Indígenas protestam.

Nós, indígenas do Brasil inteiro e do Povo Tupinambá de Olivença, solicitamos sua compreensão e apoio por estamos mobilizados para que o Superior Tribunal Federal (STF) reprove o desumano Marco Temporal como norma para demarcação das Terras Tradicionais.

O Marco Temporal contraria a Constituição Brasileira que nos garantiu o direito à demarcação de nossas terras. Segundo o Marco Temporal, só terá direito às terras os indígenas que estavam nelas ou se assumiam como tais até o ano da proclamação da constituição em 1988. Uma tese absurda porque não considera as expulsões, violências físicas, espirituais, incluindo mortes, e negação de nossa identidade como indígena que ainda sofremos.

Mesmo assim: muitos de nós nunca saímos de nossas terras daqui de Olivença, mas tivemos nossas identidades negadas. Os que foram obrigados a saírem por causa das perseguições e expulsões, retornaram ao território. Por isto reafirmamos: Olivença sempre foi Terra Indígena Tupinambá. Nosso Relatório de Demarcação foi publicado no Diário Oficial da União em 2009, superando todas as barreiras jurídicas e administrativas, precisando apenas da homologação final do ministro da justiça e presidência da república.

Caso o Marco Temporal seja aprovado receamos que a violência aumente contra nós indígenas e a Natureza. A análise do STF já deveria ter ocorrido, mas foi adiada várias vezes, incluindo na semana passada. O julgamento será retomado hoje e por isto estamos nos mobilizando junto com os Povos Indígenas do Brasil inteiro para solicitar que a votação no STF seja concluída, derrubando o Marco Temporal.

Nossa luta é também sua porque onde tem Terra Indígena Demarcada existe Natureza Preservada, como é o caso daqui de Olivença. Solicitamos sua compreensão e apoio, ajudando a preservar nossos direitos e a Natureza.

NÃO AO MARCO TEMPORAL!
DEMARCAÇÃO JÁ!
POVO TUPINAMBÁ DE OLIVENÇA
AWÊRÊ!!