WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude></a>
<a href=embasa secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘Região’

UFSB TEM MAIS UM CURSO DE MESTRADO APROVADO PELO MEC

UFSB

A Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) teve mais um mestrado aprovado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação. O novo programa de pós-graduação (PPG) para o campus Paulo Freire terá a área de concentração em Saúde, Ambiente e Biodiversidade, com expectativa de oferta de 15 vagas.

A previsão é que o edital de seleção de alunos seja publicado entre março e abril. Graduados em cursos nas áreas de Ciências Biológicas e Ciências da Saúde, além de áreas afins, poderão se inscrever para cursar o novo mestrado, conforme o professor Sebastião Rodrigo Ferreira, do Campus Paulo Freire, em Teixeira de Freitas, no extremo sul da Bahia.

De acordo com o professor Rodrigo, os estudos terão infraestrutura adequada e orientação de alto nível. “Nosso corpo de orientadores é composto por profissionais com diferentes formação dentro dessas áreas e com experiência no desenvolvimento de pesquisas de importância e com qualidade”.

PETROBRAS AUMENTA PREÇO DA GASOLINA A PARTIR DESTA TERÇA-FEIRA

gasolina

A Petrobras aumentou o preço médio do litro da gasolina vendida nas refinarias em R$ 0,15. O novo valor será de R$ 1,98 para as revendedoras e vale a partir desta terça-feira (19). Esse é o segundo reajuste no combustível desde o dia 29 de dezembro, quando a empresa elevou o preço em 5%.

O preço final aos motoristas dependerá de cada posto de combustíveis, que tem suas próprias margens de lucro, além do pagamento de impostos e custos com mão de obra. No sul da Bahia, o preço da gasolina tem sofrido seguidos reajustes, o que tem gerado reclamações dos donos de veículos.

De acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), feito na semana entre os dias 10 e 16 de janeiro, o litro médio da gasolina comum no país custava R$ 4,572; o do diesel, R$ 3,685; o do etanol, R$ 3,202, e o botijão de 13 kg, R$ 76,50.

ENSINO INFANTIL DE ILHÉUS VIVE CRISE E PEDE AJUDA À CÂMARA DE VEREADORES PARA DIALOGAR SAÍDAS

Do Agravo.

Ensino Infantil de Ilhéus vive crise.

A difícil sobrevivência em tempos de pandemia do Ensino Infantil nas escolas particulares em Ilhéus foi pauta de um encontro nesta segunda-feira, (18) à tarde, na Câmara Municipal, entre dirigentes escolares e o presidente Jerbson Moraes. O grupo – que representa mais de 30 instituições educacionais privadas do município – assegura que 70 por cento destas escolas – especialmente as de médio e pequeno portes – poderão fechar as portas por falta de aluno matriculado. Por conta da pandemia, as matrículas deste ano, segundo os dirigentes, caíram a quase zero se comparadas aos anos anteriores. “Não vamos resistir”, assegura o grupo.

Os dirigentes destacam ainda que os prejuízos não são unicamente financeiros. “São dos próprios alunos, de zero a cinco anos de idade, que estão em casa sem acompanhamento pedagógico, já que a formação remota não é possível para esta faixa etária e nem é recomendado pelo Conselho Municipal de Educação”, explica Eliana Lang, diretora do Colégio Ideal. Os dirigentes das escolas particulares se dizem preparados para atender a todas as exigências da Organização Mundial da Saúde (OMS), para funcionar, com segurança, neste primeiro semestre, de forma híbrida (parte da turma em casa em aulas remotas e outra presencial, em sala de aula, em número reduzido).

Câmara, a primeira instituição a ouví-los

“O que queremos e precisamos é ser ouvidos”, destaca a Orientadora Educacional, Jamile Barreto. Os dirigentes colocam à disposição das autoridades duas possibilidades de retorno. Em condições normais, uma sala de aula tem em média 15 alunos. A primeira proposta é reabrir com uma média de apenas sete crianças por sala. A segunda possibilidade é oferecer às famílias grupos fixos em casa com aulas remotas para quem quiser, outros em sala de aula, se for esta a opção. Os dirigentes fizeram questão de destacar que a Câmara de Vereadores de Ilhéus foi a primeira instituição a aceitar o debate e o presidente Jerbson Moraes a ouvir o grupo.

Para Jerbson Moraes, a educação infantil precisa ser tratada de forma diferenciada, por sua importância na formação da criança. Ele defende a flexibilização, desde que haja total segurança, em razão do prejuízos que a falta de contato destas crianças com a escola pode proporcionar, com resultados que podem ser irreversíveis na formação do estudante. Ele assegurou ao grupo que a Câmara vai provocar este diálogo com as demais autoridades municipais, com o objetivo de encerrar o impasse.

Pais e mães

Mãe de aluno, a advogada Janine Ramos disse que não consegue trabalhar se não houver a possibilidade de ter os filhos na escola. Também assegurou que não se sente preparada, com formação pedagógica para ensiná-los em domicílio. “De fato, não existe outra possibilidade de suprir a formação. É diferente de quando fecha teoricamente os cursos mais avançados, onde você tem, pelo menos, uma forma de seguir rotina”, destaca o presidente da Câmara.

Nesta terça, os dirigentes das escolas particulares de Ilhéus vão se reunir com a secretária municipal de Educação, Eliane Oliveira. “O que pretendemos mostrar é que as crianças já estão nas praças, nas praias e no parque. Então o que a gente vê é que a escola é um lugar seguro. O volante do bate-bate está higienizado e a carteira da escola não?”, questionam os dirigentes escolares.

IDOSA DE 84 ANOS FOI A PRIMEIRA ILHEENSE A TOMAR A VACINA; APLICAÇÃO OCORREU EM SALVADOR

Primeira ilheense a tomar vacina.

A primeira ilheense a tomar a vacina contra a covid-19 foi uma idosa de 84 anos.

Margarida mora no Abrigo Dom Pedro em Salvador e tomou a primeira dose da Coronavac na manhã desta terça-feira (19).

A aplicação foi transmitida ao vivo pelo Jornal da Manhã, da Rede Bahia, afiliada da Globo.

VACINAS CHEGAM À ILHÉUS

Vacina chega à Ilhéus

Após duas mudanças de horário, a primeira remessa de doses da Coronavac para a Bahia chegou ao Aeroporto de Salvador em torno de 20h20 dessa segunda-feira (19). A partir daí, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) iniciou o processo de separação das doses para distribuí-las aos municípios baianos.

 

A primeira aeronave para o interior levantou voo às 2h da madrugada, com destino a Porto Seguro. De acordo com a Secretaria de Comunicação (Secom) do governo do estado, 10.800 doses do imunizante importado do laboratório chinês Sinovac foram destinadas à região. De lá, assim como em todas as outras cidades-polo, veículos farão o transporte da vacina para as cidades vizinhas.

 

Ao longo da madrugada, outros voos também decolaram. Por volta das 6h da manhã, a Secom divulgou a chegada dos lotes destinados à região de Barreiras, no Oeste, e de Ilhéus, no Sul da Bahia.

 

Pouco depois, por volta das 6h30, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA) informou que nove helicópteros do Grupamento Aéreo (Graer) e da Casa Militar se revezam sem interrupção para levar as vacinas aos municípios do interior. Feira de Santana, Vitória da Conquista, Teixeira de Freitas, Juazeiro e Brumado também já receberam suas doses.

 

“Sem as aeronaves, levando em consideração as dimensões da Bahia, gastaríamos muito mais tempo com esse transporte. Empregamos todo o efetivo nessa missão, que esperamos que seja a primeira de muitas”, destacou o comandante do Graer, coronel Renato Lima. O oficial acrescentou ainda a coordenação da Casa Militar do Governador na operação. Após os pousos, as vacinas foram escoltadas até locais determinados pela Sesab.

ILHÉUS: SAIBA QUEM SÃO AS PESSOAS QUE PODEM TOMAR A VACINA DA COVID-19 NA 1ª FASE

A vacina da Covid-19 chega no município de Ilhéus na manhã desta terça-feira (19) e muitas pessoas desejam saber quem está autorizado a receber a imunização contra o coronavírus nesta 1ª fase. Confira quem são os grupos prioritários de acordo com o Plano Municipal de Vacinação.

“Não adianta a população em geral ir para o posto de saúde procurar a vacina da Covid-19, porque nesta primeira fase serão vacinados apenas os trabalhadores da saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus, que laboram em hospitais, Unidades de Pronto Atendimento, Pronto Atendimentos, SAMU; os idosos abrigados que tem de 60 a 80 anos ou mais; e indígenas”, adiantou o secretário de saúde de Ilhéus, Geraldo Magela.

Para a 1ª fase, estima-se um total de 29.632 doses, duas doses para cada usuário.

Na 2ª fase da vacina Covid-19, a população prioritária abrange as pessoas de 60 a 74 anos; um total de 31.062 doses estimadas, duas doses para cada usuário.

Para a 3ª fase, a Sesau estipulou 16.494 doses para pessoas com comorbidades num esquema também de duas dosagens. Para a 4ª fase, entram os professores de nível básico e superior; forças de segurança e salvamento; e funcionários do sistema prisional, totalizando 6.956 doses.

COM ESQUEMA ESPECIAL DE SEGURANÇA, CERCA DE 180 MIL BAIANOS SERÃO IMUNIZADOS CONTRA O CORONAVÍRUS NESTA PRIMEIRA FASE

Com esquema especial de segurança, cerca de 180 mil baianos serão imunizados contra o coronavírus nesta primeira fase.

As primeiras doses da vacina Coronavac devem chegar em solo baiano por volta das 18h desta segunda-feira (18). Foram encaminhadas ao estado 376.600 doses do imunizante, que será utilizado para vacinar cerca de 180 mil pessoas. Nesta fase serão vacinados profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate à Covid-19 e em unidades de saúde de urgência e emergência, idosos que vivem em instituições de longa permanência e indígenas.

Assim que chegarem à Bahia, as doses da vacina serão levadas para a sede do Grupamento Aéreo da Polícia Militar da Bahia. O local foi escolhido como ponto de guarda do imunizante e onde foi montada, pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), uma sala de refrigeração para abrigar as doses. A depender do horário da chegada, a estimativa é de que as vacinas permaneçam nesta sala por aproximadamente três horas.

Após a chegada na sede do Graer será iniciado o processo de separação e distribuição para os 417 municípios baianos. Segundo a Sesab, cerca de 45 mil doses serão disponibilizadas para a capital baiana e, por motivo de segurança, a quantidade das doses que serão destinadas aos demais municípios não será divulgada.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, é possível que o primeiro cidadão baiano seja vacinado ainda hoje, e deve ser um homem ou mulher que vive em uma instituição de longa permanência.
“Após as primeiras vacinas chegarem a Bahia, nossa expectativa é que num período de 12 horas todas as doses estejam distribuídas para os municípios do estado, e no prazo de 24 horas após possamos iniciar a vacinação”, explicou o secretário.

Ainda segundo o secretário, caso as vacinas cheguem no horário previsto, à noite, a distribuição será iniciada com o uso de aeronaves para aqueles municípios que possuem pista de pouso com balizamento noturno. Outra parte será enviada em caminhões e caminhonetes com escolta da Polícia Militar.

As cidades previstas para receber aeronaves com doses da vacina ainda na noite desta segunda-feira são: Barreiras, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Vitória da Conquista, com imunizantes que também atenderão ao município de Paulo Afonso, Petrolina (pouso) – com vacinas direcionadas a Juazeiro, Lençóis (pouso) – com vacinas direcionadas a Seabra, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

Metade das vacinas que correspondem à segunda dose, prevista para ocorrer no prazo de um mês, serão armazenadas no Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos – CEADI. Ficarão no local mais de 188 mil doses da Coronavac.

Esquema especial de transporte

O esquema especial de logística e transporte da vacina que foi montado sob coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio da Polícia Militar da Bahia, em parceria com a Sesab, prevê a utilização de sete aeronaves e mais de 240 veículos entre caminhões, furgões e caminhonetes.

Segundo o coronel Manoel Xavier, coordenador da logística de transporte das vacinas, toda a corporação está mobilizada e prevê que mil policiais irão atuar diretamente neste trabalho. “Assim que a vacina estiver em Salvador, para os municípios mais próximos a distribuição será feita por via terrestre e os municípios até 300 quilômetros, por helicóptero. Para as demais cidades, a logística estabelece o uso de aviões. Todo o transporte será feito com acompanhamento de viaturas ou batedores. O Governo do Estado empreendeu todos os recursos da Segurança Pública para que as doses da Coronavac cheguem aos municípios o mais rápido possível”.

A previsão é de que os locais de vacinação também contem com reforço policial para garantir a segurança do processo. Toda a operação montada pelas secretarias de Segurança Pública e da Saúde conta com o apoio das Polícias Federal e Rodoviária Federal.

IDOSA SERÁ A PRIMEIRA A SER VACINADA NA BAHIA

Idosa será a primeira a ser vacinada na Bahia.

Uma pessoa idosa, que vive em uma instituição de longa permanência, será a primeira a ser vacinada contra o coronavírus na Bahia.

O ato será feito assim que o lote com as primeiras vacinas chegar ao estado.

A informação foi dada pelo secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (18). Ele ressaltou que a aplicação nessa pessoa idosa será o único marco da ação de imunização contra a doença, evitando disputas entre os municípios quanto a quem vacinou primeiro.

BAHIA SE PREPARA PARA INICIAR VACINAÇÃO NESTA TERÇA-FEIRA (19)

Ilhéus estrutura plano de vacinação contra a Covid-19

A Bahia vai receber 376.600 doses da vacina CoronaVac no final da tarde desta segunda-feira (18), segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). A vacinação começará na terça-feira (19) tanto na capital baiana quanto no estado. A Bahia vai receber 376.600 doses da vacina CoronaVac no final da tarde desta segunda-feira (18), segundo a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab). A vacinação começará na terça-feira (19) tanto na capital baiana quanto no estado.

Em duas aplicações, as doses disponibilizadas pelo Ministério da Saúde vão vacinar 188.300 pessoas da fase 1 de grupos prioritários. Essas pessoas correspondem a 10,46% do total do grupo 1, que é de 1,8 milhão de pessoas.

Das mais de 376 mil doses, cerca de 45 mil ficarão em Salvador. O restante, será distribuído para as outras 416 cidades da Bahia.

Como as doses que serão recebidas não é suficiente para todo o grupo prioritário da fase 1, ela será divida. O secretário Fábio Vilas-Boas explica como será a distribuição dentro da 1ª fase de imunização.

“Serão vacinados não todos os profissionais de saúde, mas apenas aqueles que estão diretamente ligados ao atendimento do Covid. Eles serão vacinados dentro dos hospitais. E aqueles idosos que estão mais vulneráveis, que são os que vivem nos asilos, nos abrigos, nas instituições de longa permanência”, disse o secretário em entrevista à TV Bahia.

As doses chegarão pelo aeroporto de Salvador e serão distribuídas para as outras cidades baianas a partir das 22h. Sete aeronaves, entre elas dois helicópteros, e outros 243 veículos serão usados. As vacinas serão levadas, com escolta, para as cidades de:

Barreiras;

Guanambi;

Ilhéus;

Irecê;

Vitória da Conquista;

Paulo Afonso

Petrolina (PE) para Juazeiro (BA);

Lençóis para Seabra;

Porto Seguro.

MAIS DE 220 MIL CANDIDATOS NÃO FIZERAM PROVAS NO 1º DIA DE ENEM 2020 NA BAHIA, DIZ INEP

Do G1 Bahia.

Taxa de abstenção do primeiro dia de Enem na Bahia foi de 51%

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, teve abstenção de 51% na Bahia, no primeiro dia das provas, realizadas no domingo (17), segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A pandemia da Covid-19 fez com que o certame de 2020 só fosse realizado em 2021.

O percentual de ausências corresponde a 226.829 pessoas que não fizeram as provas. O índice é mais do que o dobro do registrado no primeiro dia de provas do Enem 2019 na Bahia, quando 92.695 inscritos faltaram (23,4%). A média nacional de abstenção ficou em 51,5%.

Em todo o estado, 444.744 candidatos se inscreveram para fazer a prova. Deste total, 217.915 compareceram aos locais de provas. A Bahia ficou em 3º lugar no ranking de presenças neste primeiro dia de provas do Enem 2020, atrás de São Paulo (406.094 presentes) e Minas Gerais (268.523).

Em Salvador, a aplicação das provas no domingo ocorreu de forma tranquila. Os portões abriram às 11h15, 15 minutos antes do programado. O horário de abertura dos portões já havia sido antecipado pelo Inep para às 11h30, a fim de evitar possíveis aglomerações.

Os estudantes tiveram 5h30 para fazer a redação e responder a 90 questões de múltipla escolha (45 de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e 45 de Ciências Humanas e suas Tecnologias).

No próximo domingo (24), quando ocorre o segundo dia de provas, serão 5h para responder a mais 90 questões de múltipla escolha (45 de Matemática e suas Tecnologias e 45 de Ciências da Natureza e suas Tecnologias).

A partir das 15h30 o aluno pode sair do local da prova, mas sem o caderno de questões. Para levar a prova para casa, o estudante precisou ficar até às 18h30 no último domingo. No segundo dia de provas, para levar a prova para casa, o candidato precisa ficar no local até as 18h

O exame terá ainda uma versão digital, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, que acontecerá pela primeira vez.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia