WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia faculdade de ilheus embasa


maio 2019
D S T Q Q S S
« abr    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘Ilhéus’

HEMÓVEL CHEGA A ILHÉUS E FICA ATÉ O DIA 13 NA PRAÇA J.J. SEABRA

Hemóvel.

O “Hemóvel”, da Fundação Hemoba, já está em Ilhéus. O veículo se encontra na praça J.J. Seabra, na frente do Palácio Paranaguá, no centro de Ilhéus. O Hemoba realiza o cadastro de doadores de medula óssea, e estará na cidade até o próximo sábado (13).

O horário de atendimento é das 8h às 17h. Os interessados em se cadastrar como doadores de medula precisam ter entre 18 a 55 anos, estar em boas condições de saúde e comparecer no ponto de atendimento com um documento oficial com foto.

De acordo com Iara Matos, coordenadora de captação da Fundação Hemoba, serão distribuídas 200 senhas por dia, tendo como meta o registro de 2500 cadastros com a ação.

“O procedimento é muito simples, os voluntários vão preencher um formulário com os dados pessoais e realizar uma coleta de sangue com 5 ml para testes de compatibilidade. Os dados serão armazenados em um sistema informatizado nacional que realiza o cruzamento de informações com os pacientes que estão necessitando de um transplante. Esperamos na ação realizar um trabalho de conscientização com a população, para realizar um cadastro de qualidade e colher bons frutos”, afirma a coordenadora.

A chance de encontrar um doador entre irmãos é de apenas 25%, sendo que entre indivíduos que não possuem parentesco, a possibilidade é de 1 para 100 mil. Tão importante que o cadastro, os doadores precisam ficar atentos com os dados informados, atualizando o endereço e telefone sempre que houver mudança.

PORTO DE ILHÉUS É ESCANTEADO PELA CODEBA, AFIRMA EX-GERENTE

Albagli

A Codeba considera o Porto Internacional de Ilhéus como “patinho feio”. A conclusão é do membro do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Ilhéus e ex-gerente do terminal, Isaac Albagli. Do período em que esteve à frente do equipamento, no fim do governo Temer, e inicio do atual, Albagli levou a impressão de que a estrutura não recebe a atenção devida.

Bem localizado, “no meio do litoral brasileiro”, o porto de Ilhéus poderia escoar toda soja do oeste baiano, a celulose do extremo-sul, o minério de Minas Gerais e de outras regiões, além de receber com conforto os milhares de turistas que passam por aqui todo verão. Sofre, porém, com equipamentos quebrados, número pequeno de funcionários, falta de dragagem do canal de acesso e bacia de evolução com promessas de melhorias que surgem e desaparecem na mesma velocidade.

Albagli foi vereador, secretário municipal em varias gestões e presidente da Bahia Pesca, estatal ligada ao governo do Estado da Bahia.

Confira abaixo a entrevista.

O senhor, em entrevista a uma rádio local passou a informação de que a licença ambiental para dragagem de manutenção do Porto de Ilhéus já teria sido liberada. Mas o serviço não aconteceu. Essa licença já está perdida?

Contextualizando, o porto de Ilhéus, como qualquer porto, depende da atração de cargas para se desenvolver. Para ter trabalho, gerar renda, desenvolvimento, ele é dependente de cargas. E, para isso, é preciso que os navios tenham acessibilidade, ou seja, é fundamental a dragagem do canal de acesso e bacia de evolução. Vocês devem estar cansados de ouvir, em toda visita que um presidente da Codeba faz a Ilhéus, anunciam de que vai haver dragagem, mas que nunca se concretiza. Por que isso? Porque consideravam – digo no passado, pois hoje há uma gestão técnica, com olhar diferente – o Porto de Ilhéus como “patinho feio” da Codeba. A atenção se resumia aos portos de Salvador e Aratú, em Candeias. Quando fui nomeado gerente do porto, mesmo que por pouco período, afirmei que me dedicaria o tempo que fosse, e foi somente 21 dias, para conhecer o funcionamento do porto e mapear suas deficiências, o que pouca gente em Ilhéus conhece.

É preciso mesmo estar lá dentro pra saber?

Só quem conhece é quem está lá dentro, quem trabalha, quem é expert no assunto. Fora disso, ninguém sabe. Eu não vou chamar de caixa preta, porque não é proposital. Isso ocorre porque é um assunto complexo e quem está lá dentro tem seus interesses naturais e acaba cruzando os braços e deixando a coisa fluir. Então, como está, está bom. Mas a verdade é que o Porto de Ilhéus pode, sim, crescer muito e voltar à pujança que foi no passado.

De onde vem essa convicção?

Nosso porto é muito bem localizado, está no centro do litoral brasileiro. Pode atrair, por exemplo, cargas que vêm do norte de Minas, do Tocantins, o minério, o próprio eucalipto do extremo sul da Bahia, a soja, que foi desviada pra Salvador. Esse caso da soja que vem da região Oeste da Bahia até Ilhéus é emblemático. O porto de Ilhéus é muito mais perto do que para Salvador, o que reduziria custo do frete. Porém, nosso equipamento não dá condição. Só exportam a soja por aqui quando há problema em Salvador. Aí chegam alguns caminhões, causam tumulto na cidade e depois somem, não é um embarque permanente. Então, é importante atrair carga permanente, mas sem dragagem não é possível, porque o canal de acesso só tem homologado 8,30 metros de calado. No meio do canal tem 9,00 metros, mas nas laterais o calado é menor. Há dois tipos de dragagem, a de manutenção e de aprofundamento.  Esta seria a ideal, mas custa muito mais caro e depende do Plano Nacional de Dragagem, uma coisa que vem lá do Ministério da Infraestrutura e gira em torno de 90, 100 milhões de reais. Mas a dragagem de manutenção é barata, relativamente, para os padrões da Codeba, girando em torno de 5 milhões.

O senhor ainda não respondeu sobre a Licença Ambientral…

… respondendo a sua pergunta, a respeito da Licença Ambiental para essa dragagem de manutenção, que anunciam todo ano, ela foi concedida em 2013 pelo Ibama. Mas, de lá pra cá, não fizeram o serviço, lá se vão seis anos. Falta saber se a licença foi perdida ou renovada, já que tinha validade de dois anos. Se prorrogaram, menos mal, mas é possível que tenham perdido essa oportunidade. E conseguir uma licença ambiental no Ibama é um verdadeiro parto. Então, é um descaso com nosso porto. Em junho do ano passado, Ilhéus conseguiu a Licença de Operação e para funcionar o porto, pra ter essa licença, precisa da dragagem. É obrigação, é condicionante. Agora saiu a notícia de que o Porto de Ilhéus terá a dragagem de aprofundamento, um investimento de 90 milhões de reais. Mas anote essa data e vamos conversar daqui a um ano.

Esse anúncio de dragagem já foi feito várias vezes.

Sim, várias vezes. Já perdi a conta das vezes que ouvimos o anúncio de que a dragagem iria começar.

O senhor colocou que esporadicamente há embarque da soja, que em princípio sairia por Salvador, sendo feito aqui. Então, o nosso porto tem capacidade para tal operação. Seria essa preferência pela capital um interesse de grupos econômicos, ou a tarifa cobrada lá é mais competitiva que aqui?

Olha, as tarifas são competitivas de um porto para outro. Evidente que, como o porto em que está sendo feito o embarque é privado, lá no Moinho Dias Branco, em Salvador, certamente tem algum interesse privado no meio. Mas eles alegam sempre a falta de estrutura do porto de Ilhéus. O tombador não funciona a contento, precisa de manutenção, assim como o guindaste. Até foi iniciada a manutenção, feita por funcionários da Codeba, mas que não conseguem ainda dar conta daquela estrutura enorme. Precisa de pessoal na guarda portuária, são somente 15 guardas hoje na ativa, que carece de treinamento, capacitação em defesa pessoal, primeiros socorros, legislação, etc. Até o pórtico de entrada precisa de manutenção, pois vai acabar caindo e pode causar um acidente com um funcionário, machucar um turista. Ninguém da sede da Codeba observa isso, apesar dos alertas. A equipe da Codeba em Ilhéus é excelente. Servidores abnegados como Adelísio, Astor, China, Gildásio, Gilson, Bacil, Bode, Aquino e tantos outros, são apaixonados pelo porto e certamente sentem o descaso, embora nada possam fazer. Chegamos ao ponto de perdermos os práticos do porto, hoje vinculados a Salvador. Se eles ficassem vinculados a Ilhéus, correriam o risco de terem suas credenciais cassadas por falta de “horas de praticagem”. Essa foi a informação passada. Você vê o moinho, que já era pra estar em funcionamento. Fizeram uma licitação e colocaram o preço por metro quadrado com um valor absurdo, altíssimo, parecendo que foi feito pra inviabilizar o retorno das atividades. Então nós vamos ficar sujeitos a isso a vida toda?

 

Clique aqui e leia a íntegra da entrevista.

DIRETOR DE GRUPO DE DANÇA EM ILHÉUS É ACUSADO DE ESTUPRAR NOVE MENINAS

Wadson

Do Pimenta

A Polícia Civil em Ilhéus tenta prender Wadson Lima de Souza, que é acusado de estupro, maus-tratos e graves ameaças contra meninas que, na época dos crimes, tinham entre 10 e 17 anos. Os crimes, segundo investigações da polícia, ocorreram no período de 2007 a 2013 no estabelecimento em que o homem atuava como coordenador de um projeto social e do Grupo Space Dance.

Cansada dos abusos, em 2013, as vítimas decidiram denunciar o acusado na Delegacia da Mulher em Ilhéus, e o inquérito contra o acusado foi concluído em agosto de 2015. Meses depois, em janeiro de 2016, a justiça determinou a prisão de Wadson Lima, que não foi mais encontrado no endereço informado. Os exames confirmaram a violência sexual.

As vítimas, hoje adolescentes e jovens, relataram que o homem usava um argumento de que era “Filho de Santo” para fazer ameaças não somente contra elas, mas também contra toda a família. Ele alegava ainda que os estupros faziam parte dos rituais religiosos. “Ele dizia que se a gente saísse do grupo ia acontecer alguma coisa. Que a entidade ia matar”, narra uma das vítimas.

Clique aqui para ler a matéria completa.

 

SEMA E CORPO DE BOMBEIROS REALIZAM CAMPANHA DE LIMPEZA DE PRAIA EM ILHÉUS

Da Secom/Ilhéus

Lixo.

No próximo dia 14 de abril, o 5º Grupamento de Bombeiros Militar de Ilhéus realiza a campanha Na Onda Contra o Plástico, em parceria com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). A atividade acontece na Praia de São Domingos, Zona Norte de Ilhéus, a partir das 8h, em adesão ao desafio online Trashtag Challenge. Voluntários estão convidados a participar.

O evento consiste na limpeza de uma área de visibilidade e de grande visitação, com o objetivo de alertar a população sobre o crescente problema do consumo e descarte inadequado do plástico, que vem se acumulando nos oceanos a partir do lixo abandonado nas praias ou carregado até o mar pelos ventos, esgotos, redes fluviais e rios.

A campanha Na Onda Contra o Plástico é a segunda etapa do trabalho que a Secretaria do Meio Ambiente iniciou em fevereiro de 2019 nas praias de Salvador, em parceria com a iniciativa ong Rede Viva Mar Vivo. Foram realizadas, na capital baiana, quatro ações de limpeza de praias, tendo sido coletados mais de 14 mil itens na areia, entre filtros de cigarro, tampinhas de garrafa, latas, copos plásticos, fragmentos diversos, entre outros tipos de lixo.

Com a nova campanha, o olhar para o problema dos plásticos tem continuidade nos municípios do litoral baiano, em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar da Bahia e as Unidades Regionais do Inema.

Toda a população do município de Ilhéus está convidada a contribuir de forma voluntária nesta primeira ação. Para participar, basta comparecer ao ponto de encontro, que será no Quartel do 5º GBM, na praia de São Domingos. É importante utilizar chapéu, protetor solar, camisa com proteção UV e levar garrafa para água. A coleta vai acontecer ao longo da praia até a rua Z. Serão disponibilizadas luvas, sacos e água mineral. O 5º GBM solicita dos voluntários a doação de 1kg de alimento não perecível.

Na onda contra o plástico

Campanhas pela redução do consumo do plástico e seu correto descarte estão crescendo em todo o planeta. Em março de 2019, a ong internacional WWF (World Wide Fund for Nature/Fundo Mundial para a Natureza) divulgou um estudo segundo o qual o Brasil é o 4º maior produtor de lixo plástico do mundo, atrás apenas de Estados Unidos, China e Índia. O país também é um dos que menos recicla este tipo de lixo: apenas 1,2%.

Sem a destinação adequada, boa parte dos resíduos plásticos acabam nos oceanos. Segundo o relatório da WWF, o volume de plástico que chega aos oceanos todos os anos é de aproximadamente 10 milhões de toneladas. Neste ritmo, até 2030, encontraremos o equivalente a 26 mil garrafas de plástico no mar a cada km2. Segundo a ong, o último verão foi o recordista em animais mortos na costa brasileira, e boa parte dos grandes mamíferos tinham plástico em seus estômagos.

SINE TEM VAGAS DE EMPREGO ABERTAS PRA ESSA SEXTA-FEIRA

Confira abaixo as vagas de emprego disponíveis nessa sexta-feira, 05, na agência do Sinebahia Ilhéus, que fica na sala 13 do SAC, situado na Rua Eustáquio Bastos, 308, Centro.

Não esqueça de levar a carteira de trabalho, RG, CPF, comprovante de residência e de chegar antes das 9. Para que não ocorram dúvidas sobre a existência das vagas, confira a lista enviada por Érico Fontes, coordenador do Sinebahia Ilhéus.

ASSISTENTE ADMINISTRATIVO

Ensino Médio Completo

Experiência Mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir curso de Informática, Word e Excel

01 VAGA 

CABO DE TURMA

Ensino Médio Completo

Experiência Mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir conhecimento em Projetos

01 VAGA 

AUXILIAR DE COZINHA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses na Função

Apresentar Carta de Referência

Residir na Zona Sul de Ilhéus

Possuir disponibilidade de horário

01 VAGA 

CONFEITEIRA

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 06 meses na Função

Possuir conhecimento com Salgados e Doces finos

Apresentar carta de referência

01 VAGA

COZINHEIRO DE RESTAURANTE

Ensino Fundamental Completo

Experiência Mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir conhecimento com Petiscos e Mariscos

01 VAGA 

PETISQUEIRA

Ensino Médio Incompleto

Experiência mínima de 06 meses na Função

Apresentar Carta de Referência

Residir próximo ao Centro

Possuir disponibilidade de horário

01 VAGA

CHEFE DE FILA

Ensino Médio Completo

Experiência Mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir disponibilidade de horário

01 VAGA 

TRABALHADOR DA CULTURA DE CACAU

Ensino Fundamental Completo

Experiência Mínima de 06 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir disponibilidade para residir no local

01 VAGA 

AUXILIAR DE RECEPÇÃO

Ensino Médio Completo

Experiencia mínima de 6 meses em Hotelaria comprovada em carteira de trabalho

Possuir curso de Informática

Possuir disponibilidade de horário

01 VAGA 

VENDEDOR EXTERNO

Ensino Médio completo

Experiência mínima de 6 meses comprovada em carteira de trabalho

Possuir Moto e CNH categoria A

01 VAGA

ILHÉUS: PROCURADOR SINALIZA QUE NÃO HAVERÁ RETORNO DE SERVIDORES

Do JBO

Procurador ainda criticou decisão do judiciário.

O Procurador Jurídico da Prefeitura de Ilhéus, advogado Jéfferson Domingues, disse hoje, pela manhã, durante entrevista concedida à rádio comunitária Ilhéus FM, que o município não tem condições financeiras de arcar com o retorno dos servidores admitidos sem concurso público, entre 5 de outubro de 1983 e 5 de outubro de 1988 e dos funcionários contratados por meio de seleção simplificada, afastados de suas funções no dia 7 de janeiro. “Se reintegrar, não há como pagar servidores, nem serviços essenciais”, resumiu.

De acordo com cálculos do procurador, o retorno dos demitidos representaria um acréscimo de quase dois milhões de reais na folha de pessoal, cujo valor total, por mês, é de aproximaamente 16 milhões de reais.

Jéfferson Domingues fez fortes críticas à decisão tomada pela desembargadora Sílvia Zarif, do Tribunal de Justiça da Bahia, que determinou o retorno dos demitidos até que os mesmos sejam ouvidos no processo. Na sentença, a desembargadora discordou do fato de que os trabalhadores tenham sido demitidos sem que tenham sido sequer ouvidos no decorrer do processo.

Por outro lado, Jéfferson destaca que a decisão da desembargadora acontece após ter sido feito o chamamento dos concursados, que já ocupam as funções antes atribuídas aos demitidos. “Após convocação e empossados, a desembargadora apenas manda retornar demitidos e impõe ao município duas pessoas para a mesma função”, criticou. De acordo com o procurador, o diálogo com as entidades continua aberto mas o município tem o dever de proteger aquilo que protege o erário.

Perguntado pelo radialista Vila Nova se o prefeito Mário Alexandre corre o risco de vir a ser preso pelo descumprimento da decisão da desembargadora, o procurador foi, novamente, taxativo. “Nós vivemos num cenário político judicial, de um ativismo judicial tão forte, que não posso descartar (a possibilidade).” E continuou fazendo críticas à desembargadora. “Fizemos ontem uma petição onde questionamos: Excelência! Vosso comando é para fazer x, nossa possibilidade é y. Não é a decisão de uma lauda que pode impactar a remuneração do servidor concursado”, destacou.

Para Jéfferson Domingues, a decisão da desembargadora é brotada apenas do sentimento e não da razão jurídica. Na opinião dele, a magistrada veio e disse: “olha, município, até que eu mude de idéia reinclua aí na sua fatura a despesa que gira em torno de dois milhões. Depois, se eu mudar de ideia, posso pensar na sua situação”, ironizou.

Segundo Jéfferson, muitos dos servidores demitidos “apostaram na sorte”. “Não fizeram concurso por que ficariam com salários aquém dos atuais”, disse. Citou casos na função de Assistente Administrativo. Quem prestou concurso, de acordo com Jéfferson, percebe hoje cerca de 1.500 reais. Os antigos, sem concurso, recebiam 10 mil, segundo revelou. “Eles sabiam que iriam correr este risco”, afirmou.

O procurador lembrou ainda que o atual governo criou alternativas para evitar prejuízos aos trabalhadores. Citou o Programa de Demissão Voluntário. A medida consistiu em aposentar este servidor e ainda lhe garantir um adicional de 35 por cento no benefício. “Muitos aceitaram”, reconheceu. “Existem remédios amargos. Esta é uma situação. Criança quer tomar remédio doce e nem toda formula é adocicada”, resumiu o conflito agora estabelecido, alegando que o que se faz no momento é defender, prioritariamente, os interesses do município.

Clique aqui para ler mais.

ILHÉUS: SERVIDORES SÃO SURPREENDIDOS COM MENOS R$ 500 NO SALÁRIO

Do Tabuleiro

Cadê?

Servidores municipais de Ilhéus que foram aprovados no concurso público de 2016 foram surpreendidos ao conferirem o valor salário depositado pela Prefeitura Municipal de Ilhéus neste mês de abril, referente ao mês de março. Foi descontado R$ 500 de cada servidor.

A justificativa confusa teria relação com uma ordem judicial, que ordenou que o salário de servidores fosse “igualado” ao funcionários de carreira. Representantes sindicais se reúnem nesta quarta-feira (3) com representantes do governo para tentarem reverter a situação.

OAB-BA DESAGRAVA ADVOGADO EM ILHÉUS NESTA QUARTA

Da Ascom/OAB

Sede da OAB.

Em mais um ato em defesa das prerrogativas da classe, a OAB da Bahia realizará, nesta quarta-feira (03/04), na sede da subseção de Ilhéus, um desagravo ao advogado Antônio Pinto Madureira. Tendo como interessados os juízes das 3ª e 4ª Varas Cíveis da comarca, o ato contará com a presença dos presidentes da OAB-BA, Fabrício Castro, e da OAB de Ilhéus, Martoni Maciel, acompanhados de diretores e conselheiros seccionais.

Com dificuldade de exercer a profissão, Antônio Madureira explica que seus problemas começaram quando decidiu entrar com uma representação no Conselho Nacional de Justiça contra o juiz da 3ª Vara Cível, que acumulava processos com cerca de 30 anos sem sentença. “Em revide à representação, o juiz se julgou suspeito para despachar meus processos”, explica.

O advogado afirma que também enfrentou problemas na 4ª Vara, com o desaparecimento e reaparecimento de um processo de cobrança de honorários e espera de 52 dias para ter anexado um documento a seu processo. “Em função destes casos e da influência dos juízesoutros magistrados também se deram por suspeitos em processos em que atuo”, desabafou.

O resultado, segundo Antônio, é refletido no bolso. Não consigo exercer a advocacia, que é minha única profissão, meu único sustento. Minha aposentadoria não chega a R$ 2 mil”, pontuou.

Diante dos problemas relatados, o presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB-BA, Adriano Batista, ressalta a importância da mobilização da classe e destaca o desagravo como instrumento capaz de devolver ao advogado parte da dignidade que lhe foi retirada pela conduta arbitrária e pelo desconhecimento por parte do ofensor.

Também em apoio ao advogado, Fabrício Castro pede apoio da classe durante o ato. “Será o momento de reunir a advocacia e reafirmar que a OAB da Bahia é intransigente quando o assunto é prerrogativa. Não admitiremos jamais que colegas tenham suas garantias violadas e, muito menos, que sejam impedidos de advogar. Vamos à luta”, concluiu.

DUPLA INVADE GRÁFICA E TENTA MATAR FUNCIONÁRIO NO CENTRO DE ILHÉUS

Do Ilhéus 24h, com informações da TV Santa Cruz

Ação dos atiradores.

O funcionário de uma gráfica escapou sem ferimentos de um ataque a tiros, na tarde desta segunda-feira (1º), em Ilhéus. Uma câmera de segurança do estabelecimento registrou a ação.

Nas imagens, é possível ver o momento em que dois homens armados entram na gráfica e começam a atirar na direção da vítima. O homem estava atrás do balcão, ao lado de uma outra funcionária, quando começou o ataque.

Após os tiros, tanto a vítima, quanto a colega de trabalho, correm. O vídeo mostra que, no desespero, a mulher chega a ir na direção de um dos criminosos, que estava em frente à porta do estabelecimento. Ela também não teve ferimento.

Os dois suspeitos fugiram após a ação. Não há informações ainda sobre a autoria e a motivação do crime. A vítima não teve o nome divulgado. O crime será investigado pela Polícia Civil. Confira abaixo a reportagem da TV Santa Cruz contendo o vídeo com a ação completa dos criminosos.

SOB TIROS, TAXISTA CONSEGUE ESCAPAR DE ASSALTANTES EM ILHÉUS

Do Ilhéus 24h

Tiros acertaram lataria do carro.

Um taxista viveu momentos de tensão em ter o carro atingido por tiro quando passava pela estrada do distrito de Maria Jape, nesta segunda-feira, 01.

De acordo com informações publicadas pelo FR Notícias, dois homens armados saíram da mata e anunciaram o assalto, o taxista acelerou e um dos bandidos efetuou os disparos, atingido a porta do motorista. Não havia passageiros no momento do incidente, e o motorista não ficou ferido.

Assustado, o taxista pediu socorro aos colegas e ainda acionou a polícia militar, que realizou diligências na localidade, mas não conseguiu localizar os criminosos.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia