WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom embasa secom bahia embasa secom bahia secom bahia secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus


setembro 2021
D S T Q Q S S
« ago    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  


:: ‘Destaque3’

BAHIA: DOENÇA “URINA PRETA” PODE ESTAR RELACIONADA A CONSUMO DE FRUTOS DO MAR

Foto de José Cruz/Agência Brasil.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) divulgou uma nota na qual alerta sobre uma possível relação entre os casos de doença de Half, conhecida como “urina preta”, observados este ano no Brasil, e o consumo de peixes, mariscos e crustáceos sem o selo dos órgãos de inspeção oficiais.

De acordo com a pasta, todos os casos notificados e em investigação estão sendo acompanhados por epidemiologistas do Ministério da Saúde, em cooperação com os Laboratórios Federais de Defesa Agropecuária (LFDA) e o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).

A doença de Haff apresenta como sintomas rigidez muscular frequentemente associada ao aparecimento de urina escura, que resulta de insuficiência renal. Ela se constitui em um tipo de rabdomiólise, nome dado para designar uma síndrome que gera a destruição de fibras musculares esqueléticas e libera elementos de dentro das fibras – como eletrólitos, mioglobinas e proteínas – no sangue. :: LEIA MAIS »

RUI COSTA NOMEIA NELSON PELEGRINO PARA CARGO DE CONSELHEIRO NO TCM

Nelson Pelegrino.

O governador Rui Costa nomeou Nelson Pelegrino para cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Município (TCM). O documento com a nomeação, assinado por Rui ontem, foi publicado no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (16), um dia depois da aprovação do nome de Pelegrino pela Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Deputado federal licenciado, Pelegrino vai deixar também o cargo de secretário estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur) por conta da nomeação. A exoneração do Poder Executivo também está publicada no Diário de hoje.

O governador Rui Costa designou Ananda Lage, atual Chefe de Gabinete da Sedur, para cumulativamente assumir a secretaria até então sob comando de Pelegrino.

ILHÉUS: CONFIRA AS VAGAS DE EMPREGO DO SINEBAHIA PARA ESTA QUINTA-FEIRA, 16

Vaga.

Confira as vagas de emprego do SINEBAHIA Ilhéus para esta quinta-feira, 16.

UNIDADE DE ATENDIMENTO: Os atendimentos já estão sendo feitos presencialmente mediante agendamento pelo SAC Digital.

Site: https://www.sacdigital.ba.gov.br ou aplicativo SACDIGITAL.

 

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: das 7h às 15:30h.                                                                            

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: RG, CPF e/ou Carteira de Trabalho

 

Vagas exclusivas para Ilhéus até dia (16.09.2021)

VENDEDOR INTERNO

Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses comprovada em carteira de trabalho
01 VAGA

 

AGENTE FUNERARIO
Ensino Médio Completo

Experiência mínima de 6 meses em CTPS na área de atendimento
Possuir conhecimento em informática ( pacote office e sistemas ) e CNH categoria B
Residir em Uruçuca

03 VAGAS

 

COSTUREIRA

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função em moda praia
01 VAGA

 

ELETRICISTA AUTOMOTIVO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função em veículos pesados
01 VAGA

 

ALINHADOR AUTOMOTIVO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Disponibilidade para morar em Itacaré

01 VAGA

MECÂNICO AUTOMOTIVO

Ensino Fundamental Completo

Experiência mínima de 6 meses na função

Disponibilidade para morar em Itacaré

01 VAGA

 

ILHÉUS: POLICLÍNICA REGIONAL SERÁ CONSTRUÍDA NO TERRENO DA ANTIGA PETROBRAS

Terreno, antiga Petrobras fica em frente ao Supermercado Itão.

O Governo do Estado decretou de Utilidade Pública para fins de desapropriação, a área de 14 mil metros quadrados da antiga Petrobrás, na avenida Milton Santos, Tapera, zona norte de Ilhéus, para a implantação de uma Policlínica Regional de Saúde. A unidade que atenderá a média e alta complexidade visa descentralizar a assistência, regionalizando o atendimento ao cidadão.

A notícia é boa, já que contempla, com novos serviços, a saúde pública do município. No entanto, um detalhe chama a atenção no decreto recentemente publicado: o espaço onde funciona o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico em Informática e Eletroeletrônica de Ilhéus (Cepedi), que está inserido na área desapropriada, não tem a registrada a garantia de sua continuidade.

Na sessão de hoje (14), o diretor executivo do Cepedi, José Alfredo, foi o convidado da vereadora Enilda Mendonça (PT) para falar sobre o momento e a importância da entidade para o desenvolvimento do município. Fundado em 2002, o Cepedi surgiu com o objetivo de fornecer e capacitar mão de obra para atender o Pólo de Informática de Ilhéus. Organização de base tecnológica, nestes 19 anos atendeu mais de 50 empresas, com soluções que rodam em outros países, como México, Vietnã e Estados Unidos. O Cepedi continua tendo sua importância no polo, com soluções de grandes impactos. E atende, também, cursos tecnológicos da Universidade Estadual de Santa Cruz e de faculdades privadas da região. “Antes os egressos terminavam a graduação e iam trabalhar em outros centros, justamente por não existir um polo que pudesse contribuir com seu o talento. Agora já não é mais assim”, assegura o diretor executivo do Cepedi. Hoje a entidade conta com mais de 60 colaboradores entre contratados e bolsistas.

“Precisamos cobrar do governo do estado que altere o decreto de desapropriação e inclua e garanta o Cepedi na área onde já está funcionando – e bem”, destaca a vereadora Enilda. Nesse sentido, a parlamentar apresentou um requerimento para que o estado reconheça a necessidade de manutenção do espaço onde já funciona há muitos anos. O documento foi subscrito pelos vereadores Jerbson Moraes (PSD), Fabrício Nascimento (PSB), Sérgio do Amparo (Podemos), Edvaldo Neto (DEM), Ederjúnior dos Anjos (PSL), Aldemir Almeida (PP), Cláudio Magalhães (PCdoB), Ivete Maria (DEM), Ivo Evangelista (Republicanos), Augustão (PT) e Baiano do Amendoim (PSDB). Enilda lembra que quando o município de Ilhéus passou a responsabilidade da presidência do Conselho do Cepedi à Ceplac, também houve a cessão da parte do terreno para instalação do Centro de Pesquisa. Em parceria da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação com a UESC foi instalado o espaço Colaborar, que está pronto para ser inaugurado.

A Câmara de Ilhéus é uma das instituições sócio-fundadoras do Cepedi, ao lado da UESC, Prefeitura Municipal, Sindicato das Elétricos Indústrias de Aparelhos Eletrônicos, Computadores, Informática e Similares de Ilhéus e Itabuna (Sinec), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação Comercial e Industrial de Ilhéus.

APÓS FIM DE CONTRATO COM A CTA, ILHÉUS FICA SEM COLETA E LIXO ACUMULA

Nesta quinta-feira (16) a cidade amanheceu cheia de lixo.

Após término de contrato com a empresa CTA, a prefeitura de Ilhéus não está conseguindo efetuar a coleta de resíduos sólidos. Em algumas ruas , até foi verificada a coleta através de caçamba, em outros lugares desde sábado o lixo se acumula.  Nesta quinta-feira (16) a cidade amanheceu cheia de lixo e a previsão é que uma nova empresa comece a efetuar o serviço essencial.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Urbano, em dados do ano 2019 a quantidade de quilos de resíduo sólido urbano (RSU) produzido por pessoa por dia, é de um kilo.

Informações extra oficiais chegadas à redação dão conta que no prazo de 04 dias  o problema pode ser solucionado, até lá, o lixo acumulado pode chegar a mais de dez toneladas de resíduos em questão de dias. :: LEIA MAIS »

VÍDEO: ÍNDIOS TUPINAMBÁS FAZEM PROTESTO NA BA-001 CONTRA O “MARCO TEMPORAL”

índios Tupinambás fazem protesto em Ilhéus.

Na tarde desta quarta-feira, 15, índios tupinambás fecharam a BA-001, próximo à praia do Batuba. Os Tupinambás protestam o “marco temporal”, além de reivindicarem também um posicionamento da Prefeitura de Ilhéus em relação ao transporte coletivo para atender os aldeados. A rodovia está parada e só ambulâncias conseguem passar, a previsão de normalidade na BA é só após a votação do STF hoje ainda.  A ação tem a presença dos vereadores Claudio Magalhães (PC do B) e Enilda Mendonça (PT).

MOTORISTA DE APP DE ILHÉUS FOI SEQUESTRADO

Motorista de app em Ilhéus é sequestrado.

Um motorista por aplicativo foi sequestrado e teve o carro roubado quando trabalhava em Ilhéus. O homem foi abandonado em uma estrada vicinal já no município de Camamu, no Baixo Sul baiano. Conforme informações do Bahia Notícias, a vítima, que preferiu não se identificar, disse que os suspeitos pediram uma corrida de Ilhéus para Itabuna. Inicialmente, ele aceitou, mas em seguida cancelou a viagem.

Os acusados então entraram em contato pelo chat do aplicativo e disseram que queriam ir apenas à rodoviária de Ilhéus. O condutor aceitou, mas antes de chegar na rodoviária, os suspeitos anunciaram o assalto.Omotorista disse ainda que os assaltantes levaram cartões de crédito e uma quantia em dinheiro.

A vítima contou ainda que precisou andar em torno de cinco quilômetros até conseguir uma carona até Ilhéus. O motorista afirmou também que entrou em contato com o aplicativo 99, mas foi informado que ele precisa ter uma autorização policial para quebra de sigilo e assim obter informações da corrida.

Ele segue à procura de conseguir de volta o carro em que trabalha e os pertences levados pelos bandidos.

APLICAÇÃO DA 1ª e 2ª DOSE SEGUE NESTA QUARTA (15); IDOSOS DE 80 ANOS OU MAIS RECEBEM A DOSE DE REFORÇO

Vacinação 2 dose em Ilhéus.

A estratégia de vacinação contra a Covid-19 continua nesta quarta-feira (15) em Ilhéus, com aplicação da 1ª dose para o público de 17 anos ou mais, 2ª dose de todos os imunizantes para as pessoas com data marcada até 15 de setembro e 3ª dose (dose de reforço) para idosos de 80 anos ou mais que receberam a segunda dose há pelo menos seis meses. O serviço estará disponível nas unidades de saúde previamente informadas, conforme horários específicos, e no CMAE, das 8h às 12h e das 13h às 15h.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) explica que a primeira dose e a dose de reforço serão ministradas nas unidades de saúde, já a segunda dose de todos os imunizantes estará disponível tanto nos postos quanto no CMAE.

A Sesau informa ainda que vai antecipar a aplicação da segunda dose da CoronaVac para pessoas com data marcada até 17 de setembro. O grupo também pode se dirigir às unidades de saúde.

Documentação – Para tomar a primeira dose o público deve portar CPF, cartão do SUS, comprovante de residência e cartão de vacinação, caso possua. Já para receber a segunda dose é imprescindível a apresentação do CPF, cartão SUS e cartão de vacinação constando a primeira aplicação do imunizante. A dose de reforço será aplicada mediante apresentação do CPF, cartão do SUS, comprovante de residência e cartão de vacinação constando as duas aplicações. :: LEIA MAIS »

CARTA ABERTA DOS ÍNDIOS TUPINAMBÁ DE OLIVENÇA

Indígenas protestam.

Nós, indígenas do Brasil inteiro e do Povo Tupinambá de Olivença, solicitamos sua compreensão e apoio por estamos mobilizados para que o Superior Tribunal Federal (STF) reprove o desumano Marco Temporal como norma para demarcação das Terras Tradicionais.

O Marco Temporal contraria a Constituição Brasileira que nos garantiu o direito à demarcação de nossas terras. Segundo o Marco Temporal, só terá direito às terras os indígenas que estavam nelas ou se assumiam como tais até o ano da proclamação da constituição em 1988. Uma tese absurda porque não considera as expulsões, violências físicas, espirituais, incluindo mortes, e negação de nossa identidade como indígena que ainda sofremos.

Mesmo assim: muitos de nós nunca saímos de nossas terras daqui de Olivença, mas tivemos nossas identidades negadas. Os que foram obrigados a saírem por causa das perseguições e expulsões, retornaram ao território. Por isto reafirmamos: Olivença sempre foi Terra Indígena Tupinambá. Nosso Relatório de Demarcação foi publicado no Diário Oficial da União em 2009, superando todas as barreiras jurídicas e administrativas, precisando apenas da homologação final do ministro da justiça e presidência da república.

Caso o Marco Temporal seja aprovado receamos que a violência aumente contra nós indígenas e a Natureza. A análise do STF já deveria ter ocorrido, mas foi adiada várias vezes, incluindo na semana passada. O julgamento será retomado hoje e por isto estamos nos mobilizando junto com os Povos Indígenas do Brasil inteiro para solicitar que a votação no STF seja concluída, derrubando o Marco Temporal.

Nossa luta é também sua porque onde tem Terra Indígena Demarcada existe Natureza Preservada, como é o caso daqui de Olivença. Solicitamos sua compreensão e apoio, ajudando a preservar nossos direitos e a Natureza.

NÃO AO MARCO TEMPORAL!
DEMARCAÇÃO JÁ!
POVO TUPINAMBÁ DE OLIVENÇA
AWÊRÊ!!

EM APENAS 100 ANOS, 45 ALTOS E MORROS DE ILHÉUS PASSARAM A SER HABITADOS

Morro em Ilhéus.

A ocupação dos altos e morros de Ilhéus começou na década de 1920. Hoje, 100 anos depois, a cidade convive com 45 regiões habitadas em pontos altos da cidade. Números estimados pela Defesa Civil apontam que, hoje, residem nos altos e morros de Ilhéus 17 mil famílias em áreas de anormalidade (não possui regulamentação de imóveis e aonde sequer chegam serviços essenciais), 5 mil famílias em áreas de risco e mais 20 mil famílias em áreas de morro. A geografia acidentada da zona urbana e o crescimento populacional acentuado registraram, em apenas um século, um cenário preocupante: absolutamente em todos estes locais há necessidade de intervenções para garantir a segurança dos seus habitantes.

Geógrafo e engenheiro civil, pós-graduado em planejamento de cidades e em gestão e invasão costeira, o coordenador da Defesa Civil, Joandre Neres, destaca a complexidade que se tem ao debater este tema em Ilhéus. “Começa desde a denominação”, explica. “O que diferencia a expressão ´altos e morros´, por exemplo, é a infraestrutura da região e a quantidade de pessoas que nela reside”, completa. Neres lembra que as condições de acessibilidade continuam sendo um dos maiores dramas dos moradores destas comunidades. “Dos 45 altos e morros, apenas 12 têm acessibilidade de veículos com serviço de transporte público. Mesmo assim de forma precária”, enumera. “A maioria destas localidades conta apenas com escadarias”, completa.

Audiência

Os altos e morros de Ilhéus foram tema de uma Audiência Pública, hoje (13) à tarde, na Câmara de Ilhéus, atendendo a um requerimento do vereador Fabrício Nascimento (PSB). Além dos vereadores Jerbson Moraes (PSD), Ederjúnior dos Anjos (PSL), Sérgio do Amparo (Podemos), Baiano do Amendoim (PSDB), Gurita (PSD), Ivo Evangelista (Republicanos) e Enilda Menbdonça (PT), o evento reuniu representações e lideranças comunitárias destas localidades, autoridades militares e diretores da Embasa. Os secretários Átila Dócio (Infraestrutura e Defesa Civil) e Rubenilton Silva (Promoção Social e Combate à Pobreza) e a enfermeira Daniela Navarro (representando a secretaria de Saúde) também participaram do evento.

Presente à Audiência, Eduardo Mendes, liderança do Alto do Basílio, disse que a comunidade do morro vive diante de um extremo descaso. “A calamidade é grande”, resume. “Muitas vezes é a gente quem faz mutirão para fazer as coisas na comunidade”, informa Sérgio Oliveira, representante do Alto da Esperança.  Do Alto da Legião, Raílton da Costa Santos garante que os problemas dos altos de Ilhéus só mudam de endereço. “Nossas encostas são uma tragédia anunciada”, reforça Juliano Pereira, do Alto Boa Vista.

Derrubar muros

“É preciso derrubar o muro que divide a região plana e os altos e morros de Ilhéus”, destaca o presidente da Câmara, Jerbson Moraes. O parlamentar considera “um grande problema” o fato de sempre parecer que os altos e morros de Ilhéus não estão integrados ao restante da cidade. “Tudo isso é reflexo de uma questão cultural e da forma de administração pública feita por anos e anos”, lamentou. “Devemos aproveitar essa audiência para iniciar uma mudança de paradigma. Precisamos enxergar o morro como um local habitado por trabalhadores e trabalhadoras e uma região produtiva da cidade”, afirmou.

O vereador Ivo Evangelista destaca que a Câmara de Ilhéus nunca se eximiu em fazer o seu trabalho de encaminhar as reivindicações aos órgãos cabíveis. A questão, completa a vereadora Enilda Mendonça, é que os problemas se agravam por décadas. “Sempre resolvemos o tapa-buraco, mas é preciso pensar na infraestrutura a longo prazo. Há décadas Ilhéus discute os morros, mas não há solução para eles”, dispara.

Problema antigo

Vereador em exercício, Sérgio do Amparo, lembra que os morros estão gritando, mas esse, segundo o parlamentar, é um problema que já vem de outras gestões. Representante destas localidades, ela assegura que já existem indicações e requerimentos em benefício destas comunidades. Cansado de esperar por ações, o vereador até desenvolveu um projeto de revitalização das encostas. “O que eu acredito é que é muito importante trazer as emendas ano que vem para a cidade de Ilhéus. Assim ajudaríamos o Poder Executivo a executar essas obras”, analisa o 1º secretário da Casa, vereador Ederjúnior dos Anjos.

No âmbito da segurança pública, o comandante da 68ª Companhia, Major Wesley Siqueira, destacou a existência do projeto “Comando Alto”, que atende a essas comunidades. “Todos conhecem os problemas de sua localidade, desde a falta de infraestrutura, acesso, transporte, iluminação e tudo isso impacta diretamente na segurança pública”, afirma o Capitão PM, Cláudio Lopes, comandante da 69ª Companhia. “Temos dificuldade em ter acesso a estas localidades e como consequência, isso propicia a atuação de criminosos de uma forma mais efetiva nestas localidades”, alerta. Para o Capitão PM Álvaro Magalhães, Comandante da 70ª Companhia, a principal preocupação do seu comando é com o tráfico de drogas.

Treinamento

“Criamos equipes itinerantes de saúde para visitar as comunidades de forma contínua para que levemos até os altos, equipe disciplinar de saúde”, destaca a enfermeira Daniela Navarro.  Além disso, afirma, a saúde pôde perceber em conversas com a comunidade a importância de acesso às emergências (subida de ambulâncias) e, por conta disso, desenvolveu junto à secretaria um programa de capacitação de moradores para prestar os primeiros socorros.

O secretário Rubenilton Silva assegura que não faltam esforços do poder executivo para melhorar a vida das pessoas que residem nos morros. “Muitas vezes nos meses mais chuvosos subimos os altos para desenvolver ações para atender essa população vulnerável”, disse, reconhecendo, entretanto, que é muito difícil o poder público acompanhar o crescimento urbano desordenado da cidade.

Secretário de Infraestrutura, o engenheiro Átila Dócio explica que é com recurso federal que é possível resolver a questão das encostas e morros de Ilhéus.  “Para que isso aconteça, existe uma questão burocrática, desde a elaboração do projeto, da busca pelo capital, autorização de solicitação até se chegar à execução”. Esta dependência, resume, é por conta de custos mais elevados em obras deste porte, que exigem uma técnica de engenharia mais apurada.

Protesto também

No final da Audiência, o autor da iniciativa, Fabrício Nascimento, lamentou a ausência não justificada do secretário de Serviços Urbanos, João Aquino que, também, não mandou representante. Nascimento apresentou uma nota de repúdio para o secretário, que é do seu partido político, o PSB, e disse que “quando o secretário não vem e não manda representante, se vê que este secretário não tem compromisso com o governo”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia