WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia embasa secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


:: ‘Ilhéus’

PRORROGADO O PRAZO PARA INCLUSÃO DE BENEFICIÁRIOS DO BPC NO CADÚNICO

Prorrogado o prazo para inclusão de beneficiários do BPC no CadÚnico.

Em razão do cenário de enfrentamento da pandemia da Covid-19, foi prorrogado o prazo para a inclusão de beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) para o público que ainda não realizou a inscrição no Cadastro Único (CadÚnico), em sua maioria, composto por idosos e pessoas com deficiência. Os procedimentos que envolvem bloqueio ou suspensão também foram adiados.

Em Ilhéus, a Prefeitura está realizando atendimento remoto de segunda à sexta, das 8h às 13h, por meio do Whats App, pelos números: (73) 98899-8977, 98825-0801 e 98825-6248.
Para quem ainda não se inscreveu no Cadastro Único, segue o novo calendário de escalonamento do bloqueio e suspensão do BPC na imagem.

A inscrição no Cadastro Único permanece como requisito obrigatório para os beneficiários do BPC. Além deste benefício, a inclusão cadastral permitirá que essas pessoas possam ter acesso a outros serviços, programas e benefícios sociais.

COMÉRCIO DE ILHÉUS NÃO ABRE NESTE FINAL DE SEMANA

Comércio de Ilhéus

A partir das 18h desta sexta-feira, 19, às 5h de segunda-feira, 22, apenas serviços essenciais poderão funcionar, ficando proibida a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por delivery, neste período. Continua em vigor o toque de recolher das 20h às 5h até o dia 1º de abril, assim como a suspensão do funcionamento das cabanas de praia neste final de semana. Tais medidas restritivas, seguem a determinação do Governo do Estado da Bahia, estabelecida no último decreto nº 20.311, para frear o avanço da Covid-19 em Ilhéus.

Permanecem suspensos, até 1º de abril de 2021, eventos desportivos coletivos e amadores, cerimônias de casamento, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. O funcionamento de academias e estabelecimentos voltados para a realização de atividades físicas, está proibido até 22 de março de 2021, conforme estabelecido no decreto do Estado.

Dados – O último boletim divulgado pela secretaria municipal de saúde informa que dos 80 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Ilhéus, 71 estão ocupados; até o momento foram registrados 352 óbitos na cidade; e existem 337 registros de pessoas que estão com o vírus ativo. Do total de pacientes internados, 34 são de Ilhéus e 37 são de outros municípios. Esses dados são do dia 17 de março e devem ser atualizados a qualquer momento.

BEM CLASSIFICADO PELA CGU, MUNICÍPIO DE ILHÉUS É SELECIONADO PARA O TIME BRASIL

Ponte Jorge Amado.

A Controladoria Geral da União (CGU) convidou o Município de Ilhéus para participar do programa voluntário, Time Brasil, criado em 2019 para auxiliar estados e municípios no aprimoramento da gestão pública e no fortalecimento do combate à corrupção. O prefeito Mário Alexandre elogiou a CGU pela iniciativa e declarou que essa é mais uma vitória de Ilhéus, que está entre os cinco municípios selecionados a integrar a iniciativa no país, tendo a transparência pública como cerne.

“Nosso município de Ilhéus cresceu muito em transparência com uma gestão pública melhor e mais eficiente, por isso, foi classificado com a melhor avaliação desde que aderimos ao Ranking Brasil Transparente – EBT 360º da CGU, por meio da nossa Controladoria Geral do Município (CGM)”, declarou o prefeito Mário Alexandre, que também parabenizou à CGM por resultados tão positivos.

Importantes medidas tem sido implementadas pela CGM para aprimorar a transparência municipal, como o Serviço de Informações ao Cidadão (SIC), a Ouvidoria Geral do Município (OGM) e o Fale Conosco, em cumprimento às Leis federais 12.527/11 e 13.460/17. Ilhéus também passou a fazer parte do FALA.BR em 2018, uma plataforma integrada nacional de Ouvidoria e Acesso à Informação empreendida pela CGU.

MORRE HERZEM GUSMÃO, PREFEITO DE VITÓRIA DA CONQUISTA, VÍTIMA DE COVID-19, CORPO SERÁ SEPULTADO NO SÁBADO

Herzen Gusmão

Foram quase quatro meses de luta contra o coronavírus, mas o prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, não resistiu às complicações geradas pela doença e faleceu nesta quinta-feira (18). Com 72 anos, Herzem foi diagnosticado com Covid-19 em 7 de dezembro. Pouco mais de uma semana depois, foi internado no Hospital Samur, em Conquista, com complicações pulmonares causadas pela doença, e posteriormente transferido para o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

O prefeito de Conquista tinha apresentado melhora no quadro clínico durante a última semana, chegando inclusive a deixar o leito de Terapia Intensiva. No sábado (6), ele retornou. As notícias depois disso foram de sucessivas pioras no quadro clínico. Na ocasião, Herzem afirmou em um áudio que a “equipe médica achou por bem que eu voltasse pra UTI. Eu estou ainda necessitando de mais oxigênio. Então, eu voltei para usar o cateter de alto fluxo”.

“É com mais profundo pesar que informamos o falecimento do Prefeito de Vitória da Conquista, Sr. Herzem Gusmão, ocorrido na noite desta quinta (18), por volta das 21h, no Hospital Sírio Libanês”, escreveu a assessoria do Prefeito em publicação no Instagram. As informações de velório ainda não foram divulgadas.

Por conta da doença, Herzem Gusmão não conseguiu estar à frente de Conquista em nenhum dia do seu segundo mandato na maior cidade do sudoeste baiano e terceiro maior colégio eleitoral do Estado. A Eleição em 2020 foi acirradíssima, com o Mdebista virando o pleito para cima de Zé Raimundo (PT) nas últimas semanas de campanha.

Nascido no dia 2 de junho de 1948, Herzem Gusmão iniciou a carreira trabalhando em uma rádio, aos 20 anos. O prefeito reeleito em Conquista é formado em Direito e pós-graduado em Comunicação e Jornalismo pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Em 2014, foi eleito deputado estadual suplente. Um ano depois, assumiu o mandato onde ficou por 15 meses.

A saída da Assembleia Legislativa foi para assumir o cargo de Prefeito em sua cidade Natal em 2016, quando venceu o próprio Zé Raimundo, também no segundo turno, com 57,68% dos votos válidos em Conquista na ocasião, o equivalente a 166.223 votos.

Já em 2020, Herzem foi eleito com 54% dos votos, sendo escolhido por 97.364 conquistenses. Mas quem tomou posse no dia 1º de janeiro de 2021 foi a sua vice, Sheila Lemos (DEM), que seguirá no cargo pelos próximos três anos. O discurso de Sheila na posse foi breve, pedindo orações pela vida do prefeito. Uma semana depois, no dia 8 de janeiro, Herzem tomou posse virtual, ainda na UTI.

LIVE SHOW LEMBRA O DIA INTERNACIONAL CONTRA A DISCRIMINAÇÃO RACIAL

Live Show lembra o Dia Internacional Contra a Discriminação Racial.

Três (3) shows musicais serão realizados em Buerarema, cidade do Território Litoral Sul da Bahia, e transmitidos com acesso gratuito, pelo Youtube da Casa de Cultura Jonas & Pilar, no dia 21 de Março. Um domingo nada qualquer neste ano de 2021, naquela cidade. Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, cinco (5) artistas se unem para lembrar esta data.

Instituído em 1966 pela Organização das Nações Unidas, em memória ao “Massacre de Shaperville” (69 manifestantes negros foram mortos e centenas foram feridos, na África do Sul, quando uma lei obrigava negros e negras a andarem com identificações que limitavam seu trânsito na cidade de Joanesburgo), este foi o dia escolhido para a realização da Live Show Negritudes.

Além de lembrar o triste episódio, a Live Show “fortalece e amplia essa rede de resistência e de luta pelos direitos de homens e mulheres de ascendência africana, buscando também estimular o reconhecimento e sentimento de pertença da comunidade enquanto população negra”, diz a historiadora Rita Maria de Souza, consultora de assuntos étnico-raciais do projeto.

Todos os artistas têm forte ligação com a cidade e com a temática proposta. Nascidos ou vivendo há décadas na cidade, todos percebem que, apesar da veia artística expressiva e aparente aura de felicidade, Buerarema tem se tornado um ambiente bastante conservador e hostil ao diferente, às comunidades tradicionais e aos cultos religiosos de origem Africana. Com expressivo número de habitantes negros, a comunidade não se reconhece como tal. A cultura da negação e do embranquecimento imperam. Unidos a este propósito, apresentam-se:

Pablo Guilherme

Arte Divulgação

Não-Binário, de São José da Vitória, Pablo Guilherme é cantor e abiã da Casa de Logunedé em Buerarema. Revelação do projeto “Maio da Música” (2019), coprodução do Instituto Macuco Jequitibá e Coletivo Casa Flor, em “Samba de Moça”, traz em seu repertório canções dos gêneros Samba e Samba de Roda, com temática religiosa de matriz africana e afro-brasileira.

Moses Ferreira

Divulgação 2

Gênero fluído, nascide no Litoral Sul da Bahia, Moses Ferreira geralmente compõe utilizando o eu-lírico feminino. Apaixonade pela arte da música, da dança e da poesia, são essas as ferramentas que utiliza na luta por seus direitos, abordando temas como preconceito racial, machismo, intolerância e casos de amor. Intitulado IMPÉRIO, seu show traz um repertório que mescla músicas autorais e covers de grandes artistas da cena LGBTQI+, na atualidade, tais como Liniker, Pablo Vittar, Gloria Groove, entre outros. Vale conferir

Show InVersões

Divulgação 3

Três cantoras de ascendência negra, com fenótipos bastante distintos, Ligia Callaz, Claudia Ferreira e Tainá Meoli, fazem a releitura deste projeto que foi idealizado e realizado pelas três em 2016, na Casa Flor.

Nele apresentam canções populares mundialmente conhecidas em inglês/espanhol e suas versões para o português e vice-versa. Neste show, trarão um repertório essencialmente produzido por artistas afrodescendentes, como Bob Marley, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Rihanna, Carlinhos Brown, entre outros.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.

SOBE PARA 351 NÚMERO DE MORTES POR COVID-19 EM ILHÉUS

Centro de Covid Ilhéus-BA

O número de mortes causadas pela Covid-19 em Ilhéus subiu de 348 para 351 entre segunda (15) e terça-feira (17), informa a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), que ainda não publicou o boletim epidemiológico de quarta-feira (18).

De acordo com a Sesau, 68 dos 70 leitos de UTI Covid dos hospitais de Ilhéus estavam ocupados na terça (17).

Ontem (18), o Governo da Bahia anunciou a abertura de 10 novos leitos de UTI Covid no Hospital Regional Costa do Cacau. Com isso, considerando os contratados pelo SUS nos hospitais privados, a região de saúde de Ilhéus passou a ter 80 leitos de terapia intensiva para o tratamento da doença.

ILHÉUS TEM DRIVE-THRU DE VACINA PARA IDOSOS COM 74 ANOS

Drive-thru

A Secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau) iniciou nesta quinta-feira (18) a vacinação de idosos acima de 74 anos no esquema drive-thru. Com atendimento iniciado às 8h, os pontos de vacinação contra a Covid-19 foram montados em dois locais, na Avenida Soares Lopes (perto do Centro de Convenções Luís Eduardo Magalhães), e na praia São João Batista, perto da Igreja Católica, no bairro Pontal.

Essa nova etapa da imunização continuará amanhã (19), também a partir das 8h, nos mesmos locais.

A Sesau informa que, para receber a vacina, o idoso deve apresentar RG, cartão de vacinação, cartão do SUS e comprovante de residência.

VEREADOR CLÁUDIO MAGALHÃES TESTA POSITIVO PARA COVID-19

Vereador Cláudio Magalhães.

No início da tarde desta quinta-feira (18), o vereador Cláudio Magalhães recebeu o resultado positivo para a Covid-19. O edil encontra-se em isolamento em sua residência e não apresenta sintomas da doença.

Cláudio Magalhães realizou um exame RT-PCR última sexta-feira (12), por indicação de rotina do local onde trabalha como serventuário da Justiça, segue em quarenta até a próxima segunda-feira (22), conforme protocolo estabelecido.

ILHÉUS: GRUPO DE TRABALHO VAI ANALISAR CONTRATO E BUSCAR RETORNO DE 100% DA FROTA DE ÔNIBUS

Câmara de Vereadores de Ilhéus – Sessão.

Na próxima segunda-feira (22) uma comissão formada por representações da Câmara de Vereadores, Prefeitura de Ilhéus, empresas concessionárias, entidades do turismo e do comércio, universidade e sociedade civil organizada inicia um trabalho de análise do contrato que a Prefeitura tem com as empresas Viametro e São Miguel, detentoras da concessão do transporte público em Ilhéus, e as tratativas para o cumprimento do decreto municipal em vigor desde setembro, que determina o retorno de 100 por cento da frota às ruas o mais urgente possível. O encontro será às 9 da manhã, na Sala de Comissões do Palácio Teodolindo Ferreira, sede do parlamento municipal.

Esta foi a principal decisão tomada na Audiência Pública Remota realizada ontem (17) à tarde pela Câmara Municipal, atendendo à solicitação do vereador Augusto Cardoso, o Augustão (PT), presidente da Comissão Permanente de Transporte, no Poder Legislativo. “Iremos por partes. Primeiro assegurar medidas mais imediatas como o retorno dos ônibus em sua totalidade. Depois vamos debater o modelo de serviço que é oferecido à população e se as empresas estão, de fato, cumprindo as diretrizes do contrato em vigor”, afirma.

Contrato antigo e longo

De acordo com o Procurador Geral do Município, advogado Jéfferson Domingues, o que está em vigor em Ilhéus é um contrato assinado em 2000, com vigência inicial de cinco anos, que prevê uma prorrogação automática por igual período, durante cinco períodos consecutivos. “Este é um serviço bastante desacreditado pela população. É um desserviço que é prestado e as empresas precisam cumprir o que está no contrato”, queixa-se o vereador Ivo Evangelista (Republicanos).

Para as empresas, a situação da pandemia prejudica as atividades do segmento de serviço e que, por conta disso, hoje é analisada a capacidade de demanda e que está sendo oferecido à cidade é mais que o dobro do que o sistema atende. Alegam que há uma análise técnica que comprova os números. Asseguram que estão fazendo o que definiram como um “movimento hercúleo” para atender a necessidade da população. Mas que a conta tem que fechar e o que está sendo, hoje, atendido, é o que é possível atender, “com apenas 2 por cento dos ônibus apresentando aglomerações”. Eles atribuem parte da crise ao constante aumento de combustível mais a concorrência desleal de taxis clandestinos.

Cenas de aglomeração

Mas a população tem apresentado – e se queixado – registrando inúmeras cenas de aglomeração, críticas contundentes ao serviço e apenas uma parte da frota disponível para atender ao ilheense das zonas urbana e rural, situação confirmada pelas próprias empresas que alegam estar tentando, desde o ano passado, dialogar com a Prefeitura “na tentativa de trazer equilíbrio para que consigam voltar à normalidade”. Durante a pandemia, a população acusa as empresas de serem um dos principais instrumentos de proliferação da Covid-19. Para o vereador Paulo Carqueija (PSD), as empresas desejam provocar o caos, de forma deliberada, para tirar proveito. “Eles querem o fim de carga tributária, das obrigações que não cumprem. Se prostram como se fossem vítimas. Mas estão num movimento deliberado e perverso querendo mais lucro. Não importa a que preço custe à população”.

“O sistema de transporte da cidade está falido”, reforça Jerbson Moraes, presidente do legislativo. “As empresas demonstram não ter mais interesse financeiro pela cidade”, continua, acrescentando que esse total desinteresse tem gerado falta de capacidade de investimento. “As empresas ganham tempo, com ônibus precários, sem planejamento, falta de tecnologia, falta de conforto, tarifa alta, não existe preocupação especialmente com as pessoas do interior”, lamenta. O serviço, de acordo com Jerbson, que não respeita a dignidade do ilheense. “Está obvio que está confortável para empresa, mas não está para a população”, completou.

Pandemia

Três deputados estaduais da Bahia, com votos em Ilhéus, participaram da Audência Pública: Pedro Tavares (DEM), Rosemberg Pinto (PT) e Eduardo Sales (PP). Este último apresentou um dado comparativo importante: em Salvador, a média de habitantes por veículo é de 1.300 pessoas. Em Ilhéus chega-se a 1.800 usuários. Os parlamentares consideram a falta de eficiência e qualidade do transporte público um problema nacional, mas que tem que ser resolvido pontualmente pelas cidades.

A Prefeitura assegura que tem tomado todas as providências para o cumprimento do contrato e, especialmente, do decreto que determina o retorno de toda a frota. Após decreto, foram feitas fiscalizações semanais e três notificações extrajudiciais aplicadas. “A situação não é boa e qualquer pessoa vê isso. É uma situação complexa que exige calma na negociação”, explica o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Gabriel Bittencourt. Já o Procurador Geral, Jéfferson Domingues questiona se a descontinuidade do serviço para se proceder uma nova licitação de concessão é, neste momento, mais vantajosa para a cidade ou se é mais responsável a notificação com adoção de medidas disciplinares até que se tenha tempo de fazer uma nova licitação.

Especialista em mobilidade urbana, a professora da Universidade Federal do Sul da Bahia, Peola Paula Stein, disse não acreditar na imagem que as empresas querem passar de estarem realizando um “esforço hercúleo” para atender a cidade. “Não há esforço, porque não há ônibus”, critica. “É preciso montar um sistema operacional, requerer os relatórios de qualidade do transporte público, já que a gente se pode cobrar se tiver essa informação”, explica. De acordo com a especialista, o que está em debate não é o percentual de frota nas ruas. Mas, sim, quantos veículos estão em operação onde há demanda para ele. Segundo a professora, apesar das crises econômica e sanitária, é essencial que se qualifique a prestação do transporte, com o sistema funcionando, atendendo a todos e trazendo retorno financeiro às empresas.

Melhoria do Serviço

“O que estamos buscando aqui não é cancelar o contrato. É buscar o cumprimento dele”, assegurou a vereadora Enilda Mendonça (PT). “As empresas estão funcionando apenas com a intenção de minimizar seus custos”, concorda o presidente da Associação de Turismo de Ilhéus (ATIL), Átila Eiras. O vereador Aldemir Almeida (PP) destaca que o transporte clandestino só existe pela inoperância das empresas do transporte público. “O serviço do sistema público não ficou ruim agora não. Sempre foi péssimo”, sentencia. “Não pode mesmo continuar desta forma”, reforça o vereador Luciano Luna (PV). O vereador Gurita (PSD) destaca que é preciso um novo marco legal para o transporte público. “A cidade de Ilhéus cresceu e se desenvolveu. O sistema de transporte público é o mesmo de 30 anos atrás, do mesmo tempo do contrato em vigor”, lembra.

O parlamentar Vinícius Alcântara (PV) defende a criação de um Portal de Transparência do transporte público para a população conhecer os números que movimentam o setor e Cláudio Magalhães (PCdoB) denuncia a existência de uma “caixa-preta” do sistema onde não se sabe quanto arrecada. “O Sistema Inteligente só é inteligente para a empresa”, ironizou. Para os vereadores de Ilhéus, a intenção da Audiência Pública não foi apontar o dedo e massacrar as empresas. Mas, hoje, o usuário paga um preço alto para sofrer.

De acordo com informações da TV Câmara, responsável pela transmissão da Audiência Pública, essa foi a atividade da Câmara, este ano, com o maior número de participantes pelas redes sociais, interagindo com os convidados. O número ultrapassou a mil visualizações, com 149 compartilhamentos e quase 400 comentários de populares.

Informações da Câmara Municipal de Ilhéus.

ILHÉUS ATRASA DIVULGAÇÃO DE BOLETINS SOBRE A COVID-19

 

Secretaria de Saúde.

 

Há duas semanas atrasos frequentes dos boletins epidemiológicos sobre a Covid-19 da Secretaria de Saúde de Ilhéus (Sesau). O de segunda-feira (15), por exemplo, não foi divulgado até as 18h desta terça (16) nas redes sociais da Prefeitura.

O da última sexta (12) também atrasou, conforme registramos na manhã de sábado (13), quando o boletim do dia anterior ainda não havia sido publicado. Depois, a Prefeitura publicou os dados no Facebook, editando o horário da publicação para as 22 horas de sexta-feira (12).

Na tarde de terça-feira, 16, por volta das 17h50, o site tentou manter contato por telefone com o secretário de Saúde de Ilhéus, Geraldo Magela, em busca de esclarecimento sobre o motivo dos atrasos e da publicação com horário editado, mas não fomos atendidos. O espaço está aberto.

Informações do PIMENTA.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia