WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
embasa secom ponte ilheus secom bahia solidaria policlinica itabuna secom bahia


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘Política’

SINDICATOS DE ILHÉUS DECLARAM APOIO A MARÃO E BEBETO

Ascom/PSD

Sindicato declara apoio a Mário Alexandre e Bebetoo.

O candidato à reeleição para prefeito de Ilhéus, Marão (55) e seu vice, Bebeto, reuniram com representantes sindicais de Ilhéus, nesta sexta-feira (23). Durante o encontro, líderes dos trabalhadores declararam apoio à campanha que está empolgando a cidade e chamaram atenção para a facilidade que hoje têm em dialogar com o poder público municipal.

Estiveram presentes representantes do Sindicato dos Comerciários, Sindtaxi, Sindicato dos Servidores Públicos, Sindicato dos Portuários, Sindicato dos Rodoviários, Sindhotel, Sindpoc Bahia, Sintepav, Sindicato dos Padeiros, Sindicato dos Arrumadores, Sindicato dos Fisioterapeutas, a Força Sindical e da Colônia de Pesca.

Bebeto Galvão destacou a importância da luta dos sindicatos e trabalhadores na história do Brasil e se comprometeu como vice-prefeito a dar continuidade à parceria do município com os setores sindicais. “No nosso governo, o diálogo será o ponto principal, iremos ouvir os grupos, as demandas da população e atender o que couber ao município. Participei de lutas sindicais, conheço essa realidade de perto. Eu e Mário vamos construir uma cidade ainda mais justa, caminhando ao lado das categorias”, ressaltou.

Sindicato declaraa apoio a Mário Alexandre e Bebeto.

Diálogo e parceria

Para facilitar a relação e o diálogo com os sindicatos, Marão vai criar um departamento específico vinculado ao gabinete para prestar assistência diretamente aos representantes dos setores. “Na próxima gestão, iremos intensificar a parceria com os sindicatos, com a prefeitura de portas abertas e reuniões periódicas com cada setor para o exercício de uma boa gestão. Essa ação será fundamental para o trabalho continuar funcionando”, destacou.

O presidente do Sinsepi, Joaques Silva (Joca), ressaltou as conquistas que os servidores tiveram durante a atual gestão, após anos de sofrimento. “O nosso setor nunca foi valorizado, Marão abriu a porta da prefeitura para o diálogo conosco, ouviu as nossas demandas, concedeu aumento salarial, isonomia do ticket-alimentação, equipamentos e fardamentos novos para o servidor público municipal. Nós não queremos voltar à situação que vivíamos nos governos anteriores”, enfatizou o sindicalista.

Sindicato declara apoio a Mário Alexandre e Bebeto .

ILHÉUS: MORADORES DO NSV ACUSAM VEREADOR DE DESTRUIR MATERIAL DE CAMPANHA DE CONCORRENTES

Moradores acusam vereador Paulo Meio quilo de retirar propaganda de outros candidatos.

O clima azedou e aumentou a impopularidade do vereador Paulo Meio Quilo (DEM), no bairro Nossa Senhora da Vitória, zona sul de Ilhéus.

Moradores, por intermédio da redes sociais, acusam o vereador de retirar e destruir material de campanha de residências de outros candidatos a vereadores.

Uma das moradoras postou que está revoltada com o ato antidemocrático do vereador Paulo Meio Quilo, de retirar de uma casa um cartaz que não era dele, e afirmou que o vereador não fez nada pelo bairro quando pôde durante o mandato.

Um vídeo e áudios que circulam nas redes sociais mostram cartazes rasgados, e moradores acusando o próprio vereador pelos atos de vandalismos.

Informações: Do Agravo

ELEIÇÕES 2020: 22 CANDIDATURAS PARA VEREADOR DE ILHÉUS FORAM INDEFERIDAS PELA JUSTIÇA ELEITORAL

Eleições 2020

Em consulta ao site divulgacandcontas.tse.jus.br, do TSE, constatamos a situação de indeferimento de 22 candidaturas para vereador na cidade de Ilhéus, bem como uma para prefeito (Roberto Barbosa do SOLIDARIEDADE). A ausência do requisito de registro é o principal motivo pelo qual estas candidaturas não foram aprovadas. As decisões ainda estão sujeitas a recurso.

Cinco candidatos a vereador também apresentaram carta de renúncia e não concorrerão ao pleito eleitoral em 2020. São eles: Mara (PT), Luciano Melgaço (PDT), Luciano Campelo (PC do B), Gilmar Sodré (PSB) e Emanuelle Carvalho (PTB).  Outras 38 candidaturas ainda aguardam julgamento da justiça eleitoral e suas situações estão indefinidas.

Confira abaixo a lista de vereadores com as candidaturas indeferidas:

ALESSANDRA SENA, ALINE MABEL, CANGURU, CARANHA, EDSON SANTOS, GESSÉ PINHEIRO, GILMAR MARQUES, JILVANE CHEF, JOÃO PEDRO, JORGE MARAVILHA, MARCOS NASCIMENTO, MARILENE SOUZA, MARILIA SILVA, NELSON PINHEIRO, NILTÃO SEGURANÇA, RAIMUNDO DO BASÍLIO, RONILDO COSTA ADIDAS, SAMUEL, SANDOVAL DO BAHIA, SIMONE NUNES, VAL DO VILELA e VIRGINIA CURICA

As informações são públicas e podem ser acessadas através do site. Para conferir a situação de seu candidato é só acessar e selecionar a aba Nordeste>Bahia e procurar pelo município de Ilhéus no campo de pesquisa.

Informações do: Ilhéus 24h

DRONES VÃO AUXILIAR A PF NO COMBATE A CRIMES ELEITORAIS EM ILHÉUS E ITABUNA

Drones vão auxiliar a PF no combate a crimes eleitorais no sul da Bahia.

Mais uma arma para inibir a boca de urna e os crimes eleitorais será usada pela Polícia Federal nas eleições municipais. A Delegacia da PF em Ilhéus, que atende a região sul da Bahia, vai utilizar drones para fiscalizar as eleições em Ilhéus e Itabuna e demais municípios abrangidos pela regional.

O anúncio foi feito nesta sexta (23) pela PF na região sul. Haverá simulação de operação do drone, na sede da Delegacia da PF em Ilhéus, na próxima terça (27), às 10 horas.

Os drones irão sobrevoar as zonas eleitorais ajudando a fiscalizar e combater crimes como boca de urna e transporte de eleitores. “Tais equipamentos, capazes de se tornar imperceptíveis ao voar, possuem câmeras com zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos ou situações de compra de votos, com bastante nitidez”, informa a regional da PF em Ilhéus.

As imagens capturadas serão transmitidas instantaneamente para a equipe de monitoramento que adotará as medidas cabíveis, conforme as atividades suspeitas. Assim, diante de algum flagrante de crime eleitoral, os policiais se deslocarão imediatamente ao local indicado para prender os suspeitos, que serão conduzidos para a Delegacia de Polícia Federal em Ilhéus. O uso de drone visa, também, evitar a presença física dos policiais nas seções eleitorais em tempos de pandemia.

ELEIÇÕES 2020

O primeiro turno das eleições municipais de 2020 está marcado para o dia 15 de novembro. No sul da Bahia, nenhum município tem mais de 200 mil eleitores. Por isso, somente haverá primeiro turno na região. Em todo o estado, apenas Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista têm colegiado superior a 200 mil votantes.

VICE-GOVERNADOR IRONIZA: “RUI COSTA É O MELHOR PREFEITO QUE ILHÉUS JÁ TEVE”

Cacá e João Leão – Vice governador da Bahia.

Num vídeo de apoio à candidatura de Cacá (PP), o vice-governador da Bahia, João Leão, disse que “Rui Costa é, de fato, o melhor prefeito da história de Ilhéus”.

O vice-governador ironiza a constatação de que obras de grande porte como a ponte Jorge Amado, o Hospital Regional da Costa do Cacau e o asfaltamento das principais ruas terem sido feitas pelo governo do estado.

ILHÉUS: “GOVERNO NÃO ATENDEU A VONTADE DO POVO”, DIZ NAZAL, VICE DE MARÃO

Nazal e Marão

O vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal (REDE), comentou em um vídeo publicado nas redes sociais, que sua decisão de apoiar Cacá 11, a prefeito, foi baseada no sentimento de frustração com o governo de Marão, que segundo ele, não trabalhou para atender as necessidades do povo que o elegeu.

“Decidi apoiar Cacá, por querer ver o governo trabalhar, discutindo e decidindo junto com o povo. Não vi isso acontecer. Tentei de todas as formas, e acredito que podemos ter, com Cacá, um governo que faça isso com gabarito, por uma Ilhéus cada vez melhor”, declarou Nazal.

Na época, Nazal só aceitou a missão depois de dar um aviso importante: “se sair da linha, dos interesses de Ilhéus, eu grito”. De fato, o atual vice-prefeito gritou e rompeu com Marão, após discordar de sua maneira de fazer política e das ações adotadas pela Administração Municipal.

PRISÃO DE LUKAS PAIVA É MANTIDA APÓS DECISÃO DE MINISTRO DO STF

Lukas Paiva

O vereador afastado Lukas Paiva (PSB) foi derrotado mais uma vez pela justiça. O Supremo Tribunal Federal (STF), em decisão proferida no último dia 15, pelo ministro Alexandre de Moraes concluiu que a possível saída de Lukas do presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, representaria ameaça ao andamento regular dos processos. O vereador Lukas Paiva responde a processos nas esferas judiciais cível e criminal.

Segundo o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), quando Lukas Paiva recebeu autorização para responder aos processos fora da cadeia, ele teria agido para atrapalhar as investigações, além de ter ficado foragido por 75 dias depois que a Justiça decretou sua segunda prisão em menos de um ano.

Lukas é réu dos processos originados pela Operação Xavier, do MP e da Polícia Civil, que chegou a prender também o vereador Tarcísio Paixão, do partido Progressista, e o ex-vereador Valmir de Inema que, na época da prisão, em 2019, era secretário da Prefeitura de Ilhéus.

*Com informações do site Ilhéus Comércio.

 

ILHÉUS: CACIQUES POLÍTICOS DESAPARECEM DA CAMPANHA ELEITORAL

Ângela e Jabes

Político que mais tempo ocupou a cadeira de prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro anda sumido do atual pleito.

Ex-prefeito com 4 mandatos (o ultimo encerrado em 2016), ex-deputado e atual secretário-geral dos Progressistas na Bahia, Jabes é o maior fiador da candidatura de Cacá Colchões à prefeitura, mas não tem o nome ou feitos enquanto gestor citados pelo candidato.

Outra cacique da política ilheense que anda bastante sumida é a ex-deputada estadual Ângela Sousa, que não se reelegeu em 2018. Mãe do prefeito Marão, que tenta a reeleição, Ângela não acompanha o filho nas caminhadas e nem é citada nas peças da campanha.

Pessoas ouvidas dos dois lados alegam que a falta de aparição dos caciques se deve à pandemia. Com certa idade, ambos precisariam se recolher para preservar a saúde.

VIOLÊNCIA CONTRA MULHER EM ILHÉUS É UMA REALIDADE QUE NENHUM CANDIDATO TEM ABORDADO

Violência contra a mulher.

Atos de agressão, ameaças, insultos e até assassinatos e atentados têm se tornado cada vez mais comuns em Ilhéus.  A Violência contra a Mulher, que vinha sendo tratado com muito atraso pelo poder público, esteve ainda mais em evidência durante a pandemia, com o aumento dos casos de violência durante a quarentena. Em tempos de eleição, nenhum candidato vêm abordando esse tema de total relevância ou apresentado projeto para o combate desta triste realidade.

Recentemente, um caso que tomou grande proporção nacional foi à cena de um homem que foi flagrado em vídeo agredindo uma mulher com vários socos no rosto em Ilhéus. O suspeito teve a prisão preventiva decretada na noite de quinta-feira, 15 de outubro, e está foragido desde o dia 16, quando a polícia fez buscas em endereços ligados a ele, mas não o encontrou. Sabemos que existe a real e extrema necessidade de se abordar esse tema pelos atuais candidatos.

Conforme levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o percentual de feminicídios no Brasil aumentou 22,2% nos meses de março e abril de 2020, em relação ao mesmo período de 2019.  Nos primeiros seis meses de 2020, 1.890 mulheres foram mortas de forma violenta, boa parte em plena pandemia do novo coronavírus. Segundo o levantamento, 631 desses crimes foram de ódio motivados pela condição de gênero, ou seja, feminicídio.

ILHÉUS: CACÁ CRITICA QUANTIDADE DE PESSOAS DE FORA DA PREFEITURA

Do Jornal Bahia Online

Cacá Colchões

Uma das críticas feitas por Cacá à gestão do atual prefeito de Ilhéus, Marão, é a desmedida quantidade de nomeações de pessoas de outros municípios para cargos da Prefeitura. Durante encontro com candidatos a vereador da coligação O Futuro é Agora, Cacá disse que o gestor deve priorizar o aproveitamento da mão de obra local para os cargos de direção dos serviços públicos municipais.

A Prefeitura de Ilhéus possui na sua estrutura administrativa quase 300 cargos e funções de confiança. Infelizmente, segundo Cacá, na atual gestão, o prefeito fez a ‘opção política’ de usar grande parte dos cargos para privilegiar correligionários de outros municípios, a exemplo de Una, Uruçuca, Itabuna, Coaraci, em detrimento dos próprios ilheenses.

“No nosso governo, a prioridade será a convocação de cidadãos e cidadãs ilheenses para a nobre tarefa de administrar o município, porque nós precisamos incentivar e valorizar a mão de obra local. A exceção é claro, de cargos de natureza técnica, se não tiver na cidade alguém com essas especificações para determinada função”, explicou Cacá.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia