WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia embasa secom saude></a>
<a href=secom ponte ilheus prefeitura de ilheus secom bahia


março 2021
D S T Q Q S S
« fev    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


:: ‘Destaque2’

ILHÉUS: VEREADORA SOLICITA SINALIZAÇÃO LUMINOSA EM ÁREA DE RADAR

Enilda

A vereadora ilheense Professora Enilda, através de indicação parlamentar apresentada na última terça-feira (02), solicitou ao executivo que seja regulamentada a Lei Municipal n° 3.933, que dispõe sobre a instalação obrigatória de sinalização luminosa piscante (vertical e horizontal), indicando a existência de radares nas vias públicas do município de Ilhéus. Desde 2018, essa Lei não foi regulamentada pelo poder executivo, o que, em tese, caracteriza crime de responsabilidade do prefeito.
Outras indicações
A vereadora Enilda também solicitou a implantação do Sistema de Internet Popular nos distritos de Ilhéus, conforme prevê a Lei Municipal n° 4092/2020. De acordo com sua justificativa, neste período de pandemia, o acesso à internet permitirá a integração do homem do campo com o mundo, minimizando os efeitos do isolamento social.
Enilda também fez o pedido para que sejam restabelecidas as linhas de ônibus para os distritos do Santo Antônio, Retiro, Rio do Engenho, Santa Maria, Areia Branca, Repartimento, Couto, Cururutinga, Japu e Maria Jape.
De acordo com ela, a população dessas localidades estão prejudicadas com a suspensão do transporte na pandemia, impedindo também a comercialização de produtos agrícolas, utilizado para o sustento de famílias.

VEREADOR CLÁUDIO MAGALHÃES QUER EXPLICAÇÃO DA COELBA SOBRE CONSTANTES APAGÕES EM ILHÉUS

Claúdio Magalhães

Durante a sessão virtual da câmara municipal de Ilhéus, dessa terça-feira (02), o vereador Cláudio Magalhães (PCdoB) disse que pretende convidar representante da Coelba para que explique os constantes apagões e má prestação dos serviços no município. “Não é possível que uma empresa privada, com lucros altíssimos, preste um serviço tão ruim para os ilheenses”, ressaltou.

Membro da comissão de defesa do consumidor da casa legislativa, Cláudio marcou essa posição, durante a fala do vereador Edvaldo Gomes (DEM) que reclamava das quedas de energia da Coelba no bairro do Salobrinho. “Edvaldo, esse mau serviço da Coelba não tem sido só na sua comunidade, a zona sul da cidade também enfrenta essa dificuldade de manutenção, da maior estabilidade da rede”, comentou Cláudio Magalhães.

Cláudio disse que na zona sul de Ilhéus, área com cerca de 70 mil moradores, cresce com investimentos pena com os serviços da Coelba. “Investimentos de construção, como o Minha Casa Minha Vida, com quase oito mil pessoas, entrega do VOG Acqua Atlântico, com mais 600 famílias. Numa cidade turística, onde a rede hoteleira precisa ter essa segurança no suporte de energia, a empresa precisa garantir a prestação do serviço com qualidade”, avaliou o edil.

O vereador lembrou que a Coelba também afeta os moradores mais pobres. “Que tem seu eletrodoméstico, que faz um sacrifício pra comprar um televisor, som elétrico, uma geladeira e tem seus serviços muitas vezes prejudicados, por conta dessa ingerência da Coelba, uma empresa privada”, ratificou.

“Muitas vezes, temos que solucionar esse problema na justiça, mas é papel nosso também fiscalizar isso. A gente deve convidar os representantes da Coelba Regional aqui para saber, pelo menos, o que é que está acontecendo com essas quedas constantes de energia em nossa cidade”, concluiu Cláudio Magalhães.

“OS JOVENS TÊM QUE NAMORAR,PRECISAM SER VACINADOS”, DIZ VEREADOR DE ILHÉUS

Luca Lima

“Os jovens tem hormônios,tem que namorar,  precisam ser vacinados”, a frase pitoresca foi dita pelo vereador de Ilhéus, Luca Lima (PSDB)  na sessão remota de ontem (02)  da Câmara municipal. A discussão sobre medidas sanitárias que devem ser adotadas no município para redução de casos de contaminação do novo coronavírus e o parlamentar Luca Lima sugeriu que a vacinação mude de prioridade. O áudio do momento da sessão foi divulgado na manhã desta quarta-feira no programa O Tabuleiro, Ilhéus FM 105.9.

“Respeito os idosos, mas os jovens precisam ser vacinados. É mais fácil comprar vacina do que tratar o povo doente”, disse ele ao tentar fundamentar a sugestão.  Nenhum colega parlamentar questionou a fala de Luca que vai de encontro com as orientações das organizações mundiais de saúde, que devido a letalidade da Covid-19, priorizou idosos e profissionais da linha de frente que atuam no combate ao vírus. Luca demonstrou falta de conhecimento sobre a aplicação e também os efeitos do imunizante, que não impede a contaminação e sim o desenvolvimento da forma grave da doença.
A infectologista Eliana Bicudo, da Sociedade Brasileira de Infectologia, explica que vacinação é capaz de proteger o indivíduo e o coletivo, porque vai diminuir a circulação do vírus.Eliana reconhece que idosos são os que mais morrem pela doença. Ainda de acordo com a especialista, os profissionais da saúde estão se arriscando e até se reinfectando pela doença. Por isso, ela vê a necessidade deles serem imunizados primeiro.

BAHIA REGISTRA MAIS DE 5,3 MIL CASOS DE COVID-19 EM 24H; BOLETIM CONTABILIZA 112 ÓBITOS

Exame feito com swab.

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 112 óbitos, 5.329 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 4.295 recuperados (+0,7%). Dos 694.783 casos confirmados desde o início da pandemia, 662.524 já são considerados recuperados, 20.119 encontram-se ativos e 12.140 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.041.414 casos descartados e 163.744 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira (3). Na Bahia, 43.239 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Hoje foram registradas 112 mortes e o número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 12.140, representando uma letalidade de 1,75%. Dentre os óbitos, 56,39% ocorreram no sexo masculino e 43,61% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,00% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,71%, preta com 14,76%, amarela com 0,55%, indígena com 0,16% e não há informação em 8,82% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,35%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,34%).

Tabela

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus.

Vacinação

Com 480.720 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 132.916 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta quarta-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Tem se observado volume excedente de doses nos frascos das vacinas contra a Covid-19, o que possibilita a utilização de 11 e até 12 doses em apenas um frasco, assim como acontece com outras vacinas multidoses. O Ministério da Saúde emitiu uma nota que autoriza a utilização do volume excedente, desde que seja possível aspirar uma dose completa de 0,5ml de um único.

ILHÉUS: METADE DOS LEITOS DE UTI PARA COVID-19 ESTÁ OCUPADA COM PACIENTES DE OUTRAS CIDADES

Leitos de UTI.

Um novo levantamento feito pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) nesta quarta-feira (3) mostra que dos 70 leitos habilitados para tratamento da Covid-19 em Ilhéus, metade está ocupada com pacientes oriundos de outras cidades.

O município, que é referência na Bahia, apresenta 88,5% de lotação dos leitos habilitados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para assistência a casos graves da doença. A Sesau informa que devido à rotatividade os números variam diariamente.

“Buscamos ações para frear a contaminação e dar o atendimento que as pessoas necessitam. A nossa preocupação maior é salva vidas humanas. Mas precisamos do apoio da população para vencer essa terrível doença. Todos devem usar máscara de proteção, álcool em gel e evitar aglomerações. Que Deus possa nos abençoar neste momento mais difícil que Ilhéus e toda a Bahia enfrentam”, destacou o prefeito Mário Alexandre.

Veja abaixo a relação dos municípios e o número de pacientes internados em Ilhéus.

70 leitos de UTI ativos/ 62 leitos ocupados : 

Tabela covid municipios

ILHÉUS VAI RECEBER 1700 DOSES DA VACINA CONTRA COVID-19 DA SESAB

Vacina.

O Núcleo Regional de Saúde Sul (NRS) da secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) informou ao município de Ilhéus que vai repassar 1700 doses da vacina do Butantan contra a Covid-19, para a secretaria municipal (Sesau). A chegada das novas doses está prevista para amanhã, 4.

De acordo com o NRS, do total das 1700 doses, 960 serão destinadas para a primeira dose dos trabalhadores de saúde e para idosos de 80 a 86 anos, o correspondente a 2% e 24%, da meta de doses para cada população, respectivamente, ambas pertencentes ao grupo prioritário da primeira fase do Plano Municipal de Imunização.

As outras 740 doses remanescentes, se destinam para a segunda dose de idosos de 90 anos ou mais que já receberam a primeira dose da vacina.

O setor de Imunização da secretaria municipal de saúde (Sesau), informou que o calendário com as próximas datas para a vacinação será divulgado em breve, e deve acontecer na próxima semana, quando também será iniciada a vacinação de idosos acamados com mais de 80 anos nas zonas rurais do município de Ilhéus.

Balanço – Nesta semana, a Sesau vacinou 614 idosos com mais de 80 anos com a aplicação da primeira dose, sendo 394 atendimentos realizados na segunda-feira (1º) e 220 na terça-feira (2).

AERONAVES DO ESTADO LEVAM PARA O INTERIOR MAIS 88 MIL DOSES DE VACINA CONTRA A COVID-19

Foto; Alberto Maraux/GOV BA

Aeronaves do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar da Bahia e da Casa Militar do Governador (CMG) iniciaram, às 7h desta quarta-feira (3), a 6ª fase da Operação de Distribuição de Vacinas contra o novo coronavírus. Quarenta e duas cidades da Região Metropolitana de Salvador (RMS) e do interior receberão 88.130 doses do imunizante do Butantan.

Cinco aviões e quatro helicópteros foram empregados. A previsão de entrega da última carga é às 13h, em um município da região sudoeste da Bahia.

“Somos o estado que tem atuado com mais celeridade nas distribuições dos imunizantes. A determinação do governador Rui Costa é que as vacinas cheguem o mais rápido possível, otimizando as aplicações e salvando vidas”, destacou o coronel Carvalho da CMG, coordenador da Operação do Transporte Aéreo de Vacinas.

AGÊNCIA DO BRADESCO É INTERDITADA PARA ATENDIMENTO PRESENCIAL APÓS SURTO DE COVID-19

Bradesco Ilhéus

A agência do Bradesco em Ilhéus, 237, está praticamente interditada após quatro funcionários testarem positivo para Covid-19. A direção do banco está aguardando o resultado dos exames de outros colaboradores.

Nesta quarta-feira (03)  apenas os serviços essenciais e os caixas eletrônicos estão funcionando. Com o resultado dos exames que deve sair hoje, a instituição definirá se abrirá novamente para atendimento presencial.

 

1.726 MORTES POR COVID EM 24 H: BRASIL ATINGE NOVO RECORDE NA PANDEMIA

Leitos de UTI em Ilhéus

Uma semana após atingir 250 mil mortes, o Brasil registrou hoje mais duas tristes marcas: o maior número de óbitos de toda a pandemia e a maior média móvel de mortes. Foram 1.726 mortes nas últimas 24 horas, superando assim o recorde anterior de 1.582 óbitos em uma dia, na última quinta-feira (25). O levantamento é do consórcio de veículos de imprensa, com base nos dados fornecidos pelas secretarias estaduais de saúde.

Pelo quarto dia consecutivo, o país apresentou a maior média móvel de mortes desde o início da pandemia no Brasil: 1.274. Desde ontem, o país voltou a ter tendência de aceleração na comparação com 14 dias atrás. Hoje a alta foi de 23%.

Em alta, Brasil registra mais de uma morte de covid por minuto em 24 horas. Três estados tiveram o seu dia mais letal em toda a pandemia: Rondônia, Rio Grande do Sul e São Paulo. Além disso, três estados superaram seus recordes na média de óbitos: novamente Rio Grande do Sul, Bahia e Santa Catarina.

O alto número de registros de mortos nesta terça foi puxado pelo total de óbitos computados pelo estado de São Paulo: 468 entre ontem e hoje. Os números não indicam quando as mortes ocorreram de fato, mas, sim, quando passaram a contar dos balanços oficiais. O total de pessoas que morreram em decorrência da doença no país chegou a 257.562.

Em 29 de julho, São Paulo havia registrado 713 óbitos em 24 horas, no entanto, no dia anterior o estado não havia informado seus números, causando um represamento dos dados para o dia 29.

Três estados registraram o recorde de mortes por covid-19 em um intervalo de 24 horas:

São Paulo – 468

Rio Grande do Sul – 185

Rondônia – 46

Este também é o 41º dia seguido no qual o país tem média superior a mil mortes por covid-19 — o maior período em toda a pandemia. Os recordes sucessivos mostram que o Brasil passa por seu pior momento desde março de 2020. [UOL]

SÍNDROME DE HAFF: VETERINÁRIA MORRE APÓS COMER PEIXE OLHO DE BOI

Veterinária morre ao comer peixe olho de bói.

Morreu, ontem (2), a veterinária pernambucana Pryscila Andrade, de 31 anos. Ela estava internada desde o dia 20 de fevereiro no Real Hospital Português (RHP), no Recife, após contrair uma doença por ter comido peixe olho-de-boi.

O quadro clínico de Pryscila era de Síndrome de Haff, conhecida popularmente como “doença da urina preta”.

A morte da veterinária foi informada por sua mãe, Betânia Andrade, em publicação no Instagram.

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), há cinco casos de Síndrome de Haff em investigação em Pernambuco, incluindo os dois das irmãs.

Na Bahia, o número de casos da doença de Haff teve um crescimento 206%, segundo dados da Secretaria de Saúde do estado coletados no início de fevereiro. O órgão registra 40 casos da “doença da urina preta”, enquanto até novembro do ano passado havia 19 registros em todo o estado.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia