WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


dezembro 2018
D S T Q Q S S
« nov    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  


:: ‘Ilhéus’

ILHÉUS PODE TER DE VOLTA VOOS NOTURNOS

Da Secom/Ilhéus

Aeroporto.

O prefeito Mário Alexandre vem acompanhando as ações realizadas para melhoria interna e externa no aeroporto Jorge Amado, cuja administração está a cargo da SPE-Concessionária, consórcio criado pela empresa Socicam para administrar o equipamento. Segundo o novo gerente do aeroporto, Marco Antônio, os passageiros já podem desfrutar de espaço ampliado nas salas de embarque e desembarque.

O gestor do aeroporto adianta que chegarão nos próximos dias os equipamentos de refrigeração para adequar serviços de climatização nos banheiros. Também confirma o avanço das negociações com as companhias aéreas para o aumento da oferta dos voos, incluindo os noturnos, a fim de atender a demanda do verão e devolver a Ilhéus as linhas desativadas.

Segundo Marco Antônio, as maiores intervenções no local serão realizadas a partir do quarto mês de administração do aeroporto. Entre elas, estão incluídos o recapeamento de pista e aumento dos pátios de estacionamento para aeronaves e de veículos, expansão do estacionamento, ampliação dos pátios de decolagem e aterrissagem da viação regular e depois o pátio da aviação geral, além da adequação da sinalização horizontal.

Intervenções – No último dia 13, o prefeito reuniu-se com o gerente Marco Antônio e o diretor-presidente da SPE-Concessionária, Claudio Gomes, para conhecer os planos de expansão da empresa. No encontro, os empresários solicitaram à Prefeitura intervenções no tráfego de veículos nas áreas adjacentes ao aeroporto e soluções para o excesso de interferências no entorno da pista de decolagem e aterrissagem, como antenas e prédios construídos em locais inadequados.

Para o prefeito Mário Alexandre, é uma prioridade da administração municipal transformar o aeroporto de Ilhéus em um dos mais bem equipados do país. “Ilhéus é um dos destinos turísticos mais procurados por turistas de todo o mundo, a cidade merece a melhor infraestrutura para atender os visitantes e moradores”, destaca.

De acordo a Secretaria de Infraestrutura do Estado da Bahia, o Aeroporto Jorge Amado recebe, em média, 700 mil passageiros por ano e opera com voos regulares, sendo o principal terminal do interior do estado.  A concessão prevê investimento de R$ 100 milhões ao longo do prazo de 30 anos de contrato para realização de serviços, sendo 30 milhões de reais nos primeiros cinco anos.

ILHÉUS: INCÊNDIO ASSUSTA CLIENTES E FUNCIONÁRIOS DO ITÃO

Do FRN

Incêndio

A loja Itão Supermercados, situada na Rua Bela Vista, centro de Ilhéus, registrou na manhã desta terça-feira, 27, um princípio de incêndio. Apesar da situação ter chamado atenção de clientes e funcionários, não houve registro de feridos.

Um curto-circuito no gerador de energia do estabelecimento pode ter provocado o incidente. Os PMs comunicaram o Corpo de Bombeiros, que chegou em poucos minutos ao local e controlou o sinistro.

Apesar do enorme susto e de atrair muitos curiosos, o atendimento na loja não foi afetado.

FÁBRICA-ESCOLA DE CHOCOLATE EM ILHÉUS RECEBE VISITA DE EMPRESÁRIO E DONO DA CACAU SHOW

Da Secom/Bahia

Visita

A Fábrica-Escola do Chocolate do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Nelson Schaun, em Ilhéus, Sul da Bahia, recebeu a visita de um dos maiores empreendedores brasileiros no mercado de produção de chocolates finos, Alexandre Tadeu da Costa, fundador da Cacau Show. O empresário visitou as instalações da Fábrica-Escola, que funciona como laboratório para a formação e certificação dos estudantes que fazem cursos técnicos de nível médio, além de funcionar como incubadora, contribuindo para a aceleração de empreendimentos e para o fomento criativo no Território.

Alexandre Costa estava acompanhado do superintendente da Educação Profissional e Tecnológica do Estado, Durval Libânio, e falou sobre a ideia inovadora do Estado ao oportunizar, por meio do equipamento, a Educação Empreendedora da juventude. “Fiquei encantado em conhecer a Fábrica-Escola. Investir na educação dos jovens e, sobretudo, criar oportunidades a eles têm tudo a ver com a história da Cacau Show”, contou Alexandre.

O empresário, que começou a carreira vendendo trufas e bombons em um fusca 78, em São Paulo e conta com uma das maiores redes de chocolate do país, tem uma vinculação com a Educação, por meio do Instituto Cacau Show, fundado em dezembro de 2009, em Itapevi, em São Paulo. Atualmente, o instituto assiste a mais de 1.500 pessoas entre crianças, adolescentes e idosos com aulas de reforço escolar, esporte e informática. Ele destacou a importância de uma política pública que integra escola, comunidade e cadeia produtiva do cacau na região Sul da Bahia. “A Fábrica-Escola irá gerar muitos frutos e um grande legado para a história do cacau e da indústria chocolateira no país”, acredita.

A Fábrica Escola do Chocolate do CEEP Nelson Schaun foi inaugurada em julho deste ano. O equipamento valoriza e fomenta a vocação de Ilhéus e região na produção de chocolate, fortalecendo e incentivando toda a cadeia produtiva. A instalação, com capacidade para produção de 800 kg/mês de chocolate e de 2 toneladas/mês de nibs de cacau, investirá na formação de aproximadamente 2 mil alunos por ano. Além da Fábrica-Escola do Chocolate de Ilhéus, a Secretaria da Educação do Estado também já inaugurou as Fábricas-Escolas do Chocolate, em Gandu, e em Arataca, além da Fábrica-Escola do Couro, em Ipirá, e a Fábrica-Escola da Construção Civil, em Salvador.

PP DE ILHÉUS RESPONDE ACUSAÇÃO DE QUE TENHA SIDO REPONSÁVEL PELA DEMISSÃO EM MASSA DE SERVIDORES ILHEENSES

Da Ascom/PP

A Comissão Executiva do Partido Progressista em Ilhéus vem a público manifestar repúdio à veiculação publicada na imprensa local, especialmente em alguns blogs, sobre a responsabilidade pela demissão de centenas de servidores públicos admitidos antes da Constituição Federal de 1988, atribuída à gestão do partido.

Importante ressaltar que a CF/88 tornou estáveis servidores admitidos antes de outubro de 1983, ou seja, aqueles que ingressaram 5 anos antes da Carta Magna. Aqueles servidores admitidos após outubro de 1983, apesar não serem enquadrados como estáveis, não houve qualquer mandamento legal que obrigasse a demissão. Após a Constituição, porém, para ingresso na carreia pública houve obrigação de admissão mediante concurso público.

Assim, nas gestões do ex-Prefeito Jabes Ribeiro, especialmente de 2013 a 2016, várias ações foram promovidas para evitar a demissão em massa dos servidores, quais sejam: ajuste fiscal com o aumento da arrecadação, com o fito de diminuir o índice de pessoal para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal; a realização do maior concurso público havido na cidade de Ilhéus, com a finalidade precípua de substituir os servidores em fim de carreira, inclusive aqueles admitidos entre 1983 a 1988; a alteração do regime jurídico dos servidores de celetista para estatutário, que foi de fundamental importância para reestruturar o quadro de pessoal do Município e diminuir o impacto de contribuições sobre a folha de pagamento; a aprovação do reenquadramento da remuneração dos servidores, objetivando a melhoria salarial daqueles que tinham sido admitidos com salário muito abaixo da realidade do mercado de trabalho.

Além disto, dentro do planejamento do ajuste foi devidamente planejado e entregue ao governo que assumiu o anteprojeto do Plano de Cargos e Salários, bem como o Programa de Demissão Voluntária, que veio a ser aprovado pelo legislativo municipal, como uma forma de estimular e salvaguardar anos de prestação de serviços ao Município, diante de uma aposentadoria prematura.

Não é verdade também que o governo progressista não tenha convocado concursados, a medida que os contratos temporários foram extintos, houve convocação de médicos, enfermeiros, procuradores e outros, dando continuidade a política de ajuste em todas as áreas, especialmente a de pessoal.

Assim, o Partido Progressista, pelos atos praticados pelo ex-prefeito Jabes Ribeiro, tem a convicção de que a demissão em massa de servidores poderia ter sido evitada, acaso houvesse continuação do ajuste fiscal, bem como incentivo a aposentadoria, com o efetivo diálogo com a classe atingida pela decisão judicial, que é passível de sofrer reforma pelos Tribunais Superiores, se essa for a decisão da gestão municipal.

Comissão Executiva do Partido Progressista.

NAZAL DISCORDA DA FORMA DE MARÃO GOVERNAR

Do JBO

Nazal

Vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal é uma espécie de ombudsman da administração municipal. Faz críticas à própria gestão, não poupa integrantes do governo e assegura que apesar de ainda debater e participar do dia-a-dia da Prefeitura, está rompido politicamente com o prefeito Mário Alexandre. Diz mais: numa eventual composição para 2020, nem ele quer ser vice de Mário e nem Mário quer tê-lo como vice.

Próximo aos 64 anos, destes 41 dedicados à vida pública, Nazal divide opiniões no Centro Administrativo. Ele fala que a sinceridade é o princípio da transparência do homem público e que não tem medo de dizer o que pensa sobre a cidade, os seus moradores e os próprios colegas de governo. É ácido quando se refere ao que considera “uma grande quantidade de gente de fora” no governo. Define esse núcleo como sendo totalmente sem compromisso com a cidade.

Nesta entrevista exclusiva concedida ao JBO, Nazal também fala sobre a polêmica dos marcos divisórios entre Ilhéus e Itabuna e, claramente, fala sobre 2020, colocando-se como possibilidade real para a sucessão do prefeito Mário Alexandre. Uma entrevista que vale a pena ser lida. Nos mínimos detalhes.

Vou começar com uma provocação. Se eu for hoje fazer compras no Supermercado Makro, continuarei em Ilhéus ou estarei indo a Itabuna (esta semana foi reiniciada uma antiga discussão sobre se aquela área estaria em território de Ilhéus ou de Itabuna)?

Você continua em Ilhéus. Lei Estadual 12.638. Já estou com as respostas do coordenador estadual do IBGE na Bahia e do diretor de Informações Geoambientais da Seplan (Secretaria Estadual de Planejamento) que me asseguram isso.

A Prefeitura de Itabuna alega ter um documento que contraria esta sua informação.

Nesta terça (27) vai ter uma Sessão na Câmara (de Vereadores de Ilhéus) e eu vou levar a documentação que tenho. Eu é que gostaria de saber que documento é este que eles afirmam ter por que, uma lei, pelo que me conste, só pode ser alterada por outra lei. A competência de legislar sobre limites intermunicipais de cada estado cabe ao estado e os municípios definem seus limites internos.

Então como se explicar este novo alvoroço…

… Não há motivo para alvoroço. A Lei 12.057, de 2011, autorizou a SEI (Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia) numa ação conjunta do IBGE a fazer a alteração de limites de 27 territórios do estado da Bahia. Faltam apenas dois ou três territórios decorrentes de ações interpostas antes da lei, como, por exemplo, Salvador e Lauro de Freitas, por que existem questionamentos com relação ao aeroporto, estação de metrô, essas coisas divulgadas na mídia. Aqui no Território Litoral Sul, do dia 1º a 15 de fevereiro de 2012, foi feito o levantamento de todos os municípios, com o acompanhamento integrado, e a Lei foi aprovada na Assembl[eia (Legislativa da Bahia), em 26 de dezembro de 2012, sancionada pelo então governador Jaques Wagner em 10 de janeiro de 2013. É o que vigora.

Clique aqui e confira a entrevista completa.

NOVA EDIÇÃO DO OTAMBÍ DE VERÃO ACONTECE NO DIA 21 DE DEZEMBRO, EM ILHÉUS

Banda.

Para agitar a melhor estação do ano, no dia 21 de dezembro será realizado mais uma edição do Otambí de Verão, a partir das 20 horas, no Espaço Cultural Dilazenze. A animação ficará por conta da Orquestra Gongombira de Percussão, com o lançamento de duas músicas de trabalho, e atrações convidadas.

Os ingressos antecipados podem ser adquiridos, por R$ 10, no Espaço Cultural Dilazenze e Livraria Papirus. As atrações convidadas Samba Light, Cijay e DJ Múcio também prometem agitar a noite, abrindo o verão com muita alegria e música para todos os gostos.
Há 14 anos na estrada, a Orquestra Gongombira de Percussão, grupo formado por percussionistas e músicos ligados ao Terreiro de Matamba Tombenci Neto, lançou duas novas músicas de trabalho para este verão: Mina Hora, de composição de Marinho Rodrigues e uma nova versão de Vá Se Benzer, gravada por Preta Gil, no início do ano, interpretada por Jamena Lorrana.
A Orquestra Gongombira carrega, em seu repertório, diversas influências musicais afro e latinas, como o Ijexá, Samba Reggae, Merengue, Salsa, Reggae, Samba de Roda, Adarum, Cabila, pagode baiano, entre outros ritmos do candomblé da Bahia.
Com as novas músicas de trabalho, segundo Marinho Rodrigues, o grupo promete agitar o verão de Ilhéus, com muita alegria e diversidade musical. “Demos novas roupagens, trabalhamos em versões que são a nossa cara, a cara da Bahia. Queremos levar alegria por onde a nossa música tocar”, finaliza o músico.

MARÃO VAI INSTALAR NOVOS RADARES EM ILHÉUS

Do Tabuleiro

Radar

A Prefeitura Municipal de Ilhéus anunciou a abertura de um pregão presencial para registro de preços visando a futura e eventual contratação de prestação de serviços de monitoramento e fiscalização automática de trânsito, incluindo o uso de radares fixos. A sessão sera aberta no próximo dia 30 às 13h, no Anexo de Secretárias, no Centro da cidade.

ILHÉUS: JUSTIÇA OBRIGA FISCALIZAÇÃO DO TRANSPORTE ILEGAL

Da Secom/Ilhéus

Fiscalização.

O juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, Alex Venicius Campos Miranda, proferiu decisão interlocutória sobre ação movida pela Associação Profissional das Empresas de Transporte de Passageiros de Ilhéus (Atranspi), que obriga a Prefeitura a intensificar a fiscalização do transporte ilegal de passageiros praticado no município.

No processo, a Atranspi alega que as concessionárias de serviço público de transporte (empresas de ônibus) estão sendo prejudicadas “pelo aumento desenfreado de pessoas que passam a exercer a prática de transporte clandestino de cidadãos”.

Na decisão, o juiz Alex Venicius sustenta que “cabe ao Poder Público exercer seu poder de polícia, tanto no combate ao transporte clandestino, quanto ao cumprimento das cláusulas de concessão assinadas pelas empresas, no que diz respeito à boa prestação do serviço (Lei 8.987\1995, art.7º, I)”. Ao deferir o pedido de Tutela de Urgência, o juiz disse que cabe também à Polícia Militar e Rodoviária Estadual promover o combate à prática do transporte clandestino.

Legalidade – Conforme o Procurador Geral do município, Jefferson Domingues, será formado um grupo de trabalho com a Superintendência de Trânsito (Sutran) e a Proger, a fim de discutir a possibilidade e a forma mais adequada para a regulamentação do “transporte alternativo”. O diretor municipal de Trânsito, Gilson Nascimento enfatiza que o dever é cumprir a Lei. As operações estão sendo feitas pela Policia Militar.

Para o diretor, esta é uma questão complexa. “Nossa função aqui é cumprir a legislação. Os agentes de trânsito estão sendo treinados e capacitados para agir de forma educada e ordeira, e respeitar o princípio da legalidade. A fiscalização será feita como a lei determina, mas também com paciência, até que seja encontrada uma solução que contemple todos os envolvidos”, explica Gilson Nascimento.

Consulte o processo no site do Tribunal de Justiça da Bahia: http://bit.ly/consultarprocessotransporte

Liminar do juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública: http://bit.ly/liminartransportealternativo    

ILHÉUS: FUNCIONÁRIO É INDENIZADO APÓS SER CHAMADO DE PREGUIÇOSO E MANGUEADO

Do Tabuleiro

Fábrica

Um auxiliar de produção da empresa Barry Callebaut Brasil Indústria e Comércio de Produtos Alimentícios Ltda., que produz chocolates, ganhou o direito a indenização por dano moral de R$ 5 mil por ser tratado de forma humilhante por seu supervisor, na unidade de Ilhéus, informa a Justiça do Trabalho. A decisão é da 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA) e dela cabe recurso.

A prática de assédio moral foi negada por uma testemunha da empresa, mas confirmada por outra que noticiou em prol do reclamante. De acordo com ela, o supervisor tratava mal frequentemente os funcionários, e chamava o auxiliar de produção de “preguiçoso, burro e mangueado”. Ainda segundo essa testemunha “quando alguém ia no banheiro, ele dizia: tá manguiando e olhava para o relógio”.

A 2ª Vara do Trabalho de Ilhéus indeferiu o pedido por não ter evidenciado de forma cabal o alegado assédio. Visão diferente teve relatora, desembargadora Dalila Andrade, que explica que o assédio moral “caracteriza-se por ser uma conduta abusiva e reiterada, seja do empregador que se utiliza de sua superioridade hierárquica para constranger seus subalternos, seja dos empregados entre si, com a finalidade de excluir alguém indesejado do grupo por motivos de competição ou mesmo discriminação, violando direitos personalíssimos seus como a honra, a liberdade e a dignidade humana, consagrados na Constituição Federal”.

Para a magistrada, foi verificado por intermédio do depoimento da testemunha, que o supervisor da empresa tratava o reclamante com rigor excessivo, humilhando-o e constrangendo-o. “Ficou demonstrada uma conduta inadequada e rotineira do gerente, capaz de embasar o pleito indenizatório”, disse. Por isso, a desembargadora decide por condenar a fábrica de chocolates ao pagamento de dano moral. O voto foi seguido por unanimidade pelos desembargadores Esequias de Oliveira e Renato Simões.

CHAPA 1 É ELEITA PELOS MORADORES DO RESIDENCIAL RIO CACHOEIRA

Fábio Roberto e Deise Santos

 

Moradores do Residencial Rio Cachoeira elegeram no último sábado, 17, Fábio Roberto (síndico) e  Deise Santos (subsíndica), inscritos na CHAPA 01. A eleição ocorreu durante a tarde no próprio Condomínio. O empreendimento, situado ao lado do Hospital Regional Costa do Cacau, engloba 600 unidades, com casas sobrepostas e divididas em 79 blocos.

Os moradores votaram de forma democrática e deram uma vitória brilhante a Fábio Roberto e Deise Santos, com 99,09% dos votos válidos. A eleição foi realizada pela equipe da Secretaria de Assistência Social de Ilhéus e ocorreu por meio de cédulas de votação. Esse processo faz parte da construção da gestão condominial, que visa o bem-estar dos residentes. De acordo com o Código Civil, Art. 1.348, dentre algumas atribuições, o síndico deve representar e administrar as ações do Condomínio, no período de 02(dois) anos.

Os condôminos precisam planejar, pensar, decidir e juntos construirmos um ambiente cada vez melhor para vivermos em harmonia e com qualidade de vida. Um dos nossos desafios será exercitarmos constantemente como morar coletivamente, pois é algo novo para nós. Precisamos fazer com que entendamos nossas responsabilidades, obrigações, direitos e decisões, que deverão ser tomadas de forma coletiva”, disse Fábio Roberto, síndico eleito.

COMEÇA NESTA TERÇA TRIAGEM PARA MUTIRÃO DE CIRURGIA DE CATARATA EM ILHÉUS

foto divulgação

 

Durante esta semana (dias 20, 21, 22 e 23 de novembro), será realizada a triagem de pacientes a partir dos 60 anos que deverão ser selecionados para o Mutirão de Cirurgia de Catarata disponível para a população até o dia 15 de dezembro.

Os interessados devem comparecer à Faculdade Madre Thais, localizada na Avenida Itabuna, das 7 às 17 horas, munidos dos seguintes documentos: cópia do cartão SUS, RG e comprovante de residência.

A meta é atender 150 pessoas por dia. O mutirão é realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), em parceria com a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Ilhéus.

O prestador do serviço é o Day Horc – Hospital de Olhos e a avaliação para a necessidade da cirurgia será realizada por uma equipe de profissionais oftalmológicos no Hospital Costa do Cacau.

 

ILHÉUS TEM PROGRAMAÇÃO NA SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Da Secom/Ilhéus

Programação.

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria municipal da Cultura (Secult), promove atividades culturais para comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, nos dias 20 e 21 deste mês. A finalidade é expandir a cultura através de ações que promovam a valorização da comunidade negra na cidade. A iniciativa pretende levar arte, reflexão e debate ao público presente, disseminando a relevância histórica e cultural desta data especial. As atividades serão realizadas no Teatro Municipal e no auditório Sosígenes Costa, na sede da secretaria.

As comemorações têm início na próxima quarta-feira (20), às 16 horas, com roda de conversa entre dirigentes culturais locais, no auditório Sosígenes Costa. Na ocasião, o secretário Pawlo Cidade fará a apresentação do Programa de Fomento Afro Cultural de Ilhéus (Pro Afro Ilhéus), às 17h30min. Em seguida, acontece o Fest Afro Ilhéus, com apresentações artísticas de dança, teatro, poesia e capoeira, no Teatro Municipal às 19 horas. No dia 21, o Fest Afro Ilhéus conta com apresentações musicais de hip-hop, reggae e música afro. Entre os intervalos dos shows, serão exibidos vídeos alusivos à comemoração.

O secretário Pawlo Cidade destaca a importância da iniciativa. “A proposta visa ao reconhecimento e resgate dos valores da cultura negra na formação da nossa cultura e identidade, trazendo uma reflexão na busca pela participação igualitária da comunidade negra na sociedade”, ressalta.

Data comemorativa – O Dia da Consciência Negra foi oficialmente instituído em âmbito nacional através da lei número 12.519/11, em memória de Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares que morreu em combate contra a escravidão dos negros no período colonial, em 20 de novembro de 1695. O momento suscita uma reflexão sobre a introdução do negro na sociedade brasileira, a desigualdade social patente no país e a valorização da cultura e do povo africano na formação da cultura brasileira nos âmbitos social, cultural e religioso.

Programação aberta ao público:

Terça-feira, dia 20

16 horas – Dia Nacional da Consciência Negra, roda de conversa (encontro de dirigentes). Tema norteador: “O papel do movimento afro cultural na política de inclusão social do município”.

17h30 – Apresentação do Programa de Fomento Afro Cultural de Ilhéus (Pro Afro Ilhéus).

19h – Abertura do Fest Afro Ilhéus

19h10 – Apresentações artísticas de dança

19h40 – Apresentações artísticas de teatro

20 horas – Apresentações artísticas de poesia

20h10 – Apresentações artísticas de capoeira

20h40 – Final das atividades

 

Quarta-feira, dia 21

Fest Afro Ilhéus – apresentações musicais

19 horas – Bandas de hip-hop

19h30 – Bandas de reggae

20 horas – Bandas de música afro

19 às 21 horas – Exibição de vídeos entre os intervalos

21 horas – Encerramento

ILHÉUS: POLÍCIA PRENDE QUADRILHA COM 101 TABLETES DE MACONHA

Droga apreendida.

Do FRN

No sábado, 17, por volta das 11hs, uma guarnição da Rotam 69, pertencente à 68ª CIPM, foi informada através de denúncia anônima, de que indivíduos estariam traficando no Loteamento Mar de Ilhéus, na zona sul da cidade.

Com apoio do PETO 69, um dos indivíduos ao avistar a polícia entrou em uma residência e, com autorização do suspeito, a PM encontrou vários indivíduos em posse 101 tabletes de maconha, 14 trouxinhas de crack e mais 500g do mesmo entorpecente.

DUAS MORTES VIOLENTAS ASSUSTAM MORADORES DE SAPUCAEIRA

Do FRN

Uma das vítimas, Naeliton.

Na tarde de sábado, 17, dois homens foram assassinados no distrito de Sapucaeira, na zona sul de Ilhéus. De acordo com informações obtidas pela Polícia Militar, as vítimas, que estavam em uma moto, teriam sido abordadas na estrada rural por criminosos fortemente armados ainda não identificados.

Um homem, apenas identificado por Naeliton, 29 anos, teria sido executado com disparos de arma de fogo, além de vários golpes de faca, com a suspeita de estrangulamento. A outra vítima identificada por Antônio foi morta com vários tiros e ainda teve totalmente carbonizado perto da moto.

O crime com total requintes de crueldade chocou até os policiais da 69ª CIPM, que estiveram no local realizando diligências, mas ninguém foi preso. Os corpos foram removidos para o Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus para necrópsia.

MARÃO DEVE 5 MESES AOS CAÇAMBEIROS

foto: FRN

Do FRN

Caçambeiros que prestam serviço para prefeitura municipal de Ilhéus decidiram parar as atividades, nesta sexta-feira, 16, como forma de protesto pelos atrasos nos pagamentos.  Segundo os caçambeiros, os atrasos somam 05 meses. Eles afirmaram à reportagem do site Fábio Roberto Notícias que só retornam as atividades quando o pagamento for quitado.

Os caçambeiros são contratados pela empresa RBS, que fornece além das caçambas, máquinas pesadas, que auxiliam nos trabalhos inerentes às secretarias municipais.

A RBS é investigada pela Polícia Federal, referentes à Operação Sombra e Escuridão, deflagrada há duas semanas nas secretarias do governo Mário Alexandre (PSD), por suspeita de superfaturamento em licitações e de favorecimento de recursos do Bolsa Família, do governo federal.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia