WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
policlinica itabuna secom bahia teatro itabuna


janeiro 2020
D S T Q Q S S
« dez    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  


:: ‘Ilhéus’

TAXISTAS BAIANOS DECIDEM NÃO REAJUSTAR TARIFA NESTE ANO, DIZ COMISSÃO

Do Tabuleiro

Taxis

Os taxistas baianos decidiram não reajustar as tarifas em 2020 e vão adotar os mesmos valores do ano de 2016. De acordo com nota da Comissão de Taxistas da Bahia, a categoria pratica os mesmos preços das bandeiras há quatro anos.

Segundo a lei municipal 9283/17, a data base dos profissionais é janeiro.

O valor mínimo das bandeiras é de R$ 4,81. Já o valor da bandeira 1, praticado de segunda à sexta-feira das 6h às 21h. O valor da bandeira 2, por sua vez, é de R$ 3,38, para domingos e feriados e durante a semana das 21h às 6h.

Conforme a comissão, para chegar a decisão sobre a manutenção dos valores, foram feitas duas pesquisas por entidades que representam a categoria, ouvindo 6,9 mil taxistas baianos.

SERVIDORES AFASTADOS POR MARÃO LEMBRAM UM ANO DE DESESPERO E DISTRIBUEM BOLO

Da Ascom/APPI

Protesto.

Hoje faz um ano que o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, afastou das suas respectivas funções cerca de 300 servidores da Prefeitura que ingressaram no serviço público há mais de três décadas e não tiveram os seus direitos trabalhistas respeitados. Desde então, pais e mães de família brigam na justiça contra a medida. Muitos têm sobrevivido com o apoio de colegas e da comunidade.

Para protestar contra a medida do prefeito, servidores e familiares ocuparam hoje as escadarias do Palácio Paranaguá, sede oficial do governo, no centro da cidade, e fatias de um bolo com os dizeres “365 dias”, foram distribuídas entre a população, em ato de protesto contra o prefeito. “Não estamos comemorando nada. Esse bolo simboliza a lembrança da nossa luta, ela está viva”, lembra a sindicalista Enilda Mendonça, da APPI/APLB.

Entenda o caso – Uma sentença do juiz Alex Venicius, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Ilhéus, determinou a exoneração dos servidores admitidos sem concurso público, entre 5 de outubro de 1983 e 5 de outubro de 1988, e dos funcionários contratados por meio de seleção simplificada. Em dezembro de 2018, o​ juiz determinou que o afastamento desses funcionários fosse imediato, e não após o trânsito em julgado. Apesar de garantir em diversos encontros com lideranças sindicais que não chegaria a situação extrema de demissão, o prefeito Mário Alexandre surpreendeu a todos com o decreto de exoneração publicado no Diário Oficial do Município.

O Tribunal de Justiça da Bahia chegou a julgar procedente a ação movida pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) para o retorno de servidores afastados. O TJBA tornou sem efeitos a decisão da 1ª Vara da Fazenda Pública de Ilhéus, que mandou o desligamento imediato de todos os servidores admitidos antes da Constituição Federal de 1988 que não atendiam requisitos constantes no Ato das Disposições Constitucionais Transitórias. Mas o prefeito Mário Alexandre não cumpriu a decisão judicial. “Nós precisamos continuar esperançosos. Continuar na luta, mobilizados por que a justiça tarda, mas não falha. Ela não falhará com esses trabalhadores”, afirma Enilda, lamentando que prefeito tenha estado insensível e não garantir a lei e nem cumprir as decisões de liminares. Um ano depois os trabalhadores afastados aguardam pelo julgamento de apelação.

Messias Oliveira Vieira trabalhou na Prefeitura durante 31 anos. Em 2019, com o afastamento, teve que vender bens – como um carro – para sobreviver com a família. “Eu sonho com o retorno”, disse hoje ao participar do ato. Atendente na Secretaria de Saúde por 31 anos, Cosme Moraes Nascimento disse, emocionado, que a vida mudou. “Me abalou muito. Foi um ano difícil. Às vezes você está forte. Noutras dá vontade de chorar”, desabafou. “Depois de 30 anos, passei agora um final de ano sem receber um décimo”, completou.

Desde o início da crise, a APPI/APLB tem tido uma importante participação na luta. Realiza bingos, distribui cestas básicas e mantém advogados à disposição dos afastados. Osman Nogueira, presidente da entidade, reconhece que 2019 foi um ano muito difícil para o sindicato. “O governo tem maltratado as famílias. Trata-se de uma situação ruim para os afastados. Mas estamos firmes e fortes, na luta e com esperança de que tudo se resolverá”, afirmou. São 268 famílias passando necessidade, segundo cálculos do sindicato.

Em manifesto distribuído hoje à população, os manifestantes lembram que Marão mentiu para a população ao dizer que o município economizaria 2 milhões de reais para justificar os afastamentos. “Ao contrário, Marão inchou a folha de pagamento”, asseguram. O prefeito, segundo os manifestantes, preferiu afastar os antigos servidores da folha para ampliar a quantidade de contratados temporários na educação, assistência social e saúde. “Um prefeito que demite quase 300 pais de família próximos a adquirir o direito a aposentadoria e agora abre mão de R$ 4 milhões para reforçar o caixa das empresas de transporte coletivo, que além de caótico tem a tarifa mais cara da Bahia, não merece a confiança de ninguém”, afirmam em nota.

PRIMEIRO ENCONTRO DE GESTÃO CULTURAL DA UESC ACONTECE DIA 18, COM PROGRAMAÇÃO GRATUITA

Encontro.

A Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) recebe, no dia 18 de janeiro, das 8h30 às 17h, o primeiro Encontro de Gestão Cultural, com mesa redonda sobre políticas públicas culturais no Brasil, oficina de teatro e expressão corporal, feirinha criativa e diversas intervenções culturais.

A programação é gratuita e as inscrições podem ser realizadas através do link https://is.gd/encontrogestaoculturaluesc. Das 9h às 12h, será realizada a oficina de teatro e expressão corporal, ministrada por Victor Alves, graduado em Artes Cênicas pela Faculdade Social da Bahia (FSBA) e Vicente di Paulo, graduado em Teatro pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Ambos possuem vasta experiência em direção e produção de espetáculos na Bahia.

A partir das 13h30 horas, para discutir o tema políticas públicas no Brasil, a mesa redonda contará com a presença de Juliana Machado, parecerista de editais, produtora cultural Especialista em Projetos Culturais (MINC/FGV) e em Direito Notarial e Registral (Anhanguera/Uniderp), Pawlo Cidade, dramaturgo e escritor, Especialista em Gestão Cultural (UESC) e Projetos Culturais pela Fundação Getúlio Vargas e Fernando Oliveira, Doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica e professor da UESC.

O evento contará ainda com apresentações culturais da Orquestra Gongombira (Ilhéus), que se apresenta às 13 horas, Grupo Afro Encantarte (Itabuna) e da Universidade da Música, que irão se apresentar a partir das 16 horas, além de intervenções culturais de alunos e egressos do curso. Além disso, o evento contará com a feirinha colaborativa, com diversos expositores, que ocorrerá no CEU, aberta ao público.

O primeiro Encontro de Gestão Cultural é realizado pela quarta turma da especialização em Gestão Cultural da UESC, sob a supervisão da professora Eliana Albuquerque, para a disciplina de Seminários Temáticos.

GOVERNO MARÃO ABANDONA O GENERAL OSÓRIO

O retrato do governo Marão.

O governo do prefeito Mário Alexandre caminha para o fim de forma triste. O “cuida de mim, doutor” ficou esquecido na campanha.

Além dos inúmeros problemas na saúde e infraestrutura, a administração municipal dá de ombros também pra cultura e educação.

Reformada no governo do ex-prefeito Jabes Ribeiro (2013/2016), a Biblioteca Municipal Adonias Filho, que funciona no antigo Colégio General Osório, está abandonada.

Do lado de fora, o mato toma conta e as paredes mostram a ação do tempo no prédio histórico. Dentro, são comuns pontos de gotejamento, principalmente após as recorrentes chuvas que atingiram a cidade.

 

RÉVEILLON DO BATUBA BEACH SE CONSOLIDA NA REGIÃO

Réveillon

Com mais de 10 minutos de queima de fogos ininterruptos, o Réveillon 2020 do Batuba Beach Sound, em Ilhéus, entrou mais uma vez para a história como uma das festas mais procuradas da Bahia. Com uma mega infraestrutura, variedade de bebidas e grandes atrações que fizeram o público não ficar parado, a virada de ano no Batuba marcou Ilhéus mais uma vez.

A primeira atração a subir no palco foi Saia Rodada, também responsável pelo momento da contagem regressiva para a entrada de 2020 e a queima de fogos. Raí, cantor da banda Saia Rodada, agradeceu o convite de poder participar desse momento mágico para o público. “Virar o ano diretamente do Batuba Beach foi uma experiência super legal. Muito obrigado a toda galera que trouxe a raiz Saia Rodada para este evento. Espero voltar mais vezes e um feliz ano novo e 2020 para todos”, finalizou Raí.

Na sequência, Lincoln & Duas Medidas assumiu o palco, sendo seguido por Parangolé, que fechou com chave de ouro o evento, além da Charanga da Alegria que animou a todos durante os intervalos. O evento, que encerrou quase às 7h da manhã, foi composta por diversos setores como a área Premium, Área Vip Golden All Inclusive e Camarote Exclusive que tiveram serviços diferenciados, além da Pista, que nesta noite foi open bar com  cerveja, água e refrigerante.

:: LEIA MAIS »

ILHÉUS: LADOS DA NOVA PONTE FORAM UNIDOS

Do Tabuleiro

Ponte

Os lados da nova ponte de Ilhéus foram unidos na noite do último dia 30. A conclusão dessa etapa da obra foi considerada um marco na história da cidade. Agora, os próximos serviços para finalização da obra incluem a colocação de “mãos francresas”, concreto da pista e mureta de proteção. A previsão é de que a nova ponte seja entregue no próximo mês de março.

BARCELONA DE ILHÉUS PODE CONTRATAR O GOLEIRO BRUNO

Bruno Fernandes foi condenado

O Barcelona, novo clube que promete representar Ilhéus no cenário do futebol estadual, fez circular, pelo whatsapp, mensagem em que diz haver a possibilidade de contratação do goleiro Bruno Fernandes, que foi condenado pela morte da atriz Elisa Samudio.

A mensagem indica que Bruno, de 35 anos, está próximo de assinar contrato com o Fluminense de Feira. Após fechada essa contratação, ele seria emprestado ao Barcelona.

O novo time de Ilhéus se organiza para disputar a série B do campeonato Baiano de 2020.

Condenado a 22 anos e três meses de prisão em 2013, em 18 de julho de 2019, Bruno Fernandes conseguiu uma progressão de pena para o regime semiaberto. 

A chegada do jogador a Ilhéus vai depender, claro, da repercussão do fato entre a opinião pública.

 

ILHÉUS: MPF PROCESSA ÂNGELA SOUSA POR DESVIO DE RECURSOS

Do Bahia.Ba

Ângela Sousa.

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação de improbidade administrativa contra os ex-deputados estaduais Carlos Ubaldino e Angela Sousa, a ex-prefeita de Camamu (BA), Emiliana Assunção Santos, e o ex-prefeito de Ruy Barbosa (BA), José Bonifácio Marques Dourado.

Além deles, mais seis pessoas, entre ex-servidores púbicos e empresários, foram denunciados por fraude em licitação e desvio de recursos públicos federais em Camamu, com prejuízo ao erário de pelo menos R$370 mil.

A ação, assinada pelo procurador da República Tiago Modesto Rabelo e ajuizada em 15 de outubro de 2019, requer a condenação dos acionados por improbidade administrativa e o bloqueio de bens dos envolvidos, entre outras sanções.

De acordo com as investigações do MPF e da PF, os políticos, juntamente com o ex-secretário de Finanças Manoel Assunção Santos, a ex-secretária de Educação Andrea Rita Lima Ramos Rocha e o então pregoeiro Daniel Pirajá Vivas, participaram de licitação fraudulenta esquematizada pela Organização Criminosa (Orcrim) que, além dos ex-prefeitos e ex-deputados, era formada, entre outros, por Kleber Manfrini Dourado (filho de José Bonifácio), Marconi Edson Baya e Maycon Gonçalves Oliveira, também acionados pelo MPF.

São réus na ação os membros do grupo que tiveram participação nos fatos ocorridos em Camamu. Kells Belarmino Mendes e sua esposa, integrantes da Orcrim, não foram processados porque firmaram acordo de colaboração premiada com o MPF.

A Orcrim atuava oferecendo propina a gestores e servidores públicos municipais para que realizassem procedimento licitatório fraudulento.

Assim foi realizado o Pregão Presencial nº 8/2014, no município de Camamu, com documentos forjados, preparados/montados pelos próprios membros da Orcrim, e sem qualquer concorrência. Após o certame, foi firmado o contrato ilegal com a suposta vencedora, a empresa KBM Informática. Embora os serviços não tenham sido efetivamente prestados, a empresa chegou a receber indevidamente do município a quantia de R$ 370 mil reais.

ORLA SUL: COMÉRCIO NO ACOSTAMENTO E ESTACIONAMENTO DE CAMINHÕES

Do Tabuleiro

Caminhões ocupam pista.

Quem trafega ou reside na zona sul de Ilhéus já deve ter percebido o comércio que acontece na rodovia Ilhéus-Olivença. Diversos ambulantes estacionam seus carros e comercializavam no acostamento da Orla Sul:  utensílios domésticos, alimentos e até mesmo móveis, ações que sofrem redução sempre que há fiscalização e combate por parte da Policia Rodoviária estadual. Mas ao que parece, não há temor de fiscalização e Ilhéus parece ser terra sem lei. O comunicador Vila Nova, durante o programa O Tabuleiro, Ilhéus FM 105.9, alertou nesta quinta-feira (12) para o risco de vida e de acidentes que pode ocorrer com a vitrine que está instalada no acostamento.

Naquela mesma área, a quantidade de carros de locadoras e até caminhões cegonha estacionados nas imediações do posto de gasolina, em frente a Loteamento Sitio São Paulo, também chama atenção e atrapalha a mobilidade de moradores. “Eles acham que ali é estacionamento do posto, e como não tem fiscalização, eles fazem o que querem. Enquanto não multar, não vão parar. Justamente ali onde está se firmando um novo point de serviços”, afirma um morador do Jardim Atlântico em contato com a redação do O Tabuleiro.

FACULDADE DE ILHÉUS OFERECE CURSO PREPARATÓRIO GRATUITO PRO CONCURSO DA PM

Faculdade de Ilhéus

A Faculdade de Ilhéus oferece, a partir desta segunda-feira, dia 9 de dezembro, um curso gratuito preparatório para o concurso da Polícia Militar da Bahia (PM) que será realizado em 19 de janeiro de 2020. As aulas serão transmitidas ao vivo pelo canal da Faculdade no Youtube, de segunda a sexta-feira, a partir das 19 horas, e no sábado, a partir das 9 horas. Os interessados devem acessar o site www.faculdadedeilheus.com.br.

Segundo o diretor-geral da Faculdade de Ilhéus, Almir Milanesi, o curso será ministrado até o dia 18 de janeiro próximo, véspera da realização do concurso público da PM. Haverá aulas de Língua Portuguesa, Matemática/Raciocínio Lógico, História do Brasil, Geografia do Brasil, Atualidades, além de Direito Constitucional, Direitos Humanos, Direito Administrativo, Direito Penal, Igualdade Racial e de Gênero, Informática e Direito Penal Militar.

A Faculdade de Ilhéus reuniu professores experientes para ministrarem as aulas com o objetivo de contribuir com os candidatos na preparação para as provas do concurso. No ano passado, a instituição também ofereceu um curso preparatório para o ingresso na Polícia Militar, mas de forma presencial. Desta vez, a programação foi ampliada no sentido de oferecer uma quantidade maior de aulas.

Conforme o edital 02/2019, da Secretaria de Administração do Estado da Bahia, de 15 de outubro deste ano, o concurso preencherá 1.000 vagas para o Curso de Formação de Soldado da Policia Militar e 250 vagas para participação no Curso de Formação de Soldado do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia