WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom saude></a>
<a href=embasa secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


janeiro 2021
D S T Q Q S S
« dez    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  


:: ‘Geral’

BAHIA REGISTRA 30 ÓBITOS E 1.657 NOVOS CASOS DE COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Hospital

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 1.657 casos de Covid-19 e 30 óbitos pela doença. Também foram contabilizados 2.510 casos de pessoas recuperadas, de acordo com os dados divulgados hoje (20) pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia.

Dos 469.660 casos confirmados desde o início da pandemia, 449.418 já são considerados recuperados e 11.435 encontram-se ativos. Os casos confirmados ocorreram em todoas os 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador, que corresponde a 22,80%. O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 8.807, representando uma letalidade de 1,88%.

BENEFICIÁRIOS DO BOLSA FAMÍLIA PODEM CONTESTAR AUXÍLIO EMERGENCIAL NEGADO

Caixa.

Beneficiários do Bolsa Família que tiveram o auxílio emergencial extensão de R$ 300 (R$ 600 para mães solteiras) cancelado, bloqueado ou negado podem, a partir deste domingo, pedirem o benefício. A nova solicitação deve ser pedida até o dia 29 de dezembro no site da Dataprev, estatal que processa os requerimentos do auxílio emergencial.

De acordo com a Agência Brasil, o processo será inteiramente virtual, dispensando a necessidade de ir a uma agência da Caixa Econômica Federal ou a um posto de atendimento do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Segundo o Ministério da Cidadania, a pasta promove mensalmente um pente-fino entre os beneficiários do auxílio emergencial para verificar se eles atendem a todos os requisitos definidos pela lei que criou o benefício. Quem não se enquadra em um dos critérios é excluído da lista de beneficiários, mesmo tendo recebido alguma parcela.

De acordo com a pasta, a verificação é necessária para garantir que o público-alvo do auxílio emergencial seja atendido e impedir que pessoas que não precisam do benefício recebam a ajuda. Entre as principais situações verificadas estão morte, descoberta de irregularidades ou obtenção de emprego formal durante a concessão do auxílio.

CONTESTAÇÕES

Termina também neste domingo o prazo de revisão por quem teve o auxílio cancelado por indícios de irregularidade verificados pelo Tribunal de Contas da União (TCU) ou pela Controladoria-Geral da União (CGU). O período para apresentar o requerimento à Dataprev começou no dia 11.

O Ministério da Cidadania também abriu prazo para a contestação de quem teve a extensão do auxílio emergencial indeferido por não atender aos novos critérios de concessão. Os pedidos podem ser feitos desde a última quinta-feira (17) até o dia 26. Ao prorrogar o auxílio emergencial por três meses com metade do valor do benefício, o governo endureceu alguns critérios, como a utilização de dados fiscais de 2019, em vez de 2018.

Na sexta-feira (18), acabou o prazo de contestação para os trabalhadores informais e inscritos no CadÚnico que tiveram o auxílio emergencial extensão bloqueado, cancelado ou indeferido. Para essa categoria de beneficiários, o prazo tinha começado no último dia 9.

QUASE CINCO MIL NOVOS INFECTADOS EM APENAS 24 HORAS NA BAHIA

Vacina Covid-19

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 4.920 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +1,1%) e 4.031 recuperados (+0,9%). Dos 461.026 casos confirmados desde o início da pandemia, 439.587 já são considerados recuperados,12.719 encontram-se ativos. A base de dados completa dos casos suspeitos, descartados, confirmados e óbitos relacionados ao coronavírus está disponível em https://bi.saude.ba.gov.br/transparencia/.

Para fins estatísticos, a vigilância epidemiológica estadual considera um paciente recuperado após 14 dias do início dos sintomas da Covid-19. Já os casos ativos são resultado do seguinte cálculo: número de casos totais, menos os óbitos, menos os recuperados. Os cálculos são realizados de modo automático.

Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (23,06%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram Ibirataia (9.992,16), Jucuruçu (7.801,88), Conceição do Coité (7.788,39), Muniz Ferreira (7.666,40), Pintadas (7.588,39).

boletim epidemiológico contabiliza ainda 854.293 casos descartados e 122.614 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quinta-feira (17/12).

Na Bahia, 34.941 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos
O boletim epidemiológico de hoje contabiliza 29 óbitos que ocorreram em diversas datas, conforme tabela abaixo. A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

PÚBLICO GERAL NÃO SERÁ VACINADO ANTES DO 2º SEMESTRE DE 2021, DIZ SECRETÁRIO DE SAÚDE

Fábio Vilas Boas

O secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, afirmou hoje (16) que não há perspectiva de vacinar a população jovem que não possui nenhum tipo de comorbidade antes do segundo semestre de 2021.

“Mesmo que a gente comece a vacinar a população em fevereiro, são 4 meses pra vacinar os grupos prioritários. Se começarmos em fevereiro, a população geral, mais jovem, sem problemas, que está indo hoje para as ruas sem máscara, essa população não será vacinada antes do segundo semestre do ano que vem”, disse.

Segundo o secretário, mesmo as vacinas pagas não serão disponibilizadas para esse grupo. “Precisamos manter as regras, que todo mundo já conhece, até junho do ano que vem”, completou.

ESTADO EFETUA CRÉDITO DO AUXÍLIO MORADIA DO MAIS FUTURO A ESTUDANTES NESTA QUINTA-FEIRA

Estudantes.

O crédito do Mais Futuro para 3.101 estudantes das universidades públicas estaduais baianas (Uneb, Uefs, Uesb e Uesc), que se enquadram no perfil moradia do programa, será efetuado nesta quinta-feira, dia 17, pelo Governo da Bahia. Com a nova parcela, no valor de R$ 1.859.700,00, o investimento do Estado no programa já totaliza R$ 45.076.200,00 neste ano.

O coordenador executivo de Programas e Projetos Estratégicos da Secretaria da Educação do Estado, Marcius Gomes, explicou que existem dois perfis de beneficiários do auxílio estudantil do Mais Futuro. O perfil moradia, formado por estudantes que estudam a mais de 100 km dos locais onde moram e que recebem R$ 600,00 por mês, durante 12 meses.

O outro perfil é o básico, daqueles que estudam no mesmo local onde residem e que recebem oito parcelas de R$ 300,00 por mês, durante oito meses, e cujos valores já foram todos depositados pelo Estado, de março a outubro deste ano.

“O Governo do Estado mantém o compromisso do crédito do Mais Futuro para os estudantes, mesmo no cenário de suspensão das aulas devido à pandemia do novo Coronavírus. Com isto, reafirma a Educação Superior como uma política de Estado e o Mais Futuro como um programa de assistência estudantil, que garante a inclusão social e a permanência no Ensino Superior de estudantes que se encontram em uma situação de vulnerabilidade socioeconômica”, afirmou Marcius Gomes.

Desde que foi lançado, em 2017, o Mais Futuro já beneficiou 17.931 universitários das quatro universidades estaduais. O total do investimento no programa, compreendendo o período entre junho de 2017 até o momento, foi de R$ 128.537.600,00. Os recursos do programa são oriundos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação à Pobreza (Funcep).

SITUAÇÃO DA BAHIA É ‘CRÍTICA’ COM PANDEMIA DA COVID E ENDEMIAS DE DENGUE E CHIKUNGUNYA

Dengue

A Bahia vai chegando ao fim do ano de 2020 com a luz de alerta para as endemias de arboviroses acesa. O estado registrou nesse ano altos índices de casos de Dengue, Chikungunya e Zika enquanto as atenções e preocupações estavam voltadas para a Covid-19.

A situação vivenciada pelo estado em relação às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti é considerada “crítica” pelo infectologista e integrante da Vigilância Epidemiológica do estado, Antônio Bandeira.

“A dengue a gente se acostumou a não falar de epidemia porque a gente vive numa chamada endemia, já que temos número sempre altos de casos, variando um pouco um ano em relação ao outro. Esse ano além da dengue temos sido campeões na chikungunya”, alertou o médico.

O boletim mais recente do Ministério da Saúde (MS) indica que até a segunda semana de novembro a Bahia havia registrado quase 82 mil casos prováveis de dengue. Em todo o país foram 971.136 ocorrências. A taxa de incidência no país é de 462,1 casos por 100 mil habitantes. A região Centro-Oeste apresentou o maior índice com 1.187,4 casos/100 mil habitantes. No Nordeste são 258,6 casos.

Já em relação à chikungunya são pelo menos 39.832 casos até agora. O número representa 50,5% do total de ocorrências registradas no país em 2020.  De acordo com o boletim, foram notificados em todo o país 78.808 ocorrências prováveis da infecção.

Quanto a Zika, a Bahia apresenta casos ao longo de todas as semanas epidemiológicas do ano de 2020 e concentra 49,1% de todos os casos registrados no país.

Após apresentação dos dados, o Ministério da Saúde sugere que as ações de preparação para o próximo ano devem ser intensificadas durante esse mês “para evitar aumento expressivo de casos e óbitos” pelas doenças.

VOLUNTÁRIO DA VACINA DE OXFORD É INTERNADO NA UTI DE HOSPITAL PARTICULAR EM SALVADOR

Vacina

Um voluntário da vacina de Oxford foi internado na UTI do Hospital Jorge Valente, em Salvador, com suspeita de coronavírus, conforme apuração feita pelo BNews, na noite desta segunda-feira (14). Contatado pelo site, a assessoria da unidade de saúde confirmou a internação do paciente, mas não detalhou a situação dele a pedido da família.

O paciente, que teve a identificação preservada, foi voluntário da vacina britânica aplicada no Hospital São Rafael, também situado na capital baiana. Ainda não há informações sobre o seu estado de saúde e nem se no teste ele recebeu o antídoto ou placebo. Esta última informação é sigilosa no processo de ensaios clínicos da vacina.

A vacina da farmacêutica AstraZeneca é uma das quatro que estão sendo testadas no Brasil. No dia 8 de dezembro, a AstraZeneca e a Universidade de Oxford publicaram, em revista científica, o estudo que mostrava a eficácia de sua vacina contra a Covid-19. Segundo os dados, a eficácia foi de até 90%.

Na prática, se uma vacina tem 90% de eficácia, isso significa dizer que 90% das pessoas que são vacinadas com ela ficam protegidas contra aquela doença.

SUSPEITAS DE REINFECÇÃO DA COVID-19 NA BAHIA; 51 CASOS SÃO INVESTIGADOS

Reinfecção: uma realidade.

Cinquenta e um casos de possível reinfecção pela Covid-19 estão, neste momento, sendo investigados na Bahia. Especialistas explicam que novas infecções são causadas pelo mesmo vírus, mas com assinatura genética diferente e, por isso, o corpo não tem como se defender.

“Ninguém hoje duvida que existe a reinfecção. A reinfecção existe sim, a reinfecção está provada na literatura através dos inúmeros casos que já foram publicados e aqui no Brasil recentemente”, afirma o infectologista Antônio Bandeira, que trabalha na Vigilância Epidemiológica do Estado.

GOVERNO LANÇA PASSE LIVRE INTERMUNICIPAL DIGITAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Passe livre intermunicipal digital para pessoas com deficiências.

O governo do estado programa para esta quarta-feira (16) o lançamento da versão digital do Passe Livre Intermunicipal para Pessoas com Deficiência. O novo formato da carteira, que já beneficia mais de 50 mil baianos e baianas, encurtará de dois meses para 48 horas o tempo médio de concessão do documento.

“A modernização do sistema de emissão do Passe Livre para Pessoas com Deficiência vai garantir mais segurança e mais conforto dos usuários, além de desburocratizar o processo de solicitação. Tudo será feito de forma digital e com muito mais agilidade para os cidadãos”, destacou o secretário Carlos Martins, titular da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), responsável pelo benefício.

A emissão digital da carteira de transporte deverá garantir mais eficiência e transparência no processo de concessão do benefício, impacto positivo nas contas com redução de R$ 290 mil anuais nos custos de confecção e envio das carteiras para todo o estado. O processo atual envolve recebimento de documentos pelos Correios, escaneamento e inclusão dos dados do Sistema do Passe Livre Intermunicipal, e envio das carteiras via Correios ou de avisos de indeferimento.

O evento de lançamento está previsto para as 14 horas de quarta-feira (16), durante reunião do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Coede-BA). Haverá transmissão pelo Facebook da SJDHDS.

UNESCO PEDE QUE PROFESSORES SEJAM PRIORIZADOS NA VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19

Escolas

A Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) pediu hoje (14) que os governos priorizem os professores durante a vacinação contra a covid-19, ao considerar que estes profissionais devem ser tratados como trabalhadores de “linha de frente”. A informação é da agência de notícias AFP.

“Ao ver os avanços positivos em relação à vacinação, acreditamos que os docentes e o pessoal de apoio à educação devem ser considerados grupo prioritário”, afirmou em vídeo a chefe da Unesco, Audrey Azoulay, em mensagem conjunta com o diretor da organização de docentes da Internacional da Educação (IE), David Edwards.

A agência das Nações Unidas, com sede em Paris, e a IE, com sede em Bruxelas, destacaram que as escolas são “insubstituíveis” e pediram que os professores estejam entre os primeiros da fila para receber o imunizante.

Na Bahia, as aulas presenciais nas escolas públicas e particulares de todo o estado estão suspensas desde o dia 19 de março, e ainda não têm previsão de retorno. O governador Rui Costa, entretanto, afirmou na última quinta (10), que deseja autorizar a retomada em breve, assim que a taxa de contaminação diminuir.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia