WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


agosto 2018
D S T Q Q S S
« jul    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘estado’

ESTADO EXPLICA CORTE EM GRATIFICAÇÕES DE SERVIDORES DA SAÚDE EM ILHÉUS

Hospital

Noticiamos aqui (confira) a reclamação de servidores da saúde do estado, que atuam no Hospital Regional Costa do Cacau, que tiveram suas gratificações não pagas no último mês. Sobre isso, a Sesab se posicionou. Veja o esclarecimento.

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informa que alguns servidores cedidos do Hospital Geral Luiz Viana Filho, por meio do decreto publicado no Diário Oficial do Estado de 24 de janeiro de 2018, ao Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), tiveram um erro de processamento da Gratificação de Incentivo ao Desempenho Adicional (GID-AD) face aos trâmites do sistema. As equipes da Superintendência de Recursos Humanos da Sesab e da Secretaria da Administração (Saeb) já estão tomando as devidas providências a fim de restabelecer os valores na folha de maio/2018, bem como o retroativo de abril/2018. Cabe ressaltar, que esse tipo de cessão é um procedimento novo e requereu ajustes relevantes no Sistema Integrado de Recursos Humanos.

MÉDICOS DO HOSPITAL DA COSTA DO CACAU SEM SALÁRIOS

Com informações do Políticos do Sul da Bahia

Novo Hospital

A situação administrativa do Hospital da Costa do Cacau continua bastante complicada e causa desgaste ao governo do Estado.

Após as denúncias em sites da região, publicadas em fevereiro, a direção do hospital quitou os vencimentos de dezembro. Desde lá, os médicos contratados aguardam o dinheiro de janeiro e fevereiro e já se especula, inclusive, a possibilidade de um calote por parte da empresa terceirizada que administra a unidade.

Chama a atenção dos profissionais da saúde lotados por lá o fato de o Governo do Estado repassar os recursos sem muitos atrasos à empresa.

PISTA DE ACESSO À NOVA PONTE DO PONTAL COMEÇA A SER CONSTRUÍDA

Da Secom/Bahia

Obra já iniciada.

O Governo do Estado iniciou a implantação do Acesso Norte da nova ponte Ilhéus-Pontal, um trecho de cerca de mil metros de pista, paralelo às avenidas Soares Lopes e 2 de Julho, no centro da cidade. A intervenção faz parte do complexo viário da nova ponte, que terá também o Acesso Sul, através do bairro Pontal, num total de 2,7 quilômetros.

Por conta da obra, caçambas, pás carregadeiras e retroescavadeiras estão sendo utilizadas no local, causando alterações pontuais no tráfego na área. Para orientar os moradores e visitantes de um dos principais polos turísticos da Bahia a Superintendência de Infraestrutura, órgão da Secretaria Estadual de Infraestrutura, e a Superintendência Municipal de Transito de Ilhéus realizam um trabalho conjunto que inclui pessoal de apoio e placas de sinalização. Também foi disponibilizado o telefone (73) 3234 2450 para atender a comunidade.

A NOVA PONTE

A nova ponte, com investimentos de R$ 99,6 milhões tem o objetivo de desafogar o trânsito na área central de Ilhéus, que sofre com grande congestionamento nos horários de pico, impactando o turismo durante a alta estação. A obra está com 32,15% do projeto executado.

Será a primeira ponte estaiada da Bahia, com 533 metros de comprimento e 24,6 metros de largura e contará com passeio, canteiro central, pistas duplas nos dois sentidos e uma ciclovia. Serão 298 metros de trecho estaiado, com estrutura sustentada por cabos. Os 235 metros restantes serão formados por conjunto armado.

ESTADO ENTRA NO CIRCUITO PRA TIRAR SAÚDE DE ILHÉUS DA UTI

Da Secom/Ilhéus

Vinte e um municípios da região reuniram esforços na formação de um novo consórcio de saúde na Bahia. O governador da Bahia, Rui Costa e o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, assinaram nesta sexta-feira (19), o protocolo de intenções dos Consórcios Públicos de Saúde das regiões de Itabuna e Ilhéus. O ato ocorreu no auditório do Cetep Litoral Sul II, em Itabuna. De acordo com o governo, os consórcios propõem um novo modelo de financiamento e gestão dos serviços de saúde com o objetivo de ampliar e descentralizar a assistência, ajudando a reequilibrar as finanças municipais.

“Saúde é algo caro e difícil em qualquer lugar do mundo. Por isso, é necessário que Governo e municípios se unam para fazer essa força, atendendo melhor a população, indo além da atenção básica. Por isso, regionalizar a saúde é uma estratégia que se mostra eficaz em diversos países desenvolvidos espalhados pelo mundo. Estamos mudando o modo de fazer política pública de saúde na Bahia”, afirmou o governador durante o ato.

Um novo momento – Ao representar o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, o vice-prefeito e secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal, falou da expectativa em torno da pactuação. “Em um curto espaço de tempo perceberemos uma melhora na saúde do nosso município. Temos a consciência que precisamos ter uma atenção básica que efetivamente funcione. A parceria entre Estado e Município vai fazer surgir um novo momento na saúde de Ilhéus”, disse Nazal.

Já o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas Boas, destacou o modelo vitorioso que o governador Rui Costa implantou em toda a Bahia. “A união entre os municípios fortalece a Saúde na Bahia, elevando a média complexidade através da construção dos consórcios de saúde, em parceria com as prefeituras. Esta iniciativa vai erguer a Policlínica Regional que atenderá uma região de quase 800 mil habitantes”, explicou o secretário.

Pronto Atendimento – Vilas Boas disse ainda que o governador autorizou a transferência dos servidores públicos que atualmente trabalham no Hospital Regional Luiz Viana Filho para o município de Ilhéus, de modo a fortalecer toda a rede de atenção básica. Segundo ele, serão criados dois novos Pronto Atendimentos (PA) na cidade. “As unidades serão implantadas no Bairro da Conquista e na zona sul com funcionamento 24 horas, procedimentos clínicos e pequenas intervenções cirúrgicas, além das especialidades Pediatria e Ortopedia. Estes equipamentos serão fortalecidos com a chegada de mais profissionais médicos do Estado”, acrescentou Vilas Boas.

No modelo, o Estado fica responsável pela construção e aquisição dos equipamentos das unidades, além de cofinanciar até 40% da manutenção, enquanto os municípios consorciados irão ratear o restante. Os consórcios vão ficar responsáveis pela gestão das 28 policlínicas que serão construídas pelo Governo do Estado, com até 13 especialidades, 32 serviços e equipamentos, como tomógrafos e aparelho de ressonância magnética, para rastreamento de câncer de mama e outros exames.

PARCERIA RECUPERA SINALIZAÇÃO DA BA-001

Da Secom/Ilhéus

Trabalho na pista.

Uma parceria do governo do estado, através da Superintendência de Infraestrutura de Transportes da Bahia (SIT), e a Prefeitura de Ilhéus, permitiu na manhã desta quarta-feira (20), o início da instalação e pintura da sinalização horizontal e vertical, no trecho entre a cabeceira do aeroporto e o bairro de Olivença, na BA-001.

A iniciativa atende a uma reivindicação da deputada estadual Ângela Sousa e beneficia um importante trecho da rodovia estadual que, no período da alta estação, recebe um grande fluxo de veículos numa área bastante frequentada por banhistas, moradores e turistas.

“Estas sinalizações adequadas têm o objetivo de alertar motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres desavisados para que não se envolvam em acidentes de trânsito”, destaca o diretor da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Sutran), Gilson Nascimento.

Em uma segunda etapa, a mesma ação também está prevista para acontecer na área urbana de Ilhéus, no trecho da rodovia que liga o município a Itacaré, no litoral norte.

CONCURSO PARA PROFESSOR DO ESTADO INSCREVE ATÉ SEXTA

Da Ascom/Educação

Sala de aula

As inscrições para o concurso público para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino, promovido pelo Governo do Estado, por meio das Secretarias da Educação e da Administração, terminam às 14h (horário de Brasília), desta sexta-feira (15). São ofertadas 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. As inscrições, no valor de R$ 100 para ambos os cargos, estão sendo feitas exclusivamente, via internet, pelo site da Fundação Carlos Chagas, empresa responsável pela aplicação das provas.

O concurso será para 40 horas semanais e representa uma das ações estratégias que vêm sendo adotadas pelo Estado para fortalecer o eixo pedagógico nas escolas estaduais. “Este concurso vem sendo esperado há muito tempo pelos educadores e o governador Rui Costa, mesmo diante da situação econômica do país, tomou esta decisão que fortalece o eixo pedagógico das escolas e, consequentemente, a nossa qualidade do ensino”, afirmou o secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro.

Oferta – Uma das novidades deste concurso são as vagas para professores com licenciaturas interdisciplinares em Linguagens e Códigos e suas Tecnologias, Matemática ou licenciatura interdisciplinar em Matemática e Computação e suas Tecnologias. As vagas para professores também contemplam diversas áreas do conhecimento, como por exemplo, os com licenciaturas em Ciência Biológicas, Ciências Naturais, Ciências Humanas, Ciências da Sociedade, Filosofia, Artes, Educação Física, História, Artes e habilitação em Química oriundo de curso superior.

Para coordenador pedagógico, é preciso ter curso de Pedagogia. Tanto para professor quanto para coordenador pedagógico é exigido diploma registrado de conclusão de curso superior de graduação, conforme estabelecido no edital, devidamente registrado, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Aplicação das Provas –  O concurso terá três etapas. As provas objetivas (1ª etapa) e discursivas (2º etapa) serão aplicadas no dia 25/02/2018, para todos os cargos, no período da manhã, nas cidades de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Somente será corrigida a prova discursiva dos candidatos habilitados e melhores classificados nas provas objetivas. A terceira etapa é a prova de títulos, para fins de pontuação dos candidatos habilitados na prova discursiva.

RENOVAÇÃO DE MATRÍCULA DA REDE ESTADUAL VAI ATÉ ESTA QUINTA

Da Secom/Bahia

Os estudantes da rede estadual, que quiserem garantir a vaga nas escolas onde estudam, têm até esta quinta-feira (30) para fazer a renovação de matrícula para o ano letivo de 2018.  O processo pode ser realizado pela internet, através do Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), ou diretamente na unidade escolar onde o aluno está matriculado, tem frequência regular e está concluindo o ano letivo de 2017.

Para a renovação, o estudante deverá recolher a carta de renovação na secretaria da escola onde estuda, sinalizar a intenção ou não de permanecer na unidade escolar onde está matriculado e devolver o documento para a escola. No caso de menores de 16 anos, é necessário que os pais ou responsáveis sinalizem a permanência ou não do aluno na escola e assinem o documento para a devolução. A outra opção é o estudante ou responsáveis (no caso de menos de 16 anos) utilizarem o código disponível na carta para acessar o sistema e renovar a matrícula pela internet.

Vaga garantida – O coordenador da matrícula da Secretaria da Educação do Estado, Marcus Machado, fala sobre a importância do processo de renovação da matrícula. “A renovação é que vai garantir a vaga do aluno na mesma escola e no mesmo turno em que cursou em 2017. O estudante que não renovar a sua matrícula, não terá a vaga garantida na mesma unidade escolar e no mesmo turno para o ano seguinte, porém, de posse da carta que ele já recebeu da escola, utilizando o código contido no documento, ele poderá fazer a matrícula no dia 16 de janeiro, que é a data destinada à transferência dos alunos da rede estadual. Portanto, a renovação é importante porque se trata do momento em que a escola vai identificar o interesse do estudante em permanecer naquela unidade em que está matriculado”, destacou.

A matrícula para os alunos novos ou para os alunos da rede que irão mudar de escola acontecerá em janeiro de 2018.

COMEÇA HOJE INSCRIÇÃO EM CONCURSO PARA PROFESSOR DO ESTADO

Do Tabuleiro

Sala de aula

Começam, nesta terça-feira (14), as inscrições para o concurso público para professores e coordenadores pedagógicos da rede estadual de ensino, promovido pelo Governo do Estado da Bahia, por meio das Secretarias da Educação e Administração. São 3.760 vagas, sendo 3.096 para professores e 664 para coordenadores pedagógicos. As inscrições prosseguem até o dia 12 de dezembro, custam R$ 100 para ambos os cargos, e serão feitas exclusivamente, via internet, pelo site da Fundação Carlos Chagas, empresa responsável pela aplicação das provas (www.concursosfcc.com.br).

O secretário Walter Pinheiro disse que o concurso será para 40 horas semanais e representa uma das ações estratégias que vêm sendo adotadas pelo Estado para fortalecer o eixo pedagógico nas escolas estaduais. “Este concurso vem sendo esperado há muito tempo pelos educadores e o governador Rui Costa, mesmo diante da situação econômica do país, tomou esta decisão que fortalece o eixo pedagógico das escolas e, consequentemente, a nossa qualidade do ensino”, afirmou Pinheiro, ao destacar que a iniciativa vai potencializando a oferta da Educação em Tempo Integral na rede. “A nossa meta é caminhar para uma escola que funcione o dia todo, com atividades culturais e cursos profissionalizantes. Daí a importância de termos professores com uma carga horária de 40 horas de dedicação à escola, bem como a presença do coordenador pedagógico em todas as unidades da rede estadual”, afirmou.

Oferta– As vagas para professores são para diversas áreas do conhecimento, como por exemplo, os com licenciaturas em Ciência Biológicas, Ciências Naturais, Ciências Humanas, Ciências da Sociedade, Filosofia, Artes, Educação Física, História, Artes, licenciatura interdisciplinar em Linguagens e Códigos e suas Tecnologias, Matemática ou licenciatura interdisciplinar em Matemática e Computação e suas Tecnologias, habilitação em Química oriundo de curso superior. Para coordenador pedagógico, é preciso ter curso de Pedagogia. Tanto para professor quanto para coordenador pedagógico é exigido diploma registrado de conclusão de curso superior de graduação, conforme estabelecido no edital, devidamente registrado, fornecido por Instituição de Ensino Superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Remuneração – Para o cargo de professor padrão P, grau IA, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação de Estímulo às Atividades de Classe, no percentual de 31,18% incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 668,92, perfazendo um total de  2.814,28. Para o cargo de Coordenador Pedagógico, Padrão P,  grau IA, a remuneração inicial é constituída pelo vencimento básico no valor de R$ 2.145,36, acrescido de Gratificação por Condições Especiais de Trabalho, no percentual de 34,75%, incidente sobre o vencimento básico, no valor de R$ 745,51, totalizando R$ 2.890,87. Aplicação das Provas – O concurso terá três etapas.

As provas objetivas (1ª etapa) e discursivas (2º etapa) serão aplicadas no dia 25/02/2018, para todos os cargos, no período da manhã, nas cidades de Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Juazeiro, Jequié, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Salvador, Santa Maria da Vitória, Seabra, Serrinha, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Valença e Vitória da Conquista. Somente será corrigida a prova discursiva dos candidatos habilitados e melhores classificados nas provas objetivas. A terceira etapa é a prova de títulos, para fins de pontuação dos candidatos habilitados na prova discursiva.

Acesse o edital completo no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)

GOVERNADOR CONFIRMA CONCURSO COM 3400 VAGAS PRA EDUCAÇÃO

Edital terá vagas pra Ilhéus e região.

Em reunião com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), nesta segunda-feira (14), na Governadoria, o governador Rui Costa anunciou detalhes sobre concurso público para contratação de 2.796 professores e 664 coordenadores pedagógicos. As vagas do certame serão municipalizadas e distribuídas por 365 cidades baianas. O Governo do Estado também aumentou para 70% o percentual de gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) de todos os diretores escolares da rede de ensino. Ainda como resultado da reunião com a APLB, o governador autorizou a ampliação da jornada de trabalho para aqueles educadores que trabalham 20h semanais e desejam passar para o regime de 40 horas, recebendo o dobro do salário.

“A reunião foi muito positiva. Conversamos sobre os pleitos, as demandas dos professores, e saímos com boas notícias. O concurso, que terá um total de 3.460 vagas, será publicado em, no máximo, 60 dias. Além disso, anunciamos a incorporação para 1.078 professores da ampliação da jornada de trabalho, de 20h para 40h semanais. E, cumprindo um compromisso meu, também aumentaremos a remuneração de diretores de escola. Marquei uma nova reunião com a APLB para a segunda quinzena de setembro, quando conversaremos sobre o restante da pauta, com as promoções dos reajustes que vamos praticar ainda este ano, em função dos cálculos que estamos fazendo pra dar garantias que possamos fazer melhoria salarial associada à segurança, tanto dos aposentados, quanto dos professores da ativa”, afirmou Rui Costa. 

Os concursos para os educadores e o aumento de carga horária têm o objetivo de suprir a vacância deixada pelo grande volume de aposentadorias e garantir a prestação dos serviços da rede pública de ensino, composta por 1.297 unidades escolares.

A abertura dos certames e a concessão de aumento de carga horária remunerada foram possíveis em função de o Estado ter saído do limite prudencial com gastos de pessoal, como determina a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) está em fase de preparação dos editais. 

As 2.796 vagas abertas para professores do ensino médio e fundamental vão gerar um impacto de R$ 117,6 milhões, a partir de janeiro de 2018. As vagas serão para professores do magistério público com carga de 40 horas semanais. Já com as 664 vagas de coordenadores pedagógicos, o Governo terá uma despesa com custeio de R$ 29,4 milhões, no exercício 2018.

De acordo com o presidente da APLB, Rui Oliveira, a reunião foi proveitosa. “Decidimos pontos importantes com o governador, que figuram como uma grande vitória do movimento sindical. Vamos continuar discutindo sobre promoções e outras questões em outro encontro que já deixamos marcado”.  

Segundo o secretário estadual da Educação, Walter Pinheiro, o governador está apostando firmemente na mudança pedagógica e no apoio à escola. “Além das vagas oferecidas no concurso, estamos aumentando a carga horária de 262 coordenadores pedagógicos de 20 para 40 horas semanais com o objetivo de cobrir a totalidade de nossas escolas com coordenação pedagógica. Os novos professores também vão trabalhar num regime de 40 horas, o que possibilita uma maior interação e ambientação do professor com a escola, e consequentemente uma melhora do trabalho que é feito”, explicou. 

Carga horária

O Governo vai abrir processo para a ampliação de carga horária de 816 professores do ensino fundamental e médio. O acréscimo dos gastos com ampliação da carga horária será de 29,4 milhões no exercício de 2018. Os processos de aumento da carga horária devem ser solicitados individualmente pelos interessados e estarão condicionados à existência de vaga no quadro de magistério público estadual, além da observância dos critérios previstos no Estatuto do Magistério.

Também foram abertas 262 vagas para aumento de carga horária de coordenadores pedagógicos. Eles vão sair de uma carga de 20 horas para 40 horas semanais. A medida teve entendimento favorável da Procuradoria Geral do Estado (PGE), em função de suprir a vacância de aposentados, exonerados e falecimentos.

Bolsa Permanência

A Bolsa de Estímulo à Permanência em Atividade de Classe é outra medida do Governo do Estado para garantir a boa prestação dos serviços da rede pública de ensino, em função da grande quantidade de aposentadorias de educadores. 

Em dezembro de 2016, a administração estadual abriu três mil vagas da bolsa para professores que já possuem os requisitos para aposentaria, mas que desejam permanecer em atividade. Aqueles que optarem pela bolsa e decidirem continuar lecionando recebem valores entre R$ 800 e R$ 1,6 mil, dependendo se a carga horária é de 20 ou 40 horas.

AEROPORTO DE ILHÉUS PODE IR PRAS MÃOS DO ESTADO

Um dos mais bonitos

A Prefeitura de Ilhéus e o Governo a Bahia estudam a transferência do Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus – hoje administrado pela Infraero -, para o estado, atendendo a uma mudança natural que vem ocorrendo em diversos aeroportos brasileiros, em função as dificuldades financeiras da estatal e o do seu projeto de reestruturação que está em curso e prevê a redução no número de aeroportos administrados e de funcionários, também.
A mudança de concessionários é um caminho natural estrategicamente pensado pelo estado e pelo município, que estão em busca de investidores para a modernização do “Jorge Amado”, como já aconteceu com alguns dos principais terminais do país, a exemplo de Guarulhos (SP) e Galeão (RJ).

Mais empregos – “Estamos evoluindo”, assegura o prefeito Mário Alexandre, que esteve reunido com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, discutindo as possibilidades que representem a melhoria do aeroporto de Ilhéus. “Com a Infraero as chances de avançarmos são reduzidas já que a estatal vem colecionando prejuízos ao longo dos últimos tempos”, disse. “Com a mudança, além de investimentos técnicos, ampliamos nossa capacidade de gerar novos empregos na área de serviços através de parcerias público-privadas”, assegura Mário.

Prejuízos – Em 2015, a Infraero teve prejuízo de R$ 3 bilhões. Em 2016, o prejuízo foi de R$ 767 milhões. Dos aeroportos administrados pela estatal, 70 por cento são deficitários. “Diante de parcos recursos para investimento, não há como competirmos por recursos com os grandes aeroportos nacionais que também precisam de dinheiro para aplicar em modernização”, completa o prefeito de Ilhéus.

A melhoria técnica e da estrutura física do Aeroporto Jorge Amado não inviabiliza o projeto de construção do Aeroporto Internacional, segundo Mário Alexandre. O assunto, inclusive, foi citado no discurso do secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, ao representar o Governo da Bahia na solenidade que marcou a visita da Missão Chinesa a Ilhéus, semana passada.

Projeto Intermodal – A construção do novo aeroporto integra um projeto do estado em criar um moderno sistema intermodal para Ilhéus e região, que ainda inclui a conclusão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), a construção do Porto Sul e a instalação física da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Ilhéus.

Jorge Amado – A história do transporte aéreo em Ilhéus é tão antiga quanto a própria Aviação Comercial Brasileira. Os hidroaviões da Condor e da Panair do Brasil que viajavam para o Norte do país faziam escala obrigatória na cidade. Em 1938, foi escolhida uma área de 370.670 m² de terreno para a construção do Campo de Aviação do Pontal, com o objetivo de servir de apoio a aeronaves durante a Segunda Guerra. A pista do Aeroporto de Ilhéus foi asfaltada somente na década de 1950. Em outubro de 1980, a Infraero assumiu a administração do aeroporto e promoveu uma série de obras como a ampliação e reforma do terminal de passageiros e a construção de cercas e muros de segurança.

Várias outras melhorias foram realizadas no ano de 2013, entre elas, a instalação da estação meteorológica de superfície, a reforma e ampliação da capacidade instalada da subestação elétrica e a implantação do Módulo Operacional do Grupamento de Navegação Aérea. Visando maior segurança, no ano de 2015, foram realizadas a readequação da sinalização horizontal do pátio de aviação comercial e a instalação de placas retrorrefletivas para sinalização vertical de pátio e pista de aterrissagem. Mas o aeroporto necessita de investimentos maiores tanto no aspecto técnico quanto de infraestrutura.

GOVERNO DO ESTADO ATRASA REPASSES PRA OBRA DA NOVA PONTE ILHÉUS-PONTAL

Vista do canteiro de obras em Ilhéus

A empreiteira OAS, responsável pela construção da nova ponte que liga o centro de Ilhéus à zona sul, tem atrasado pagamentos a fornecedores e pode atrasar salários dos funcionários nos próximos meses, relatou ao ILHÉUS EM RESUMO uma fonte da empresa. 

O problema tem sido ocasionado por atrasos constantes nos repasses financeiros do Governo do Estado à empresa pra tocar a obra.

O canteiro de obras da nova ligação entre o centro e a zona sul de Ilhéus, no entanto, não dá sinais de que vai ser paralisado. Neste fim de semana, o governo do estado chegou até a divulgar um vídeo sobre o andamento da construção.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia