WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude></a>
<a href=embasa secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘candidato’

CACÁ PRÓXIMO DA CANDIDATURA A DEPUTADO ESTADUAL

Cacá

Interlocutores da cúpula estadual do Progressistas informaram ao ILHÉUS EM RESUMO que começam a tomar forma as discussões sobre uma possível candidatura do ex-vice-prefeito de Ilhéus, Cacá Colchões, a deputado estadual.

A legenda tem como secretário-geral o ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, de quem Cacá foi vice na gestão 2013-2016, o que joga peso na decisão dos Progressistas.

E não é só isso. O cenário de falta de nomes para deputado estadual em Ilhéus também pode ter peso na decisão de Cacá e do partido.

Em 2014, dominaram a votação na cidade a atual deputada Ângela Sousa (PSD) e o ex-vereador Cosme Araújo (PDT), que agora vai disputar uma vaga na Câmara Federal.

Assim, Cacá só disputaria votos, em Ilhéus, com Ângela. Os mesmos interlocutores afirmam que, com uma boa votação em sua terra natal e buscando votos em outras regiões, a vaga de Cacá pode não estar muito longe.

ACM NETO QUER LUKAS PAIVA CANDIDATO A DEPUTADO ESTADUAL

Do Políticos do Sul da Bahia

Paiva, o último da esquerda pra direita.

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), está tentando convencer o presidente da câmara de Ilhéus, Lukas Paiva, a sair do PSB e assumir o comando do DEM. Na articulação ele seria candidato a deputado estadual e coordenaria a candidatura de ACM Neto na cidade.

Na semana passada durante o carnaval o prefeito de Salvador esteve com Lukas no camarote. O encontro foi marcado pelo pré-candidato a deputado federal Samuca Franco (DEM) e contou com a presença do vice-prefeito Bruno Reis (MDB).

JABES: “CANDIDATO NATURAL EM 2020 É CACÁ”

Da Assessoria do Partido Progessista 

Jabes e Cacá, sucessor natural do “jabismo” em Ilhéus.

O ex-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, participou na manhã desta segunda-feira, 18, do programa Alerta Geral com Gil Gomes. Na ocasião, o progressista esclareceu a informação veiculada no Diário Bahia sobre o seu retorno ao comando do executivo municipal em 2020. Para o prefeito, houve um equívoco na interpretação de sua fala.

Focado no cuidado com sua saúde, Jabes garantiu que não pretende disputar as eleições. “Eu quero deixar claro que eu só tenho um objetivo nesse momento, cuidar da minha saúde. Não pretendo disputar as eleições. Eu já fui quatro vezes prefeito e já dei a minha contribuição”. O ex-prefeito destacou o nome do companheiro, Cacá Colchões, como sucessor natural para disputar as eleições municipais em 2020.

Na oportunidade, Jabes lembrou a luta, durante sua gestão, para que o sonho do Hospital Costa do Cacau saísse do papel. Parabenizou o empenho do Governador Rui Costa pelo trabalho desenvolvido na região e discutiu a questão do fechamento do Hospital Regional Luiz Viana Filho.

Para o ex-prefeito, a cidade tem uma atenção básica ineficiente e a solução seria manter os serviços de urgência e emergência paralelamente à construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), anunciada pelo Governador na última sexta-feira, e as reformas dos postos de saúde. “O Hospital Costa do Cacau é um avanço extraordinário na medicina de ponta e cirurgias, mas é preciso deixar claro que isso não impede que a gente discuta a questão do Regional. Não podemos aceitar o fechamento do Hospital Regional, antes que Ilhéus ofereça condições para que isso aconteça”, ressaltou Jabes.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia