WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: ‘aeroporto’

MARÃO QUER AEROPORTO DE ILHÉUS FUNCIONANDO COM INSTRUMENTOS

Do Blog do Gusmão

Aeroporto Jorge Amado.

O prefeito Mário Alexandre (PSD) foi a Brasília debater com o ministro de Defesa, Raul Jungmann, sobre a reativação dos procedimentos de aproximação por instrumentos do Aeroporto Jorge Amado. A comitiva contou com vários secretários de Ilhéus e um piloto experiente em voos no município.

O prefeito falou ao ministro sobre os custos elevados que o aeroporto tem, principalmente, em épocas de chuva. “Essa questão faz com que as companhias aéreas cobrem mais caro para operar em Ilhéus devido ao risco financeiro”, disse.

Segundo Mário, toda a região sul da Bahia vai ser beneficiada com esta mudança. “Estou convicto de que haverá empenho do ministro para atender as nossas demandas”, assegurou.

AEROPORTO DE ILHÉUS PODE IR PRAS MÃOS DO ESTADO

Um dos mais bonitos

A Prefeitura de Ilhéus e o Governo a Bahia estudam a transferência do Aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus – hoje administrado pela Infraero -, para o estado, atendendo a uma mudança natural que vem ocorrendo em diversos aeroportos brasileiros, em função as dificuldades financeiras da estatal e o do seu projeto de reestruturação que está em curso e prevê a redução no número de aeroportos administrados e de funcionários, também.
A mudança de concessionários é um caminho natural estrategicamente pensado pelo estado e pelo município, que estão em busca de investidores para a modernização do “Jorge Amado”, como já aconteceu com alguns dos principais terminais do país, a exemplo de Guarulhos (SP) e Galeão (RJ).

Mais empregos – “Estamos evoluindo”, assegura o prefeito Mário Alexandre, que esteve reunido com o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, discutindo as possibilidades que representem a melhoria do aeroporto de Ilhéus. “Com a Infraero as chances de avançarmos são reduzidas já que a estatal vem colecionando prejuízos ao longo dos últimos tempos”, disse. “Com a mudança, além de investimentos técnicos, ampliamos nossa capacidade de gerar novos empregos na área de serviços através de parcerias público-privadas”, assegura Mário.

Prejuízos – Em 2015, a Infraero teve prejuízo de R$ 3 bilhões. Em 2016, o prejuízo foi de R$ 767 milhões. Dos aeroportos administrados pela estatal, 70 por cento são deficitários. “Diante de parcos recursos para investimento, não há como competirmos por recursos com os grandes aeroportos nacionais que também precisam de dinheiro para aplicar em modernização”, completa o prefeito de Ilhéus.

A melhoria técnica e da estrutura física do Aeroporto Jorge Amado não inviabiliza o projeto de construção do Aeroporto Internacional, segundo Mário Alexandre. O assunto, inclusive, foi citado no discurso do secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, ao representar o Governo da Bahia na solenidade que marcou a visita da Missão Chinesa a Ilhéus, semana passada.

Projeto Intermodal – A construção do novo aeroporto integra um projeto do estado em criar um moderno sistema intermodal para Ilhéus e região, que ainda inclui a conclusão da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), a construção do Porto Sul e a instalação física da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Ilhéus.

Jorge Amado – A história do transporte aéreo em Ilhéus é tão antiga quanto a própria Aviação Comercial Brasileira. Os hidroaviões da Condor e da Panair do Brasil que viajavam para o Norte do país faziam escala obrigatória na cidade. Em 1938, foi escolhida uma área de 370.670 m² de terreno para a construção do Campo de Aviação do Pontal, com o objetivo de servir de apoio a aeronaves durante a Segunda Guerra. A pista do Aeroporto de Ilhéus foi asfaltada somente na década de 1950. Em outubro de 1980, a Infraero assumiu a administração do aeroporto e promoveu uma série de obras como a ampliação e reforma do terminal de passageiros e a construção de cercas e muros de segurança.

Várias outras melhorias foram realizadas no ano de 2013, entre elas, a instalação da estação meteorológica de superfície, a reforma e ampliação da capacidade instalada da subestação elétrica e a implantação do Módulo Operacional do Grupamento de Navegação Aérea. Visando maior segurança, no ano de 2015, foram realizadas a readequação da sinalização horizontal do pátio de aviação comercial e a instalação de placas retrorrefletivas para sinalização vertical de pátio e pista de aterrissagem. Mas o aeroporto necessita de investimentos maiores tanto no aspecto técnico quanto de infraestrutura.

AEROPORTO DE ILHÉUS É SEGURO, AFIRMA PILOTO

Do Tabuleiro 

Aeroporto Jorge Amado

Indagado pelo comunicador Vila Nova sobre as condições para a operação de aeronaves no aeroporto de Ilhéus, o piloto de linha aérea, Alexandre Reis, afirmou que não há problemas na pista ilheense.

“Eu tenho a oportunidade de voar em vários aeródromos brasileiros, e, ao contrário do que dizem, o ‘aeroporto’ de Ilhéus não é o mais perigoso do Brasil. Longe disso!”, declarou Alexandre, ressaltando que em Ilhéus existem condições técnicas ideias para as aeronaves que recebe.

O questionamento aconteceu durante a entrevista sobre o Aeroclube de Ilhéus (ACIL) , na manhã dessa quarta-feira, dia 12 de julho.

Vila Nova relembrou o episódio de uma reportagem transmitida pela TV Globo, onde uma “sombra” especulava sobre as condições de operação no aeroporto de Ilhéus.

“Após esse fato da TV, o aeroporto de Ilhéus perdeu a categoria de voos por instrumentos (…) não é a questão da pista”, explicou Alexandre, relembrando os danos econômicos para Ilhéus com a decisão, talvez, meramente “política”.

DERRUBARAM AVIÃO EM ILHÉUS

Aeroporto Jorge Amado.

Com a força do pensamento, ou quem sabe com a força de um boato. Dessa vez, uma dessas informações falsas deu conta da queda de um avião de pequeno porte, que teria tentado fazer pouso forçado no aeroporto de Ilhéus, teria atravessado a rodovia e quase caído no mar.

No entanto, de acordo com a Infraero, que foi procurada pelo ILHÉUS EM RESUMO agora pouco, não houve acidente algum. O aeroporto funciona normalmente e as condições para pousos e decolagens são boas.

Informações como essa, que circulam nas redes e, por vezes, são compartilhadas por pessoas com algum conhecimento e credibilidade, não ajudam em nada. Pelo contrário, podem causar grande confusão.

ILHÉUS GANHA VOOS EXTRAS NAS FÉRIAS DE JULHO

Do Pimenta 

Aeroporto de Ilhéus

A oferta de voos extras para a Bahia durante a alta temporada de julho ganhou novo impulso com 74 voos adicionais da Avianca, nas rotas Guarulhos-Salvador-Guarulhos. As companhias aéreas Gol e Azul já haviam anunciado a oferta extra de 650 voos, incrementando as operações, neste período, nos aeroportos de Salvador, Porto Seguro, Ilhéus e Valença. “Este acréscimo reflete o interesse pela Bahia. Além disso, gera impacto turístico e econômico”, afirmou o secretário do Turismo, José Alves, neste domingo (2), durante as comemorações do 2 de Julho.

O secretário chegou à Lapinha por volta das 7h, para integrar o cortejo liderado pelo governador Rui Costa. Durante conversa com jornalistas, ele destacou o empenho do governo estadual para atrair novos voos e fortalecer a economia com a geração de empregos no mercado do turismo. “Com o objetivo de também atrair novas frequências regulares, o governo já reduziu a alíquota de ICMS para o querosene de aviação [QAV], numa política que produz bons resultados para o setor”, disse.

Os voos extras partem de Belo Horizonte, São Paulo, Campinas, Guarulhos, Goiânia e Brasília, entre outras cidades. A Gol informou que vai realizar 528 voos extras no período de férias, entre a primeira semana de julho e o dia 16 de agosto. A Azul oferecerá mais de 120 voos extras para a Bahia. Já a Avianca distribuiu os voos adicionais entre 30 de junho e 5 de agosto. Os voos foram aprovados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

AEROPORTO DE ILHÉUS AMEAÇADO

Do A Região 

Um dos aeroportos mais bonitos e mais abandonados

Há muito tempo o jornal A Região denuncia uma ofensiva para esvaziar o aeroporto de Ilhéus e beneficiar o de Comandatuba, que atende exclusivamente aos interesse do resort Transamérica Ilha de Comandatuba.

O resort é o dono do aeroporto, que antes só podia receber voos charters. Isso fazia com que o hotel tivesse que buscar os hóspedes em Ilhéus, a 76km, em um trajeto de mais de uma hora de viagem.

Primeiro a Anac proibiu voos com chuva no aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, depois cortou 300m da pista. Apesar de comprados, a Infraero nunca instalou os equipamentos para pouso por instrumentos.

Enquanto isso, constantemente empresas áereas como a TAM desviavam voos para Comandatuba alegando mal tempo, mesmo quando não era o caso. A TAM tem, há anos, balcão comercial no aeródromo.

Agora o aeroporto de Comandatuba vai passar a receber voos regulares, com a ajuda do Governo do Estado, que montou uma unidade contra incêndios no local, essencial para a liberação dos voos.

A pista de Comandatuba pode receber aeronaves como o Boeing 737 e o Airbus 320 (este foi proibido de pousar em Ilhéus pela Anac, alegando a falta dos 300 metros que ela mesma bloqueou.

Para este jornal, não vai demorar para que a TAM saia do aeroporto de Ilhéus e se concentre no de Una. As outras podem seguí-la, o que seria o fim do aeroporto de Ilhéus.

Com isso, passageiros ilheenses teriam que viajar de carro mais de uma hora para embarcar, e os de Itabuna, quase duas.

COMPANHIAS ANUNCIAM NOVOS VOOS PRA ILHÉUS 

Do Agravo 

Para a alta temporada de julho, duas companhias aéreas (Gol e Azul) já anunciaram a oferta de 670 voos extras para a Bahia, incrementando as operações nos aeroportos de Salvador, Porto Seguro, Ilhéus e Valença (acesso a Morro de São Paulo). Os voos partem de cidades como Belo Horizonte e São Paulo (Campinas e Guarulhos), Goiânia e Brasília, entre outras.

A Gol, maior companhia aérea brasileira, anunciou que vai realizar 528 voos extras no período de férias, entre a primeira semana de julho e o dia 16 de agosto. A empresa vai reforçar as operações em aeroportos brasileiros, com foco na região Nordeste. Além das rotas domésticas, haverá voo direto semanal Montevidéu-Salvador.

A Azul oferecerá mais 150 voos extras para a Bahia. “Estamos bastante confiantes no acréscimo de demanda para a alta temporada de julho. Nosso planejamento está voltado a mercados e regiões tradicionalmente mais procuradas pelos turistas”, afirmou o diretor de Planejamento da Malha da Azul, Daniel Tkacz.

Os voos já foram aprovados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), para satisfação do secretário do Turismo da Bahia, José Alves. “Temos trabalhado para atrair novos voos, intensificar o fluxo turístico e fortalecer a economia em todo o estado. O governo estadual também atua para atrair novas frequências regulares e, para tanto, reduziu a alíquota de ICMS para o querosene de aviação [QAV], de 18% para 12%”, destacou.

MAU TEMPO FECHA O AEROPORTO DE ILHÉUS 

O aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, não recebe nem permite a decolagem de aviões. Voo vindo de São Paulo teve de mudar a rota ao não conseguir liberação pro pouso por volta das 13h de hoje.

Caso as condições climáticas não melhorem, outros voos serão cancelados.

AEROPORTO DE ILHÉUS FUNCIONA NORMALMENTE 

O aeroporto Jorge Amado, em Ilhéus, funciona normalmente, informou ao ILHÉUS EM RESUMO a Infraero. Os aeronautas que trabalham no terminal não paralisaram o serviço.

No entanto, a recomendação é confirmar os horários dos voos com as empresas aéreas, já que em algumas há determinados setores paralisados.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia