WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom ponte ilheus secom bahia solidaria embasa policlinica itabuna secom bahia


setembro 2020
D S T Q Q S S
« ago    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  


:: ‘Destaque1’

Deu positivo para Covid-19 exame de mulher morta em Uruçuca

Com informações do portal Jornal Bahia Online, a Bahia registra 515 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19), o que representa 5,54% do total de casos notificados. Até o momento, 3.404 casos foram descartados e houve 18 óbitos, sendo onze do município de Salvador e sete nos municípios de Lauro de Freitas (1), Itapetinga (1), Utinga (1) e Adustina (1), Araci (1), Ipiaú (1) e Uruçuca (1). Os dois últimos óbitos são de mulheres de 72 e 63 anos, sendo residentes em Ipiaú e Uruçuca, respectivamente. Ambas eram cardiopatas e estavam internadas em hospitais públicos.

Este número contabiliza todos os registros de janeiro até as 17 horas desta quarta-feira (8). Ao todo, 128 pessoas estão recuperadas e 50 encontram-se internadas, sendo 28 em UTI. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Fonte: Jornal Bahia Online

DIVULGADO ZONAS, BAIRROS E DISTRITOS COM REGISTRO DE CORONAVÍRUS EM ILHÉUS

Um levantamento realizado pela secretaria municipal de saúde (Sesau) revela as localidades de Ilhéus que possuem casos confirmados com coronavírus (Covid-19).

Com 21 casos confirmados até as 18 horas desta terça-feira (07), a localidade que reúne a maior quantidade de casos da doença é a zona zul, com registro de 7 pessoas infectadas, seguida pela zona norte, com 6 casos.
Na zona sul, no bairro Nelson Costa têm duas pessoas com Covid-19, uma no Ilhéus II, uma no Hernani Sá, uma no Pontal, uma no Ceplus e uma no São Francisco.

Já na zona norte, os seis casos estão distribuídos no Malhado, com três pessoas infectadas, na Barra, com uma pessoa, no Alto da Soledade, com uma pessoa e mais uma no Basílio.

A zona oeste conta com dois casos no Banco da Vitória e uma no bairro Teotônio Vilela, empatado com o centro, que também possui três casos, no Teresópolis, no centro e na conquista. Na zona rural, há dois casos, um em Cas telo Novo e um no Rio do Braço.

O prefeito de Ilhéus reforça o pedido para que a população permaneça em casa para que possa ser contida a propagação do coronavírus na cidade.

CORONAVIRUS EM ILHÉUS: AO IGNORAR OS COMÉRCIOS ABERTOS, MARÃO MOSTRA COMO NÃO SER PREFEITO

Matéria: JornalBahiaOnline

A presidente do Sindicato dos Comerciários de Ilhéus, Crismélia Moreira, criticou agora a noite a falta de iniciativa do prefeito Mário Alexandre, em determinar urgentemente o fechamento do comércio da cidade diante da pandemia do Covid-19 e dos casos já registrados em municípios próximos a Ilhéus. Em que pese o posicionamento favorável ao fechamento de entidades como a CDL, Crismélia lembra que somente um decreto municipal tem a função pública de parar o comércio. “Isso já ocorreu em Salvador e São Paulo”, exemplificou. A inexistência de um decreto neste sentido serviu para, hoje, a dirigente sindical fazer um “alerta” para a categoria. “Cientes de que esta é uma situação atípica e inesperada, faz-se necessário viabilizar medidas efetivas de combate à proliferação do novo Coronavírus, através do confinamento domiciliar preventivo da população, inclusive de nós, comerciários”, afirma a nota.

Dentre os filiados do sindicato, estão os funcionários de supermercados e lojas comerciais. “As pessoas estão expostas, sem equipamentos de proteção, como nos casos dos supermercados lotados”, lamentou Crismélia. O comercio – segundo a dirigente – não tem funcionários usando proteção, mantém contato manual e proximidade entre consumidor e vendedor. “Estamos no isolamento. A cidade parada e só a gente atuando. O movimento caiu bastante. Ele precisa lembrar da gente, estamos em risco”, criticou. Crismélia lembrou que o sindicato não tem o poder de fechar o comércio, só o gestor municipal, que é a autoridade que pode fazer isso.

Leia a nota na íntegra: Alerta Urgente ILHÉUS CORONAVIRUS

“MOTOCOBRA”: JERBSON MORAES SE DESTACA NA DEFESA DOS TRABALHADORES

Jerbson soltou o verbo.

Durante a investida dos rodoviários de Ilhéus contra a chegada de novos ônibus operados somente pelos motoristas – que geraria desemprego na categoria, chamou a atenção a defesa dos trabalhadores feita pelo vereador Jerbson Moraes (PSD).

Ao se pronunciar na sessão realizada na noite de ontem (terça, 3) para discutir o assunto – que acabou por proibir que o motorista faça a cobrança da passagem também, o parlamentar se posicionou favorável à proibição (veja mais aqui).

Moraes justificou o voto contrário às empresas de transporte destacando seu passado humilde. O pai do vereador foi motorista por anos.

“Meu pai se aposentou como motorista, me educou, sou advogado, sou vereador. Meu irmão é da Polícia Rodoviária Federal e minha irmã é advogada, escrivã… com um volante dirigindo. Meu pai nos educou no volante, se aposentou no volante. Eu vou votar contra? Não voto! Pode ser empresa, pode ser quem for, eu voto a favor do motorista, do trabalhador e do cobrador” declarou o parlamentar ao justificar seu voto.

 

ILHÉUS: 4 PESCADORES DESAPARECEM EM ALTO MAR

Baía do Pontal, de onde saíram os pescadores ilheenses.

Quatro pescadores de Ilhéus estão desaparecidos desde o último domingo, dia 7, data em que deveriam ter retornado do alto mar.

De acordo com informações da TV Santa Cruz, os pescadores foram identificados como sendo Janildo Cerqueira Soares, de 42 anos, Givaldo, Carlos Miranda e Edson. Ainda não há novos detalhes sobre a identidade dos desaparecidos ou fotos.

Eles saíram para pescar na quinta-feira da semana passada, dia 4, e deveriam retornar no domingo.

Ainda de acordo com a emissora, o dono da embarcação teria avistado o barco em alto mar no sábado (6) e comunicado à Marinha do desaparecimento nesta terça, dia 9. O órgão já realiza buscas.

No último fim de semana, a Marinha emitiu alertas de mar agitado no litoral sul da Bahia e indicou que poderia haver ventos de até 74 quilômetros por hora.

CORRUPÇÃO NA CÂMARA DE VEREADORES DE ILHÉUS: O QUE SE SABE ATÉ AGORA

Câmara

Na manhã dessa quarta-feira, dia 15, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Ministério Público da Bahia (MP/Ba) deflagraram a operação Chave E, que investiga desvios financeiros, fraudes e lavagem de dinheiro no âmbito da Câmara de Vereadores de Ilhéus. O que se sabe até agora:

– De acordo com o MP, a operação mira crimes contra a administração pública, fraudes em licitações e contratos e lavagem de dinheiro, praticados entre os anos de 2011 e 2018

– Foram expedidos sete mandados de prisão e dez de busca e apreensão, pela 1ª Vara Criminal de Ilhéus, além de afastados um vereador e sete servidores da Câmara Municipal. Empresários também integram a lista.

– O ex-vereador e atual secretário de Agricultura de Ilhéus, Valmir Freitas, foi preso em casa;

– O Blog do Gusmão informou que também são alvo de prisões preventivas: Aêdo Laranjeira de Santana, Cleomir Primo de Santana, Leandro da Silva Santos, os vereadores Lukas Paiva e Tarcísio Paixão, e o funcionário da Câmara de Vereadores de Ilhéus, Paulo Leal.

– Os vereadores Lukas Paiva (PSB) e Tarcísio Paixão (PP) também foram alvo de busca e apreensão. Paiva teve a casa arrombada por policiais, já que não se encontrava no local durante a ação. Paixão presidiu o legislativo ilheense entre 2015 e 2016. Paiva o sucedeu (2017/2018);

– O vereador e médico, Aldemir Almeida, foi afastado do cargo. Segundo o Blog do Gusmão, Almeida fez ameaças a um servidor do legislativo, com objetivo de desencorajá-lo a contar à polícia sobre possível mau uso de recursos da câmara;

– Ainda não foi divulgado o montante estimado que pode ter sido desviado pelo grupo criminoso;

– O nome da operação – Chave E, é uma referência ao empresário Enoch Andrade, dono das lojas Andrade Multicompras. O empresário já é alvo de processos e ficou preso, em 2017, por crimes investigados na Operação Citrus, que investiga desvios em recursos da assistência social do município.

COM MARÃO NOS EUA, NAZAL REINTEGRA SERVIDORES E DEMITE SECRETÁRIO

Do JBO

Nazal, o dono da caneta (por enquanto).

Vice-prefeito eleito – e que assegura que está no comando da cidade enquanto Mário Alexandre estiver no exterior -, José Nazal determinou a reintegração imediata dos servidores públicos demitidos pelo prefeito no início do ano. São 268. Na edição impressa do jornal Diário de Ilhéus, Nazal publica o decreto com sua decisão, assegurando que cumpre uma determinação judicial. Mais informações em instantes.

Atualização – Na mesma edição, José Nazal, também por decreto, exonera o secretário de Administração, Bento Lima, e a chefe do Diário Oficial do Município, que se negou a publicar o Termo de Assunção para que o mesmo fosse empossado como prefeito em exercício.

Entenda o caso – O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, está em viagem ao exterior, por 10 dias. Segundo Nazal, ele teria que ter feito a transmissão de cargo até o seu retorno. Não fez, apesar de inumeras promessas. Advogados que acompanham Nazal asseguram que mesmo sem o ato, a transmissão é automática, pois a gestão do município necessita de poder de comando na ausência do prefeito. O vice, naturalmente, ocupa a vacância.

Nazal assegura que, no momento, administra a cidade. E, na condição de vice, no exercício de prefeito, decidiu exonerar o secretário mais próximo a Mário e cumprir a decisão judicial de reintegração dos servidores demitidos no final do ano passado, que o prefeito Mário vinha tentando evitar. Mário e Nazal estão rompidos politicamente. Mas se falam civilizadamente quando necessário.

Em tempo: O fato tem precedentes na história política de Ilhéus. Em 2011, quando era vice do então prefeito Newton Lima, Marão se aproveitou de uma licença médica que o titular havia tirado e exonerou três secretários que faziam parte do núcleo de confiança de Newton Lima.

AO ACATAR ORDEM JUDICIAL DE 1ª INSTÂNCIA, MARÃO MOSTRA COMO NÃO SER PREFEITO

Prefeito de Ilhéus, Marão.

O Tribunal Superior de Justiça (STJ), em Brasília, não reconheceu o pedido feito pela Procuradoria Jurídica da Prefeitura de Ilhéus objetivando suspender a decisão da desembargadora Sílvia Zarif, do Tribunal de Justiça da Bahia que determina a imediata reintegração dos demitidos aos seus cargos. A informação foi divulgada com exclusividade pelo site Jornal Bahia Online.

Segundo O Tabuleiro, esta foi a terceira decisão favorável aos demitidos. Antes do posicionamento do STJ, o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Gesivaldo Britto, já havia se posicionado favorável aos demitidos e determinado que o juiz Alex Venícius suspendesse a sua decisão que resultou na demissão de mais de 300 servidores.

Comentário do blog

Mário Alexandre nunca foi um bom médico. Quando foi vice-prefeito de Newton Lima, passou quatro anos no ostracismo. Se limitava a tentar emplacar amigos em cargos com bons salários.

Apostar que seria um bom prefeito foi pagar pra ver e ver algo que não deu certo.

Nessa seara da demissão dos não estáveis, Marão, por puro desleixo ou falta de bons conselheiros, resolveu acatar uma decisão de primeira instância. Decisão frágil, que poderia ser revista a qualquer instante.

Junto com a demissão dos quase 500 servidores, veio a ordem para dar posse aos aprovados no concurso de 2016. Foi o combo da loucura.

Servidores concursados raramente são demitidos. Com a reintegração dos que foram colocados na rua por Marão, haverá dois funcionários pra um cargo e um gasto a mais para os cofres municipais.

Agora, como era previsto até pelos observadores menos atentos, a decisão que mandava demitir não estáveis com mais de 30 anos de serviço e nomear concursados, foi suspensa.

Só um prefeito desleixado, sem rumo, com péssimos conselheiros, seria capaz de acatar uma decisão de primeira instância que afetaria a vida de mais de 500 pessoas, além das contas públicas. 

PREFEITURA DE ILHÉUS PUBLICA RESULTADO PRELIMINAR DA SELEÇÃO DE PROFESSORES

Do Tabuleiro

Educação.

Foi publicado no diário oficial do município desta terça-feira (05) após análise curricular, o resultado preliminar do processo Seletivo Simplificado n. 001/2019 para contratação temporária de professores para atender as escolas da rede municipal de ensino de ilhéus. Ao todo são 148 vagas para professores da educação infantil, fundamental 1 e 2, Educação de Jovens e Adultos (EJA) 1 e 2, e formação de cadastro reserva.

Os contratados atuarão nas 53 escolas da rede municipal, em substituição aos professores cedidos ao Conselho Municipal de Educação (CME) e Associação dos Professores Profissionais de Ilhéus (APPI), aos que se encontram em licença médica concedida pelo INSS e em readaptação funcional, e aos professores demitidos no cumprimento da sentença judicial que obrigou o Município a afastar servidores que ingressaram no serviço público sem concurso. Os contratos temporários decorrentes deste processo seletivo serão válidos pelo prazo de um ano.

O candidato que não concordar com os resultados referentes à classificação dos documentos comprobatórios poderá recorrer dos resultados no prazo de 02 (dois) dias, contados da publicação do Resultado Preliminar.

GOL PASSA A OPERAR EM ILHÉUS COM AERONAVE DE MAIOR PORTE

Foto: AeroClube de Ilhéus/Instagram

A companhia aérea Gol estreou na manhã desse domingo (16) o voo Ilhéus-Congonhas com a aeronave 737-800, da fabricante Boeing. De acordo com a página Aero Ios, especializada na aviação local, a pretensão da Gol é que o 737-800 substitua o 737-700, que atualmente opera na rota.

O 737-800 é um avião maior, possuindo 50 assentos a mais que o outro modelo, num total de 186 lugares disponíveis. A expectativa é que a demanda para o voo cresça, impulsionada pela venda de pacotes turísticos que incluem Itacaré como destino. No voo inaugural, a aeronave recebeu o tradicional ‘batismo’ da aviação, feito com água lançada por caminhões do Corpo de Bombeiros.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia