WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia camara ilheus camara ilheus bahiagas secom bahia sdr bahia secom bahia secom bahia secom embasa secom bahia


novembro 2021
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: 23/nov/2021 . 21:03

COMUNICADO: SUSPENSÃO TEMPORÁRIA DA APLICAÇÃO DA PFIZER EM ILHÉUS

Comunicado.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informa que a aplicação da vacina da Pfizer está suspensa em Ilhéus nesta quarta-feira (24). De acordo com a secretaria, a suspensão é temporária e se deu por conta da falta de estoque deste imunizante no município. Por esse motivo, a estratégia programada para quarta-feira não atenderá o público apto a receber a segunda dose da vacina nem adolescentes de 12 a 17 anos.

A aplicação da dose de reforço (3ª dose) para pessoas acima de 18 anos que receberam a segunda dose há mais de cinco meses também está suspensa na data mencionada.

Conforme informações do Núcleo Regional de Saúde Sul (NRS/Sul), a nova remessa está prevista para chegar ao município na tarde desta quarta-feira (24). A Sesau, por sua vez, esclarece que o serviço será retomado após o repasse das doses. Os horários e pontos de vacinação são divulgados diariamente, por meio dos canais oficiais da Prefeitura.

SENADO APROVA FERIADO NACIONAL EM HOMENAGEM À SANTA DULCE DOS POBRES

Dulce Maria

Um projeto, de autoria do senador baiano  ngelo Coronel (PSD), foi aprovado na  Comissão de Educação do Senado para criar um feriado para celebrar Santa Dulce dos Pobres. De acordo com o projeto o novo feriado nacional seria no dia 13 de março.

Aprovado na última quinta-feira (18), o projeto agora segue para análise na Câmara de Deputados. A data escolhida para o feriado é o dia da morte de Irmã Dulce, que faleceu em 1992, em Salvador. Após a aprovação na Câmara, o projeto precisa passar pela sanção presidencial para entrar em vigor.

Desde setembro de 2019, o governo da Bahia declarou o dia 13 de outubro, dia da canonização da Santa, como Dia de Irmã Dulce no estado, porém a data não é considerada feriado. Já a igreja Católica celebra a Santa Dulce em 13 de agosto, dia em que ela se tornou freira.

Em 13 de outubro de 2019, Irmã Dulce foi canonizada pelo Papa Francisco no Vaticano e se tornou a Santa Dulce dos Pobres.O Vaticano considera Santa Dulce a primeira santa brasileira. Dulce foi a primeira mulher nascida no Brasil que teve milagres reconhecidos pela Igreja Católica.

 

CÂMARA DE ILHÉUS VOTARÁ HOJE PROJETO INÉDITO QUE INSTITUI CÓDIGO DE ÉTICA E DECORO PARLAMENTAR DA CASA LEGISLATIVA

Câmara Municipal de Ilhéus.

Apesar de ser uma das Câmaras mais antigas do Brasil, até 2021 o poder legislativo de Ilhéus não conta com um Código de Ética. Tal lacuna pode ser preenchida nesta terça-feira (23), quando um projeto inédito será votado pelos parlamentares ilheenses, durante sessão parlamentar, a partir das 16h.

O projeto de Resolução 015/2021, de autoria do vereador Vinícius Alcântara (PV), visa estabelecer regras e normas de decoro parlamentar, bem como os procedimentos disciplinares e penalidades em caso de descumprimento. Ou seja, a Resolução visa estabelecer normas claras de como os vereadores devem se comportar, reger seus atos e exatamente quais são os limites que ferem a moralidade pública.

Entre os principais pontos, estão a proibição de contratar com a administração pública, bem como os seus familiares e acumular cargos comissionados, proibição expressa e rigorosa da prática de nepotismo, a proibição de negociar com o suplente para que o mesmo assuma o cargo mediante vantagens e constituir moradia em outro domicílio. “Vemos situações bizarras pelo Brasil em que prefeitos, vereadores e secretários moram em locais diferentes de onde exercem seus cargos, uma incompatibilidade no mínimo moral”, destacou Vinícius.

Vinicius Magalhães.

O Código também detalha minuciosamente os procedimentos que devem ser adotados pela Comissão de Ética, assim como os prazos e prerrogativas da defesa em situações de acusações. Para o vereador, Ilhéus já viveu momentos tensos quando houve a cassação do vereador Luca Lima por quebra de Decoro, em agosto deste ano, e o Código seria um norte tanto para os vereadores quanto para os defensores, “quanto mais as regras são claras, os caminhos ficam mais cristalinos”, justificou o edil.

A maior inovação é  o Sistema de acompanhamento de informações do mandato, ou seja, se aprovado será obrigatório que a Câmara demonstre a produção legislativa de cada parlamentar, a quantidade de atividades, de proposições, de discursos, como votou em cada matéria de voto aberto, ou seja, a casa tem de expor de forma pública e acessível tudo que o parlamentar faz durante o período que ocupa o cargo eletivo. “Hoje em dia cada vereador publica suas atividades ou não, tem redes sociais ou não, sendo difícil do eleitor saber a métrica exata de produção legislativa e política dos vereadores de Ilhéus.
Se aprovado o Código de Ética,  o maior ganhador será o povo de Ilhéus”, explica Vinícius Alcântara. A população ganha em transparência, democracia só se faz com transparência”, finalizou Vinícius Alcântara.

A sessão é semipresencial, o público pode acompanhar no plenário, como acompanhar via transmissão no canal do Youtube da Câmara de Ilhéus. A íntegra do Projeto 015/2021 protocolado em abril está disponível em https://bityli.com/nTguPM



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia