WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia camara ilheus camara ilheus bahiagas secom bahia sdr bahia secom bahia secom bahia secom embasa secom bahia


janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘Região’

DEZEMBRO DE 2021 FOI O MAIS CHUVOSO DOS ÚLTIMOS 97 ANOS EM ILHÉUS, REVELA ESTUDO DA UESC

Chuva em Ilhéus.

Ao analisar dados de chuva para a região de Ilhéus, desde 1925, foi possível observar que o último mês de 2021 apresentou um total pluviométrico de 638 mm, classificado com o dezembro mais chuvoso dos últimos 97 anos. Sendo que 32% desse total (207 mm) ocorreram em apenas três dias 24, 25 e 26 de dezembro, aponta um estudo de pesquisadores do Departamento de Ciências Exatas da Universidade Estadual de Santa Cruz (DCET-Uesc), conforme relata o docente do curso de Engenharia Civil, professor doutor Manoel Camilo Moleiro Cabrera.

Segundo o professor, a média do acumulado total de chuva para dezembro é de 168 mm. “Portanto, em apenas três dias esse valor foi superado em 39 mm o acumulado para o mês inteiro. Se compararmos todos os meses do ano, dezembro de 2021 ocupa a segunda posição, ficando atrás somente de maio de 1936”, enfatiza Manoel Camilo Moleiro Cabrera.

Para o professor, se faz “necessária a instalação de sistemas de monitoramento de nível, vazão e chuva nos principais rios da região, para criar um sistema de alerta que visa orientar a população em áreas de risco e, assim, reduzir e mitigar os prejuízos com os eventos extremos recorrentes como enchentes e inundações.”

Estes resultados foram obtidos através do projeto de iniciação cientifica “Aquecimento Global e Tendências de Temperatura e Chuva na Ecorregião de Floresta Costeira da Bahia”, orientado pelo Prof. Dr. Manoel Camilo Moleiro Cabrera e desenvolvido pelo bolsista e aluno de graduação em Engenharia Civil da Uesc, Clebson Ramos Santos. O projeto tem a participação dos pesquisadores externos André Ballarin e do prof. Dr. Edson Wendland, ambos da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC), da Universidade de São Paulo.

RUI ASSINA ORDEM DE SERVIÇO PARA CONSTRUÇÃO DE POLICLÍNICA EM ILHÉUS E ENTREGA MAIS OITO AMBULÂNCIAS

 

Rui Costa desembarcou nesta manhã em Ilhéus.

O governador Rui Costa autorizou o início da construção de mais uma policlínica nesta quarta-feira (5), desta vez em Ilhéus, no sul da Bahia. Na ocasião, Rui também entregou mais oito ambulâncias e se reuniu com doadores de itens para os desabrigados pelas chuvas, entre eles representantes da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), da União Europeia e da Cáritas.

Na ocasião, o governador destacou que já há uma policlínica em funcionamento na cidade de Itabuna. “A policlínica de Itabuna atende 800 mil pessoas, mas, quando nós pensamos e elaboramos este projeto, cada policlínica tinha como projeção atender 400 mil pessoas. Nós já fizemos a licitação, o contrato já foi assinado, e hoje eu assino a ordem de serviço para essa nova policlínica em Ilhéus”, afirmou.

Serão investidos R$ 15,37 milhões na policlínica. “Também estamos construindo aqui em Ilhéus uma UPA, que já está com 75% das obras físicas concluídas, e entregamos recentemente uma nova unidade materno infantil”, disse Rui.

A secretária da Saúde do Estado, Tereza Paim, explicou que o objetivo é que todas as 26 policlínicas que fazem parte do projeto estadual estejam funcionando ainda em 2022. “Esta de Ilhéus vai atender um consórcio de 12 municípios, dando cobertura para uma população estimada de 400 mil baianos. Então, a gente separa o atendimento daqui de Ilhéus do de Itabuna. Apesar da proximidade, o contexto e a região são diferenciados. Assim, proporcionamos um cuidado mais regional e mais próximo para essas pessoas. A construção já começa amanhã”, informou.

Ambulâncias – As oito ambulâncias entregues nesta quarta-feira (5) fazem parte de um lote maior. “Com essas de hoje, nós completamos 81 ambulâncias entregues desde o dia 1º de dezembro. As de hoje vão para os municípios de Grapiúna, Itabuna, Jitaúna, Nilo Peçanha, Nova Ibiá, Nova Itarana, Piraí do Norte e Wenceslau Guimarães. No extremo-sul, nós já entregamos ambulâncias para todos os municípios atingidos pelas chuvas e, até o fim deste mês, eu quero ter entregado ambulâncias para 100% dos municípios que sofreram com as enchentes no sul, no sudoeste e no baixo sul”, acrescentou o governador.

Reuniões – Ainda em Ilhéus, Rui se reuniu com representantes da Electrolux, da Unicef, da União Europeia e da CNBB, para tratar de doações. Ele ressaltou que o Governo do Estado não tem gerência sobre as doações efetuadas por essas instituições, mas é necessária uma coordenação entre todos os doadores, inclusive o Estado, para que a população mais carente não deixe de receber as doações.

“Eu agradeço o empenho de todos você. Toda ajuda é muito bem-vinda, mas é preciso que haja uma interação entre todos. Nada contra que cada ONG e que cada empresa escolha as pessoas para quem querem fazer a doação; esse é um critério de cada uma delas. Mas é preciso que as ONGs e empresas compartilhem as listas de beneficiários com nossas coordenações, para que possamos garantir que todos aqueles que precisam recebam essa ajuda”, finalizou o governador.

GOVERNO FEDERAL AUTORIZA LIBERAÇÃO DE RECURSOS PARA O SUL DA BAHIA; CONFIRA OS VALORES POR MUNICÍPIO

Cidades sofreram com fortes chuvas.

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou o repasse de R$ 130 milhões para dar continuidade às ações de resposta e assistência humanitária nos municípios baianos atingidos por chuvas intensas.

Nesta segunda-feira (03), 30 portarias foram publicadas no Diário Oficial da União (DOU) com a liberação de R$ 17,1 milhões que beneficia 28 cidades. São elas: Itambé, Iguaí, Itapé, Itagimirim, Santa Cruz da Vitória, Itajuípe, Itacaré, Laje, Medeiros Neto, Canavieiras, Coaraci, Brejões, Gandu, Arataca, Itarantim, Ubaitaba, Jiquiriçá, Gongogi, Wanderley, Poções, Jequié, Itapitanga, Itabuna, Milagres, Mutuípe, Eunápolis, Santa Inês e Ibicaraí.

Já na terça-feira autorizou a liberação de mais R$ 4 milhões para 14 cidades. São elas: Laje, Ilhéus, Nilo Peçanha, Tanhaçu, Jussiape, Ubaitaba, Jitaúna, Uruçuca, Teolândia, Ruy Barbosa, Ubatã, Ubaíra, Dário Meira e Gandu.

Ao todo, 62 municípios já estão com os repasses garantidos.

Segundo o MDR, o governo federal continuar atuando tecnicamente, coordenando a assistência, apoiando os municípios na elaboração dos pedidos e liberando recursos.

O que chama atenção são os valores direcionados para alguns municípios neste primeiro momento, a exemplo de Itapitanga que foi muito afetado pelas chuvas e enchentes, com pontes e estradas destruídas, comércio e casas submersas, e centenas de famílias desabrigadas, vai receber um pouco mais de R$ 98 mil.

Itajuípe, outro município muito afetado pelas fortes chuvas e enchentes receberá um pouco mais de R$ 123 mil reais.

Já Itabuna, o valor será de R$ 225.173,57 (duzentos e vinte e cinco mil cento e setenta e três reais e cinquenta e sete centavos).

Vale lembrar que o município de Itabuna foi um dos municípios mais afetados com mais de 2 mil famílias desabrigadas, e a enchente do Rio Cachoeira alcançou mais de 40% da cidade.

Outro município, ilhéus teve inúmeros distritos afetados com centenas de desabrigados. O repasse será de apenas um pouco mais 185 mil reais.

Os valores repassados para essas cidades são irrisórios, em comparação a situação de calamidade pública que estão passando.

Confira os valores de algumas cidades do sul da Bahia.

O Município de Ilhéus – Ba receberá R$ 185.629,20 (cento e oitenta e cinco mil seiscentos e vinte e nove reais e vinte centavos), para a execução das ações.

O Município de Itabuna -Ba receberá R$ 225.173,57 (duzentos e vinte e cinco mil cento e setenta e três reais e cinquenta e sete centavos).

Município de Ubaitaba, receberá no valor de R$ 929.248,00 (novecentos e vinte e nove mil duzentos e quarenta e oito reais).

Município de Canavieiras – BA, no valor de R$ 998.872,38 (novecentos e noventa e oito mil oitocentos e setenta e dois reais e trinta e oito centavos).

Município de Itapé – BA, no valor de R$ 1.102.538,63 (um milhão, cento e dois mil quinhentos e trinta e oito reais e sessenta e três centavos).

Município de Itapitanga – BA, no valor de R$ 98.354,40 (noventa e oito mil trezentos e cinquenta e quatro reais e quarenta centavos).

Município de Gongogi – BA, no valor de R$ 225.200,00 (duzentos e vinte e cinco mil e duzentos reais).

Município de Itambé – BA, no valor de R$ 1.016.932,06 (um milhão, dezesseis mil novecentos e trinta e dois reais e seis centavos).

Município de Itajuípe – BA, no valor de R$ 123.752,80 (cento e vinte e três mil setecentos e cinquenta e dois reais e oitenta centavos).

Município de Iguaí – BA, no valor de R$ 1.246.875,05 (um milhão, duzentos e quarenta e seis mil oitocentos e setenta e cinco reais e cinco centavos).

Município de Itarantim – BA, no valor de R$ 979.200,00 (novecentos e setenta e nove mil e duzentos reais).

Município de Itacaré – BA, no valor de R$ 51.249,20 (cinquenta e um mil duzentos e quarenta e nove reais e vinte centavos).

Município de Coaraci – BA, no valor de R$ 81.522,00 (oitenta e um mil quinhentos e vinte e dois reais).

Com informações do Agravo.

TRABALHADORES QUE MORAM EM ILHÉUS JÁ PODEM SOLICITAR SAQUE DO FGTS CALAMIDADE

Aplicativo FGTS

Os trabalhadores residentes em Ilhéus já podem solicitar, a partir de hoje (5), o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por calamidade. A liberação, decorrente das fortes chuvas nas cidades, pode ser solicitada à Caixa por meio do Aplicativo FGTS.

Os moradores das áreas afetadas, conforme endereços identificados pela Defesa Civil Municipal, podem solicitar o saque até 15 de março deste ano. É necessário possuir saldo positivo na conta do FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220,00, segundo informou a Caixa.

A solicitação é facilitada por meio do aplicativo FGTS, opção Meus Saques, no celular, sem a necessidade de comparecer a uma agência. Ao registrar a solicitação é possível indicar uma conta da Caixa, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem ou de outra instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo.

SAQUE 100% DIGITAL APP FGTS

O aplicativo está disponível para download gratuito nas plataformas digitais e é compatível com os sistemas operacionais Android e IOS. Para solicitar o saque FGTS, basta seguir os seguintes passos:

1 – Realizar o download do app FGTS e inserir as informações de cadastro;

2- Ir na opção “Meus saques” e selecionar “Outras situações de saque — Calamidade pública” — acessar a cidade;

3 – Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade, comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade;

4 – Selecionar a opção para creditar o valor em conta Caixa, inclusive a Poupança Digital Caixa Tem, ou outro banco e enviar a solicitação;

5 – O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis.

DOCUMENTAÇÃO

Os documentos exigidos, conforme a Caixa, são Carteira de Identidade (carteira de habilitação ou passaporte também são aceitos), comprovante de residência em nome do trabalhador (conta de luz, água ou outro documento recebido via correio, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade), Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a). Outras informações podem ser obtidas pelo site da Caixa ou também, pelo Fale Conosco da Caixa, telefone 0800 726 0207.

PREFEITURA DE ILHÉUS OFERECE ACOMPANHAMENTO PSICOLÓGICO PARA FAMÍLIAS QUE FORAM AFETADAS PELAS CHUVAS

Famílias terão acompanhamento psicológico.

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza realizou uma reunião com  psicólogos e servidores do município com a presença do vice-prefeito Bebeto Galvão sobre o atendimento psicológico para as famílias afetadas pelas fortes chuvas, nesta terça-feira, 4. A calamidade, que ocasionou enchentes e deslizamentos de terras, trouxe muitos prejuízos materiais, sociais e emocionais às muitas famílias, que perderam casas, móveis, roupas e outros pertences.

“A secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza realiza o acolhimento e cadastro das famílias afetadas, prestando não só assistência material, mas também psicológica. Por isso, determinei à secretaria um plano de atuação específico para que essas famílias se sintam amparadas neste momento tão delicado”, destacou o prefeito Mário Alexandre. Para o vice-prefeito Bebeto Galvão, o governo municipal priorizar a integração psicológica para o pronto atendimento aos ilheenses, é de fundamental importância.

Rubenilton Silva, secretário da pasta, explica que desde a calamidade, várias doações de alimentos e materiais de higiene e limpeza têm sido realizadas pela Prefeitura de Ilhéus e população ilheense. “Contudo, não é o suficiente para um momento de tanta dor e sofrimento para tantas pessoas. Reforçamos os pedidos de doações em nossa Central para que possamos, todos juntos, continuar assistindo adequadamente aos que mais precisam”, frisou.

“A ação ‘Acolher’ vai atuar nos abrigos, bairros e distritos que sofreram com a calamidade. Realizaremos atendimentos breves individuais e intervenções em grupos. Agradecemos o olhar humano do nosso prefeito Mário Alexandre e do secretário Rubenilton Silva”, disse o psicólogo Gustavo Pestana, coordenador do Serviço de Abordagem Social.

 

por Jéssica Alves

SAÚDE: GOVERNADOR RUI COSTA INICIARÁ CONSTRUÇÃO DE MAIS UMA POLICLINA DE ILHÉUS NESTA QUARTA FEIRA (05)

Rui Costa.

A policlínica Regional irá atender em média de 400 mil habitantes de 12 cidades da região com exames de ressonância magnética e ultrassonografia e serviços voltados a tratamento do pé diabético, apoio diagnóstico, terapia, ambulatoriais. O investimento do Governo do estado estimasse em média de média R$ 24 milhões, entre obras físicas e equipamentos, além de contribuir em 40% com o custeio e a manutenção das unidades.

Nos estado da Bahia mais de 92% dos municípios contam com os serviços de média e alta complexidade das 21 policlínicas em funcionamento no estado. Duas novas unidades em Salvador, uma São Francisco do Conde e outra em Santa Maria da Vitória devem entrar em funcionamento ainda neste semestre, além de Ilhéus até dezembro.

DEFESA CIVIL DO ESTADO ATUALIZA DADOS SOBRE POPULAÇÃO AFETADA PELAS CHUVAS NA BAHIA

.

Com base em informações recebidas das prefeituras, a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec) atualizou, na tarde desta segunda-feira (3), os números referentes à população atingida pelas enchentes que ocorrem em diversas regiões do estado. São 30.915 desabrigados, 62.731 desalojados, 26 mortos e 518 feridos. O número total de atingidos é de 715.634 pessoas.

Mais um óbito, ocorrido na última quinta-feira (30), foi confirmado nesta segunda-feira (3) pela Prefeitura de Belo Campo. Trata-se de um homem de 39 anos, que se afogou no povoado do Sabiá, na zona rural do município. As localidades com vítimas fatais são: Amargosa (2), Itaberaba (2), Itamaraju (4), Jucuruçu (3), Macarani (1), Prado (2), Ruy Barbosa (1), Itapetinga (1), Ilhéus (3), Aurelino Leal (1), Itabuna (2), São Félix do Coribe (2), Ubaitaba (1) e Belo Campo (1).
Os números correspondem às ocorrências registradas em 166 municípios afetados. Desse total, 154 estão com decreto de situação de emergência.

:: LEIA MAIS »

GOVERNADOR RUI COSTA SE REÚNE COM REPRESENTANTES DA UNIÃO EUROPEIA EM ILHÉUS NESTA QUARTA-FEIRA, 4

Governador Rui Costa desembarca em Ilhéus nesta quarta-feira.

Nessa quarta-feira (5), o governador viaja para Santa Cruz da Vitória e Ilhéus, municípios situados no sul do estado, uma das áreas mais prejudicadas pelo excesso de chuvas das últimas semanas.

A agenda em Ilhéus terá início às 13h, no Colégio Militar, onde está funcionando, desde o último dia 25, a base operacional do governo baiano na região. Rui visitará a base, onde vai se reunir com representantes da União Europeia (UE), da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e da Cáritas, que reúne organização humanitária ligada à Igreja Católica.

Uma comitiva da CNBB e da Cáritas Brasileira está, desde segunda-feira (3), acompanhando o especialista para Emergências Rápidas da ECHO/União Europeia para as Américas, Roman Maicher, e a gestora do Programa Brasil da Cáritas Suíça, Valquíria Lima, numa agenda de visitas às cidades afetadas pelas chuvas na Bahia.

O grupo vai a Ilhéus, onde se reúne com o governador Rui Costa, e também a Itabuna, Itajuípe, Ibicarí, Floresta Azul, Teixeira de Freitas, Medeiros Neto e Itamaraju.

Os organismos internacionais estão se mobilizando, junto às dioceses e paróquias, entidades parceiras e ao Poder Público, para se somarem aos esforços de ajuda e colaboração com as famílias atingidas pelas fortes chuvas no Brasil. A comitiva já está Ilhéus para visualizar o impacto das chuvas na região.

Ambulâncias

Ainda em Ilhéus, o governador fará a entrega ambulâncias para os seguintes municípios de diferentes regiões: Itabuna (sul); Grapiúna, Piraí do Norte, Nilo Peçanha, Wenceslau Guimarães (baixo sul); Nova Itarana (Vale do Jiquiriçá); e Itaúna e Nova Ibiá (Médio Rio de Contas).

ILHÉUS: POR CONTA DAS CHUVAS, SESAU ORIENTA SOBRE RISCOS DE TRANSMISSÃO DA LEPTOSPIROSE

Chuvas na Bahia.

Devido às chuvas que atingiram Ilhéus em dezembro, a preocupação com casos de leptospirose cresceu na cidade. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), durante o período chuvoso é necessário cuidado redobrado para prevenir a doença, transmitida pela urina de roedores.

Com as enchentes, por exemplo, o risco de exposição aumenta, visto que a água contaminada pela urina dos animais entra no organismo através da pele, boca e olhos. A Sesau orienta a população a evitar áreas alagadas e procurar atendimento nas unidades de saúde o mais rápido possível, caso apresente sintomas.

Os sintomas mais comuns são febre, dor de cabeça, dores musculares e icterícia (pele amarelada). O paciente deve relatar ao médico que teve contato com água e lama provenientes de enchentes. Embora não seja contagiosa, a leptospirose é uma doença grave e que se não for tratada a tempo pode matar.

Ações continuam – A força-tarefa montada e coordenada com apoio da Prefeitura segue atuando em todos os pontos, especialmente nas áreas mais críticas. As ações imediatas para prestar socorro às vítimas são realizadas por meio de salvamento e a assistência à população, com respostas rápidas para mitigar os problemas ocasionados pelos temporais.

DECRETO MANTÉM AUTORIZAÇÃO PARA EVENTOS COM ATÉ 5 MIL PESSOAS NA BAHIA

Festa para 5 mil pessoas.

O decreto estadual que estabelece as normas para a realização de eventos com a presença de público na Bahia foi atualizado e terá uma nova versão publicada no Diário Oficial desta terça-feira (4). Atividades com até 5 mil pessoas continuam sendo permitidas, de acordo com o documento assinado pelo governador Rui Costa. Também estão mantidos a obrigatoriedade da comprovação da vacinação contra a Covid-19 e o uso de máscaras.

A atualização do decreto estabelece uma nova referência para impor a restrição de eventos com, no máximo, 100 pessoas. Esta limitação de público será válida, a partir de agora, nos municípios que fizerem parte da macrorregião de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI Covid se mantenha, por cinco dias consecutivos, superior a 75%. Antes, a referência era de 50% de ocupação dos leitos.

O decreto passa a vigorar nesta terça (4) e tem validade até 14 de janeiro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia