WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna



novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

academia vip

ILHÉUS: MORADORES DENUNCIAM RACHADURAS EM PRÉDIO

Do G1 Bahia

Moradores colocaram esparadrapo em rachadura para medir avanço de fenda na parede — Foto: Reprodução/TV Santa Cruz

Moradores de um prédio em um condomínio residencial de Ilhéus, na região sul da Bahia, que está tomado por rachaduras, estão com medo da estrutura desabar e, por conta disso, dizem dormir com as portas de casa entreabertas, para facilitar a fuga em caso de qualquer intercorrência.

Os moradores ainda utilizam esparadrapo para medir o avanço das fendas nas paredes, como forma de acompanhar a evolução do problema, e acionaram a Justiça, há três anos, por conta da situação, mas nada ainda foi resolvido.

O prédio fica bloco 1 no condomínio São Jorge, localizado na zona sul da cidade. Os moradores dizem que a preocupação aumentou ainda mais depois que ficaram sabendo da tragédia ocorrida em Fortaleza, onde um prédio residencial de sete andares desabou — até a tarde desta quinta, cinco mortes tinham sido confirmadas.

O condomínio de Ilhéus tem 13 blocos e foi erguido há cerca de 10 anos, como parte de um programa de arrendamento residencial financiado pela Caixa Econômica Federal.

Os moradores do prédio com rachaduras, que tem 16 apartamentos, dizem que os problemas começaram a aparecer há cinco anos. As rachaduras podem ser vistas já do lado de fora do prédio. Dentro de muitos apartamentos, algumas rachaduras tomam toda a parede, do chão até o teto.

Há três meses, os moradores colocaram um esparadrapo em uma das rachaduras para medir se a fenda iria avançar. Perceberam que o problema só aumenta, já que o esparadrapo hoje está quase rompendo, já que a distância entre uma extremidade e outra da parede aumentou. Em outra rachadura, é possível até ver o feixe de luz no outro lado da parede.

Proprietário de um dos apartamentos, o administrador Emerson Araújo diz que está pensando em se mudar e viver de aluguel por causa do medo.

“Quando começa a chover eu já levanto assustado, pensando que é alguma coisa. Deixo a porta só no trinco, porque, se for o caso de a gente sair de uma forma rápida, eu já estou com a porta semiaberta para poder sair o mais rápido possível. Estou pensando em me mudar porque não aguento mais viver com medo”, destaca.

Outra moradora do prédio, a professora Margareth Souza diz que até no chão do apartamento tem rachadura. Ela conta que está com medo de acontecer o mesmo que houve no Ceará.

“Minha mãe me ligou e pediu para eu ver a reportagem, que dizia que quando aparecesse rachaduras assim que o certo seria que os moradores saíssem. Eu disse a ela que é preciso ter calma e estou esperando a situação ser resolvida. Mas dá medo porque quando a gente vai pro lado de fora, a gente vê que a rachadura está bem maior e tem aumentado. A gente já acionou a Justiça, a gente paga o condomínio, paga a Caixa. Então, precisamos de uma reposta mais rápido”, destaca.

Quando a administração do condomínio levou o caso à Justiça, teve ganho de causa e foi determinado que a Caixa e a construtora Módulo tomassem providências, mas os moradores dizem que ainda aguardam solução.

A construtora Módulo disse que, assim como a Caixa, já apresentou defesa sobre o processo do condomínio e que aguardam decisão da Justiça. Disse ainda que um perito da Caixa esteve no local e, no laudo, consta que a responsabilidade pelas rachaduras é dos moradores, porque eles teriam quebrado uma parede que não poderia ser quebrada para a instalação de um ar-condicionado.

A construtora ainda afirmou que um perito da Justiça foi nomeado para realizar uma nova perícia no local, mas ainda não há data marcada para isso.

A reportagem da TV Santa Cruz também procurou a Caixa para se posicionar sobre o caso e aguarda posicionamento.

GOVERNO VAI ANTECIPAR AJUDA A PESCADORES AFETADOS POR MANCHA DE ÓLEO

Do Tabuleiro

Pescador.

A ministra da Agricultura Tereza Critina anunciou que o governo vai antecipar em um mês o pagamento do seguro-defeso para as comunidades de pescadores no Nordeste que tenham sido afetadas pelas manchas de óleo na região.

O comunicado foi feito, nesta quarta-feira (16), após participar, ao lado do secretário da Pesca, Jorge Seif Jr., de uma reunião com senadores do Nordeste.

O auxílio, no valor de um salário-mínimo, é transferido a pescadores no período de paralisação temporária da atividade para a reprodução e preservação das espécies.

“Ele [seguro-defeso] começaria em novembro. Nas aldeias e estados onde está tendo problema, vamos poder antecipar para que os pescadores possam parar de pescar esse peixe, que não está apropriado para o consumo, e também não deixem de ter renda para a sua sobrevivência”, disse a ministra.

Ela acrescentou: “Não é um liberou geral. Onde tem problema o governo vai entrar fazendo essa antecipação”. A expectativa do governo é conseguir pagar essa antecipação ainda no final de outubro.

SALA DO EMPREENDEDOR PROMOVE PALESTRAS GRATUITAS EM ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Palestra.

A Superintendência de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio, em parceria com o Sebrae, promove na próxima terça-feira (22) palestra de capacitação voltada aos microempresários, microempreendedores e empresários de Ilhéus. A inscrição é gratuita, realizada pelo site do Sebrae. As vagas são limitadas. O evento começa às 19h, no Palácio Paranaguá, centro da cidade.

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SDS) participa do evento levando o público assistido pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), dos Centros de Assistência Social (CRAS), visto que essas pessoas já participam de cursos oferecidos pela entidade.

Será ministrada a palestra Como Atender para Vender Mais, com carga horária de duas horas. A capacitação visa auxiliar na definição de metas e ações para o negócio, além de auxiliar na compreensão das necessidades do cliente e nas estratégias de venda, analisando o comportamento do consumidor.

A segunda palestra “Planejamento Financeiro do Seu Negócio” está prevista para 12 de novembro. Inscreva-se! 

http://lojavirtual.ba.sebrae.com.br/loja/evento/26115750

Palestra Presencial Como Atender para Vender Mais

Local: Palácio Paranaguá – Praça José Joaquim Seabra, s/n, Centro.

Data: Terça-feira (22)

Horário: Das 19h às 22h

GRAVE ACIDENTE TRAVA ESTRADA ILHÉUS-ITABUNA

Do Ilhéus 24h

Acidente.

Por volta das 16:30 desta quarta-feira (16) um grave acidente foi registrado na rodovia Ilhéus/Itabuna, em trecho próximo à UESC. Informações apontam que três carros foram envolvidos na colisão, mas as primeiras informações são de que não houveram vítimas fatais no ocorrido.

O SAMU e os Bombeiros foram acionados para realizar os primeiros socorros e conduzir os feridos para o Hospital Costa do Cacau. Ainda não possuímos informações detalhadas sobre o estado de saúde de todos os envolvidos. A polícia rodoviária também foi acionada e já trabalha nas investigações do acidente, além de reorganizar o trânsito que ficou parado nos dois sentidos da pista.

ILHÉUS: IDENTIFICADO CORPO DA 3ª MULHER MORTA NO MALHADO

Com informações do Blog Agravo

Imagens do Agravo.

O Departamento de Polícia Técnica, por meio do trabalho de uma Perita Técnica (Papiloscopista), identificou a mulher encontrada morta na manhã do último sábado, 12, na praia do Malhado, zona norte de Ilhéus.

Segundo informações policiais, a vítima foi identificada como Débora Bispo Correia, 38 anos, natural de Ubaitaba.

A vítima apresentava sinais de violência no rosto e estava sem a parte de baixo do biquíni. Sinais iguais à segunda vítima ,Jamile dos Reis Gomes, encontrada no dia 28/09, em um córrego, também na praia do Malhado.

Vale lembrar que em março, outra mulher foi encontrada morta na praia do Malhado, mas o principal suspeito foi preso pela Polícia Civil.

O Núcleo de Homicídio da Polícia Civil investiga os dois casos.

ABERTAS INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR 2020.1 DA FACULDADE DE ILHÉUS

Estão abertas até o dia 20 de novembro, as inscrições para o Vestibular 2020.1 da Faculdade de Ilhéus, a mais tradicional instituição de ensino superior do município, que completa 17 anos de atividades neste mês de outubro. O processo seletivo oferece vagas nos cursos de graduação em Engenharia Civil, Odontologia, Psicologia, Administração, Ciências Contábeis, Direito, Enfermagem e Nutrição.

As inscrições podem ser feitas no site www.faculdadedeilheus.com.br, ou presencialmente na secretaria da Faculdade, localizada na rodovia Ilhéus-Olivença, Km 1,5, bairro São Francisco, zona sul da cidade, no horário das 8 às 21 horas. O valor da taxa de inscrição permanece 50 reais.

As provas do Vestibular 2020.1 serão realizadas no próximo dia 24 de novembro, na sede da Faculdade, com início às 8 horas. Após o processo seletivo, a instituição tem o direito de utilizar os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), para efeito de preenchimento das vagas remanescentes.

A campanha do Vestibular 2020.1 conta com o testemunho de alunos e ex-alunos da Faculdade de Ilhéus, que indicam a instituição para quem deseja fazer um curso de graduação presencial com qualidade. Desde que foi inaugurada, a Faculdade já graduou mais de dois mil e quatrocentos profissionais para o mercado de trabalho, considerando todos os cursos oferecidos na instituição.

Além de oferecer sede própria, com infraestrutura moderna, a Faculdade disponibiliza os mais modernos laboratórios para o aperfeiçoamento do binômio ensino-aprendizagem, e estimula a permanente realização de projetos de extensão que possibilitam a prestação de serviços à comunidade.

Financiamento – A Faculdade facilita o acesso dos estudantes ao ensino superior através de um sistema próprio de financiamento, o Cred-IES-Cesupi, que oferece crédito até 70 por cento do valor da mensalidade, do início ao fim do curso. A quitação do financiamento será negociada diretamente pelo estudante após a conclusão do curso.

A instituição também aceita o financiar a graduação até 100 por cento através do FIES (Fundo de Financiamento Estudantil), programa do Governo Federal. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (73)2101-1700.

MANCHA DE ÓLEO: REUNIÃO TRATA SOBRE AÇÕES PREVENTIVAS NAS PRAIAS DE ILHÉUS

Da Secom\Ilhéus

Reunião.

As manchas de óleo que atingiram o litoral baiano em setembro último emitiram sinais de alerta em diversas localidades da costa brasileira. Diante desse fato, muitas notícias infundadas circulam e acabam gerando uma sensação de desespero e insegurança por parte da população. O litoral de Ilhéus não apresenta sinais de resíduos, contudo a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Urbanismo (Semde) está atenta e vigilante quanto a possíveis eventualidades.

Jerbson Moraes, titular da Semde, se reuniu na tarde de terça-feira (15) com autoridades e representantes de instituições e órgãos para discutir e articular ações preventivas, visando a proteção da costa ilheense. Na ocasião foi apresentada a Nota de Orientação do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídrica (Inema) destinada às prefeituras municipais, a fim de deliberar ações para atuação do município frente ao problema.

“A discussão pautou-se na iminência da mancha de óleo chegar a Ilhéus. Compete à Prefeitura e aos órgãos públicos monitorar as praias circunvizinhas, seguindo a nota de orientação do Inema. Se de fato houver a possibilidade real das manchas chegarem ao nosso litoral, o Município irá providenciar uma área devidamente isolada para armazenar o resíduo coletado nas praias. Em razão disso foi criado um plano de ação preventiva”, destacou Moraes.

Na conclusão do promotor de Justiça, Paulo Eduardo Sampaio, “a reunião teve por objetivo traçar um plano de combate no caso de a mancha avançar até nosso litoral. Foi proposta a criação da rede de vigilantes que envolve pescadores, surfistas, salva-vidas e profissionais que trabalham no mar. Essa rede tem salutar importância no fortalecimento da vigilância e refutar as fake news sobre o acontecimento, de forma que possamos ter um controle efetivo e eficiente”, destacou.

Giovane Andrade, comandante da Capitania dos Portos em Ilhéus, informou que a Marinha orienta as embarcações, contudo a força-tarefa montada é uma atuação conjunta. “Possuímos um grupo de apoio, no qual, todos os setores são envolvidos. Há um canal para informar tempestivamente a todos os órgãos sobre o monitoramento de incidência do óleo no litoral de Ilhéus. Caso aconteça, começará por Barra Grande”.

Praia Limpa – Na oportunidade, Jerbson Moraes também salientou as ações realizadas pela Prefeitura na limpeza e monitoramento das praias. “Junto à Marinha tratamos do projeto Praia Legal. O prefeito celebrou o protocolo de intenções e irá enviar um projeto de lei municipal para regulamentar a Praia do Cristo. Além do Projeto Orla, agora o Praia Legal, no qual, será possível sinalizar o mar costeiro”.

O titular acrescentou ainda que o processo passará pelas fases licitatórias para contratação de técnicos e da empresa que fará as balizas no mar. “Anterior a isso, estamos realizando a limpeza das praias. Essa ação conta com a participação de diversos órgãos”. De acordo com Moraes, a partir do dia 10 de novembro a ação de limpeza será intensificada.

Na última segunda-feira (14), o governador da Bahia em exercício, João Leão, assinou o Decreto Estadual de Emergência para liberação de recursos para seis municípios do estado que foram atingidos por manchas de óleo no litoral. Também foi criado um Comando Unificado de Incidentes para deliberar ações das manchas de óleo que atingiram o litoral baiano. Serão realizados sobrevoos para identificar o deslocamento das manchas de óleo.

Participaram da reunião Vinícius Alcântara, presidente do Grupo de Amigos da Praia (GAP), Jorge Menezes (Lango), secretário do Clube Satélite de Remo; Ednei Factum, comandante do 5º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) de Ilhéus; Ana Isabel, major do 5º GBM; Vinícius Briglia, diretor de Gestão Ambiental e Sirlanda Barbosa, chefe administrativo da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Secsurb).

SESAU DE ILHÉUS REALIZA 1° ENCONTRO OUTUBRO ROSA NESTA SEXTA

Da Secom/Ilhéus

Evento.

Com o intuito de conscientizar e informar sobre o câncer de mama, a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) irá realizar nesta sexta-feira (18), o 1º Encontro do Outubro Rosa, no 5º Grupamento de Bombeiros Militar (5º GBM) de Ilhéus, às 14h30min, Barra de Itaípe, zona norte.

Serão abordadas as temáticas: “Outubro Rosa e o câncer de mama”, ministrada pelo doutor Luís Fernando Carvalho, membro titular da Sociedade Brasileira de Mastologia e “Se toque, se cuide, se ame!”, apresentada por Viviane Cruz, enfermeira obstetra.

O autoexame também ajuda a prevenir e diagnosticar precocemente a doença. A faixa etária para realização do exame de mamografia é de 50 a 69 anos, preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde para rastreamento preventivo do câncer de mama.

PEDRAS DA NOVA PONTE COMEÇAM A SER RETIRADAS

Do Tabuleiro

Pedras já estão sendo retiradas.

A empresa OAS, responsável pela construção da nova ponte de Ilhéus, já começou a remoção das pedras que serão utilizadas para fazer a contenção das marés na Enseada Sapetinga (Pontal) e no bairro São Domingos. No mês de agosto, o prefeito de Ilhéus havia assinado uma licença ambiental para a reutilização das pedras usadas na obra da primeira ponte estaiada da Bahia, que irá ligar o centro urbano à zona sul da cidade.

Essas pedras serviram como caminho de serviço desde o início da obra do novo equipamento de mobilidade urbana. Além da Sapetinga e do São Domingos, um trecho do São Miguel também deverá ser contemplado, mas ainda não tem licença ambiental para colocar as pedras. “Essas pedras estão como condicionantes da obra. O São Miguel foi contemplado, porém, requer um estudo mais específico. Estamos com os orçamentos para os estudos de requalificação”, explica Joelia Sampaio, superintende de Meio Ambiente.

ILHÉUS: CRATERA PREOCUPA E MORADOR COBRA PREFEITURA

Do Pimenta

Buraco.

Moradores da Rua Maria Luíza, no Iguape, zona norte de Ilhéus, cobram que a Prefeitura tape um buraco aberto há mais de quatro meses e que põe em risco moradores e clientes de estabelecimentos comerciais da localidade.

O buraco, próximo ao Colégio Estadual do Iguape, se tornou cratera e já toma quase metade da rua. A sinalização da cratera foi improvisada pelos próprios moradores, com pedaços de madeira e sacolas plásticas.

“Estamos muito preocupados, pois se ele continuar avançando vai acabar comprometendo a estrutura das casas”, afirma o morador Gilcimar Francisco em contato com a redação do PIMENTA. “Não aguentamos mais o descaso em que o Iguape o nossa zona norte estão”, afirma Gilcimar.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia