WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom ponte ilheus secom bahia solidaria policlinica itabuna secom bahia


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘concha acustica’

LIXO NO FUNDO DA CONCHA ACÚSTICA DE ILHÉUS GERA RECLAMAÇÕES

Do Blog do Gusmão

Concha e lixo ao fundo

Um morador da avenida Soares Lopes procurou este blog para manifestar o seu descontentamento com a situação dos arredores da Concha Acústica. Conforme a sua definição, o terreno atrás do antigo espaço de shows virou um “grande lixão repleto de urubus”.

Ele mora num prédio com vista para a Concha. No fim de julho, diz a sua mensagem, “a prefeitura absurdamente retirou a vegetação secundária que crescia no local”, e isso “favoreceu a entrada de pessoas que começaram a depositar lixo na área”. “É constante o movimento de carros que chegam ali para colocar entulho e lixo, sem a menor cerimônia”.

Na tarde dessa quarta-feira (20), ainda de acordo com o depoimento do morador, uma “caçamba gigante”, com placa vermelha, foi usada para jogar entulho no local. Devido às características do veículo, ele suspeita que o motorista estaria a serviço da prefeitura.

No fim da mensagem enviada ontem ao blog, o cidadão fez um desabafo. “Me causa uma revolta gigante ver esse cenário. Sou consciente de que Ilhéus tem problemas muito maiores e mais graves do que isso. Mas esse é um que me atinge diretamente. Pago quase 4 mil reais entre aluguel e condomínio para morar onde moro e ter esse lixão em frente. E hoje à tarde tive uma forte percepção de que é a própria prefeitura da cidade que está jogando os entulhos nessa praia. Há 3 meses dois tratores abriram uma clareira na vegetação que crescia no terreno atrás da concha, e daí começou a cada dia carros entrando para jogar o lixo e hoje eu vi essa caçamba gigante. […] É muita tristeza e desolação”.

É importante destacar que o morador tratou a própria informação como uma suspeita, uma “forte impressão”, até porque os caminhões que prestam serviço para a prefeitura são alugados e têm placas cinzas (comuns). Além disso, veículos oficiais não podem ter placas vermelhas.

OUTRO LADO

O secretário de Serviços Urbanos Jorge Cunha informa que o caminhão citado não estava a serviço da prefeitura. Segundo ele, o descarte irregular de entulho costuma ser feito por motoristas que prestam serviços em obras particulares.

Conforme o secretário, a nova gestão da prefeitura não descarta entulho em locais impróprios. Ao contrário, a Secretaria de Serviços Urbanos já acabou com várias lixeiras viciadas da cidade. Além disso, servidores municipais fiscalizam diariamente esses pontos, para que não voltem a ser usados como depósitos de lixo. Exemplo disso é o trecho da estrada do Couto perto do Condomínio Sol e Mar, que deixou de sofrer com o descarte ilegal de resíduos sólidos após as ações da prefeitura.

Em relação ao terreno atrás da Concha, o secretário explicou que vai construir algum de tipo proteção para bloquear a passagem dos caminhões e impedir que a área continue a ser utilizada irregularmente.

GOVERNO MARÃO ABANDONA A CONCHA ACÚSTICA

Abandono

A gestão do prefeito Mário Alexandre parece não ter apreço algum pela concha acústica de Ilhéus. Desde o início do ano, denunciamos o abandono do equipamento.

Localizada numa das áreas mais nobres da cidade, a Avenida Soares Lopes, a concha, que já recebeu eventos memoráveis, amarga o abandono. No último domingo, dia 30, por exemplo, um leitor flagrou os portões abertos e o espaço interno acessível a qualquer pessoa.

Há alguns meses, mostramos que um dos portões estava no chão. Com acesso livre, o equipamento virou sanitário público e depósito de entulho.

Na manhã desta quinta-feira, dia 3, tentamos contato com o secretário de Turismo e interino da Cultura, Roberto Lobão, mas sem sucesso.

CONCHA ACÚSTICA DE ILHÉUS VIRA LIXÃO

Alô prefeitura de Ilhéus. A concha acústica, na Avenida Soares Lopes, abandonada desde o governo passado, está sendo usada como depósito de entulho e dejetos humanos. Não é porque o governo passado largou de mão, que esse deve seguir pelo mesmo caminho. O portão nem existe mais. Tá no chão. Lá dentro, muita sujeira. O equipamento deveria ser gerido pela Secretaria Municipal de Cultura, mas, no Governo Marão, sequer existe mais essa pasta. 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia