WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa secom ponte ilheus secom bahia solidaria secom bahia


outubro 2020
D S T Q Q S S
« set    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031


:: ‘Ilhéus’

ILHÉUS: TEOTÔNIO VILELA É O BAIRRO COM MAIS CASOS ATIVOS DE COVID-19

Do Blog do Gusmão

Vista aérea do bairro Teotônio Vilela. Foto: José Nazal.

O bairro Teotônio Vilela é o bairro com mais casos ativos de Covid-19 em Ilhéus. Os dados são do mapa elaborado pelo vice-prefeito José Nazal, com informações colhidas até a segunda-feira (12).

O Teotônio Vilela assumiu a dianteira da lista que era encabelada pela Avenida Esperança há mais de um mês.

O bairro é seguido pela Avenida Esperança (30), Conquista (29), Nossa Senhora da Vitória (18), São Francisco (17), Pontal (16) e Malhado (14).

Em relação aos distritos, Olivença (17) é a localidade que mais tem pessoas infectadas na fase de disseminação do vírus. Confira a tabela.

Tabela 1

:: LEIA MAIS »

PREFEITURA DE ILHÉUS DIVULGA NOTA DE REPÚDIO SOBRE AGRESSÃO CONTRA MÉDICO NA UPA DA CONQUISTA

Pescoço do médico agredido

A Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), vem a público manifestar total indignação à violência cometida contra o médico plantonista Abel Louro de Figueiredo, que no exercício de sua função foi agredido verbal e fisicamente na madrugada do domingo (11), nas dependências da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Conquista.

De acordo com os relatos, um grupo que acompanhava um idoso, encaminhado à unidade após sofrer profundo corte no pé direito, não aceitou a transferência do paciente para o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), visto que o hospital presta atendimento com melhores condições para o referido caso.

Abel Louro atendia outro paciente quando o grupo de agressores entrou na sala e exigiu o prontuário, contudo, o médico explicou que a cópia do documento deveria ser feita mediante solicitação por escrito à Coordenação da UPA. Os agressores chegaram ainda a proferir palavras difamatórias e injuriosas contra o profissional.

Após algumas tentativas, começaram as investidas. Abel foi agredido com chutes na região lombar, ficando o uniforme e óculos danificados, porém conseguiu sair do consultório e pedir auxílio a outros servidores, que acionaram a polícia. Os agressores evadiram do local e por receio de represálias, o médico pediu para que a unidade fosse trancada com cadeado.

O prefeito Mário Alexandre definiu o episódio como lamentável e a atitude como uma ofensa aos profissionais que dedicam suas vidas para cuidar da saúde da população. “Uma orientação médica deve ser seguida para o bem do paciente. Esse tipo de situação é inadmissível e fere os direitos funcionais do servidor público garantidos por lei. Mas vamos continuar determinados no propósito de garantir o respeito e a preservação da integridade física dos nossos servidores, especialmente daqueles que lidam diariamente com vidas, exercendo de forma digna seu trabalho”.

O Código Penal, no artigo 331 prevê como crime ofender funcionários em exercício da função ou devido a ela, com pena de detenção de seis meses a dois anos ou multa. Feito o Boletim de Ocorrência (BO), incumbe no momento aos órgãos competentes a investigação e demais providências legais.

JUNTAS, ILHÉUS E ITABUNA REGISTRAM 533 MORTES POR COVID-19

Morte por covid-19

Ilhéus e Itabuna registraram 533 óbitos em decorrência da Covid-19. Os números são do período entre março a setembro, de acordo com boletins divulgados pelas secretarias municipais de saúde nos dois municípios. 242 óbitos confirmados em Ilhéus e 291 em Itabuna.

Juntas, as duas cidades contabilizam 19.979 casos do novo coronavírus. Em Ilhéus, 6.517 pessoas estão recuperadas e 268 estão em isolamento domiciliar, enquanto em Itabuna, 259 pacientes encontram-se ativos.

Em relação a quantidade de leitos, a secretaria de saúde de Ilhéus informa que o Município dispõe de 75 leitos, sendo que 55 estão ocupados há mais de 01 mês. Já em Itabuna, são 65 leitos clínicos, com 15 vagas em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 6 em Unidade Semi-Intensiva.

PROJETO DE HOSPITAL ILHEENSE REDUZ FILA DE CIRURGIA DE JOELHO NO SUL DA BAHIA

Hospital Costa do Cacau.

O Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, iniciou agora em outubro a oferta de mais um serviço de referência no interior da Bahia, as cirurgias minimamente invasivas em lesões no joelho. Esses procedimentos estão inseridos no projeto Artroscopia para Todos, idealizado pelo médico ortopedista Umberto Castro Alves, com o objetivo interiorizar essa prática para diversas regiões do Estado. O atendimento é 100% SUS.

As primeiras artroscopias realizadas no HRCC contaram com o apoio das equipes multidisciplinares do centro cirúrgico e demais setores do hospital, totalizando a marca de nove pacientes atendidos. Essas intervenções cirúrgicas têm indicativo para ocorrer quinzenalmente na unidade hospitalar.

De acordo com o médico Umberto Castro Alves, ortopedista responsável pelas artroscopias no HRCC, esses pacientes, geralmente, são jovens atletas praticantes de atividades físicas que apresentam lesões crônicas no joelho. “Essas lesões precisam de tratamento cirúrgico, porém alguns desses pacientes estavam aguardando essa cirurgia há dez anos, outros aguardavam há mais tempo e não conseguiam o procedimento. A fila em Salvador é grande. Com a descentralização dessas cirurgias, isso facilitará a vida desses pacientes, sobretudo os da região cacaueira”, destacou.

O ortopedista disse que a artroscopia permite que o paciente restabeleça a condição física anterior a lesão, permitindo o retorno ao esporte, a prática esportiva, mas sobretudo, preservando a articulação e evitando desgastes no futuro. “Assim, você previne uma artrose futura no joelho, cuja limitação seria ainda pior. Então, ela tem duas funções: primeiro, retorno ao esporte e segundo a prevenção do desgaste articular”, explicou.

 

 

O QUE MARÃO TEM A MOSTRAR SE TIRAR AS OBRAS DO ESTADO? QUESTIONA JABES

Do Pimenta

Jabes fez questionamentos durante live com Jerberson Josué.

O secretário-geral do PP baiano, Jabes Ribeiro, disse que a eleição deste ano será a oportunidade de o eleitor ilheense se perguntar o que o prefeito Mário Alexandre, Marão (PSD), faz com os R$ 500 milhões de receitas anuais do Município.

– Tira a ponte, tira o asfalto, tira o Hospital Costa do Cacau, o que é que tem? O que é que esse governo de Ilhéus pode mostrar [se tirar as obras do governo estadual]? – questionou Jabes durante live com o candidato a vereador Jerberson Josué (PT) na noite desta segunda (12).

Jabes, ex-prefeito de Ilhéus por quatro mandatos, diz que essas são as questões a serem enfrentadas na sucessão de 2020 pelo candidato à reeleição em Ilhéus. O secretário-geral do PP da Bahia ainda lembrou que a maioria das obras tocadas pelo estado foi iniciada ainda no seu último governo, a exemplo do hospital, a ponte estaiada e o saneamento básico da zona sul.

– [Marão tem que mostrar] isso aqui é produto dos R$ 500 milhões de arrecadação no ano. Como Marão gastou esse dinheiro da prefeitura? – provoca Jabes, afirmando que eleição em Ilhéus está aberta e cita como principais nomes, além de Marão, Valderico Junior (DEM) e Cacá Colchões (PP).

Para o ex-prefeito e secretário-geral do PP, Marão não teria obras a mostrar que tenham sido tocadas com o dinheiro arrecadado pelo município. E completa: “É saber se Ilhéus quer manter essa opção de quatro anos atrás. Se quiser manter, mantenha. Mas depois não vale chorar o leite derramado”.

AUMENTO DE PASSAGEM

O ex-prefeito disse que a conversa nos bastidores da política é de que “Marão, que ganhe ou perca”, dará aumento de passagem no final do ano. Antes, Jabes criticou o sistema de transporte na atual gestão, que ficou muito caro no Governo Marão. “O transporte ficou mal avaliado, pessimamente avaliado”, disse.

STF NEGA PEDIDO DA PREFEITURA DE BRUMADO PARA RETOMAR AULAS PRESENCIAIS

Escolas

O pedido da Prefeitura de Brumado para autorizar a retomada das aulas presenciais na cidade foi negada pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux. A gestão municipal recorreu ao STF, após o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) suspender a decisão de primeira instância que havia liberado a volta do ano letivo na rede municipal. As aulas presenciais em unidades públicas e particulares estão suspensas em todo o Estado, desde março, quando o Governo da Bahia publicou um decreto que determinava a interrupção das atividades por causa da pandemia da Covid-19.

As atividades escolares de forma presencial em Brumado voltaram em 21 de setembro, mas foram suspensas no mesmo dia, após o Ministério Público da Bahia (MP-BA) obter decisão favorável para derrubar uma liminar que havia permitido a retomada das aulas. A medida foi obtida no âmbito de uma ação civil pública ingressada pelo órgão, após a prefeitura resolver, de forma contrária ao decreto estadual, regressar com as atividades presenciais.

A Prefeitura de Brumado disse ao STF ter amparado a decisão em critérios técnicos e científicos específicos para a região, tendo “qualificado a equipe e tomado as medidas necessárias para possibilitar, juntamente com equipe multidisciplinar, a construção da possibilidade de abertura das aulas com os devidos protocolos de segurança”. Ainda segundo a gestão municipal, a liminar do TJ-BA que proibiu a retomada das aulas representa “grave ameaça à ordem pública e ao interesse público, porque inviabilizaria o acesso à educação por tempo indeterminado”.

:: LEIA MAIS »

JOHNSON & JOHNSON’S SUSPENDE TESTES DE VACINA CONTRA COVID-19 APÓS DOENÇA DE PARTICIPANTE

Johnson & Johnson’s

A Johnson & Johnson’s suspendeu temporariamente o estudo que estava sendo desenvolvido para vacina contra a Covid-19 (novo coronavírus), por causa de uma doença não detalhada em um dos participantes. A informação foi divulgada, nesta segunda-feira, 12, pela companhia.

De acordo com o documento enviado a pesquisadores que executam o teste clínico com 60 mil pacientes, uma “pausa regulamentar” será cumprida e, com isso, o sistema online usado para inscrever pacientes no estudo foi fechado. O conselho de monitoramento de dados e segurança, órgão independente responsável pela segurança dos pacientes no ensaio clínico, foi convocado.

Em comunicado oficial, a Johnson & Johnson’s informou que “eventos adversos são uma parte esperada de qualquer estudo clínico, especialmente grandes estudos” e que a doença do paciente está sendo “analisada e avaliada pelo Conselho de Monitoramento de Segurança de Dados independente ENSEMBLE (DSMB)”.

A imunização foi desenvolvida pela farmacêutica Janssen Pharmaceuticals, que pertence ao grupo J&J. A vacina foi a quarta a garantir autorização de testes de fase 3 no Brasil, no mês de agosto. Em setembro, a empresa anunciou que iniciaria a terceira etapa em todo o mundo, com 60 mil voluntários.

MARÃO DIZ QUE SHOPPING ANUNCIADO PELO GRUPO CHAVES “VAI IMPULSONAR ECONOMIA” DE ILHÉUS

Do Pimenta

Marão, de rosa, com o presidente do Grupo Chaves, Manoel Chaves Neto.

Prefeito e candidato à reeleição pelo PSD, Mário Alexandre (Marão) disse que o primeiro shopping center do município vai impulsionar a economia de Ilhéus. Na última quinta (9), Manoel Chaves Neto, presidente do Grupo Chaves, anunciou a construção do Shopping Jequitibá Ilhéus.

O grupo empresarial é o mesmo que fundou o primeiro shopping center do sul da Bahia, em 2000. Hoje, o Jequitibá Itabuna possui 150 lojas, cinema, academia e serviços e contará com centro médico.

No final de semana, Neto se reuniu com o prefeito Marão e apresentou o projeto, que será executado com uma empresa parceira. “Um shopping como o Jequitibá vai trazer mais empregos, impulsionar o turismo e a economia”, disse Marão ao confirmar o empreendimento no município.

Neto fez o anúncio de construção de shopping em Ilhéus na noite da última quinta (9), durante uma live (transmissão ao vivo) com o economista e candidato a vereador de Itabuna pelo PP Rosivaldo Pinheiro. Ainda na live, Neto antecipou novidades para o Jequitibá de Itabuna neste final de ano.

EX-PREFEITO DE ILHÉUS CHAMA MARÃO DE MENTIROSO

Jabes e Marão

 

Através da sua rede social, Jabes Ribeiro, ex prefeito de Ilhéus, afirmou que Marão “mentiu mais uma vez”.

Na live do “Preserva Ilhéus”, o prefeito Mário Alexandre afirmou que recebeu apenas uma ambulância do SAMU com a porta caindo. Mas segundo Jabes, ainda em seu mandato foi disponibilizado cinco ambulâncias e mais duas de reserva, totalizando 7 ambulâncias. O ex prefeito ainda disse “É só verificar as atas da transição”.

ILHÉUS ESTÁ COM 323 CASOS ATIVOS DE COVID-19, DE ACORDO COM O BOLETIM DO DOMINGO, 11

Teste covid

O boletim municipal do domingo (11) mostra que em Ilhéus o número de mortes permanece em 242.

De acordo com o boletim municipal, a cidade está com 7082 casos confirmados da Covid-19. Houve aumento de 24 casos desde a sexta-feira (09).

O número de casos ativos é de 323, sendo 268 em isolamento e 55 em UTI.

Boletim de Domingo, 11 de Outubro.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia