WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia
secom bahia secom bahia camara ilheus camara ilheus bahiagas secom bahia sdr bahia secom bahia secom bahia secom embasa secom bahia


novembro 2021
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  


:: 19/nov/2021 . 19:05

PREFEITURA DE ILHÉUS REFORÇA TRANSPORTE COLETIVO PARA OS DOIS DIAS DE PROVAS DO ENEM

Ônibus da Viametro.

A Autarquia de Transporte e Trânsito (Sutram) informa que devido à realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) reforçará a frota de ônibus em dois domingos, dias 21 e 28 de novembro. No total, serão disponibilizados 26 ônibus, que circularão a partir das 7h, a fim de garantir o transporte público aos candidatos que participarão do Enem, bem como para atendimento normal aos bairros. Os agentes de trânsito realizarão a fiscalização todos os dias, controlando a saída das garagens para evitar atrasos.
A Sutram destaca que a frota vai operar em horário extra nos dias 21 e 28 de novembro por conta da aplicação das provas e para atender a demanda, contudo os ônibus circularão em horários normais nos demais dias. A frota será aumentada nos itinerários que abrangem as escolas onde serão realizadas as provas.

Relação de linhas de ônibus – dias 21 e 28/11/2021

INTERRUPÇÃO DAS AULAS NO SALOBRINHO: PREFEITURA DE ILHÉUS RESOLVE REFORMAR ESCOLA APÓS RETORNO DO ANO LETIVO

 

Escola Municipal Prof. Jardelina Azevedo Leal no Salobrinho.

A Escola Municipal Prof. Jardelina Azevedo Leal, no salobrinho, suspendeu as aulas presenciais. O motivo é que o prédio vai entrar em reforma. Depois de quase dois anos de pandemia, que afetou toda rede de ensino, sobretudo para as crianças, a Prefeitura de Ilhéus não aproveitou a interrupção das aulas presenciais para efetuar a reforma necessária no prédio escolar, e quando finalmente inúmeras cidades baianas estão retomando as aulas presenciais, os alunos da Escola Municipal Prof. Jardelina Azevedo Leal, que se preparam para o retorno, vão ser obrigados a esperar.

“A SEMANA DA CONSCIÊNCIA NEGRA E O 20 DE NOVEMBRO NA CIDADE DE ILHÉUS” FOI TEMA DA AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DE VEREADORES

Sessão na Câmara de Ilhéus.

Na tarde de ontem (18), a Câmara de Vereadores realizou uma audiência pública com o tema “A Semana da Consciência Negra e o 20 de novembro na Cidade de Ilhéus”. O debate sobre essa questão foi proposto pelo edil Cláudio Magalhães (PCdoB) e subscrito por Enilda Mendonça (PT). Para o Vereador, é momento de produzir um diálogo de forma ampla com todo o povo negro da cidade, movimentos sociais e instituições, dando voz a todos.
20 de novembro representa o Dia Nacional da Consciência Negra, data escolhida em memória de Zumbi dos Palmares, assassinado em 1695. “Durante este mês temos diversas manifestações em referência ao povo afrodescendente, e é de grande importância relembrar a memória de alguns ícones da resistência contra a escravidão e celebrarmos essas lutas atualmente”, disse Cláudio Magalhães. “Ilhéus foi construída usando a mão de obra escrava e hoje nossos morros é sinônimo de luta diária, principalmente das mulheres negras que trazem diariamente a condição dessa luta interminável, do combate ao racismo estrutural numa perspectiva de sobrevivência”, continuou o vereador.

“Para falar da consciência negra precisamos usar as estatísticas e entender qual nosso déficit. Basta olhar a estatística da mortalidade, das prisões, da violência doméstica, urbana, das pessoas em situação de rua e vemos que a maioria é negra”, afirmou a vereadora Enilda Mendonça durante o debate. Para a parlamentar, esta parcela da população está prejudicada pela ausência de políticas públicas. “As políticas que existem ainda não são efetivadas”, destacou.

A deputada Federal Alice Portugal (PCdoB) parabenizou a iniciativa da audiência, que trata da ferida aberta do racismo estrutural do Brasil. “Minha saudação vai em forma de grito “Por que foi criada a chaga do racismo?” Tratamos hoje da memória de Zumbi dos Palmares, dos príncipes e princesas que foram trazidos da África e construíram nosso país, mas que infelizmente continuam na pobreza”, salientou a deputada. Já para Rodrigo Rocha, representante da Defensoria Pública de Ilhéus, o racismo estrutural não será resolvido do dia para a noite. “Já temos 500 anos de história e estamos aqui ainda discutindo esse tema, a violência contra os negros trazidos da África foi grande e será necessário muitos anos para reparar e nos tornarmos uma sociedade justa e igualitária”, destacou o Defensor. :: LEIA MAIS »

CPI DA COELBA TEM PARECER FAVORÁVEL E SERÁ INSTALADA NA PRÓXIMA SEMANA

Coelba

A CPI da Coelba vai ser instalada na próxima semana. É o que afirma o deputado estadual Tum (PSC), autor do requerimento. Nesta quinta-feira, 18, a Procuradoria-Geral da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) publicou parecer favorável à instalação da comissão que vai investigar ações e omissões da concessionária de energia elétrica do estado. Com base no aval jurídico, a presidência da Casa já deferiu o pedido, cabendo à Mesa Diretora tomar as providências para instalação.

Com a informação, parlamentares se articulam para definir a composição da CPI. Por telefone, o deputado Tum tratou com o presidente da Alba, deputado Adolfo Menezes, sobre a formatação do colegiado. “Também já mantive contato com os líderes da oposição, Sandro Régis (DEM), e da situação, Rosemberg Pinto (PT), para tratarmos dos nomes que farão parte da CPI e do meu pleito, que considero natural, pela relatoria da comissão”, frisou Tum.

O deputado argumenta que acompanha o descaso da Coelba há 2 anos e tem estudado a situação da empresa a fundo, além de ser o autor do pedido de investigação, podendo dar contribuição significativa à CPI. Protocolada com o apoio de 39 parlamentares, 18 a mais que o mínimo necessário, a Comissão Parlamentar de Inquérito poderá funcionar por até 180 dias e será composta por 8 membros, sendo 5 titulares e 3 suplentes. :: LEIA MAIS »

CÂMARA REALIZA AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA APRESENTAÇÃO DO PLANO PLURIANUAL DO PRÓXIMO QUADRIÊNIO

Câmara Municipal de Ilhéus.

O plano plurianual (PPA) é um instrumento de planejamento governamental que define as diretrizes, objetos e metas da administração pública para o próximo quadriênio (2022 – 2025). Uma audiência pública foi realizada na manhã da quarta-feira (17), na Câmara Municipal de Ilhéus, para apresentação do projeto de Lei nº102/2021 que dispõe sobre o Plano Plurianual para o exercício 2022-2025 e o Projeto de Lei 103/2021 que estima a receita e fixa a despesa para o exercício 2022.

A audiência contou com a participação dos vereadores Alzimário Belmonte, o Gurita (PSD), Enilda Mendonça (PT), Nino Valverde (Podemos), Baiano do Amendoim (PSDB), Paulo Carqueija (PSD), Vinícius Alcântara (PV), Sérgio do Amparo (Podemos), além de técnicos da Prefeitura, secretários municipais e conselheiros, para discutir o PPA apresentado pelo Governo Municipal.

A vereadora Enilda Mendonça destacou a importância da presença dos secretários municipais na audiência, já que nos encontros anteriores os membros presentes possuíam dúvidas que só poderiam ser esclarecidas pelos secretários, que não se faziam presentes. A parlamentar ainda chamou a atenção para a democracia na construção do PPA ao salientar que “antes de ter mandado o Plano para a Casa Legislativa, deveria ter sido debatido com os Conselhos, é assim que diz a Lei”. Como não houve participação dos Conselhos na criação do Plano, eles terão até o dia 30 de novembro para enviarem emendas para incluir no PPA. “Esta foi uma forma que conseguimos para garantir a participação deles na construção” explicou a edil.

Sessão na Câmara de Ilhéus.

Segundo o diretor de orçamento da Prefeitura Municipal de Ilhéus, Milton Nascimento, o PPA buscou a realidade do município através dos debates nas três audiências públicas que aconteceram, nos formulários eletrônicos disponibilizados à sociedade e nas demandas que o Instituto Nossa Ilhéus encaminhou como colaboração. “Mas deixamos claro que o PPA não é uma peça de execução, ele apenas direciona a elaboração dos quatro orçamentos com valor planejado”, completou Milton.

Durante a audiência, o vereador Vinícius Alcântara solicitou à equipe técnica da Prefeitura um relatório que contenha a comprovação que existiu a inclusão no PPA das indicações e informações contidas nos formulários eletrônicos de participação popular. A audiência pública foi presidida pelo vereador Gurita, também presidente da comissão, que tem até o dia até 15 de dezembro para votar o Plano e retornar ao executivo para ser sancionado pelo prefeito.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia