WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa nota premiada


janeiro 2019
D S T Q Q S S
« dez    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: ‘dinheiro’

DINHEIRO ACABOU: ASFALTO DE MARÃO SÓ DEU ATÉ A ELEIÇÃO

Do Tabuleiro

Asfalto novo.

Para dar continuidade à operação “Asfalto Legal”, o município de Ilhéus aguarda a liberação de recursos financeiros referentes ao convênio com a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder).

Desde o mês de novembro, a troca do asfalto, prevista para 38 vias na cidade, foi interrompida. Em outubro do ano passado, durante entrevista ao programa O Tabuleiro, o prefeito Mário Alexandre informou que o prazo da conclusão do serviço era de seis meses.

MARÃO QUER TURBINAR ORÇAMENTO MUNICIPAL EM 80%

Marão

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre (PSD), pediu “dois altos” nas férias de meio de ano dos vereadores. O objetivo é votar, com urgência, três projetos de lei, dois deles enviados pelo próprio prefeito.

Atendendo ao pedido do gestor, o presidente da casa, Lukas Paiva (PSB), convocou reunião extraordinária para essa terça, dia 16, a partir das 8h.

Pelo menos um desses projetos chama atenção. O PL 032/2018, se aprovado pelos parlamentares – Marão nada de braçada em apoios na câmara, vai dar poderes ao prefeito de suplementar o orçamento municipal em até 80%. A receita total prevista para 2018 é de R$ 463.393.000,00.

Trocando em miúdos, com a autorização dos vereadores, o prefeito poderá remanejar recursos de uma área para outra ou usar verbas que estejam sobrando ou chegaram sem ser esperadas no caixa municipal.

No texto do PL, o poder executivo detalha que as dotações suplementadas serão usadas para pagamento de pessoal, precatórios e verba de custeio, mas não indica a origem das verbas.

O espaço está aberto para possíveis esclarecimentos da Prefeitura.

PREFEITURA PAGA R$ 300 DE DIÁRIAS PRA SERVIDORES IREM A ITABUNA

A diária.

Pode não ser ilegal, mas beira a imoralidade o fato de dois agentes públicos da prefeitura de Ilhéus receberem 150 reais cada a título de diária para ir a uma reunião em Itabuna. A cidade vizinha fica a menos de 40Km. Ida e volta, num carro popular, gastaria menos de 10 litros de combustíveis, algo em torno de 45 reais.

Se somássemos um almoço de cada um, na churrascaria mais badalada da região – a Los Pampas, seriam mais 100 reais. Ao todo, gastariam, 145 reais do contribuinte. Mas a prefeitura, como aparentemente tem tetas gordas, prefere desembolsar diárias.

Reforçamos que pode estar prevista a cessão de diárias para esse tipo de deslocamento, mas contraria todo o discurso de cofres vazios e de austeridade adotados pela administração municipal.

Até o presidente da Maramata, que recebe salário que beira os 10 mil reais, recebeu diária para ir a Itabuna.

CAIXAS ELETRÔNICOS DEIXAM ILHEENSES NA MÃO

Do Tabuleiro

Quem estiver precisando sacar dinheiro em caixas eletrônicos pode enfrentar problemas em Ilhéus. Informações chegadas à redação de O Tabuleiro apontam que os caixas eletrônicos 24h localizados em vários partes da cidade estão desabastecidos, o que tem gerado revolta.

De acordo com relato feito por Tássio Gil, ouvinte de O Tabuleiro, Só na rodoviária os 5 caixas existentes estavam vazios:

“Nenhum dos caixas eletrônicos da Rodoviária tinha dinheiro. Não foi só eu prejudicado, tinha umas 5 pessoas que estavam sem saber o que fazer. Inclusive tinha um casal que estava contando em sacar dinheiro para poder pagar até o taxi para chegar no Hotel. A pergunta que fica é como uma cidade turística como Ilhéus permanece com 5 caixas eletrônicos sem nenhuma nota para tirar. São coisas que a gente só ver acontecendo em Ilhéus, infelizmente”.

A empresa responsável e que deveria estar realizando o abastecimento dos caixas é a Prossegur.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia