WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia camara ilheus camara ilheus bahiagas secom bahia sdr bahia secom bahia secom bahia secom embasa secom bahia


janeiro 2022
D S T Q Q S S
« dez    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘Região’

ILHÉUS: DEFESA CIVIL EMITE NOVO ALERTA DE CHUVAS; PREVISÃO APONTA 44 MILÍMETROS NESTE SÁBADO

Ilhéus em alerta vermelho para fortes chuvas.

A Defesa Civil renovou o alerta de chuvas para Ilhéus neste sábado (11). De acordo com informações do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a previsão é de chuvas com volume total de 44 milímetros. As atenções devem ser redobradas quanto a inundações, alagamentos, deslizamento e escoamento de terras, principalmente em altos, morros e terrenos de encostas.

A Prefeitura de Ilhéus continuará de plantão para garantir a segurança e tranquilidade da população. O monitoramento de todas as áreas vem sendo realizado pelo Comitê Operacional instituído pelo prefeito Mário Alexandre. Em caso de emergência, as pessoas devem ligar para os números: (73) 98836-2753 ou (73) 99907-2418.

De quarta-feira até o início da manhã deste sábado (11) choveu de 257 milímetros, recorde para o mês de dezembro. Conforme a Administração Municipal, 15 escolas espalhadas pela cidade funcionam como ponto de apoio para receber as famílias desalojadas. A Defesa Civil alerta para o perigo de permanecerem nas casas que estão localizadas em áreas de risco e orienta as famílias a procurarem abrigo nas escolas.

Pontos de apoio

– Zona Sul

– Escola Municipal Nossa Senhora da Vitória

– Centro de Atenção Integral à Criança (CAIC) Darcy Ribeiro

– Centro Educativo Fé e Alegria

Zona Norte

– Escola Estadual Paulo Américo de Oliveira

– Escola Municipal Odete Salma

– Escola Municipal do Iguape

– Escola Municipal Batista Nova Jerusalém

– Escola Municipal Batista Memorial

– Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães

Centro

– Escola Municipal Heitor Dias

– IME Eusínio Lavigne

Teotônio Vilela

– Escola Municipal Professor Paulo Freire

– Escola Municipal Themístocles Andrade

– Associação de Moradores

Olivença

– Escola Municipal Sérgio Carneiro

EXIGÊNCIA DE VACINAÇÃO COMEÇA A VALER HOJE PARA VIAGENS INTERMUNICIPAIS

Rodoviária

A partir desta sexta-feira (10), os usuários do transporte intermunicipal da Bahia são obrigados a apresentar comprovante de vacinação contra a covid-19 para embarcar nos ônibus. A mesma exigência também passou a valer para o acesso a repartições públicas estaduais.

O cidadão pode comprovar que está vacinado com a caderneta impressa de imunização ou o certificado digital emitido pelo aplicativo Conect SUS, do Ministério da Saúde.

REGRAS

Conforme a resolução do Governo da Bahia, motoristas, agentes ou despachantes das empresas de ônibus não deverão permitir o embarque de passageiros sem que apresentem o comprovante de imunização. O descumprimento da norma configura infração administrativa gravíssima, punível com multa no valor de R$ R$ 3.763,04 e até mesmo anulação de licença da empresa responsável.

O documento a ser apresentado deverá comprovar uma das seguintes condições:

I – duas doses de vacina ou dose única, para o público geral;

II – uma dose da vacina para crianças e adolescentes alcançados pela Campanha de Imunização contra a covid-19, respeitado o prazo de agendamento para a segunda dose;

III – a terceira dose ou dose de reforço da vacina para o público alcançado por esta etapa da Campanha de Imunização contra covid-19.

BLITZ

A Agerba vai realizar operações de fiscalização em todo o estado, tanto nos terminais de ônibus como nas estradas. Durante as blitze, os fiscais da agência reguladora poderão exigir a apresentação do comprovante de vacinação. O uso de máscara facial de proteção continua sendo obrigatório durante as viagens.

O embarque de passageiros que não foram vacinados por prescrição médica poderá ser realizado mediante a apresentação de relatório médico que declare o motivo que o exime da vacinação.

PARTE DE MURO DA UESC DESABA

Parte do muro da universidade caiu nesta sexta-feira (10)

Parte do muro da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) desabou, no início da tarde desta sexta-feira (10), em decorrência das chuvas que caem no sul e extremo-sul da Bahia. Outros pontos de Ilhéus também foram afetados, a exemplo da BA-001, que foi bloqueada pela lama.

CORPO DE BOMBEIROS LANÇA CAMPANHA PARA ARRECADAÇÃO DE DONATIVOS NA BAHIA

Várias cidades do interior baiano estão sofrendo com os danos da enxurrada.

Visando socorrer a população atingida por fortes chuvas que provocou estragos em vários municípios do Sul da Bahia, deixando-os em situação de emergência, o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia está realizando a campanha de arrecadação de doação para as vítimas dessas enchentes, assim contamos com o apoio da sociedade cívil nesse ato de solidariedade.

Ponto de arrecadação:
Sede do 5° GBM de Ilhéus.
Vila Militar de Itaípe, Av. Amilton de Castro n° 1011, Barra.

DESALOJADOS EM ILHÉUS SÃO ATENDIDOS PELO CRAS

Chuvas deixam familias desabrigadas.

Duas pessoas que ficaram desalojadas por conta do alagamento de imóveis na Rua da Alegria, no bairro Nossa Senhora da Vitória, em Ilhéus, estão sendo atendidas pelo CRAS (Centro de Assistência Social). Segundo informações obtidas pelo BG, o município já tem disponível um local para receber, se necessário, outras pessoas.

A situação é de alerta. De acordo com a agência ClimaTempo, o volume total de chuva pode chegar a 200mm nos próximos dias.

COVID: 65 CIDADES BAIANAS NÃO REGISTRAM CASOS HÁ PELO MENOS 30 DIAS

UTI

Entre os 417 municípios da Bahia, pelo menos 65 estão sem registrar casos e Covid-19 há pelo menos 30 dias. Os dados são da Sesab. Contendas do Sincorá, no sudoeste do estado, é onde está há mais tempo sem infecções contabilizadas: 112 dias.

De acordo com o último boletim, na quarta-feira (8), Marciolínio Souza é a segunda cidade com maior tempo sem registros de infectados pela doença (111 casos), seguido de Itaju da Colônia (102), Boninal (95) e Tapiramutá (92).

Nas últimas 24 horas foram registrados 608 novos casos de Covid-19 na Bahia. O boletim ainda registrou seis óbitos. Desde o início da pandemia, dos 1.264.224 casos confirmados, 1.233.888 são considerados recuperados e 27.365 pessoas morreram. Ainda estão ativos 2.971 casos.

Segundo a Sesab, 1.650.396 casos foram descartados e 258.683 estão em investigação. No estado, 52.615 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19.

A Bahia tem 1.231 leitos ativos para tratamento da Covid-19. Desse total, 410 estão com pacientes internados, o que representa taxa de ocupação geral de 33%.

Desses leitos, 507 são de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto e têm taxa de ocupação de 40% (201 leitos ocupados).

Nas UTIs pediátricas, 26 das 29 vagas estão com pacientes, o que representa taxa de ocupação de 90%. Os leitos clínicos para adultos estão com 23% de ocupação e os infantis com 57%.

:: LEIA MAIS »

GOVERNO DA BAHIA CRIA FORÇA TAREFA PARA AJUDAR CIDADES ATINGIDAS PELAS CHUVAS

Cidades alagadas no interior da Bahia.

O Governo da Bahia deu início a uma força tarefa para ajudar as cidades atingidas pela chuva no estado. Os municípios do extremo sul, região mais impactada pelos temporais, recebem apoio da Superintendência de Proteção e Defesa Civil do Estado(SUDEC), que está em contato com as coordenações municipais de Defesa Civil para colher informações sobre as necessidades mais urgentes de cada localidade.

Entre as providências estão  as orientações para a decretação de situação de emergência e a inscrição no sistema integrado de informações sobre desastres S2ID (da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil). Pelo menos 30 cidades na Bahia já decretaram situação de emergência por conta dos estragos provocados pela chuva.

Além disso, aeronaves do Grupamento Aéreo da Polícia Militar(GRAER) e da Casa Militar do Governo do Estado auxiliam no trabalho dos 40 agentes do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, lotados em Ilhéus, Porto Seguro e Teixeira de Freitas, que dão apoio às ações de socorro às famílias e animais afetados, especialmente nas cidades de Canavieiras, Itamaraju, Prado, Teixeira de Freitas e Jucuruçu.

A logística inclui também a distribuição de cestas básicas, colchões, lençóis, lonas, cobertores e outros itens, a partir das avaliações técnicas sobre a dimensão dos danos humanos, ambientais e materiais provocados pelas chuvas.

JUSTIÇA MANDA PREFEITURA DE ITABUNA PAGAR SALÁRIO À FAMÍLIA DE MORTOS EM QUEDA DE MURO DE ESCOLA

Pai e filho morreram em outubro após atingidos por muro de escola.

O juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Itabuna, Leonardo Albuquerque, deferiu pedido liminar e determinou que o município de Itabuna pague, mensalmente, um salário mínimo à família de Fábio Guedes dos Santos e Guilherme Aurélio Leone. Pai e filho foram atingidos pelo muro da Escola Municipal Castelo Branco, no bairro Califórnia, e morreram no dia 16 de outubro.

Conforme decisão judicial, o pagamento deve ser retroativo à data do óbito, sob pena de bloqueio de verbas. De acordo com o advogado Antônio Neto da Lapa, os danos morais ainda serão avaliados pelo juiz ao final do processo. “Este pensionamento concedido pelo judiciário foi uma forma de garantir um mínimo de dignidade à família”, afirma o advogado, contratado pelo Sindicato do Magistério de Itabuna (Simpi).

Antônio da Lapa destaca que a defesa ainda aguarda a decisão final na sentença, pois os danos morais ainda serão analisados e julgados. A assistência jurídica foi oferecida gratuitamente à família de Fábio Guedes e Guilherme Aurélio pelo Simpi.

A presidente do Simpi, Maria do Carmo Oliveira, observa que nada poderá diminuir a dor da família de Fábio Guedes, mas acredita que a reparação judicial é uma forma de minimizar o sofrimento da viúva e do outro filho do casal. Ela disse que já tinha alertado o município para os perigos nas escolas. “Infelizmente precisou acontecer uma tragédia para que as reformas nas unidades de ensino começassem a ser implementadas”, lamenta.

NASCE O PRIMEIRO BEBÊ NO HOSPITAL MATERNO INFANTIL DR. JOAQUIM SAMPAIO, EM ILHÉUS

Primeiro bebê ao nascer no Hospital Materno-Infantil.

Menino, 49 centímetros, dois quilos e 705 gramas. Parto normal. João Lucas, nome que vai ganhar no registro civil, é a primeira criança a nascer no novo Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio, em Ilhéus, inaugurado na última segunda-feira pelo governador Rui Costa. João Lucas nasceu às 20h13min desta quarta (08). A mãe deu entrada na Emergência de Obstetrícia no final da tarde e foi acolhida pela equipe.

A criança é o primeiro filho de Ester Santos da Silva, 18 anos, e Ivanildo de Jesus, 22. Eles moram na Barra, em Ilhéus. Estudante do nono ano do Ensino Fundamental II, Ester deixou de frequentar as aulas durante a pandemia ao descobrir a gravidez. Pretende voltar quando ele estiver maiorzinho. Já Ivanildo, trabalha em uma empresa distribuidora de água. “Confesso que estava com muito medo”, disse Ester, após o parto. “Mas o acolhimento que recebi foi incrível e o tratamento maravilhoso. Estou impressionada”, reconheceu.

O parto humanizado de Ester contou o tempo todo com a presença de uma acompanhante. Ela, inclusive, ajudou a cortar o cordão umbilical. Experiente na profissão, formada pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) há 21 anos, a enfermeira obstetra Danielle Patrocínio auxiliou o parto ao lado do obstetra Antônio Monteiro, diretor-médico do hospital. “A gente esperou tanto, sonhou tanto com esse momento. E fazer parte de uma equipe de alta qualidade me orgulha muito”, afirmou. Para Danielle, “a maternidade finalmente nasce. E nasce com João, por que de nada adianta uma construção deste porte se não houver uma assistência humanizada e tudo feito com o total consentimento da mulher”.

“O que quero agora é um futuro de paz para o meu filho”, disse uma emocionada Ester. Pelo telefone, a avó materna Marilene Mendes Santos comemorava a chegada do primeiro netinho. “Já tenho sete netinhas. João é o primeiro neto na família”, dizia emocionada. “Ester estava precisando de uma companhia. E nada melhor que a companhia de um filho para dar um novo rumo à sua vida”, completou a avó de João.

O Hospital Materno-Infantil Dr. Joaquim Sampaio foi inaugurado na última segunda-feira. É uma obra do Governo da Bahia, administrado pela Fundação Estatal Saúde da Família (FESF-SUS). Custou mais de 40 milhões de reais. A FESF-SUS é uma instituição que apresenta uma proposta inovadora e consistente para avançar no fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) e atua na melhoria do atendimento de saúde no Estado em áreas prioritariamente sociais.

Com 105 leitos de internação, o Hospital Materno-Infantil está estruturado para a assistência ao parto de risco, gestação de alto risco, cuidado intensivo e intermediário neonatal e cuidado intensivo e clínico às crianças. O funcionamento é 24 horas.

PREFEITO JÂNIO NATAL PROÍBE MÚSICA ELETRÔNICA E DJ NAS FESTAS DE CARAÍVA

Do Pimenta.

Jânio Natal Proíbe Dj em festas de fim de ano.

O Decreto 13.401/21, publicado no último dia 2 pelo prefeito Jânio Natal (PL), proibiu a execução de música eletrônica e a participação de DJ’s nos eventos em Caraíva Velha, o distrito paradisíaco do município de Porto Seguro, no sul da Bahia.

A especificidade da proibição – que não alcança outras formas de expressão musical, como bandas e cantores – revoltou um músico que atua há 20 anos no estado. Ele procurou a reportagem do PIMENTA para questionar a medida da Prefeitura, sob a condição de ter a identidade mantida em sigilo, pois teme eventuais represálias.

“[A decisão é] fundamentada em quê? Em preconceito? Porque os eventos vão acontecer”, disse o músico, referindo-se às festas agendadas para o período de fim de ano em Caraíva, inclusive as de Réveillon. Artistas consagrados no cenário nacional integram a programação dos festejos, a exemplo de Falcão, Banda Eva e Mariana Aydar.

Ele insiste no questionamento. “Qual é o critério, se o volume [do som] pode ser o mesmo?”.

Depois, apresenta seu ponto de vista político sobre o paraíso à beira-mar. “Caraíva é uma colônia sul, sudestina e gringa. Existem poucas pessoas da Bahia usufruindo daquele espaço. Tudo está sendo vendido para pessoas de fora. Boa parte desse empresariado, que está lá há mais tempo, quer a manutenção de uma tradição de Caraíva, que é uma coisa muito mais ligada ao forró e ao samba. Por eles, a coisa ficava nesse lugar pra sempre, porque talvez seja a preferência musical deles. Não é errado ter preferência. A questão é impedir que as coisas sigam para o lugar que elas vão. Gerar um impedimento é como colocar uma barricada na história, uma barragem no fluxo da história”.

OUTRO LADO

Às 9h55min desta terça-feira (7), o PIMENTA telefonou para o Gabinete do Prefeito. A atendente do órgão informou que questionamentos da imprensa devem ser feitos à assessoria da Secretaria de Relações Institucionais. Procurado, o assessor da pasta recomendou que a reportagem mantivesse contato com um segundo assessor, com quem conversamos por telefone.

Na conversa, o representante da Prefeitura de Porto Seguro solicitou que enviássemos o questionamento via WhatsApp. Às 10h30min, em mensagem de texto, o PIMENTA reafirmou o objetivo de entender os critérios da proibição de música eletrônica e dos DJs nas festas de Caraíva. Não obtivemos resposta até o fechamento desta matéria, às 14h.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia