Salva-vidas insatisfeitos.

 

Na manhã desta quarta-feira, 29, salva-vidas de Ilhéus realizaram um protesto em diversos pontos do litoral. A classe protestou a acerca do salário base defasado, Epis defasados, regulamentação de carga horária e o eminente risco de salvamento aquático.

Um dos salva-vidas ressaltou a precariedade para trabalhar acompanhada da ausência de materiais adequados, com a desvalorização do servidor.

Os trabalhadores vão buscar apoio do sindicato que os representa, porém em caso de recusa da entidade, os salva-vidas não descartam paralisar as atividades ou até decretar greve por falta de condições de trabalho. Com informações do FRN.