WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


abril 2021
D S T Q Q S S
« mar    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  


:: ‘Geral’

BAHIA REGISTRA 134 ÓBITOS POR COVID-19 NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Vírus Covid-19

Nas últimas 24 horas, a Bahia registrou 134 mortes por Covid-19 e 3.413 casos novos.

Desde o início da pandemia,  46.457 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. O estado soma 17.134 mortes e a taxa de letalidade é de 2,00%.

Das pessoas que faleceram, 55,46% eram do sexo masculino e 44,54% do sexo feminino. O percentual de casos com comorbidade foi de 65,69%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,75%).

Até as 15 horas desta sexta-feira (16), a Bahia vacinou 2.010.339 pessoas, sendo que 573.773 receberam também a segunda dose.

BAHIA RECEBE NOVO LOTE DE VACINAS, COM ATRASO E QUANTIDADE MENOR DO QUE A ANUNCIADA

Bahia recebe mil doses da vacina coronavac

A Bahia recebeu um novo lote com 396 mil doses das vacinas contra a Covid-19 na manhã desta sexta-feira (16). A informação foi compartilhada pelo Secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, nas redes sociais.

O titular da Sesab ressaltou que a remessa chegou atrasada e em menor quantidade do que era prevista e comentou que “não tem sido fácil”. A expectativa era de que o estado recebesse 500 mil doses na quinta-feira (15).

“Bola pra frente. Cabeça erguida. Vamos distribuir para toda a Bahia ainda hoje”, completou.

BAHIA ULTRAPASSA MAIS DE 2 MILHÕES DE VACINADOS

Vacinação contra Covid-19 segue em Ilhéus sem intercorrências.

Um total de 2.005.623 pessoas receberam a primeira dose do imunizante contra o coronavírus na Bahia, segundo o balanço da vacinação divulgado na noite de ontem (15) pelo consórcio de veículos de imprensa. Com isso, 13,43% da população do estado foi vacinada contra a covid-19.

A segunda dose foi aplicada em 3,64% da população da Bahia: 543.460 pessoas. No total, 2.549.083 doses foram aplicadas no estado (90,61% das 2.813.282 doses recebidas). Em 24 horas, 52.723 imunizantes foram injetados.

No Brasil, 25.460.098 pessoas receberam a primeira dose (12,02% da população do país). Destas, 8.558.567 tomaram a segunda (4,04%). Foram utilizadas 34.018.665 vacinas para a ação (56,66% das doses recebidas pelos estados).

HOSPITAIS DE ILHÉUS, JEQUIÉ E PORTO SEGURO RECEBEM CAPACETES PARA TRATAR COVID-19

Do Pimenta.

Capacetes para tratar covid-19.

O Hospital Regional Costa do Cacau, em Ilhéus, no sul da Bahia, e os hospitais Regional e Prado Valadares, em Jequié, no sudoeste do estado, estão entre as unidades que receberão capacetes especiais – equipamentos de ventilação mecânica não-invasiva (VNI) que podem ser utilizados associados a um ventilador mecânico, de forma que não haja necessidade de intubar o paciente com diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19).

A Secretaria da Saúde da Bahia adquiriu 400 unidades do capacete (Helmet). No primeiro momento, 270 unidades estão sendo encaminhadas para 13 hospitais da rede referenciada para o tratamento da doença em toda a Bahia. Esse equipamento já é usado no Hospital Calixto Midlej Filho, em Itabuna, desde o início do ano, com ótimos resultados. Ele também já é utilizado no Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães.

A utilização do capacete especial pode reduzir de forma significativa tanto a inflamação pulmonar quanto o esforço do paciente para respirar, prevenindo a intubação e evitando a ventilação mecânica invasiva com alto risco. Por se tratar de um dispositivo vedado, o capacete pode diminuir drasticamente as chances de contaminação dos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19.

A Sesab está distribuindo 150 unidades de tamanho G e 120 de tamanho M para os seguintes hospitais: Espanhol, Metropolitano e Arena Fonte Nova, em Salvador; Hospital Regional da Chapada, Seabra; Hospital Geral Clériston Andrade, Feira de Santana; Hospital do Oeste, Barreiras; Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus; Hospital Regional Deputado Luís Eduardo Magalhães, Porto Seguro; Hospital Regional de Jequié, Hospital Regional Prado Valadares, em Jequié; Hospital de Caetité; Costa do Cacau, em Ilhéus.

A estrutura do capacete permite a formação de um ambiente com pressão positiva e enriquecido com oxigênio. A maior parte do material é feita com PVC atóxico, sendo a membrana de vedação do pescoço produzida com látex ou silicone, o que garante conforto e facilidade de ajuste para cada paciente. Em Vitória da Conquista, o equipamento já está em uso no Hospital Geral, que recebeu 50 unidades.

GOVERNO FEDERAL ATRASA E BAHIA NÃO RECEBE 500 MIL DOSES ESPERADA PARA ESTA QUINTA-FEIRA

Vacina.

As 500 mil doses da vacina CoronaVac que chegariam à Bahia nesta quinta-feira (15) não desembarcaram no estado. Na segunda-feira (13), o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, tinha anunciado em sua conta pessoal no twitter a chegada das vacinas.

O Metro1 entrou em contato com a Sesab para saber o motivo do atraso. De acordo com a assessoria da pasta, o Ministério da Saúde, que organiza a distribuição entre os estados, não explicou as razões e também não informou uma nova data de quando a entrega seria feita.

O atraso impacta diretamente no plano de vacinação do estado. A maioria das cidades da Bahia não tem mais estoque de primeira dose, restando apenas as reservadas para aplicação nas doses de reforço (segunda dose).

COMBATE A FOME: COMITÊ POPULAR DE ILHÉUS FARÁ DRIVE-THRU SOLIDÁRIO

Combate a fome em Ilhéus.

A APPI/APLB participará do relançamento da Campanha de Arrecadação de Alimentos, via drive thru, na próxima sexta-feira (16), no Posto Renascer, localizado na Praça Cairu, no Centro.

O grupo – que reúne movimentos sociais, centrais sindicais e sociedade civil em torno de um projeto coletivo de intervenção social para enfrentar os impactos da pandemia de Covid-19, retoma sua ação no momento de agravamento da situação, além da demora e redução de valores do pagamento do auxílio emergencial. Estudo da Segurança Alimentar e da Fome no Mundo revela que cerca de 5 milhões de pessoas encontram-se desnutridas no Brasil.

O Comitê Popular Solidário de Ilhéus também precisa de voluntários. Quem puder participar, pode inscrever-se neste link.

Depois da ação de coleta em sistema de drive thru, a campanha continuará em pontos fixos de coleta a partir da segunda-feira (19), em sindicatos e estabelecimentos comerciais parceiros. Em nova fase de ação, o Comitê também pretende montar uma cozinha solidária com objetivo de dar suporte à segurança alimentar de diversas pessoas que vivem em situação de rua em Ilhéus.

Texto: ASCOM APPI

GOVERNADOR RUI COSTA VOLTA A PERMITIR EVENTOS COM ATÉ 50 PESSOAS NA BAHIA

Rui Costa

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a permitir a realização de eventos com até 50 pessoas na Bahia. Desde 4 de dezembro do ano passado, as atividades estavam proibidas, independentemente do número de pessoas, para evitar aglomerações e, assim, conter a contaminação pelo novo coronavírus.

A nova regra está em decreto publicado na edição desta terça-feira do Diário Oficial do Estado. Ao fixar o limite máximo de 50 pessoas, a norma diz que ficam vedados “os eventos e atividades com a presença de público superior a 50 (cinquenta) pessoas, ainda que previamente autorizados, que envolvam aglomeração de pessoas, tais como: eventos desportivos, religiosos, cerimônias de casamento, feiras, circos, eventos científicos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica.”

As liberações, no entanto, acontecem em um momento de quantidade de casos e óbitos ainda alta na Bahia. Nesta manhã, a ocupação de leitos de UTI adulto está em 84% no estado – o governo argumenta ter aberto uma quantidade maior de UTIs do que o existente na primeira onda, o que dá maior segurança para flexibilizações.

BAIANOS COM SÍNDROME DE DOWN SÃO INCLUÍDOS NO GRUPO PRIORITÁRIO DE VACINAÇÃO

Baianos com síndrome de down são incluídos em grupo prioritário.

Os baianos portadores de síndrome de Down, farão parte do grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19. A mudança vem após um pedido da Defensoria Pública da Bahia (DP-BA), acatado pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab).

“Recebemos o comunicado com muita satisfação. Importante o Estado reconhecer esse público como prioritário. Esperamos que a vacinação comece o quanto antes possível”, comemorou a defensora pública Lívia Almeida.

Atualmente, o estado está na segunda fase de vacinação, que abrange a população entre 60 a 74 anos. Com a alteração, as pessoas com Down deixam a fase 4 e agora fazem parte da fase 3 do plano de imunização.

ILHÉUS: TRABALHADORES DO HOSPITAL REGIONAL COSTA DO CACAU ESTÃO SEM RECEBER SALÁRIOS HÁ UM MÊS

Hospital

Sem receber salários há um mês, profissionais que prestam serviços para o Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), em Ilhéus, aguardam uma solução e cobram urgência no pagamento dos vencimentos em plena pandemia de covid-19.

Segundo informações repassadas à diretoria do SindilimpBA, o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração Hospitalar (IBDAH), que administra o hospital, alega que a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab-BA) não repassou a verba para o pagamento dos salários dos trabalhadores e trabalhadoras, que estão atuando na linha de frente contra o novo coronavírus.

Para a coordenadora-geral do SindilimpBA, Ana Angélica Rabello, a falta de repasse prejudica diretamente os profissionais que atuam em diferentes setores dentro do HRCC. Ela se pronunciou sobre o assunto nesta segunda-feira (12). “Estão todos os profissionais sem receber seus salários por, pelo menos, um mês. Incluindo médicos, enfermeiros, agentes de limpeza e recepção. É muito grave. Estamos vivendo uma situação de pandemia e os trabalhadores sem receber dinheiro”, aponta Ana Angélica, que atua diariamente pelos direitos dos trabalhadores terceirizados. Ela frisa que a categoria não é representada pelo sindicato, mas que o pedido de ajuda chegou no último final de semana.

Um trabalhador, que não quis se identificar, diz que o não recebimento de salário tem impactado a vida de quem atua no hospital. “Estamos em uma pandemia que afetou a vida de todos. Enfrentamos aumento dos alimentos, das contas de casa. Para a maioria, o hospital é a única fonte de renda. O Governo do Estado precisa ser pressionado para repassar o mais rápido possível o nosso salário”, revela o trabalhador. O sindicato acompanha todas as tratativas da situação e já acionou o jurídico para ajudar no processo.

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE COMEÇA NA SEGUNDA, 12

Da Agência Brasil.

Vacina

O Ministério da Saúde e as secretarias estaduais e municipais de saúde começam na segunda-feira (12) a campanha de vacinação contra a gripe. Além de evitar complicações decorrentes da gripe causada pelo vírus, a vacinação ganha uma outra importância no momento.

Com diversos estados com leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) lotados e filas de espera em função da pandemia do novo coronavírus, a iniciativa também é importante para evitar uma sobrecarga nos sistemas de saúde.

O público estimado pelo ministério é de 79,7 milhões de pessoas e o objetivo é vacinar pelo menos nove em cada dez pessoas dos grupos prioritários.

Os grupos serão organizados para vacinação em três etapas. Os dias de mobilização, chamados de dias D, serão definidos em cada município pela Secretaria de Saúde local.

Os grupos prioritários são:

– Crianças de 6 meses a menores de 6 anos;

– Gestantes;

– Puérperas;

– Povos indígenas;

– Trabalhadores de saúde;

– Pessoas com 60 anos ou mais;

– Professores;

– Portadores de doenças crônicas não transmissíveis;

– Pessoas com deficiência permanente;

– Forças de segurança, de salvamento e armadas;

– Caminhoneiros;

– Trabalhadores do transporte coletivo de passageiros;

– Funcionários trabalhando em prisões e unidades de internação;

– Adolescentes cumprindo medidas socioeducativas em unidades de internação;

– População privada de liberdade.

Covid-19

O Ministério da Saúde não recomenda que seja feita a aplicação das vacinas contra a covid-19 e contra a influenza conjuntamente. A pasta recomenda que as pessoas que estiverem nos grupos prioritários procurem se vacinar antes contra a covid-19. Especialistas recomendam pelo menos uma diferença de 14 dias entre uma e outra.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia