WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa policlinica itabuna secom bahia



maio 2020
D S T Q Q S S
« abr    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

academia vip

ILHÉUS JÁ TEM 45 CASOS CONFIRMADOS DA COVID-19

Do Pimenta

Ilhéus.

Dados das secretarias municipais e a Estadual de Saúde (Sesab), divulgados no início da noite desta segunda-feira (13), confirmam novos casos de Covid-19 em municípios do sul da Bahia. Em Itabuna, subiu de 22 para 27 o número de casos confirmados. Em Ilhéus, saltou de 40 para 45 a quantidade de pessoas infectadas pela doença. É a cidade que mais preocupa as autoridades, além da vizinha Uruçuca.

Uruçuca e Ipiaú, que não tiveram ocorrências da doença nas últimas horas, empatam em número de casos, 12 cada uma. Porém, Uruçuca registra um óbito, ocorrido na semana passada. O sul da Bahia já registra mais de 100  pessoas infectadas pelo vírus.

No estado, já são 723 casos confirmados do novo coronavírus, o que representa 7,36% do total de casos notificados. Até o momento, 4.914 casos foram descartados (deram negativo) e houve 22 óbitos, sendo 11 no município de Salvador e 11 nos municípios de Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1), Ilhéus (1) e Vitória da Conquista (1).​

Os casos confirmados estão distribuídos entre 74 municípios do estado, com maior proporção para Salvador (53,67% das pessoas infectadas). Quanto ao sexo dos casos confirmados, 400 (55,32%) são feminino.

A mediana de idade é 42,04 anos, variando de 4 dias a 96 anos. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 28,63% do total. Porém, o coeficiente de incidência por 100 mil habitantes foi maior na faixa de 50 a 59 anos (91,56/1.000.000 habitantes), indicando o maior risco de adoecer entre essa faixa etária.​ Atualizado às 19h36min.

DEZOITO PESSOAS ESTÃO CURADAS DA COVID-19 EM ILHÉUS

Do Tabuleiro

Os dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) nesta segunda-feira (13) apontam mais sete curas clínicas da Covid-19, totalizando 18 altas da quarentena na cidade. Conforme Fernanda Pinto, médica responsável pelo acompanhamento dos casos de coronavírus em Ilhéus, os pacientes são considerados recuperados quando não apresentam mais sintomas da doença. Essas pessoas atenderam às recomendações definidas pelo Ministério da Saúde, após passarem 14 dias em isolamento domiciliar. Dos 40 casos confirmados de Covid-19 em Ilhéus, 18 pessoas estão recuperadas da doença, 21 cumprem as medidas de isolamento e uma pessoa veio a óbito.

OITO PROFISSIONAIS DO HOSPITAL COSTA DO CACAU FORAM CONTAMINADOS PELA COVID-19

Do Tabuleiro

Hospital

Para falar sobre os casos de profissionais de saúde infectados com o novo coronavírus em Ilhéus, o diretor assistencial do Hospital Regional Costa do Cacau, Almir Gonçalves, participou na manhã desta segunda-feira (13) do programa O Tabuleiro- Ilhéus FM 105.9. “ Até o momento, 08 colegas testaram positivo para o Covid-19”, informou o médico acrescentando que alguns desses profissionais atuam em outras unidades de saúde. O HRCC possui 1000 colaboradores.

Ele disse também que os casos confirmados foram de 1 auxiliar da cozinha, 04 técnicos de enfermagem e 03 enfermeiros.

Segundo Almir, não há como identificar o estágio de contágio desses casos. Seguindo todo o protocolo para evitar novas transmissões, 22 colaboradores foram afastados com suspeita, 09 retornaram as atividades, três realizaram o exame e dois ainda irão fazer o teste.

O Hospital Regional Costa do Cacau vai disponibilizar leitos para pacientes com COVID-19 na região que precisem de internação. Almir explicou que será feita uma separação de fluxo e de ambientes na unidade para que não aconteça nenhum tipo de contato. ” É como se fossem dois Hospitais”, explicou.   O comunicador Vila Nova questionou sobre o tratamento com o medicamento com hidroxicloquina.

Clique aqui ver a entrevista completa.

COM MEDIDAS DE ISOLAMENTO, TRANSMISSÃO DA COVID-19 CAI 27% NA BAHIA

Do Metro1

Projeções x Realidade.

Boletim da “Rede CoVida – Ciência, Informação e Solidariedade” divulgado hoje (13) aponta que a Bahia, mesmo com aumento no número de casos, teve redução de 27% da taxa de transmissão do coronavírus, devido a medidas de restrição de circulação adotadas. Confira aqui a íntegra.

A rede é um projeto de colaboração científica e multidisciplinar com objetivo de monitorar a pandemia. É uma iniciativa conjunta do Cidacs/Fiocruz e da UFBA, com apoio de colaboradores de outras instituições de pesquisa nacionais e internacionais.

A análise dos dados sugere “fortemente, que as medidas de distanciamento social e redução do fluxo de transportes intermunicipais vêm achatando a curva da epidemia” no estado.

O boletim cita que a Bahia começou a notificar casos confirmados de Covid-19 em 6 de março. Entre 17 e 28 de março, várias ações gradativas foram tomadas no estado, como o fechamento de unidades de ensino.

O estudo sugere que, desde dia 26 de março, a Bahia passou a registrar redução na taxa de transmissão do Covid-19, o que pode ser observado no gráfico divulgado, pelo deslocamento das curvas que representam o avanço da

pandemia na ausência de intervenção (em vermelho) e com a adoção das medidas de intervenção (em azul).

“É válido ressaltar que, embora haja crescimento no número de casos em ambos os  cenários, a intensidade deste aumento é menor quando medidas de isolamento e restrição à circulação são adotadas. Para ilustrar este efeito, até o dia 6 de abril, foram confirmados 437 casos de Covid-19 no estado da Bahia. No entanto, no modelo sem nenhuma intervenção, seriam projetados mais de 800 casos até aquele dia”, diz o boletim.

Também conforme o boletim, a suspensão do fluxo de transporte intermunicipal em apenas 10% dos municípios baianos foi suficiente para gerar um atraso entre os picos de infecção de Salvador e demais municípios.

O estudo aponta também que os resultados reforçam a importância da manutenção das medidas de isolamento social na Bahia, já que os efeitos das intervenções só funcionarão se estas estratégias foram mantidas por certo período de tempo e se a taxa de transmissão for reduzida de forma suficiente.

ILHÉUS: SECRETÁRIO DE SAÚDE REVELA QUE HÁ CONTAMINADO CIRCULANDO PELA CIDADE

Do JBO

Secretário Magela.

Em entrevista exclusiva concedida ao Jornal Bahia Online, no início da manhã desta segunda-feira (13), o secretário municipal da Saúde, Geraldo Magela, disse que um dos maiores problemas enfrentados pela Prefeitura para conter o Covid-19 em Ilhéus é a falta de colaboração de muitos dos positivados que estão sendo monitorados em casa. “Vários insistem em sair”, denuncia. Ele diz que o mesmo comportamento ocorre quando vão às casas de suspeitos para coletar (fazer exames). “Muitos estão na rua”, lamenta. O secretário afirma que já acionou o Ministério Público para conter a irrresponsabilidade.

Clique aqui para ler toda a matéria.

COMÉRCIO DE ILHÉUS CONTINUA FECHADO

Da Secom/Ilhéus

Região do comércio de Ilhéus.

As atividades de todo e qualquer estabelecimento comercial e de instituições financeiras, com exceção daqueles considerados essenciais, continuam suspensas na cidade de Ilhéus nesta segunda (13). O último decreto municipal prorrogou e regula até terça-feira (14) o funcionamento do comércio de qualquer natureza, quando nova medida deve ser  adotada pelo Gabinete de Crise da Prefeitura de Ilhéus.

Estruturado para a adoção de medidas de saúde pública,  emergenciais e de prevenção, o Gabinete de Crise, diante da pandemia do novo coronavírus no município de Ilhéus, estará com o comitê reunido nesta segunda-feira (13) para a tomada de decisões a respeito das novas medidas que serão adotadas.

De acordo com o último levantamento informado pela secretaria municipal de saúde, a situação em Ilhéus é preocupante. A cidade conta com 11 novos casos confirmados de Covid-19, o que soma um total de  40 pessoas contaminadas na cidade, que possui cenário de  transmissão comunitária.

O secretario estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, realizou um alerta nas redes sociais sobre o surto previsto para Ilhéus nesta semana e chamou a atenção dos ilheenses.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, reiterou o alerta de Villas Boas solicitando que as pessoas mantenham o distanciamento social.

SECRETÁRIO DE SAÚDE DA BAHIA ALERTA PARA ALTA DE CASOS DA COVID-19 NO SUL DA BAHIA

Do Bocão News

Vilas-Boas.

O secretário de Saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas, voltou a apelar para que moradores da região sul do estado mantenham o rigor nas medidas de proteção e isolamento social para frear o contágio do novo coronavírus.

Em uma nova mensagem de vídeo, o secretário diz que “toda a região sul está enfrentando um grave surto de coronavírus” e que na cidade de Ilhéus o número de casos subiu “assustadoramente”.

“Colabore, fique em casa! E caso saia, use máscara. Faço um apelo que os estabelecimentos comerciais distribuam máscaras para os funcionários e consumidores”, reitera Vilas-Boas

 

EM 24H, ILHÉUS REGISTRA 11 NOVOS CASOS DE COVID-19

Do Jornal Bahia Online

O total de casos confirmados de Covid-19 chegou a 40 neste domingo (12), segundo informações da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau). No boletim anterior eram 29 casos, mas nas últimas horas foram confirmados mais 11 diagnósticos positivos da doença em Ilhéus.

O secretário Fábio Vilas-Boas alertou sobre o aumento de casos na região. Dependemos da colaboração de todos. Evitem aglomerados, só saiam em casos essenciais e indispensáveis, sempre utilizando máscara. Estamos enfrentando um adversário desconhecido, mas entendemos que a medida de isolamento social é eficaz nesse combate. Peço que fiquem em casa. É responsável e prudente”.

Conforme o boletim, até às 18 horas deste domingo, o município de Ilhéus contabilizou 163 casos descartados, oito sob investigação (aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública – Lacen), 198 casos suspeitos de síndrome gripal, monitorados pela Central Covid-19 e 23 atendimentos, entre informações, dúvidas e demais solicitações.

A Bahia registra 674 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19) e a boa notícia é que 148 pessoas já estão recuperadas, representando mais de 21% dos casos.Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas deste domingo (12).

Até o momento, 4.916 casos foram descartados e 66 pessoas encontram-se internadas, sendo 28 em UTI.Também foram registrados 21 óbitos, sendo 11 do município de Salvador e dez nos municípios de Lauro de Freitas (2), Gongogi (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Itagibá (1), Uruçuca (1) e Ilhéus (1). Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

ILHÉUS RECEBE 760 TESTES RÁPIDOS DA COVID-19

Da Secom/Ilhéus

A Prefeitura de Ilhéus recebeu neste sábado (11), 760 testes rápidos para auxílio ao diagnóstico da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Conforme informações da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (SESAB), em atendimento à determinação do Ministério da Saúde, os testes rápidos distribuídos aos municípios baianos afetados pelo vírus devem ser reservados a trabalhadores das áreas da Saúde e Segurança Pública, além de pessoas que residam no mesmo imóvel que esses profissionais e tenham quadro gripal.

Segundo a nota técnica nº 11/2020 do Ministério da Saúde, o resultado do teste sai em 15 minutos. O exame deve ser realizado considerando duas condições: em profissionais de saúde e segurança pública, que devem ter o mínimo de sete dias completos desde o início dos sintomas de Síndrome Gripal e mínimo de 72 horas assintomático; e para as pessoas com diagnóstico de Síndrome Gripal que moram na mesma casa de um profissional de saúde ou segurança em atividade. Elas devem ter o mínimo de sete dias completos desde o início dos sintomas do quadro gripal.

“Inicialmente os testes serão destinados às equipes que atuam na linha de frente do combate à Covid-19. A finalidade é certificar se esses profissionais estão recuperados e aptos a voltar às atividades. A Organização Mundial de Saúde já esclareceu que os servidores da saúde e os agentes de segurança têm prioridade nos testes diagnósticos”, ressaltou Geraldo Magela, secretário municipal de Saúde.

A distribuição dos testes para outros grupos populacionais será feita mediante a determinação do órgão federal de saúde, de acordo com informações da SESAB.

MARÃO VAI ÀS COMPRAS

Marão não gosta de comprar em Ilhéus.

Depois de referendar a nada insuspeita compra de quase 500 mil reais em álcool de uma birosca que está em funcionamento há apenas 4 meses, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, se prepara para gastar mais 3,2 milhões de reais que foram destinados pelo governo federal para o município reforçar o combate ao novo coronavírus.

O recurso, emergencial, poderá ser gasto como Marão quiser, desde que seja na saúde, mas sem precisar de licitação para isso. Em tempos de crise, a contratação direta é usada com o objetivo de acelerar o processo.

A compra do álcool em gel da empresa de Coaraci, que já foi defendida pelo setor jurídico do município como legítima, tem tudo para não ser a última de Marão naquela cidade.

Com 29 casos confirmados até esse sábado (11 de março), o sistema público de saúde de Ilhéus – que nunca atendeu decentemente a comunidade, pode viver dias de estresse. A secretaria estadual de Saúde já classifica a região sul da Bahia como tendo um surto da doença.

Para frear isso, além de isolamento social e amparo aos menos favorecidos, é preciso seriedade dos gestores na aplicação dos recursos.

Seria bom, por exemplo, a prefeitura disponibilizar todo o processo de compra do álcool em gel, assim, poderíamos atestar se os orçamentos perdedores existiram de fato.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia