WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa alba



fevereiro 2018
D S T Q Q S S
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728  

academia vip

PM APREENDE QUADRICICLO EM PRAIA DE ILHÉUS

Do Agravo

Veículo

Na tarde do domingo (04), um veículo de quatro rodas (quadriciclo) foi removido para o pátio da Ciretran, bem como extraído Auto de Infração de Trânsito, após policiais verificarem a realização de manobras como “cavalo de pau” e “empinamento”, colocando em risco banhistas e pedestres da região de Ponta da Tulha, litoral norte de Ilhéus.

Ao ser abordado pela equipe, o condutor evadiu do local com o veículo, arrancando bruscamente. Após ser alcançado, o homem foi conduzido à 7ª COORPIN, detido por Desobediência e Direção Perigosa.

Na oportunidade o TEN PM Hugo, coordenador da Operação Verão no Litoral Norte, orienta aos frequentadores, que a Resolução 573/15 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu requisitos de circulação e segurança dos veículos automotores denominados quadriciclos. Na norma, todos os quadriciclos devem ser registrados e licenciados para poderem circular pelas vias públicas brasileiras.

Além disso, os veículos devem ser emplacados na traseira, assim como as motocicletas, e os condutores precisam ser habilitados na categoria “B”. Ainda de acordo com a Resolução, é obrigatório o uso de capacete e viseira por condutor e passageiros e é proibido o transporte de crianças menores de 7 anos. E também, a circulação dos quadriciclos é proibida em rodovias federais, estaduais e do Distrito Federal.

ILHÉUS VAI REALIZAR FESTIVAL LITERÁRIO EM MAIO

Da Secom/Ilhéus

Reunião

Nessa quinta-feira (1º), a coordenação do Festival Literário de Ilhéus se reuniu para planejar o evento que vai acontecer nos dias 16, 17 e 18 de maio, na Praça Castro Alves e na sede da Biblioteca Municipal Adonias Filho.

Segundo os organizadores, a edição vai reunir dois grandes eventos do livro: o III Festival Literário de Ilhéus e a VI Feira Universitária da UESC. As iniciativas são voltadas para o livro, a leitura e as diversas formas de acessar conhecimento.

O festival vai ter o tema “Leituras democráticas: juventudes, livros e zaps!” e contará com uma programação variada, com oficinas literárias, bate-papos com escritores locais e nacionais, desconto em livros e muito mais.

Para o secretário municipal da Cultura, Pawlo Cidade, o evento “será, seguramente, um dos maiores eventos literários de Ilhéus que vai envolver várias cidades vizinhas, livreiros, autores, editoras, estudantes, professores e irá potencializar as diretrizes que fundamentam a leitura como prática social”.

Na oportunidade, a diretora da Editora da UESC (Editus), Rita Argollo, destacou que “é preciso consolidar a imagem das bibliotecas como equipamento fundamental na política cultural dos municípios, sobretudo na ampliação e potencialização do acesso ao conhecimento”.

Por sua vez, o presidente da Fundação Calmon, Zulu Araújo, ressaltou que um dos principais objetivos do festival “é destacar e despertar de maneira lúdica o interesse pelo ato de ler, compartilhar leituras, estimular a formação de uma rede de leitores e contadores de história”.

Participaram da reunião: o secretário da Cultura, Pawlo Cidade; o presidente da Academia de Letras de Ilhéus, André Rosa; a diretora da Editus, Rita Argollo; o curador do Festival Literário de Ilhéus (Flios), Fabrício Brandão; o diretor artístico do Dilazenze, Mestre Ney; o diretor de Patrimônio e Inclusão Cultural da Secult, Airton de Carvalho e o presidente da Fundação Pedro Calmon, de Salvador, Zulu Araújo.

O Festival Literário de Ilhéus é uma realização da Academia de Letras de Ilhéus, secretaria municipal da Cultura (Secult), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc)/Editus e Fundação Pedro Calmon.

LÍDER DO PARTIDO DE MARÃO: “NÃO VOU COMPACTUAR COM O FRACASSO DE NOSSA CIDADE”

Jerbson soltou o verbo.

O blog Ilhéus Informe publicou na última sexta, dia 2, trecho da entrevista concedida pelo vereador Jerbson Moraes ao programa Tropa de Elite, da rádio Bahiana AM de Ilhéus (veja aqui). Moraes, que é líder do PSD na câmara, partido do prefeito Mário Alexandre, fez críticas ao governo de Marão.

Em um dos trechos trazidos pelo blog, o vereador afirma que “articulações baratas”, feitas por “pessoas incompetentes” e com a “mente totalmente voltada para o mal” podem fazer do governo Marão um fracasso.

Na entrevista, Jerbson Moraes teria afirmado ainda que há pessoas no governo que trabalham contra ele, o que não surtiria resultados, já que tem “mandato e não vou me calar, doa a quem doer”. Por fim, o parlamentar disparou, afirmando que não pode “compactuar com o fracasso de nossa cidade.

Comentário do Blog

A postura de Jerbson Moraes, líder do PSD no legislativo ilheense, pode refletir a desorganização do governo de Mário Alexandre. A cidade não suporta conviver mais com a perda de tempo e energia de seus gestores para fomentar picuinhas.

Já se passaram 13 meses de gestão e a paciência do ilheense, que deu uma votação esmagadora a Marão, começa a acabar. 

PLACAS DE OUTDOORS COMEÇAM A SER RETIRADAS NO CENTRO DE ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Retirada

Como resultado de um acordo entre a Prefeitura de Ilhéus, o Ministério Público do Estado (MPE) e as empresas publicitárias exibidoras de outdoor, as placas existentes na zona central da cidade começaram a ser retiradas desde ontem, quinta-feira, cumprindo o TAC – Termo de Ajustamento de Conduta – assinado em 3 de novembro passado.

Segundo o vice-prefeito e secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal Pacheco Soub, a partir de agora, as placas de outdoor serão instaladas em locais disciplinados através do Decreto nº 120, de 31 de outubro de 2017.

A ação é coordenada pela Superintendência Municipal de Meio Ambiente e pela Gerência de Uso do Solo, órgãos vinculados à Seplandes, em articulação com a Promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público, e foi construída a partir de diálogo com a Associação das Empresas de Outdoor do Sul da Bahia.O objetivo é disciplinar a utilização de outdoorsno Município de forma a promover um meio ambiente equilibrado e sadio à qualidade de vida.

A remoção das placas no centro da cidade ocorreu voluntariamente por parte dos empresários do setor, membros da Associação Sul Bahia de Outdoors, no prazo estabelecido pelo TAC. Inicialmente, foram retiradas as placas de outdoor instaladas na Avenida Itabuna, no trecho próximo ao Viaduto Catalão, e na rua de acesso à Ponte Lomanto Júnior.

Novas regras–A iniciativa do Poder Público resultou na redução da quantidade de placas de outdoor distribuídas pela cidade, que eram 200. Agora, o Decreto nº 120, de 31.10.17, estabelece o limite de 170 placas, sendo 100 delas na área periférica da cidade e 70 na área central, divididas em dois níveis: 50 para uso de empresas de publicidade cujo objeto seja a exploração comercial e 20 peças para licenciamento por empresas sem a exploração comercial dos mesmos e que representam a veiculação de anúncios locais.

Além da normatização do número de placas, na escala de uma para cada 10 mil habitantes, a exibição das mesmas está vinculada ao pagamento de licenciamento ambiental prévio, no valor de 75 reais para cada placa.

Território –  A exibição da maioria das placas de outdoor estará restrita às áreas periférica da cidade, à margem das rodovias de acesso ao centro da zona urbana, assim descritas:Rodovia BR 415, sentido Ilhéus/Itabuna, com início a partirdo portal da cidade, em frente à entrada do bairro Teotônio Vilela,etérmino no limite geográfico do Município;Rodovia BA 001, sentido Ilhéus/Una, com início na rotatóriaem frente ao Hotel Opaba e término no limite geográfico do Município; Rodovia BA 001, no trecho da Av. Antônio Lavigne de Lemos,sentido Ilhéus/Itacaré, com início na rotatória próxima ao OceanoAtlântico, após a ponte sobre o Rio Almada e término no limitegeográfico do Município; e Rodovia BA 262, sentido Ilhéus/Uruçuca, com início na 1ªrotatória do centro industrial de Ilhéus, em frente à empresa Daten, etérmino no limite geográfico do Município.

DETRAN: SELEÇÃO TEM VAGA PARA ILHÉUS

Do Blog do Gusmão

No dia 30 de janeiro, o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (DETRAN-BA) publicou no Diário Oficial o edital de processo seletivo simplificado com o objetivo de contratar temporariamente 49 profissionais da área de Direito e Psicologia.

Os selecionados vão atuar em uma das unidades do DETRAN Bahia em: Alagoinhas, Brumado, Camaçari, Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Salvador e Vitória da Conquista. A remuneração é de R$ 2.729,78 para 40 horas semanais de jornada de trabalho.

As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas no período entre 6 e 16 de fevereiro no site de Seleção do Governo da Bahia. O processo seletivo vai ter uma única etapa: avaliação curricular, de caráter eliminatório e classificatório.

Para mais informações, acesse o edital no Diário Oficial da Bahia: Edição do dia 30 de janeiro, Caderno Executivo; Secretaria da Administração.

ILHÉUS: MOTORISTA JOGA CARRO NO MAR AO TENTAR RETIRAR JETSKI

Do Políticos do Sul da Bahia

No último sábado um motorista foi pegar seu Jet Ski na baía do Pontal, em Ilhéus, mas ele engatou erradamente a ré e o carro acabou caindo na Baía.

Várias pessoas ajudaram para o carro ser retirado da água, mas não obtiveram êxito, foi necessário ser rebocado por outro veiculo. Segundo informações, ninguém ficou ferido no acidente.

ILHÉUS: PREFEITURA FALHA E REVOLTA ADEPTOS DO PROJETO SAÚDE, ESPORTE E LAZER

Do Agravo

O Projeto Saúde, Lazer, Esporte e Movimento realizado todos os domingos, na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus, caiu no gosto popular e vinha sendo motivo de elogios por parte dos esportistas e profissionais da área. Mas neste domingo, mais uma vez o governo se mostrou incapaz de dar continuidade ao que está dando certo.

Várias pessoas entraram em contato com o Blog Agravo para lamentar a falta de planejamento e principalmente responsabilidade da Secretaria de Turismo de Ilhéus. Segundo eles, ao chegar à avenida Soares Lopes, a prefeitura não tinha colocado a estrutura necessária para a realização do evento. Até uma ambulância da própria prefeitura estava no local e profissionais da saúde disseram que também não foram informados sobre o cancelamento do evento.

Hoje seria o dia da apresentação da academia Corpore, com os professores Ribeiro e Alex, e todos compareceram menos os prepostos da prefeitura de Ilhéus.

Entramos em contato com o diretor de Esporte, Danilo Rabat que informou que estava tudo organizado, mas houve na noite deste sábado uma ordem do secretário de Turismo, Hélio Ricardo para cancelar o evento. Segundo ele, os responsáveis pela academia foram avisados. Os motivos do cancelamento não foram esclarecidos.

Já o pessoal da academia disse que não recebeu nenhuma ligação ou informação, tanto que toda equipe compareceu ao local.

Opinião do Blog Agravo :

Lamentavelmente, uma secretaria que não consegue organizar um evento desse, vai organizar o turismo em Ilhéus?

Essa atitude da prefeitura de Ilhéus desacreditou o Projeto Saúde, Lazer, Esporte e Movimento no ano, já que as pessoas dificilmente irão acreditar no agendamento.

Abra o olho Mário Alexandre!

ADOLESCENTE SOFRE TENTATIVA DE ASSASSINATO EM ILHÉUS

Do FRN

Um menor de iniciais M.F.S, de 17 anos, sofreu tentativa de homicídio por volta das 22h20 desse sábado, nas imediações do módulo policial na Avenida Ubaitaba, área do Malhado, zona norte de Ilhéus.

De acordo com a polícia, um elemento aproximou da vítima e, em seguida, efetuou os disparos, atingindo a boca e o queixo. O atirador provavelmente empreendeu fuga em uma táxi, modelo Pálio.

O menor foi socorrido para o hospital Regional Costa do Cacau por dois homens em uma moto CG Titan 160.

A tentativa de homicídio, segundo a polícia, tem ligação com a briga entre facções.

ILHÉUS: FESTA DE IEMANJÁ REÚNE POPULARES, SIMPATIZANTES E ADEPTOS DO CANDOMBLÉ

Da Secom/Ilhéus

O ritual em homenagem a Iemanjá, em Ilhéus, reuniu populares, muitos simpatizantes e adeptos do candomblé, neste dia 2 de fevereiro. As comemorações aconteceram em dois pontos da cidade: nas praias do Malhado e Nova Brasília e foram prestigiadas pelo prefeito Mário Alexandre. “Esta comemoração, além de integrar o calendário turístico de Ilhéus, merece o nosso respeito e o nosso apoio pelo que representa na história e na cultura da Bahia”, destacou o prefeito.

No bairro Nova Brasília, Mãe Laura há 40 anos comanda a festa. No Malhado, a centenária Mãe Carmosina, lidera a festa todos os anos. ”Esta é uma tradição que não pode morrer”, destacou Mãe Laura, ao som dos atabaques, dos movimentos das rodas de capoeira e diante de uma fila gigantesca de pessoas que doavam oferendas à Rainha do Mar e, em troca, buscavam um banho de alfazema e a proteção do orixá mais popular festejado com festas públicas no Brasil.

A carioca Isabela Moraes reside há seis meses em Ilhéus. Pela primeira vez, neste dia 2 de fevereiro, pôde presenciar o ritual de homenagem a Iemanjá. “Fascinante esse encontro de alegria e de fé”, resumiu. “São cenas que, de fasto, só conseguimos ver e sentir vivendo na Bahia”, completou.

Iemanjá é o orixá do povo Egba, divindade da fertilidade originalmente associada aos rios e desembocaduras. É a protetora dos pescadores, categoria popular que participa dos festejos. No bairro do Malhado, a alvorada aconteceu as 5 horas da manhã. Às 14 horas aconteceu a saída da procissão do Terreiro Sutão das Matas com a imagem de Iemanjá, em direção à litorânea norte. Em seguida, a entrega de oferendas com procissão marítima realizada por pescadores da Colônia Z-34.

Já no bairro Nova Brasília os festejos aconteceram a partir das 9 da manhã, com saudação e cânticos em louvação aos orixás. O local também registrou a apresentação de samba de roda com o grupo Samba de Treita e, a tarde houve a saída do cortejo com os balaios para o alto mar.

ILHEENSES TEM BENEFÍCIOS DO BOLSA FAMÍLIA CANCELADOS

Do Tabuleiro

Divulgado nesta última quinta-feira (01) pelo site do Ministério de Desenvolvimento Social o informe nº 592, do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) que relata a realização de ações de controle no Bolsa Família com o objetivo de avaliar a efetiva aplicação dos recursos destinados ao programa.

As constatações identificadas foram divulgadas no Relatório de Avaliação da Execução de Programas de Governo nº 75 – Programa Bolsa Família, publicado no Portal da Transparência no dia 29 de dezembro de 2017.

O documento foi encaminhado ao Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para adoção das medidas recomendadas. Cada uma delas será acompanhada e monitorada pela CGU até sua implementação.

A primeira medida adotada pelo ministério foi o cancelamento, na folha de pagamento de janeiro de 2018, dos benefícios das 345.906 famílias – apontadas no relatório – que ainda não tinham sido cancelados por um dos processos de averiguação ou revisão cadastral do MDS.

Os benefícios cancelados aparecem no SIBEC como: Procedimento de fiscalização em averiguação, cujo campo “justificativa” indica “procedimento de fiscalização referente ao processo massivo de fiscalização CGU SA 20180268503”.

A próxima medida a ser adotada pelo MDS será a instauração de processos de cobrança de ressarcimento dos valores recebidos indevidamente pelas famílias, o que permitirá ao responsável familiar a devolução dos recursos na fase inicial do processo e possibilitará o arquivamento.

Relatório da CGU – Conforme consta no relatório citado, 345.906 famílias apresentam fortes indícios de terem declarado de forma incorreta as informações de renda no momento do cadastramento. Elas poderão receber sanções legais, como o cancelamento dos respectivos benefícios e a devolução dos valores indevidamente recebidos, além da impossibilidade de retornar ao Bolsa Família. Caso a família restitua os valores recebidos indevidamente, poderá voltar ao programa após 12 meses da data do pagamento.

Como a CGU também encaminha o relatório ao Ministério Público Federal, os casos identificados poderão ser objeto de inquérito da Polícia Federal para responsabilização criminal do responsável familiar, que tenha omitido ou subdeclarado renda no momento do cadastramento ou da atualização cadastral.

O trabalho da CGU identificou pelo menos um membro dessas famílias com renda formal superior a meio salário mínimo per capita nas seguintes bases de dados:

Para identificar quem prestou informações falsas, a CGU comparou apenas as rendas obtidas pelas famílias antes da última atualização cadastral, ou seja, não foram consideradas as rendas cuja data de início do vínculo de trabalho ou de benefício previdenciário fosse posterior à data das atualizações cadastrais.

Assim, segundo o órgão, todas essas famílias tiveram pelo menos um membro familiar com renda omitida ou subdeclarada no momento da atualização cadastral ou do seu cadastramento inicial.

O quadro abaixo apresenta o resumo do quantitativo de famílias, que não informaram renda existente no momento do cadastramento ou de atualização cadastral, em faixas de valores a partir de meio salário mínimo:

Ressarcimento de valores indevidos pagos – A base legal para que o MDS instaure os processos de cobrança de ressarcimento de valores recebidos indevidamente por famílias do programa que omitiram ou subdeclararam renda no ato do cadastramento ou da atualização de suas informações no Cadastro Único está no Art. 14-A da Lei nº 10.836, de 2004, que criou o Programa Bolsa Família.

Segundo a CGU, a metodologia utilizada na auditoria, que inclui nos resultados apenas declarações de rendas recebidas antes da atualização cadastral e, portanto, omitidas ou subdeclaradas, permitirá a instrução rápida dos processos de cobrança de ressarcimento.

A partir da aplicação dos resultados da ação de controle da CGU, essas famílias não poderão ter seus benefícios revertidos, além de ficarem impedidas de retornar ao Bolsa Família e terem de devolver aos cofres públicos os valores recebidos indevidamente.

Cobrança – Para este processo específico de cobrança de ressarcimento, não será requerida a atuação dos municípios, uma vez que os achados da CGU permitem a identificação de dolo no oferecimento de informações falsas pela família. O cancelamento realizado neste procedimento de fiscalização não pode ser revertido pela gestão municipal – nem mesmo mediante visita domiciliar.

Cadastro – As famílias identificadas pela CGU que permanecerem no Cadastro Único devem manter o seu cadastro corrigido e atualizado. Após a quitação do débito com a União, caso a família retorne ao perfil para recebimento de benefício, poderá ser habilitada para nova concessão.

Mais informações sobre os processos de fiscalização no Programa Bolsa Família podem ser obtidas nos Informe Gestores 345, de 6/12/12, e Informe Gestores 354, de 28/02/13.

SUL DA BAHIA RECEBE INDICAÇÃO GEOGRÁFICA PARA AMÊNDOA DE CACAU

Cacau

Nesta semana, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) concedeu o registro de in dicação de procedência de amêndoa de cacau como produto de origem da Região Sul da Bahia (uma área geográfica que envolve 83 municípios). “A Indicação Geográfica (IG) é uma proteção de uso exclusivo de quem produz um bem ou um serviço; no caso do Sul da Bahia, dos cacauicultores que produzem cacau historicamente naquela região, então esse cacau está protegido”, explica o pesquisador do Instituto Federal Baiano (IF Baiano) – Campus Uruçuca, professor Durval Libânio.

Esse resultado positivo, concedido à Associação dos Produtores de Cacau do Sul da Bahia e intermediado pelo Instituto Federal Baiano (IF Baiano), é fruto de um trabalho realizado por várias instituições (inclusive de pesquisa) relacionadas à cultura do cacau. “Somente agora os 83 municípios vão poder usar o conceito Sul da Bahia com toda sua História, sua riqueza, das histórias de Jorge Amado, do cacau-cabruca (forma de plantio de cacauais que utiliza as árvores da Mata Atlântica)… A IG não se cria, se reconhece, é um produto que tem fama e origem”, destaca Libânio.

“Com a Indicação Geográfica, você tem todo um processo de padronização, de garantia de qualidade, para o consumidor. Somos a segunda IG da Bahia (a primeira foi a cachaça de Abaíra), a maior em área territorial (83 municípios). Um fato histórico e, para o IF Baiano, de extrema importância porque nossos Institutos Federais têm essa perspectiva de trabalhar Pesquisa com a ciência aplicada em dados concretos para a sociedade”, finaliza o professor.

JOVEM DE 17 ANOS É MORTO A TIROS EM ILHÉUS

Jovem de 17 anos.

Um jovem identificado como Eliel, 17 anos, foi assassinado com vários tiros, por volta das 19h40 dessa quinta-feira, 01, na Rua Novo Horizonte, bairro Nossa Senhora da Vitória, zona sul de Ilhéus.

De acordo com testemunhas, dois homens apareceram andando, e um deles ao se aproximar do rapaz, efetuou os disparos, Eliel correu, mas morreu perto de sua residência. Segundo a polícia, Eliel contava com passagens na delegacia por tráfico, roubo e assaltos.

ILHEENSE PODE REGULARIZAR TÍTULO DE ELEITOR A PARTIR DE MARÇO

Do G1

Biometria

Os eleitores que não conseguiram fazer o recadastramento biométrico, em Salvador e outros 50 municípios, poderão regularizar a situação eleitoral a partir de março deste ano, segundo informações do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

A data exata para início do atendimento aos eleitores ainda não foi definida. O prazo para fazer a biometria foi concluído na quarta-feira (31), em 51 municípios baianos.

Entretanto, quem não fez o recadastramento deve aguardar a publicação dos procedimentos para regularização do título. Os nomes de quem teve o título de eleitor cancelado serão divulgados no diário oficial da Justiça Eleitoral, segundo informou Socorro Gouveia, chefe de cartório da 2º zona eleitoral do TRE-BA. A partir de então, os eleitores devem ir aos cartórios para fazer a quitação eleitoral.

“O título não é cancelado automaticamente. A partir de hoje [quinta-feira, 1º] a gente começa o nosso trâmite legal e logístico para que a gente possa processar o cancelamento dessas pessoas que não compareceram até ontem [quarta-feira]. Esse prazo que a gente precisa, provavelmente, é em torno de um mês. A gente acredita que no início de março a gente reabra o prazo para que as pessoas que não compareceram regularizem o título [de eleitor]”, explicou.

Para quem apenas deixou de fazer o cadastro biométrico, não será cobrada nenhuma taxa no momento da regularização. Entretanto, se além da falta do recadastramento, o eleitor tiver algum débito com a Justiça Eleitoral, como falta de voto ou justificativa, ele terá de pagar uma multa de R$ 3,50.

“Quem teve o título cancelado não pagará nenhuma multa para essa regularização. O eleitor que paga multa é o que deixa de votar em alguma eleição ou também não justificou [o voto]”, detalhou Socorro.

De acordo com o TRE-BA, cerca de 3,6 milhões de eleitores foram biometrizados nas cidades da Bahia onde o registro é obrigatório, que corresponde a 77%.

Com a conclusão do recadastramento na quarta-feira, os cartórios e postos da justiça eleitoral nos municípios não realizarão atendimentos nesta quinta-feira (1º), nem na sexta-feira (2).

A partir de segunda-feira (5), até o próximo dia 28 de fevereiro, cartórios eleitorais das 51 cidades que encerraram a revisão biométrica vão retomar o funcionamento parcial, apenas emitindo certidões de quitação eleitoral. A determinação é de uma portaria do TRE-BA, publicada no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) do último dia 23 de janeiro.

O funcionamento dos cartórios da capital baiana deverá ser totalmente normalizado a partir de 1º de março, para alistamento eleitoral, emissão de primeiro título, transferência de domicílio eleitoral, atualização dos dados e demais ações.

O dia 9 de maio é quando vai ocorrer o fechamento do cadastro eleitoral. As pessoas que têm pendências com Justiça Eleitoral têm até lá para fazer a regularização.

A NOVA MODA EM ILHÉUS É SINALIZAR CRATERAS NO MEIO DA RUA

O buraco no São Francisco. Foto: Nilson Pessoa.

O leitor Nilson Pessoa, por email, fez uma observação aos editores do ILHÉUS EM RESUMO. “Me parece que foi ao acaso, mas acabou dando certo”. E explica: “Falo das “sinalizações” que os moradores de Ilhéus estão fazendo em buracos, crateras e afundamentos de trechos de ruas onde o poder público custa a realizar os devidos reparos”.

As sinalizações já foram feitas e denunciadas no Morada do Bosque (lembre aqui), o manequim de loja no Parque Infantil e o fogão velho na subida do Alto do Coqueiro.

Dessa vez, moradores colocaram uma cadeira num afundamento na Rua A, entrada do caminho 10 da Urbis, bem na divisa com o Santo Antônio de Pádua. “Intencional ou não, fica parecendo que lançaram a seguinte pergunta: “Vamos ter que esperar sentados pela solução?”, finaliza Nilson Pessoa.

A pergunta foi feita.

RUI DESTACA OBRAS EM ILHÉUS DURANTE ABERTURA DOS TRABALHOS DA AL-BA

Da Secom/Bahia

Rui

Ao fazer um balanço das ações desenvolvidas pelo Governo em todo o estado, durante sessão solene de abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), nesta quinta-feira (1º), o governador Rui Costa citou iniciativas em diferentes segmentos. Na área da saúde, Rui destacou as novas unidades hospitalares e as policlínicas; na educação, ressaltou o Programa Primeiro Emprego, o Mais Futuro e o Partiu Estágio; na infraestrutura e mobilidade, citou os mais de cinco mil quilômetros de estradas pelo território estadual e o metrô na capital, e na segurança, reforçou a importância da contratação de milhares de policiais.

“Passamos a ser um estado respeitado, nesses quatro anos, apesar dos grandes desafios e do cenário econômico nacional. Graças a Deus, hoje a Bahia é referência nacional, no que se refere à gestão financeira, orçamentária e da administração”, afirmou Rui.

Ações na Educação

Na área da educação, o governador elencou diversas ações que estão fortalecendo o eixo pedagógico das escolas e incentivando os estudantes a desenvolverem seus projetos de vida a partir da Educação. “Estou cada dia mais convicto que, juntos, nós podemos avançar na construção de uma Educação transformadora em que a nossa juventude se sinta envolvida e motivada pelas oportunidades que estamos oferecendo a ela. Mais uma vez, convoquei a minha equipe, chamei os prefeitos e os vários segmentos da sociedade, expliquei a proposta e a maioria quase que absoluta abraçou imediatamente o Programa Educar para Transformar. Desde então, o trabalho não para”, destacou Rui.

Além das novas contratações, como o concurso que será realizando ainda esse mês para professores e coordenadores pedagógicos, Rui Costa citou as intervenções que a Secretaria da Educação vem fazendo na estrutura física das escolas, destacando a revitalização do ICEIA, que vai receber, em junho, o encontro internacional Virtual Educa 2018. “Estamos investindo R$ 210 milhões nas escolas, com obras de melhoria em mais de 550 unidades, construindo quadras cobertas, refeitórios, auditórios, laboratórios e bibliotecas, de modo que a gente construa as bases para sermos uma referência em Educação, mas também na arte, no esporte, na ciência e na cultura”.

O evento contou com a presença de secretários de Estado e diversas autoridades. Confira o discurso do governador na íntegra. 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia