WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


agosto 2017
D S T Q Q S S
« jul    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  


:: ‘Destaque2’

BURAQUEIRA É CAUSADA PELA VAIDADE, AFIRMA VILA NOVA

O radialista Vila Nova, em seu editorial no programa O Tabuleiro desta sexta, dia 11, chamou atenção para o caráter de vaidade que circunda o embargo da usina asfáltica do município. Segundo Vila, os prejuízos causados pela buraqueira têm sua raiz na vaidade de pessoas públicas, como o superintendente Emílio Gusmão. “É inadmissível um comportamento desse tipo de um agente público com tamanha responsabilidade”, afirmou.

Vila pontuou ainda que o prefeito Mário Alexandre é quem mais se desgasta com o problema. Por isso, o prefeito precisa, em definitivo, resolver o problema dos buracos na cidade.

Não custa lembrar que, desde abril, a usina, que custou quase três milhões de reais, está parada, deteriorando. Quatro meses depois, se confirma que o embargo nada mais foi do que pra cumprir os caprichos do superintendente de meio ambiente, Emílio Gusmão, que a interditou alegando danos ambientais que foram negados em laudo técnico.

Desde o início dessa celeuma, alertamos no ILHÉUS EM RESUMO que o embargo servia para fazer propaganda do trabalho de Gusmão e, consequentemente, alimentar seu ego, que, de tão grande, não caberia no maior buraco que se possa encontrar na cidade.

Mostramos também que, por duas vezes, o diário oficial do município publicou versões erradas do acordo que permite o retorno da usina. Depois da segunda tentativa, o termo de ajustamento sequer foi publicado novamente.

Uma mostra das consequências dessa barbeiragem você confere nas fotos abaixo, registradas por nosso colaborador, Adilson Araújo.

Haja suspensão.

Do Pontal ao Iguape, é buraco que não acaba mais.

Mais buracos

No norte.

UM BURACO PRA CADA ILHEENSE

Buracos de estimação na Rua 13 de Maio, no Pontal. Foto: Jonathan Souza/Portal I’Midia.

O prefeito Mário Alexandre (PSD) precisa resolver de vez o problema da usina de asfalto de Ilhéus. Há 15 dias, Marão foi à imprensa e disse que o equipamento voltaria a operar na semana seguinte, mas não cumpriu a promessa (lembre aqui). Enquanto isso, a buraqueira só aumenta. É quase um buraco pra cada ilheense.

Na Rua 13 de Maio, único acesso às praias do sul, é impossível andar em linha reta, dada a quantidade de buracos. No centro da cidade não é diferente. A menos de 300 metros da câmara de vereadores e do Palácio Paranaguá, há duas crateras.

Buracos no centro da cidade. Foto Ilhéus em Resumo.

A buraqueira na cidade é patrocinada pelo superintendente de Meio Ambiente, o blogueiro Emílio Gusmão, e pelo vice-prefeito, secretário de Planejamento e chefe de Gusmão, José Nazal (ambos da Rede).

Como se sabe, Gusmão embargou, sem o conhecimento do prefeito, a usina do próprio município, em abril. Alegava danos ambientais, que foram descartados após estudos, como afirmou o próprio  Mário Alexandre. No entanto, de lá pra cá, segundo fontes do próprio governo, o superintendente estaria criando embaraços seguidos para impedir o retorno da operação da usina.

Além do licenciamento ambiental, que já foi feito, outro embaraço envolve a exigência de construção de um galpão no local onde funciona a usina. A estrutura, como estaria a exigir o superintendente, deve ser construída pela empresa, mas, ao fim do contrato, ficará para o município.

As dificuldades impostas pelo superintendente já fizeram a empresa CMA, terceirizada que é responsável pela usina, desistir de operá-la, garantem fontes. Com a desistência, o município corre o risco de ficar, pelo menos, mais seis meses sem produzir asfalto e vendo a buraqueira de Marão e Gusmão só aumentar, enquanto é feita nova licitação.

Atualização: em contato com o blog, um servidor do alto escalão da prefeitura informou que o vice prefeito e secretário José Nazal não teve conhecimento antecipado do embargo da Usina, assim como o prefeito. Está, portanto, esclarecida a questão o que isenta o secretário Nazal de qualquer responsabilidade

ILHÉUS: FOTOS COMPROVARIAM NASCIMENTO DE SÓ UM BEBÊ

A direção da Maternidade Santa Helena, mantida pela Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus e a única da cidade, deve anexar ao processo que corre na Polícia Civil fotos que comprovam o nascimento de apenas um bebê no caso que vem chamando atenção e já foi pauta no cenário estadual.

Uma fonte assegurou ao ILHÉUS EM RESUMO a existência do registro fotográfico, que não será divulgado por se tratar de um momento extremamente íntimo.

A ilheense Cleidiane Silva dos Santos reclama do suposto sumiço de um dos bebês após o parto, que ocorreu no dia 24 de junho, na Maternidade Santa Helena, anexo ao Hospital São José. A dona de casa disse que foi sozinha para a maternidade e que passou mal na hora do parto, além de ter ficado sonolenta e não ter visto quando os bebês teriam nascido.

A dona de casa diz que a última ultrassonografia da gravidez dela foi feita no dia 3 de junho, quando ela estava com 37 semanas, e confirma que estava grávida de gêmeos e até descreve os dois fetos. A mulher também afirma que, antes do parto, ainda chegou a ser informada no hospital que os dois bebês estavam bem, de acordo com reportagem do G1 (veja aqui).

O diretor da unidade, Carlos Lira, no entanto, disse que a mãe foi avisada que, apesar de estar na expectativa de ter dois filhos, apenas um bebê tinha sido gerado. “Constou no diagnóstico pré-cesariano de gestação gemelar, qual a surpresa quando ele [o médico] abre e só tinha um feto. Esse fato foi presenciado pelo neonatologista que assistiu a criança no momento do parto, confirmando que só tinha uma criança. Segundo a pediatra, porque já investigamos isso, foi informado à própria paciente”, destacou o diretor.

O nascimento de apenas um bebê teria sido presenciado por toda a equipe da área neonatal da maternidade e registrado em fotos, que serão usadas na defesa do hospital, já que a mãe prestou queixa na delegacia.

Caso seja confirmada a existência das imagens, ganha reforço uma das teses da polícia de que o exame de ultrassonografia que apontava presença de gêmeos no ventre estava errado.

Médico confirma resultado da ultrassonografia

Também ao G1, o médico da Clínica Radiológica de Ilhéus (CRI), Edson Moreno, que fez a última ultrassomem Cleidiane Silva dos Santos, confirmou a versão dela que o exame, realizado 21 dias antes do parto, confirmou que ela estava grávida de gêmeos.

O médico avalia que o “sumiço” do segundo bebê poderia ser explicado como um caso de “síndrome da transfusão feto-fetal”. “A literatura médica relata os casos de gravidez múltipla a transfusão feto-fetal. Ou seja, um feto retira o nutriente do outro apra suprir e, quando isso acontece, um feto é absorvido. Eu acredito que no caso dessa paciente tenha acontecido isso, a transfusão feto-fetal”, explica.

No entanto, ele pondera que a absorção do segundo feto, com 37 semanas de gravidez, pode não ter sido completa. “Absorvido, 100% não. Como a cesariana é um ato cirúrgico que tem sangue, pode ser que o fetinho absorvido esteja envolvido com compressas e sangue. Nesse momento, como o obstetra dá mais atenção ao feto que vai nascer, aquilo seria coisa secundária. Agora com 37 semanas, eu nunca vi e não sei se tem relato na literatura”, avalia Edson Moreno.

Na manhã desta terça-feira, dia 11, a assessoria de comunicação da Maternidade Santa Helena se comprometeu a enviar nota onde esclareceria o episódio. Até o fechamento desta matéria, no entanto, não a recebemos.

Atualizado às 20h30min. Confira abaixo a íntegra da nota de esclarecimento da Maternidade Santa Helena:

“A diretoria da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus, mantenedora do Hospital São José/Maternidade Santa Helena, vem a público esclarecer notícia divulgada na TV Santa Cruz referente ao parto de CLEIDIANE SILVA DOS SANTOS. É fato notório que a paciente deu entrada na Maternidade Santa Helena às 10h37min do dia 24 de junho p.p. em gestação de aproximadamente 40 semanas e de posse de laudo de ultrassonografia descrevendo a presença de gestação gemelar. Pelo avançado da idade gestacional para uma gestação presumidamente gemelar, o obstetra de plantão indicou a cesariana. No momento do procedimento cirúrgico, na presença da neonatologista e do anestesiologista, além do corpo técnico do Centro Cirúrgico, apenas 01(um) recém-nascido veio à luz, não confirmando o laudo de ultrassonografia apresentado no momento da hospitalização. Estes fatos estão descritos no prontuário médico da paciente e a ela foram dadas, no momento do nascimento, as informações da presença apenas de um recém-nascido. A direção da Santa Casa de Ilhéus lamenta a conotação pejorativa divulgada nos meios de comunicação e coloca-se à disposição das instituições públicas para os esclarecimentos necessários”.

 

ILHÉUS: POLÍCIA NÃO TEM PISTAS DE QUEM MATOU ALDO

Aldo.

Vinte e quatro horas depois do ex-funcionário da Casa Brasil, o vendedor Reinaldo Santa Júnior, conhecido como Aldo, ser assassinado a sangue frio na Avenida Itabuna, a polícia civil ainda não tem pistas de quem cometeu o crime. Veja aqui.

Aldo aguardava num ponto de ônibus, por volta das 7 horas da manhã, quando foi abordado por um assaltante. O homem levou o celular de Aldo, que tentou recuperá-lo quando foi alvejado. Muito conhecido no comércio de Ilhéus, ele ainda foi socorrido pelo Samu, mas não resistiu e morreu na manhã de ontem (segunda, dia 10).

A morte de Aldo evidencia a escalada da violência em Ilhéus, fenômeno que já atinge outras cidades da região, como Itabuna, mas ainda salta aos olhos do ilheense. Afinal,  uma cidade turística, histórica, não combina com violência.

EMPRESÁRIO QUE TEVE OBRA DEMOLIDA EM ILHÉUS QUESTIONA SE FOI FALTA DE COMUNICAÇÃO OU PERSEGUIÇÃO 

O que sobrou da demolição

O empresário Hernani Sá resolveu se manifestar sobre a demolição da estrutura que ele montava na praia do Sul, em Ilhéus, na altura do condomínio Jardim Atlântico. A obra foi demolida pela Superintendência de Meio Ambiente no último dia 6, segundo a Secretaria de Comunicação, a pedido do Ministério Público. Confira o relato de Hernani:

“Eu, HERNANI LOPES DE SÁ, empreendedor, filho de Ilhéus, proprietário do Container-Lanchonete localizado na praia do renascer, na zona sul desta cidade, que teve sua estrutura de madeira demolida no dia 06/04/2017 (Anexo – I) por determinação da SEPLANDES – Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Ilhéus, fato esse que foi noticiado pelos meios de comunicação local, venho, em defesa da minha imagem, da minha credibilidade perante a opinião pública e em defesa dos meus direitos como cidadão, informar que:

Protocolei no Gabinete do Prefei de Ilhéus, dia 06/03/2017, abaixo-assinado, assinado por moradores e pessoas da comunidade do surf, solicitando permissão para uso do Container de minha propriedade que já estava no local, para que pudéssemos usá-lo como ponto de apoio na implantação de um projeto sustentável que iria beneficiar os moradores, os surfistas, os frequentadores da praia, oferecendo uma estrutura confortável diferenciada, ao passo que iriamos promover a limpeza da praia, a coleta seletiva do lixo, colocar placas educativas de preservação do meio ambiente, realizar campeonatos de surf e outros eventos esportivos, tudo isso respeitando a vegetação nativa que já se encontrava no local. 

Estrutura era toda desmontável


Após a entrega do abaixo-assinado no gabinete do prefeito, não tivemos mais nenhum problema com a prefeitura de ilhéus, pelo contrário, pessoas do governo prometeram uma caçamba e um trator para retirar o lixo de um terreno baldio próximo, realizamos a construção de um deck modular de madeira, formado por placas de 1,20 m X 1,20 m, que poderia ser desmontado a qualquer tempo, fizemos uma contenção de coqueiros que serviria para conter a maré cheia, feito com troncos já encontrados no chão, fizemos um pergolado de eucalipto tratado que só faltava a telha de policarbonato, para abrigar os atletas no dia do Circuito Carving de Surf, evento que iria inaugurar o espaço no dia 22 e 23 de abril de 2017, em parceria com o realizador do evento Bruno Galini. 

Já estava quase tudo pronto, até as cadeiras de palete fixadas na areia da praia já estavam servindo de apoio para a comunidade, o pessoal do funcional colocava seus pertences em cima, fechamos parceria com a empresa SURREAL-VR, que iria colocar gratuitamente seus equipamentos de jogos de realidade virtual, também na área do pergolado coberto, a dançarina do ventre, Nicolli Darian, já havia sido convidada para mostrar seu trabalho, fazer uma apresentação de dança do ventre com malabares de fogo ao por do sol, pois a nossa estrutura também serviria como espaço cultural. 

O realizador do evento, Bruno Galini, teve a preocupação de convidar salva-vidas profissionais para passar orientações de salvamento e primeiros socorros aos surfistas, que quando estão numa praia sem posto de salva-vidas são os únicos que podem realizar voluntariamente o trabalho desses heróis.

O Prefeito e seus secretários, obviamente, seriam convidados a assistir este espetáculo, nunca visto antes na história de ilhéus. Eventos desse tipo ocorrem na cidade de Itacaré, monta-se toda a estrutura e depois do evento tudo é removido. Em nosso Caso, estávamos pleiteando ficar por tempo indeterminado para uso do espaço, mas se o poder público não permitisse, iriamos remover tudo depois do evento e guardar para eventos futuros, não precisava destruir tudo! Foi muito trabalho e investimento jogado fora, desrespeitando um projeto da iniciativa privada, em parceria com a iniciativa popular, que estava buscando uma parceria com o poder público.

No dia 04/04/2017, chegou uma notificação da prefeitura (Anexo – II) mandando paralisar os serviços, o que foi prontamente obedecido, tanto que no dia 06/04/2017, quando demoliram a obra, não existia ninguém no local, estávamos tentando desembargar junto à prefeitura, inclusive entregamos no gabinete do prefeito, no dia anterior, explicações do que estava sendo feito no local (Anexo – III), ao passo que pedimos apoio, o que foi respondido com uma brutal demolição, que além de derrubar a estrutura, passou por cima de um coqueiro filhote e matou várias plantas em área de preservação permanente que havíamos preservado.

Com relação à madeira que foi levada pelas caçambas da prefeitura, quero saber qual destino foi dado e qual procedimento de retirada, pois tenho nota fiscal e ainda estou aguardando a notificação de apreensão, pois tenho esperança de resgatá-las.

Não sei se houve falha de comunicação entre o Gabinete do Prefeito e a SEPLANDES ou se foi perseguição sem motivo aparente. Mesmo a prefeitura tendo poderes legais para fazer o que fez, acho que não houve bom senso! Até porque quase todos os cabaneiros de praia de ilhéus estão em situação irregular e nem por isso tiveram suas estruturas derrubadas”.

“Feliz a nação cujo Deus é o SENHOR”! (Bíblia Sagrada, Salmo 33:12)

TÉCNICO DO COLO COLO FALA DA PREPARAÇÃO PRA SEGUNDONA

Sebastião e Zé Maria.

O técnico do Colo-Colo de Futebol e Regatas, Sebastião Rocha foi o entrevistado desta quinta-feira (16) no Programa A Voz do Campeão da Rádio Santa Cruz Am de Ilhéus 1090 Khz. O programa é comandado pelo ex presidente José Maria e com comentários de Magela Rossi.

Além do treinador Colocolense, o preparador físico Gabriel Silva também participou da entrevista que foi a primeira dada em Ilhéus. Sebastião já está em Ilheus há dois meses e segundo ele, 22 jogadores estão treinando visando a estreia do campeonato baiano da segunda divisão dia 15 de Abril.

Quando perguntado sobre os critérios das contratações o treinador respondeu, “participei sim de todas as contratações. Eu e o Gabriel que tem me ajudado muito. Mas passou sim pelo meu crivo”, declarou.

Alguns nomes foram citados na entrevista. Jogadores que foram parte do elenco. Alguns ainda estão sendo negociados, como o goleiro Tigre e os zagueiros Michel e Júnior Gaúcho.

Mas já foram anunciados oficialmente o atacante Paulo Cezar de 26 anos, ex Bahia. O lateral e meia direita Marco Antônio e o meia atacante Marcelo Santos. O atacante Wagner ex Itabuna, ex Bahia e com passagem pelo próprio Colo-Colo também fará parte do elenco do Tigre. O atleta estava atuando no futebol mineiro.

O técnico Sebastião Rocha anunciou também que dos oito jogadores acima da idade serão dois goleiros. Rocha falou que gosta de trabalhar com goleiros e zagueiros experientes. Segundo Gabriel Silva o time estará em uma boa forma física para a estreia na segundona e brigará de igual para igual com todas as equipes.

Por Paulo Roberto Argollo⁠⁠⁠⁠, no R2CPress

FERNANDO GOMES PEITOU AMBULANTES. MARÃO ENROLA

Marão não se posiciona sobre muitas coisas.

Na semana passada, o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (Dem), que é adepto de medidas populistas, embora pouco eficazes, decidiu comprar a briga contra ambulantes que ocupavam e tumultuavam a avenida Cinquentenário, a mais famosa do comércio da cidade. Com a medida, os comerciantes irregulares foram removidos e reposicionados em ruelas menos movimentadas. Ainda não é o jeito mais eficaz, mas algo foi feito.

Do lado de cá da rodovia Jorge Amado, o prefeito Mário Alexandre assiste à bagunça instalada principalmente na rua Marquês de Paranaguá e nada faz. Quase não dá pra andar pela via devido à grande quantidade de vendedores que a ocupam.

Ambulantes abusam da falta de fiscalização. Foto da Secom Ilhéus.

A bagunça, que praticamente está institucionalizada, já que fiscais de postura transitam pelo local o dia todo e pouco fazem, fica a menos de 500 metros do shopping popular, que deveria abrigar esses ambulantes.

Marão não gosta de dizer não. Já de olho na eleição de 2020, evita comprar desgastes e vai deixar o problema se arrastar até o próximo pleito, como pretende fazer também com o problema das lotações.

CEMITÉRIO DE GELADEIRAS NA RODOVIÁRIA DE ILHÉUS

Cartão de visitas pra quem desembarca na rodoviária de Ilhéus.

Um leitor enviou pra redação do ILHÉUS EM RESUMO fotos que mostram o depósito a céu aberto de geladeiras e freezer na avenida em frente ao terminal rodoviário de Ilhéus.

A cena se repete há bastante tempo. As peças, além de acumular água e aumentar a possibilidade de proliferação do mosquito da dengue, oferecem risco ao meio ambiente, já que esse tipo de eletrodoméstico possui materiais nocivos, como a espuma e o próprio gás de refrigeração.

O que mais impressiona, no entanto, é que boa parte das geladeiras descartadas traz estampada grandes marcas de cerveja, como a Kaiser, além da Coca Cola, o que sugere que o descarte é feito por essas empresas.

CHEFE DE OPERAÇÕES DE TRÂNSITO DE ILHÉUS DESDENHA DO DIRETOR DA CIRETRAN, CORONEL VALCIR SERPA

Clovis desdenha em grupo

Um comentário feito pelo chefe de operações da Superintendência de Trânsito de Ilhéus, Clovis Júnior, num grupo de whatsapp tem causado desconforto entre a Sutran, vinculada ao município, e o diretor da Ciretran, Coronel Serpa, vinculado ao governo do estado.

No grupo privado, Clovis desdenha de uma matéria publicada no Blog Tabuleiro e repercutida pelo Ilhéus 24h, na qual Serpa afirma que vai intensificar a fiscalização contra o transporte clandestino.

No grupo do aplicativo de conversas, Clovis dá a entender a colegas que atuam no órgão municipal de trânsito que Serpa quer chamar atenção com a afirmação. Ele diz: “tem um poste grandão no SAVÓIA (bairro de Ilhéus), tá na hora dele subir lá com o popo pintado de vermelho”.

Desde o ano passado, prefeitura e Estado, por meio da Ciretran, realizam batidas pra coibir o transporte clandestino. A parceria tem sido constante, apesar de não conseguir diminuir o número de veículos fazendo esse tipo de serviço.

CASA DE IDOSOS DESABA EM ILHÉUS

Do Blog do Gusmão

Só restaram os escombros. Foto do BG.

Por volta das 21h20min dessa terça-feira (28), o coordenador da Defesa Civil em Ilhéus, Joandre Neres, foi ao bairro da Conquista para atender a última chamada de emergência da noite. Ao chegar no local do incidente, uma via próxima da rua 19 de Março, descobriu que um casal de idosos havia deixado a casa onde morava apenas cinco minutos antes do desmoronamento da residência.

Neres conversou hoje (28) por telefone com o Blog do Gusmão. Segundo ele, antes de sair, o casal ouviu estalos e ruídos na estrutura da casa. Esses são sinais típicos dos instantes que antecedem o desmoronamento de um imóvel. Percebê-los a tempo foi a salvação dos idosos.

O coordenador não teve a oportunidade de colher os nomes dos idosos. Já estavam na casa de outras pessoas quando ele chegou. Joandre Neres explicou que uma equipe do município vai procurar o casal para prestar a assistência necessária.

A Defesa Civil mantém equipes de plantão em Ilhéus. Em caso de emergência, os telefones para contato são: (73) 3234-3597 e 9 8895-8633.

GOVERNO MARÃO PAGOU R$ 444 MIL POR 10 BANDAS NO CARNAVAL

Patchanka recebeu 60 mil reais pelo show em Ilhéus. Vingadora levou 70.

O carnaval antecipado de Ilhéus acabou no último domingo, dia 19, mas a conta continua a ser paga pelo contribuinte ilheense. A Prefeitura publicou, nos últimos dois dias, no diário oficial, os gastos com algumas bandas que se apresentaram na festa de momo.

Os cachês, que costumam saltar nessa época, somam, até agora, 444 mil reais, sem contar os desembolsos para bandas como Timbalada e Adão Negro, que se apresentaram no primeiro dia. Até agora, os maiores valores pagos foram às bandas Vingadora (70 mil), Babado Novo (70 mil) e Patchanka (60 mil).

Grupos locais, como Trio da Huana, Lordão e Tsunami ficaram com fatias menores do bolo. Receberam, respectivamente, 42, 25 e 12 mil reais para se apresentar na festa.

BAHIA LANÇA NOVA SELEÇÃO COM 2.483 VAGAS PARA PROFESSOR

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia lançou, nesta quinta-feira (23), editais para o Processo Seletivo Simplificado visando a contratação por meio do Regime Especial de Direito Administrativo (REDA), para 2.483 professores da Educação Básica, Educação Básica no Campo e mais 215 vagas para professor Indígena. O processo seletivo também envolve 961 vagas para a função de técnico de nível médio/mediador para o Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITEC). As inscrições serão realizadas de 1º a 13 de março, exclusivamente via Internet, no endereço eletrônico (www.ibrae.com.br), ícone concursos. Informações também estão disponíveis no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br).

Confira aqui o edital para técnico e aqui para professor.

A seleção acontecerá em uma única etapa, com a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, aplicada para as funções de professor da Educação Básica, Básica no Campo e Professor Indígena para a Educação Indígena. A abrangência da seleção englobará 415 municípios componentes dos Núcleos Territorias de Educação (NTE). A aplicação da prova objetiva acontecerá em Salvador, Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista.

No caso do técnico de nível médio/mediador para o EMITEC, a seleção englobará 109 municípios e as provas serão aplicadas em Salvador e Alagoinhas, Amargosa, Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Caetité, Eunápolis, Feira de Santana, Ibotirama, Ilhéus, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itabuna, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Macaúbas, Paulo Afonso, Porto Seguro, Ribeira do Pombal, Santa Maria da Vitoria, Santo Antônio de Jesus, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Teixeira de Freitas, Valença e Vitoria da Conquista.

Inscrições abertas – Também acontecem, até o dia 03 de março, as inscrições para 519 vagas destinadas a professores da Educação Profissional e Tecnológica e 211 vagas iniciais para professor substituto da Educação Básica, conforme editais publicados no dia 11 de fevereiro. A seleção engloba, ainda, 157 vagas para preceptor de estágio de Enfermagem das unidades da Educação Profissional e Tecnológica da rede estadual e mais 655 vagas da Educação Especial, destinadas a Técnicos de Atendimento Educacional Especializado, Tradutor/Intérprete de Libras, Cuidador Educacional, Braillista e Instrutor de Libras.

Acesse os editais no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br)

JOVEM ILHEENSE PRECISA DE DOAÇÕES DE SANGUE

Do Ios 24h

Bruna

Bruna Alves precisa urgentemente de doação de sangue qualquer tipo. Ela se encontra na UTI do hospital São José, com anemia falciforme.
As pessoas que puderem ajudar devem ir até o Banco de Sangue, que fica na rua Dom Manoel Paiva, 226, centro, para fazer a doação de sangue. É importante levar o nome completo da paciente e informar que a doação é destinada para Bruna Alves.
Pode doar, pessoas com mais de 18 anos, que estejam bem de saúde, ou a partir dos 16 com autorização dos pais. Idosos até os 69 também podem doar. As doações não podem ser feitas em jejum nem a menos de duas horas depois do almoço. Lembre-se: A sua doação pode salvar uma vida.

HOSPITAL REGIONAL DE ILHÉUS DÁ ALTA A IDOSO QUE ESPERAVA CIRURGIA

José Manoel.

O idoso José Manoel Borges Santana sofreu um acidente de moto, em dezembro passado, e foi socorrido ao Hospital Regional de Ilhéus. Atendido, apesar da demora, como gosta de destacar, passou mais de um mês internado à espera de cirurgia de enxerto, para corrigir a falta de massa no braço após o acidente.

Acontece que, no dia em que estava marcada a cirurgia, a médica que o acompanhava entrou de férias e, em vez de remarcar o procedimento, a direção do hospital simplesmente decidiu dar alta ao idoso, como relatado ao site R2CPress.

A atitude do hospital teria sido ratificada por um diretor da unidade, que não teve o nome revelado por José Manoel. Ao tentar argumentar que sua situação ainda precisava de atenção, o diretor teria zombado, ao perguntar se o idoso era médico.

Sem diálogo, a unidade deu alta ao paciente, que não sabe quando poderá fazer a cirurgia, nem como cuidará das feridas.

O espaço está aberto à direção do Hospital.

ATA DE FUNDAÇÃO DO COLO COLO ESTÁ DESAPARECIDA 

Do A Região 

Segundo o Jornal dos Radialistas, o livro-ata do O Colo Colo, de Ilhéus, foi roubado em dezembro e, apesar de ser dado queixa na delegacia, a diretoria abafou o assunto.Todas as atas deste livro se perderam. Um documento histórico, que incluia atos e decisões do time campeão de 2006. Especula-se que o livro tinha a ata de fundação do clube, de 1948.

Já a decisão de retirar o time sub-20 do campeonato deste ano foi tomada por consenso entre a diretoria do Colo Colo e a empresa co-gestora, a Alpha Sports. Mas os motivos não foram divulgados.

Segundo o Jornal do Radialista, havia risco no investimento, já que as peneiras realizadas em Ilhéus não eram frutos. Houve poucos selecionados e amadorismo na organização.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia