WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
bahiagas policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


novembro 2019
D S T Q Q S S
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


:: ‘Ilhéus’

CACÁ LIDERA PESQUISA PRA PREFEITO EM ILHÉUS

Do Blog do Gusmão

Primeiros colocados.

Pesquisa de opinião da empresa Sócio Estatística realizada de 13 a 17 de agosto, em Ilhéus, mostra um empate técnico entre Cacá Colchões, Valderico Júnior, Jabes Ribeiro, Marão e Cosme Araujo, cinco dos principais nomes que podem disputar o comando da prefeitura em 2020. Foram entrevistadas 1004 pessoas e a margem de erro é de 3% para mais ou menos.

Na pergunta estimulada: “Se a eleição fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem votaria?”, os resultados foram os seguintes:

Cacá Colchões 9.86%;

Valderico Júnior 9.36%,

Jabes Ribeiro 8.47%

Mário Alexandre  – Marão 8.07%

Cosme Araujo 7.87%

Bebeto 5.38%

Outro 3.49%

Jorge Luís 3.29%

Professor Reinaldo 3.09%

Nazal 2.79%

Alcides Krushewsky 2.79%

Nilton Cruz 1.49%

Marlon Silveira 0.90%

Adélia Pinheiro 0.80%

Luís Uaquim 0.30%

Na espontânea: “Já tem candidato a prefeito?” a Sócio Estatística colheu os seguintes resultados:

Não 70.52%

Não respondeu 15.34%

Marão/Mário 4.18%

Cacá/Cacá Colchões 2.99%

Valderico Júnior/Valderico/Jr  1.89%

Cosme Araujo/Cosme 1.16%

Jabes/Jabes Ribeiro 1.0 %

Bebeto 0.50%

Nazal 0.50%

Alcides 0.30%

Rui 0.30%

Professor 0.20%

Augustão 0.10%

Jorge/Jorge Luiz 0.20%

Pro Reinaldo 0.10%

Sim. Quem? 0.10%

O uso do ponto em numerações com casas decimais remete à formatação original do relatório da Sócio Estatística

ILHEENSE REPROVA GOVERNOS BOLSONARO E MARÃO E APROVA O DE RUI, MOSTRA PESQUISA

Do Pimenta

Avaliações.

Pesquisa Sócio-Estatística feita no período de 13 a 17 de agosto mostra que o ilheense aprova a gestão do governador Rui Costa e reprova os governos do prefeito Mário Alexandre e do presidente da República, Jair Bolsonaro. O instituto ouviu 1.004 eleitores e o levantamento ao qual o PIMENTA teve acesso apresenta margem de erro de 3 pontos percentuais.

GOVERNO MARÃO COM LEVE MELHORA

A gestão do prefeito Marão obteve 2,49% de ótimo e 10,56% de bom no levantamento feito pela Sócio-Estatística, o mais respeitado instituto de pesquisa do interior baiano. Já 28,69% consideram o governo regular, enquanto 18,33%% avaliam como ruim e 34,86% como péssimo.

De janeiro para agosto, ele obteve leve melhora. No levantamento feito de 24 a 30 de janeiro, o governo Marão era avaliado como ótimo por 2,26% dos ilheenses, 5,89% consideravam boa a gestão e 17,39% como regular. O percentual que avaliava o governo como ruim era 14,86%. Como péssimo, atingia 58,42%. E 5,08% não responderam ou não souberam responder.

GOVERNO RUI

Para 17,03% dos ilheenses consultados, a gestão de Rui é ótima, enquanto 29,88% dizem que é boa e outros 24,9% a consideram regular. Na outra ponta, 9,46% a consideram ruim e 13,15% avaliam como péssima. O percentual de eleitores que não souberam avaliar atingiu 5,58%.

Na pesquisa feita em janeiro, 14,31% disseram que o governo era bom e 29,88% consideravam regular. Para 7,25%, era ruim e 23,46% avaliaram como ruim. O percentual dos que não souberam responder ou não sabiam atingiu 4,08%.

BOLSONARO REJEITADO

Os oito primeiros meses do Governo Bolsonaro também foram objeto de avaliação dos ilheenses. Para 6,37% dos ilheenses, a gestão do presidente da República é ótima. Outros 11,65 a avaliam como boa e 27,89% a consideram regular. Para 13,15% dos ilheenses, o governo de Bolsonaro é ruim e 35,36% o consideram péssimo. 5,58% dos pesquisados não souberam ou não responderam.

AVANÇAM OBRAS DA NOVA PONTE DE ILHÉUS; CONFIRA IMAGENS

Do Pimenta

Foto de Zé Nazal.

As obras da primeira ponte semiestaiada baiana devem ser entregues ainda no verão 2019/2020. No último domingo (1º), foram instalados mais dois cabos de sustentação da estrutura da ponte. No total, são 23 pares e até agora foram instalados 10. As obras são executadas pelo governo baiano, por meio da Secretaria Estadual de Infraestrutura.

– Essa grande obra de mobilidade urbana vai facilitar muito o dia a dia da população de Ilhéus e das pessoas que a visitam a passeio ou trabalho. Além disso, a ponte será uma das mais bonitas do Brasil, à altura dessa grande cidade. Os trabalhos avançam em ritmo acelerado e serão concluídos em breve – disse o governador Rui Costa.

A ponte terá 533 metros de comprimento. A implantação do equipamento beneficiará 511 mil habitantes de Buerarema, Canavieiras, Itabuna, Itacaré, Uruçuca e Una, junto com Ilhéus. Além disso, contemplará o escoamento da produção agrícola, principalmente do cacau, e o desenvolvimento do turismo no litoral sul baiano. O investimento é de R$ 99 milhões, segundo o governo baiano.

Clique aqui e confira mais imagens da obra.

ONG GONGOMBIRA PROMOVEU SEGUNDA ETAPA DE CAPACITAÇÃO DO PROJETO REDE AVIÁRIA

Evento.

A Organização Gongombira de Cultura e Cidadania finalizou, nesta sexta-feira, 30, mais uma etapa do projeto Rede Aviária, com a capacitação em criação de aves, agroecologia e entrega de kits com acessórios para os responsáveis dos terreiros de candomblé comtemplados pela iniciativa.

Os dois dias (29 e 30) de atividades ocorreram no Ilê Asé Azari Tobossi OminDewá, localizado na zona norte de Ilhéus. Participaram das oficinas, ministradas pelo agrônomo Diego Albuquerque, cerca de vinte pessoas responsáveis pela criação de aves em terreiros de candomblé de Una, Itabuna e Ilhéus.

Cada terreiro recebeu um kit com acessórios para iniciar o trabalho de criação de aves, contendo pintos, galinhas, galos reprodutores, vacinas, ração, comedouros, bebedouros e bomba d’água.

No encerramento dessa primeira etapa, foram entregues cinco galinheiros já finalizados, um em Una e quatro em Ilhéus. Na segunda fase do projeto, outros municípios serão contemplados com a construção de mais cinco galinheiros.

Com a implantação do projeto, a ONG Gongombira tem como objetivo promover o fortalecimento do trabalho decente em comunidades de terreiro no sul da Bahia.

O Projeto Rede Aviária

O projeto Rede Aviária garantirá a implantação de galinheiros profissionais nas cidades de Ilhéus, Itabuna e Una, além de promover a capacitação dos colaboradores responsáveis nas comunidades, com a oferta de cursos nas áreas de Economia Solidária, Educação Ambiental, Agroecologia e Criação de Aves.

A iniciativa tem apoio do Àwa, Ações Afirmativas e incentivo financeiro do Fundo do Trabalho Decente, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado da Bahia.

BATERIA DE ÔNIBUS CAI DURANTE TRAJETO EM ILHÉUS

Do Ilhéus 24h

O caos.

Imagens acompanhadas de denúncia enviada por um leitor, mostram a bateria de um ônibus da São Miguel no chão após se desprender do veículo no trajeto para o distrito de Sapucaeira, Zona Sul de Ilhéus.

Nas imagens é possível ver a bateria do veículo no chão, as informações obtidas são de que ela, simplesmente, caiu do veículo em más condições de manutenção. Este é mais um caso de ônibus em péssimas condições circulando na cidade, a situação fica ainda pior nos distritos.

ILHÉUS: PREFEITURA FALA EM INTEGRAÇÃO DA TARIFA DE ÔNIBUS

Ônibus

Um sistema de integração das linhas de ônibus de Ilhéus deve ser implantado em breve. É o que afirma o governo local. Em release divulgado nessa quarta-feira, dia 28, a gestão Mário Alexandre relata reunião realizada hoje para discutir o tema, da qual participaram engenheiros, representantes das empresas de transporte, especialistas, secretários e o prefeito.

O sistema permitirá que o passageiro pegue dois ônibus pagando uma mesma passagem.

De acordo com o texto, não haverá prazo máximo para fazer a integração. Em Salvador, por exemplo, a integração só funciona se for de ônibus-metrô ou o contrário e pelo período de duas horas.

Não foi divulgado prazo para início do sistema e nem quais serão os impactos na tarifa do transporte coletivo.

IGREJA DA PIEDADE COMEMORA 90 ANOS DE SUA CONSAGRAÇÃO

Igreja da Piedade.

No próximo dia 31 de agosto, sábado, às 18 horas, o Instituto Nossa Senhora da Piedade celebra Missa Solene em comemoração aos 90 anos de consagração de sua Igreja, um marco precioso do patrimônio histórico e cultural de Ilhéus e da região cacaueira. Além da missa, o evento também prestará homenagem aos benfeitores iniciais da construção do templo.

São nove décadas que, no alto da colina, a Igreja da Piedade, em estilo gótico, guarda a cidade e ilumina gerações. “Símbolo monumental da fé ilheense, o templo é um espaço de reflexão e acolhimento onde, desde 1929, a comunidade regional encontra abrigo para suas aflições, harmoniza seus sentimentos e renova suas esperanças”, afirma o professor e jornalista Ramayana Vargens, um dos grandes colaboradores do instituto de ensino acoplado à igreja, famoso em todo mundo em decorrência da obra literária de Jorge Amado.

Segundo o professor Ramayana, a construção da Igreja da Piedade foi um marco significativo na evolução urbana de Ilhéus. A obra, iniciada em dois de fevereiro de 1928, atendeu a uma forte aspiração da sociedade local.  “À medida que o perfil da torre e das agulhas góticas se delineava, o povo absorvia aquela silhueta como um sinal profético, que abençoava a cidade em cima de um cume privilegiado. E coroava uma época de transformações e modernização. Ilhéus se mobilizava por uma ponte que ligasse o centro ao Pontal. Iniciava a coleta motorizada de lixo. Melhoravam os serviços de água, luz e esgoto. A Avenida Beira Mar (atual Soares Lopes) era ampliada e diversos logradouros recebiam os beneficiamentos da urbanização. O busto de Castro Alves era inaugurado, em frente ao Grupo Escolar, na orla central. Começava a concretagem das fundações do Cine Teatro. Uma caravana de carros e caminhões, pela primeira vez, atravessava a estrada Ilhéus–Macuco (Buerarema). O governo federal autorizava a abertura da primeira casa bancária no município”, conta.

A importância do templo teve o pronto reconhecimento do então governador do estado, Francisco de Góes Calmon, que liberou 50 contos de réis (quantia vultosa na época) para a construção.  O chefe do governo municipal, Durval Olivieri, também apoiou a corajosa iniciativa das Irmãs Ursulinas e deu continuidade à colaboração de seu antecessor, Mário Pessoa, que havia iniciado a transformação dos “caminhos de cabras” das rústicas ladeiras da área em ruas bem traçadas, com melhores acessos. A imponência da igreja, desde o início, transformou-se em motivo de orgulho regional.

De acordo com o professor Ramayana Vargens, membro da Academia de Letras de Ilhéus, o planejamento para a obra começou em 1927. Nesse ano, monsenhor Clodoaldo Barbosa, capelão do Convento da Soledade, em Salvador, recomendou às irmãs de Ilhéus o mestre construtor Salomão da Silveira, para estudar um projeto encomendado na Europa. Salomão fez modificações fundamentais nas plantas (adaptando o traçado às reais condições do terreno) e assumiu o comando da empreitada.

No dia 31 de agosto de 1929, o bispo Dom Manuel Antônio de Paiva, apesar da saúde abalada, e às vésperas de deixar a diocese, fez questão de celebrar o ato de consagração do templo. A população da cidade invadiu a colina e a festa inaugural entrou para a história como um dos eventos mais bonitos e emocionantes nos tempos áureos do cacau.

Em artigo sobre o evento, Vargens pontua: “Assim, começa uma longa etapa de realizações marcantes na vida da sociedade regional tendo como palco o espaço sublime do santuário da Piedade. São 90 anos de bênçãos, preces, lágrimas, sorrisos e emoções que marcam momentos inesquecíveis da história de Ilhéus. Missas comoventes, novenas fervorosas, celebrações edificantes, casamentos suntuosos, formaturas garbosas, cerimônias cívicas e – principalmente – a magnífica energia transformadora da religiosidade de gente simples do povo. Que Nossa Senhora da Piedade continue abençoando a cidade e seus filhos. E que o milagre de Sua Majestosa Presença nos proteja – sempre – contra os males e perigos que nos cercam, com frequência cada vez maior. Amém!”

CONTRA FALA DE VEREADOR, PROFESSORES DA UESC PEDEM ESPAÇO NA CÂMARA

Do Tabuleiro

Uesc

As entidades e coletivos abaixo-assinados vêm a público repudiar as lamentáveis declarações do vereador de Ilhéus, Aldemir Almeida (Partido Progressista), durante a sessão da Câmara de Vereadores de Ilhéus realizada no dia 20.08.

Em tom desrespeitoso para com às instituições democráticas, o citado vereador incita a violência e utilizando-se de palavras de baixo calão desrespeita as Universidades e os estudantes, especialmente de cursos de Sociologia e Arte (Teatro), numa atitude que não se corresponde com sua investidura de um representante eleito pelo povo.

O vereador também dirigiu-se de forma acintosa às entidades representativas dos estudantes secundaristas (UBES) e universitários (UNE), fazendo ilações levianas sem provas. Em vez disso, o edil deveria reconhecer a importância dessas entidades na construção da democracia no Brasil.

A sociedade brasileira não aceitará o retorno de regimes e práticas ditatoriais que cercearam as liberdades democráticas no período da história recente no país.

Vivemos numa conjuntura em que alguns mandatários promovem a incitação ao ódio e o desrespeito aos direitos humanos. Não aceitaremos ataques às universidades e entidades da comunidade universitária, especialmente por representantes do povo, que deveriam servir de exemplo no respeito às diversidades e a defesa da democracia.

Dessa forma, solicitamos à presidência da Câmara de Vereadores um espaço em sessão para exercer direito de resposta, além de apresentar aos nobres vereadores e à sociedade as realizações e importância das universidades, especialmente da nossa UESC, património deste povo do sul da Bahia.

COLISÃO ENTRE CAMINHÃO E ÔNIBUS DEIXA 5 MORTOS EM ILHÉUS

José Gutemberg. Foto: redes sociais.

Três vítimas fatais do acidente já foram identificadas: José Gutemberg, morador de Ilhéus, de 23 anos, o motorista do ônibus,  Carlos Júnior, morador do Banco da Vitória, também em Ilhéus, e o itabunense Jorge Santos, residente no Bairro Lomanto, que era passageiro.

Carlos Júnior era o motorista do ônibus.

Veja mais informações abaixo.

Atualizado às 09h05 de sexta (23)

O número de mortos foi confirmado, de acordo com o G1 Bahia. O motorista e quatro passageiros do ônibus, que ainda não tiveram os nomes revelados, foram as vítimas fatais, de acordo com a Viação Cidade Sol.

Passageiros relataram ao G1 Bahia que o ônibus seguia em sua via, quando o caminhão surgiu, na contramão, causando o acidente.

Na noite desta quinta-feira (22), um grave acidente deixou ao menos quatro mortos nas imediações do Posto Santo Antônio, trecho da BR-101 entre o trevo de Uruçuca e o município de Itabuna.

Um caminhão com uma carga de madeira colidiu com um ônibus da empresa Cidade Sol, que fazia o itinerário de Jequié para Ilhéus

Em vídeos que circulam na internet, é possível ver o estado dos veículos após a colisão. Enquanto o caminhão tombou na beira da estrada e pegou fogo, o ônibus foi parar no meio do matagal, às margens da rodovia.

As informações preliminares apontam que ao menos quatro mortos foram identificados no local, vários outros feridos também foram reportados, mas ainda não há um número preciso de vítimas. Mais informações serão repassadas a qualquer momento.

Por meio de nota à imprensa, a Cidade Sol afirmou que as causas do acidente ainda estão sendo investigadas e que presta assistências às vítimas e familiares. A empresa coloca à disposição das vítimas e familiares o SAC 0800 075 0010 para a prestação de mais informações.

 

Informações do Agravo e Ilhéus 24h

 

ILHÉUS: PRESOS SUSPEITOS DE MATAR MOTOBOY

Do Pimenta

Dupla.

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos de participar da morte do motoboy Edgar João dos Santos Filho, de 36 anos, em Ilhéus. O latrocínio, roubo seguido de morte, foi cometido na noite do dia 22 de julho, na ladeira de acesso ao Condomínio Morado do Porto, no Banco da Vitória. Para atrair a vítima, o criminoso pediu uma corrida ao residencial localizado às margens da Rodovia Ilhéus-Itabuna (veja aqui).

Agentes da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos cumpriram mandado de prisão contra Jonas Santos Pereira, o Índio, e Wanderson de Oliveira, o Banguelo, nesta segunda (12). À Polícia Civil, Wanderson disse que, no dia do crime, Jonas teria lhe pedido que guardasse uma arma.

Ainda segundo o relato de Wanderson, vulgo Banguelo, Índio assumiu ser o autor do latrocínio contra o motoboy. De acordo com o relato feito pelo atirador, a vítima teria reagido ao anúncio de assalto e levou um tiro, caindo ao chão em seguida. O Índio fugiu com a moto e a escondeu no Banco da Vitória.

Clique aqui e veja mais informações.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia