WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia faculdade de ilheus embasa



maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

academia vip

ILHÉUS RECEBE REFORÇO DE DUAS VIATURAS E UMA AMBULÂNCIA

Da Secom/Ilhéus

Veículos recebidos.

Na manhã desta quarta-feira (24), o governador Rui Costa fez a entrega de 127 veículos e ambulâncias para as secretarias estaduais de Administração Penitenciária (Seap) e de Segurança Pública (SSP).

O Presídio Regional Ariston Cardoso, em Ilhéus foi contemplado com duas viaturas para escolta, mais uma ambulância, que devem reforçar a segurança no município. O ato ocorreu no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. Representando o prefeito Mário Alexandre (Marão), comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Leonardo Bandeira, acompanhado do diretor do presídio, major PM Gustavo Rebouças.

Durante o ato, Bandeira entregou nas mãos do governador baiano, documento do prefeito Marão, cuja solicitação compreende a viabilidade da implantação de um esquadrão de motociclistas (Pelotão Águia), mais um Pelotão de Companhia de Policiamento Ambiental (CIPA). “Recebemos mais um importante reforço para a segurança do nosso município e ficamos muito felizes. O prefeito Marão mantém diálogo com o Governo do Estado para trazer novos benefícios para a cidade e hoje mostramos mais uma vez a eficiência da gestão atrelada a essa parceria”, comentou o comandante da GCM.

A SSP recebeu um total de 91 viaturas para Bases Comunitárias de Segurança e unidades operacionais, na capital e interior. Já a Seap contará com 24 veículos de transporte e 12 ambulâncias para atender suas unidades prisionais. Os 24 veículos serão distribuídos entre as unidades prisionais de Ilhéus, Feira de Santana, Jequié, Paulo Afonso, Salvador, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista. Por sua vez, as 12 ambulâncias vão servir às unidades de Feira de Santana, Ilhéus, Jequié, Paulo Afonso, Salvador, Simões Filho, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

ILHÉUS: ESTREIA DE FILME GERA FILA NO CINE SANTA CLARA

Do Ilhéus 24h

Fila. Foto do Ilhéus 24h.

Na manhã desta quinta-feira (25) quem passou pelas imediações do Cinema Santa Clara, na Avenida Soares Lopes, se deparou com uma enorme fila que dobrou o quarteirão. O motivo? A estréia do aclamado filme da Marvel/Disney, “Vingadores: Ultimato” que encerra uma fase de 10 anos de produções cinematográficas.

Cerca de 600 ingressos teriam sido colocados à venda, mas não foi o suficiente para todo o público que estava presente. Houve quem chegasse na noite do dia anterior para aguardar na fila. Várias pessoas reclamaram do fato de não haver um controle sobre a compra de vários ingressos por um único indivíduo, o que deixou a maior parte dos fãs sem acesso ao dia de estréia do filme. Um princípio de confusão chegou a se instaurar com pessoas tentando “furar fila” e a polícia teve de ser chamada para organizar a situação.

Vingadores: Ultimato tem sua estréia mundial nesta quinta-feira e já possui uma análise de 9.2 no site IMDB.

GOLFINHO RARO APARECE MORTO EM PRAIA DE ILHÉUS

Do Ilhéus 24h

Espécie rara

O Projeto (a)mar – um “a” na frente e o mar fica maior, registrou na manhã desta segunda-feira (22.04.2019) o encalhe de um Cachalote Anã (Kogia sima), na Praia do Me Ache, no município de Ilhéus/Ba.

Segundo a Bióloga e Coordenadora do Projeto (a)mar, o cachalote-anão (Kogia sima) é uma das três espécies de cachalotes existentes no mundo, e ficou popularmente conhecida como baleia por causa do romance “Moby Dick”, no entanto o mamífero pertence a família dos golfinhos. Portanto é um cetáceo. Normalmente não são muito observadas e a maioria das informações vem de espécimes que encalham nas costas brasileiras e mundiais.

O cachalote-anão é a menor de todas as cachalotes. Crescem em média até aos 2.7 metros de comprimento e podem pesar até 250 kg, o que torna esta espécie  mais pequena que os maiores dos golfinhos Apresentam movimentos lentos e deliberados sem produzir muito ruído ou espuma e geralmente mantém-se imóvel quando sobe à superfície do mar. Assim, só pode ser observada em mares muito calmos.

Segundo o Projeto (a)mar, já houve encalhe desse animal nas Praias de Ilhéus. E que a mais de 05 anos, não havia registro de morte desse cetáceo. A “causa mortis” do animal ainda é desconhecida, segundo o Médico Veterinário e Sub-Coordenador do Projeto (a)mar, Dr. Wellington Laudano. O mesmo ressalta que o animal tinha cerca de 01 metro de comprimento e não foi possível identificar o sexo , e que os cachalotes anãs prefere águas profundas, mas ainda assim é uma espécie mais costeira que as demais.

As cachalotes se alimentam de lulas, polvos e peixes. Uma vez que é uma espécie mais costeira que as demais cachalotes, pode ser mais vulnerável às interferências humanas, como a pesca e a poluição, afirma a bióloga Stella Tomás.

De acordo com o Médico Veterinário, Dr. Wellington Laudano, o Projeto (a)mar monitora toda a fauna marinha do sul da Bahia. E que esse registro raríssimo em nosso litoral, nos dá alguns indicativos de rotas e migrações e até mesmo de um possível berçário dessa espécie em nosso estado. Mas que são necessários estudos e pesquisas científicas para confirmar tal hipóteses.

Contato para emergências da fauna marinha, pode entrar em contato com o Projeto (a)mar pelo telefone/ whatsapp (73) 99812-2850. Visitem nossas redes sociais @projeto.amar.ba (instagram e facebook).

EMPRESAS DO GRUPO BRASILEIRO ABREM VAGAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Grupo tem vagas abertas.

As empresas Rota Transportes Rodoviários, Viação Cidade Sol e Viametro Transportes Urbanos, que integram o Grupo Brasileiro, iniciaram recrutamento para vagas de Auxiliar Administrativo Financeiro e de Cobrador, disponibilizadas a pessoas com deficiência nas cidades de Itabuna, Valença e Ilhéus. A seleção é coordenada pelo setor de Recursos Humanos nas referidas companhias.

Na Rota Transportes, há uma vaga para Auxiliar Administrativo Financeiro, com atuará na sede da empresa, em Itabuna. O candidato deve ter como escolaridade o nível médio completo e residência em Itabuna. Os interessados devem enviar currículo para recrutamento@rotatransportes.com.br, ou fazer inscrição no site www.rotatransportes.com.br (Trabalhe conosco).

Na Cidade Sol, há disponibilidade de uma vaga para Cobrador. Nesse caso, o candidato deve ter o Ensino Fundamental como escolaridade e residência em Valença. Os interessados podem enviar currículo para recrutamento@cidadesoljequie.com.br, ou fazer inscrição no site www.cidadesol.com.br (Trabalhe conosco).

E na empresa Viametro Transportes Urbanos, que opera no Sistema Inteligente de Transporte (SIT) ilheense, há uma vaga disponibilizada na função Cobrador. O candidato precisa ter o Ensino Fundamental completo e residência na cidade de Ilhéus. Os interessados devem enviar currículo para recrutamento@viametro.com.br, ou entregá-lo na garagem da empresa, localizada na Avenida Roberto Santos (Bairro Esperança).

FALECEU EM ILHÉUS O JORNALISTA MARCOS CORREIA

Marcos

O jornalista Marcos Aurélio da Silva Correia faleceu, aos 66 anos, na noite desta terça-feira, 23 de abril, no Hospital São José, em Ilhéus, onde encontrava-se internado desde o último dia 5, em virtude de complicações respiratórias. O corpo do jornalista está sendo velado no SAF, no bairro da Conquista, e o seu sepultamento ocorrerá às 14h30min, no cemitério de São Jorge, no Alto do Basílio.

Marcos Correia chegou a Ilhéus em 1987, quando começou a trabalhar na Prefeitura Municipal, na assessoria de comunicação, e a partir daí passou a residir na cidade. Ele foi assessor de comunicação social do município na gestão do prefeito Newton Lima, trabalhou nos jornais Diário da Tarde e A Região, e foi sócio fundador do Diário de Ilhéus (ao lado de Damiana Gomes, Getúlio Pinto e Carlos Moura Makalé), veículo impresso que surgiu em 24 de julho de 1999, após a extinção do Diário Tarde.

Prestou também assessoria de imprensa ao extinto Instituto de Cacau da Bahia (ICB), à Unimed Ilhéus, Câmara Municipal, à Viação São Miguel, além de ter atuado em assessorias políticas. Natural de Recife, Marcos Correia iniciou a carreira de jornalista no Diário de Rio Claro, no interior de São Paulo. Em seguida, transferiu-se para Ilhéus juntamente com sua mãe, dona Isaura Silva.

Considerado um profissional crítico e combativo, atuou ainda como editorialista e redator do Diário de Ilhéus, do qual era também diretor. Há cerca de dois anos, o jornalista, que tinha o hábito de fumar, já apresentava problemas respiratórios. A internação no Hospital São José ocorreu após o transcurso de seu aniversário, no dia 4 de abril.

DESPREPARADO, MARÃO VAI FICANDO SEM SAÍDA E TERÁ DE READMITIR SERVIDORES

Do Tabuleiro

Desembargadora.

A desembargadora Sílvia Zarif, do Tribunal de Justiça da Bahia, acaba de impor uma nova derrota para a Prefeitura de Ilhéus no episódio dos servidores demitidos. A informação foi dada em primeira mão pelo site Jornal Bahia Online.

A Procuradoria Jurídica do Município tentou embargar a decisão da desembargadora favorável ao retorno dos servidores demitidos no início do ano, alegando dificuldades financeiras.

Segundo a Procuradoria, haveria a impossibilidade de cumprimento da decisão sem comprometer irreparavelmente o erário municipal e que a reversão da medida atenderia ao princípio da supremacia do interesse público sobre o privado, já que estariam se opondo os interesses dos servidores demitidos aos interesses públicos apontados como lesados pela impossibilidade de pagamento. A desembargadora não aceitou o pedido.

“Não prospera a tese do embargante. A matéria discutida extrapola os contornos estreitos dos embargos de declaração. E mais do que isso, o embargante, embora verticalize relevantes fundamentos para a impugnação que apresenta, não traz, entre eles, a indicação de qualquer omissão, contradição, obscuridade ou erro material da decisão. O lastro da insurgência são elementos fático-jurídicos que não se enquadram em um dos fundamentos exigidos pelo Código de Processo Civil para os aclaratórios. Assim, a ferramenta processual adequada para a cognição dos argumentos deduzidos não é a ora adotada”, afirma na decisão.

Ainda de acordo com a desembargadora, “não é crível que as verbas existentes até dezembro tenham sido absorvidas pelo corpo de servidores existentes, porque este ainda não foi recomposto; por outro lado, não se pode falar em transferência delas para pagamento de outros compromissos do município, porque isso caracterizaria violação à Lei 4.320/64, à Lei de Responsabilidade Fiscal, constituindo crime, inclusive. Deste modo, não se fazendo suficiente as provas e os argumentos expendidos, sobretudo ao se observar a impertinência temática recursal, a tese dos embargos não merece prosperar. Do exposto, REJEITO os embargos de declaração, mantendo a decisão por estes e por seus fundamentos”.

ILHÉUS: 1º SIMPÓSIO MULTIDISCIPLINAR DE CÂNCER DE MAMA ACONTECE NO SÁBADO

Simpósio.

Ilhéus recebe nesse sábado (27), das 8h às 15h, no Hotel Praia do Sol, zona sul da cidade, o 1º Simpósio Multidisciplinar de Câncer de Mama. O evento é organizado pela Clínica AMO – Assistência Multidisciplinar em Oncologia e a Clínica de Mamografia de Ilhéus – CMI, sob a responsabilidade dos médicos Dr. Caio Silvério, Dr. Carlos Sampaio e Dr. José Slaibi Filho.

Durante o encontro serão debatidos temas como rastreamento, diagnóstico e tratamento da doença. De acordo com o Dr. Caio Silvério, oncologista clínico e diretor médico da clínica AMO Ilhéus, “o câncer de mama é o segundo mais comum nas mulheres brasileiras, atrás apenas do câncer de pele não melanoma e deve ter suas pesquisas e estudos amplamente discutidos entre a comunidade científica”.

EMBASA GARANTE CONFORMIDADE DA ÁGUA DISTRIBUÍDA

Da Ascom/Embasa

Embasa garante boa qualidade da água.

Sobre investigação conjunta da ONG Repórter Brasil e da organização suíça Public Eye sobre presença de agrotóxicos na água distribuída no Brasil a partir de resultados de análises registrados entre 2014 e 2017 no Sisagua (Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano), (leia reportagem aqui) a Embasa esclarece que a interpretação dos dados divulgados em matéria jornalística não informa que os níveis detectados nas amostras dos municípios citados estão bem abaixo do valor máximo permitido (VMP) pelo Ministério da Saúde.

Vale ressaltar que, no período considerado na investigação (2014-2017), os equipamentos e procedimentos utilizados nas análises da Embasa indicavam com precisão a presença quase nula, ou em concentração inferior ao VMP, de 23 das 27 substâncias de agrotóxicos monitoradas nas análises. Para as outras quatro substâncias, o nível de precisão era mais baixo. Em 2018, porém, laboratórios de terceiros foram contratados para verificar com mais precisão a presença dessas quatro substâncias e os resultados, já disponíveis no Sisagua, atestam que a água distribuída pela empresa está em conformidade com a Portaria de Consolidação nº5 de 2017, norma que determina os parâmetros de potabilidade da água no Brasil.

Sem considerar essa informação, a ONG Repórter Brasil e a Public Eye afirmam que a água de alguns municípios baianos está com presença de agrotóxicos acima do nível permitido. No entanto, a partir de 2018, foi possível comprovar que todas as 27 substâncias estavam em total conformidade com o exigido pelo Ministério da Saúde.

Para acompanhar os aperfeiçoamentos ocorridos, nos últimos anos, no método de controle da qualidade da água, a Embasa tem investido na aquisição de equipamentos de alta precisão para fornecer informações com alto grau de confiabilidade e, assim, contribuir para o fortalecimento da rede de segurança da água para consumo humano existente no país.

GRUPO BRASILEIRO ABRE VAGAS EM ITABUNA, ILHÉUS E VALENÇA

Do Pimenta

Grupo tem vagas abertas.

Rota Transportes e Cidade Sol, empresas do Grupo Brasileiro, abriram vagas de emprego em Itabuna, no sul da Bahia, e Valença, no baixo-sul do Estado. Também pertencente ao Grupo, a ViaMetro está contratando para vaga em Ilhéus.

A Rota Transportes abriu oportunidade para Auxiliar Administrativo Financeiro na sua sede, em Itabuna.

Já a Cidade Sol, está contratando cobrador, em Valença. A ViaMetro, também do Grupo Brasileiro, está contratando cobrador em Ilhéus.

“Vamos priorizar [para estas vagas] a contratação de PCDs (Pessoas com deficiência)”, afirma a coordenadora de Recursos Humanos do Grupo Brasileiro, Jaciara Santos. Além destas vagas, motoristas estão sendo cadastrados pelo Grupo Brasileiro, sempre às terças-feiras, na Rota Transportes, na Avenida Amélia Amado, em Itabuna. Informações podem ser obtidas pelo telefone 73 3214-6834. Os currículos podem ser enviados pelo site da Cidade Sol (www.cidadesol.com.br) e Rota Transportes (www.rotatransportes.com.br).

ITABUNA, ILHÉUS E OUTROS 25 MUNICÍPIOS DO SUL DA BAHIA TÊM ÁGUA CONTAMINADA

Do Pimenta

Agrotóxicos.

Um coquetel que mistura diferentes agrotóxicos foi encontrado na água de 1 em cada 4 cidades do Brasil entre 2014 e 2017, segundo estudo realizado em conjunto pela ONG Repórter Brasil, Agência Pública e organização suíça Public Eye. Nesse período, as empresas de abastecimento de 1.396 municípios detectaram todos os 27 pesticidas que são obrigados por lei a testar.

Desses, 16 são classificados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como extremamente ou altamente tóxicos e 11 estão associados ao desenvolvimento de doenças crônicas como câncer, malformação fetal, disfunções hormonais e reprodutivas. De acordo com o estudo, entre as cidades com água contaminada com agrotóxico estão Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Camacan, Canavieiras, Coaraci, Dário Meira e Floresta Azul.

O estudo aponta ainda contaminação em fontes que abastecem Gandu, Gongogi, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itagibá, Itaju do Colônia, Itapé, Itapitanga, Ipiaú, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória, Ubaitaba, Ubatã, Una e Uruçuca.

No extremo-sul do estado, estão na lista as cidades de Alcobaça, Belmonte, Eunápolis, Medeiros Neto, Mucuri, Nova Viçosa, Itabela, Itagimirim, Itamaraju, Itapebi,  Porto Seguro, Teixeira de Freitas, Prado. Na Bahia, são 271 cidades com problemas, segundo o estudo.

ORIGEM DOS DADOS

Os dados são do Ministério da Saúde e foram obtidos e tratados em investigação conjunta da Repórter Brasil, Agência Pública e a organização suíça Public Eye. As informações são parte do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), que reúne os resultados de testes feitos pelas empresas de abastecimento.

Os números revelam que a contaminação da água está aumentando a passos largos e constantes. Em 2014, 75% dos testes detectaram agrotóxicos. Subiu para 84% em 2015 e foi para 88% em 2016, chegando a 92% em 2017. Nesse ritmo, em alguns anos, pode ficar difícil encontrar água sem agrotóxico nas torneiras do país.

Embora se trate de informação pública, os testes não são divulgados de forma compreensível para a população, deixando os brasileiros no escuro sobre os riscos que correm ao beber um copo d’água. Em um esforço conjunto, a Repórter Brasil, a Agência Pública e a organização suíça Public Eye fizeram um mapa interativo com os agrotóxicos encontrados em cada cidade. O mapa revela ainda quais estão acima do limite de segurança de acordo com a lei do Brasil e pela regulação europeia, onde fica a Public Eye.

PERIGO DE CÂNCER

Entre os agrotóxicos encontrados em mais de 80% dos testes, há cinco classificados como “prováveis cancerígenos” pela Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos e seis apontados pela União Europeia como causadores de disfunções endócrinas, o que gera diversos problemas à saúde, como a puberdade precoce.

Do total de 27 pesticidas na água dos brasileiros, 21 estão proibidos na União Europeia devido aos riscos que oferecem à saúde e ao meio ambiente. A falta de monitoramento também é um problema grave. Dos 5.570 municípios brasileiros, 2.931 não realizaram testes na sua água entre 2014 e 2017.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia