recursos prometidos pelo Estado. Em outras palavras, não faz sua parte.

HOSPITAL DA COSTA DO CACAU ACUSADO DE NEGAR ATENDIMENTO A PACIENTE COM AVC

Do Políticos do Sul da Bahia

Hospital

Na semana passada uma equipe do SAMU levou até ao Hospital da Costa do Cacau, em Ilhéus, um paciente idoso com sintomas de AVC. Mas o atendimento foi negado, e uma socorrista do SAMU relatou o fato em um vídeo.

Clique aqui para ver o vídeo.

O Hospital da Costa do Cacau foi inaugurado no mês passado com investimento de R$ 120 milhões, mas está causando polêmica desde então, e funcionários do antigo Hospital Regional, em Ilhéus, estão fiscalizando diariamente as falhas do Costa do Cacau.

Com a palavra a direção do hospital.

 

HOSPITAL REGIONAL PASSA A ATENDER SÓ PEDIATRIA

Da Secom/Bahia

Regional

Segundo a Sesab, os profissionais do atendimento de urgência e emergência, atuam até este domingo (17), na unidade. A partir desta segunda-feira (18), todos os pacientes de atendimento de urgência e emergência, oriundos das UTIs e dos centros cirúrgicos, deverão ser encaminhados ao Costa do Cacau. A partir deste dia, o Regional Luiz Viana Filho, passa a atender exclusivamente a Pediatria. No dia da inauguração do HRCC, o governador Rui Costa informou que “o Regional continuará funcionando até a data em que se iniciarão as reformas que vai transformá-lo em uma unidade Materno-Infantil. E estimamos um prazo de oito meses para a entrega da unidade que terá a gestão do município”, assegurou.

MARÃO ALFINETA JABES: “NUNCA MOREI EM SALVADOR”

Do Diário Bahia

Mário Alexandre (Foto: Evellin Portugal)

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), fez rasgados elogios à estrutura do Hospital Regional Costa do Cacau, a ser inaugurado nesta tarde, e vibrou com a nova ponte Ilhéus/Pontal, prestes a ser inaugurada. Em alguns momentos, pareceu quase o “pai da criança” – ou um empenhado padrasto. Mas quando o assunto é o ex-prefeito Jabes Ribeiro (PP), antecessor dele, o gestor dá alfinetadas – embora numa linha bem diplomática. Marão, como é conhecido, conversou com o Diário Bahia na manhã desta sexta-feira (15), durante visita ao referido hospital, juntamente com o governador Rui Costa e outros prefeitos.

 Como recebe a inauguração de um hospital deste porte em Ilhéus?

É um grande dia para a região, não só para Ilhéus. Um equipamento de saúde dessa magnitude, com estrutura física, aparelhos de ponta. Ficamos extremamente felizes; digno do atendimento do nosso povo de Ilhéus e da região. Faz parte da história da reconstrução.

 Todo prefeito costuma mencionar a chamada herança maldita deixada pelo antecessor. Como o senhor avalia esse início e o que encontrou ao assumir a Prefeitura de Ilhéus?

Todo mundo sabe que qualquer prefeito deixa algum resto a pagar. Eu não falo herança maldita, porque gosto de falar palavras positivas. Não é uma herança bendita, mas deixou dívidas. Não vou ficar aqui chorando pelo leite derramado. Tenho é que recuperar o que ele deixou de ruim; o que deixou de bom eu devo continuar. Pouco, não é? Foi muita cosa ruim e pouquíssima coisa boa. Mas o que deixou de bom eu tenho que levar.

“Uma luta nossa”

Eu tenho uma vantagem: moro em Ilhéus, dialogo constantemente com o povo de Ilhéus; nunca morei em Salvador. Realmente, eu tenho um trabalho árduo. Mas com fé, esperança, dialogando com o povo, está aí a demonstração. Foram 10 anos de uma luta nossa, discutindo com o governador para que a gente possa inaugurar, e não só projetar. É como a ponte Ilhéus/Pontal. Estou lá todo dia e não vai parar. Eu vou inaugurar junto com o governador. Tenho certeza disso, nem que a gente tenha que arcar com algumas despesas, para dar esse outro presente para Ilhéus e para a região.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia